Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MULHER DEU PRO VIZINHO



O que passo a narrar agora aconteceu no final de fevereiro, Eu sou casado há 19 anos e nunca pensei que veria minha esposa com outro, Ela tem 1,55 de altura, 32 anos, Loura pele branca e um corpinho muito gostoso com uma bundinha redonda e arrebitada, Ela sempre me conta que no seu serviço tem um monte de colegas que fica dando em cima dela, mas ela nunca da bola pra eles e fica sá provocando eles falando que eles vão ficar sá na vontade e na punheta, ela me disse que já deixou um colega dela sá ver a calcinha dela, uma vez que ela foi de vestido para o serviço fingindo que ela não estava vendo o cara ficou de pau duro e não conseguia disfarçar e ela ficava cruzando as pernas sá pra provo calo, mas nunca passou disso.

Ela me falou que já provocou esse vizinho uma vez ficando de shortinho curto enquanto ele lavava a caixa dÂ’água de sua casa é viu que ele batia punheta atrás da caixa vendo ela no tanque lavando roupas, ela sá o provocava abaixando para pegar algumas roupas fingindo que não estava vendo ele, colocava um pé em cima de um balde sá pra ficar com a bunda mais arrebitada, esse vizinho é um negão daqueles que tem a mão toda calejada pelo motivo de ser pedreiro e também ele já é um coroa com seus 48 anos, um dia ela me disse que o tanque de lavar roupas precisava de um concerto no encanamento e eu disse a ela que chamasse seu Carlos pois ele era pedreiro e sabia concertar isso, ela chamou ele pra concertar o encanamento, sá que no dia do combinado eu falei com ela que ia sair para aproveitar o dia de folga, sai conforme tinha dito, mas algum tempo depois eu voltei para trocar de roupa, pois sairia com uns amigos para ver um filme ao voltar para casa ouvi o som de casa meio alto, pois ela gosta de ouvir musica enquanto arruma a casa entrei sem que ela e seu Carlos me vissem, e fiquei a observar escondido atrás de uns tijolos o que rolava no quintal de casa, ela tava com uma sainha curta vermelha bem soltinha e ficava provocando o coroa se abaixando e mostrando uma calcinha de renda branquinha que usava, o coroa mal trabalhava direito e ficava passando a Mão no pau por cima da bermuda e ela La fingindo que nada acontecia, eu ficava sá rindo vendo a cena, pois sabia que ela gostava de provocar os outros mais do que a mim, a essa altura o coroa já não tava aguentando mais e falou pra ela,Dona Nilda sabia que a senhora é muito gostosa seu marido tem sorte de ter uma mulher assim, ela respondeu com um muito obrigado e pediu para ele andar logo, pois tinha muito o que fazer e ficou de frente para o tanque, ele se levantou e ficou em pé atrás dela e passou a mão em sua bunda ela levou na brincadeira e falou para ele parar, pois eu podia chegar a qualquer momento, ele falava, olha como a senhora me deixou, meu pau ta quase estourando de tão duro, ela respondeu pra ele que poderia ir embora e bater uma punheta e depois voltar pra terminar o serviço, nesse momento ele se abaixou atrás dela e levantou a saia dela e enfiou a cara na bunda dela, ela mandava ele parar sá que ele não obedecia e arreganhava a bunda dela e enfiava a língua, eu sabia que ela tava com tesão sá não queria admitir para ele, mas não adiantava quanto mais ela pedia para ele parar mais ele continuava, e virou ela de frente para ele sentou ela no tanque abriu bem as pernas dela arredou a calcinha pro lado e chupava a buceta dela como se fosse a ultima da vida dele, e eu sá na punheta vendo aquilo e não acreditando que tava acontecendo, eu imaginava que ela ia sá deixar ele chupar, pois ela me fala que gosta de provocar e ate deixaria alguém chupar um dia, mas meter nela sá eu faria isso, enquanto ele chupava sua buceta eu vi que ele aos poucos decia a bermuda e como não usava cueca ficou pelado com aquele rolo de fumo duro não era maior que o meu, mas era bem grosso e mais preto que ele, eu pensei ela não vai dar pra ele, foi o que aconteceu no começo ela falava que não ia dar pra ele que ia sá deixar ele chupar pra depois bater uma punheta bem gostosa, ele nesse momento deceu ela do tanque a virou ela de costas e tentava enfiar aquela rola preta na bucetinha rosada da minha mulher, ela resistia um pouco, mas como ela tava molhadinha pelas chupadas que ele deu começou a entrar a cabeça e ela falava: Para seu Carlos meu marido ta chegando, e ele tentando empurrar o Maximo que dava, ate que num momento eu vi que ela levantou uma das pernas deixando aquele pau preto entrar todo, ai eu vi o coroa se desesperar socando a rola com força naquela gruta rosada e ela sá ficava parada sentindo as estocadas, tem um banco de alvenaria perto do tanque ele sem tirar o pau de dentro foi puxando ela ate se sentar no banco e colocando ela no seu colo e socava com força, falando “ai que buceta gostosa”, eu procurei um local que dava pra ver melhor e vi que a buceta dela já tava toda vermelha de tantas estocadas, ele falava que queria comer seu cuzinho, pois já tinha batido varias punheta pensando nisso, ela falava que não, mas era mentira, pois ela adora da aquele cu rosadinho, ele voltou a senta La no tanque so que dessa vez ele tava colocando o pau no cu dela dava pra ver direitinho o pau entrando devagarzinho, ele começou com um vai e vem lento até que o cuzinho dela se acostumasse, ela falava para ele ir devagar, pois era raro as vazes que deu o cu, mentirosa ela amava sentir uma rola naquele rabo, ele colocou uma das pernas dela no seu ombro e socava a tora preta pra dentro, eu já tava na segunda punheta, ate que não aguentando mais falou que ia gozar e gozou igual a um animal urrando, quando ele tirou o pau saiu quase um litro de porra do rabo dela e tava tudo esfolado de tanta pirocada.

O coroa ainda não se contentou sentou ela no banco e chupou a buceta dela até ela gozar e falou que queria repetir a doze algum dia, ela falando que nunca mais que era a primeira e ultima vez que era pra ele se contentar, “duvido”, sai de fininho e voltei quase uma hora depois, quando entrei no quintal vi que seu Carlo já tinha ido embora e ela lavava a louça na maior cara de felicidade. Cheguei por trás e cheirei seu pescoço e vi que ela tinha se lavado, pois senti um cheiro de sabonete, mais tarde quando fui tranzar com ela vi que sua buceta e cuzinho ainda estavam esfolados e meti nela com toda força regaçando mais ainda cu e buceta e ela com cara de quem não tinha acontecido nada, nem se quer comentou que tinha provocado o coroa, pois toda vez que fazia me contava, mal ela sabia que eu tinha visto tudo.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos comiminha primaputa de recife tomando banho e a outra filmandoboqueteira gaucha contocontos eroticos infanciaContos eróticos titiocontos eroticos exendo a buceta da tia de poreazofilia homem fodendo forte acadela ela chora sentido dorcoloquei o dedo no cu da minha namorada ela endoidocontos erotico gay negro dando pra brancocontos eroticos no escuroxanimhacont erot padrinho meteu tudocontos eroticos a filhinha da empregadaminha sogra submissa contocasa dos contos eroticos/Três é demaisMinha tranza com animais contosCorno em calcinha contocontos betinha vendo a irma sendo fodidaminha mae tava dando a buceta pro papai e fraguei contos eroticoscontos eroticos chantagiei minha tia e comi elacomi a minha cunhada AdrianaChantageei amiga lesbica da minha mae bdsm contoConto erotico amlr pica dele machuca mais eu gostocomendo cunhada asm que minha mulher saiporno encejo com sogra e sogro conhiadasconto seduzindo meumeu marido bi foi encoxado no churrascocontos meu filho adora minha bundacpntos erotocps nupciascontos eroticos fiz megane com meu maridocontos eroticos,peguei minha filha e sua amiga transandoquero sentir sua porra quente dentro no cuconto erotico viado afeminado escravizado por macho dominadorbrinco com tio levou no cuzinhocoto erotico transex e novinho teencontos fode mesmocontos eroticos de sogras na faixa 47 anostendo orgasmo de havaianas contoscontos eróticos de novinhas dando para garanhõesrelatos erotico marido queria ser cornoDei a um cara que tinha elefantismo no pau contoscruzando o cu fechadinhocontos minhamulher ea minha filha fudendo comigocasa conto - eu minha namorada e sua amiga part 1conto erotico a boleiacontos eroticos papai me criou para ser mulhernamorado domado contos eróticoscontos eroticos fazendo troca troca quando meninocontos eroticos de mulheres que fuderao com negrosconto erótico ela sento piga grossa e gozou nelaComo ter pernas grossas e quadril largo em 1 mês2 ome pega uma mulher afosa prafase pornocontos amiga xoxotudacontos eroticos pauzudo comendo professora lindadoce nanda parte dois contos eroticosContos erotico gay carrocontos eroticos de calcinhaconto erotico do garoto ricardo fodendo titiocontos eroticos a travesti segurou em minhas bolas e empurrou 23cm no meu cucontos me vinguei com o meu ex namoradocontos eroticos guri faz buraco para ver vizinhaconto homem bem dotado assediou minha esposa ate ela ceder e foder com eleRejane gosando na siriricacalcinhas usadas da minha tia,safada contosConto eroticos das coroas 42 lindas e gostosas de 41 anos com teu afilhadocontos erotico vovo fofinhaFazendo uma suruba coma sogra e o sogro contosvideo sexi coiada esticada de manhã cedoComtos mulher fodida pelo marido e o filhomeu pai fudeu meu cu na marra conto eroticovideos contos despedida solteira punheta chupadaas.gatas.mais.gostosas.cimasturbandicontos.virei travesti pela drogaConto gay dei meu cu primeira vez depois da farraContos d uma menina estrupada por taxistaContos eroticos de trans lindas e taradas.