Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

QUANDO CRIEI CORAGEM...

Quando criei coragem ...



Olá, sou Niel, e sempre gostei de ver fotos e ler artigos de zoofilia. Mas, o que vou contar, que aconteceu comigo já faz algum tempo. Foi minha iniciação no mundo da zoofilia. Vamos aos fatos... Eu tinha vinte anos e sempre ficava muito excitado quando via cachorros transando na rua. Imaginava como deveria ser gostoso ter relações comum cachorro. Mas, sempre faltava a oportunidade para experimentar e, também tinha medo, pois, poderia pegar alguma doença deles. Até que um final de semana fiquei sozinho em casa, meus pais foram na casa de um amigo, ficariam lá por quatro dias. Na casa vizinha da minha, os proprietários tem quatro cachorros, todos sem raça definidas, dois são pequenos e os outros dois são bem grandes. Não são cachorros de guarda, mas também não são muito amistosos. Resolvi, então, que seria naquele final de semana que eu tomaria coragem e perderia a minha virgindade anal. Lágico que primeiro eu teria que ter um plano para poder atrair os cachorros para minha casa. Sempre os dois mais pequenos ficavam na rua. Esses seriam fáceis. Lá fui eu para frente de casa esperar que eles saíssem. Não demorou muito para que aparecesse o primeiro, sá que não foi nenhum dos pequenos e sim um dos grandes. Eu chamei ele, ele veio rapidinho onde eu estava. Acariciei sua cabeça e chamei ele para entrar ele veio atrás de mim. Fomos para o fundo do quintal que é cheio de árvores, bananeiras e outras. Lá é bem fechadinho, ninguém que passe pela rua consegue ver lá no fundo. Comecei a acariciar sua cabeça novamente, depois passei pelas costas dele e fui descendo a mão até seu pênis. Ele ficou parado como se fosse uma estátua. Sá sentia sua respiração. Estava um tanto acelerada. Comecei a acariciar seu pênis, ele gostou. Passei a outra mão no meu cuzinho ainda virgem e coloquei para ele cheirar. Nossa! Ele ficou excitadíssimo, seu pênis começou a inchar que não estava cabendo mais dentro da capa e sua ponta rombuda começou a sair. Meu coração parecia querer sair pela boca, eu estava mais excitado que ele. Com a cabeça, ele começou a me empurrar, achei estranho, mas continuei. Fiquei em pé e ele ficou também, colocando suas patas no meu peito, quase do meu tamanho, eu olhei por baixo dele e vi que seu pênis estava saindo da capa. Abaixei meu short e minha cueca e virei a bunda para ele. Ele sentiu o cheiro e começou a lamber. Que língua. Áspera, grande que chegava tocar meu cuzinho. Por fim tirei o short e a cueca e abri as pernas. Nossa, que loucura. Ele não parava de lamber minha bunda, meu cuzinho. Isso foi me dando uma moleza no corpo que não resisti e fiquei de quatro. Aí que ele lambeu mesmo. Sua língua quase que penetrava meu cuzinho. De repente ele parou e subiu nas minhas costas. Me abraçou pela cintura e começou a dar estocadas na minha bunda, sá que não acertava meu cuzinho. Abri um pouco as pernas e foi sá mais uma tentativa que ele acertou em cheio. Penso que penetrou até a metade do pênis. Foi uma sensação gostosa. Jamais senti coisa igual. Meu cuzinho era virgem com cachorro, mas com objetos não. Sempre eu usava algo para penetrar em meu cuzinho. Ele continuou mais rápido as estocadas. Eu sentia seu pênis entrando e saindo e ao mesmo tempo inchando, inchando... Até que ele deu uma paradinha e depois começou a empurrar com força. Comecei a ficar com medo, pois ele me apertava pela cintura com força, quase me machucava. Eu nem sabia do ná no final do pênis. Ele chegou a patinar atrás de mim. Comecei a sentir uma dor no meu cuzinho. Mas, nada dele parar. Sentia que estava sendo rasgado. Tentei sair, mais ele me dominava, pois quando eu tentava me livrar das patas ele apertavamais e me puxava para trás, de encontro com seu pênis. Até que senti que meu cuzinho estava totalmente arrombado. Seu ná entrou em mim, me sentia todo preenchido, passei a mão no meu cuzinho, antes virgem, nossa!!! Ele estava estufado como se tivesse engolido uma bolinha de tênis. Enquanto isso, ele continuava a dar estocadas. Depois ele parou, eu sentia um misto de dor e prazer que nunca tinha sentido. Era muito bom. De repente ele deu um salto e ficou virou de bunda comigo. Nossa, era realização de um sonho: eu engatado com um cachorro. Doía, mas era bom demais. Gozei, não sei por onde, se pelo meu pênis ou pelo meu cuzinho preenchido por aquele pênis grande e grosso. Agora, eu sá sentia o pulsar do seu pênis dentro do meu cuzinho. Era demais. Uma delícia. Um prazer sem igual. Bem maior do que quando eu provoquei o Marquinhos e ele me pegou à força, mas isso é outra histária. Agora eu delirava de prazer engatado com aquele cachorro. De repente sinto algo quente dentro do meu cuzinho, o cachorro estava gozando dentro dele. Nossa!!! Gozei de novo. Depois, seu pênis foi ficando normal até que saiu de dentro e junto saiu um montão de porra. Fiquei deitado ali e o cachorro lambendo tudo aquilo que saía de dentro do meu cuzinho. Acompanhei ele até na saída de casa e fui olhar no espelho meu cuzinho ex-virgem. Estava abertinho e ainda escorria porra do cachorro. Nossa!!!! Foi maravilhosa minha iniciação no mundo da zoofilia. Não fiquei sá nisso. Ainda tinha mais três cachorros casa do vizinho. E também um pastor alemão na casa em frente da minha. A festa tinha que continuar e continuou até hoje. Todos os cachorros da vizinhança me conhece.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de sexo sogroContos eroticos fudim minha mae a foçaconto ela topou me traircontos eróticos mulher bundudaxvedeo porno cuadinha tava triste cuanhado animou fedendo elame arrombou o rabo contos casadacontos eroticos meu sogro e o meu cafetaoConto Erótico ninfeta Fio Dentalcontos eroticos com fotos coquei fio dental e pedi rpomeu genro passar protetor em mim conto gosto de usar roupas femininascontos eroticos o velho e o cuzinhoContos eroticos meu papai safado me comeu no meu quartominha entiada me pega batedo uma punhetaenteada v******** com marquinha de biquíni doidinha para dar o c* para o paiconto erotico velho taradinho e eu d geans socadabrejando minha comadre muito gostosaconto eroticos ,tio e pai dando banho na sobrinha de 6ou 7conto banho com a namorada na academiameterola com menor idadecontos gay meu paizão comendo o meu cunhadohttp://okinawa-ufa.ru/conto_24058_eu-e-minha-madrinha.htmlconvenci minha irmã fuder comigo e gozei dentrocontos eroticos de lolitos com tios de amigosconto etotico eu fedidinhacache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html contos eróticos fudendova esposa e a filha do amigo lésbica meu cu foi arrombado contocomendo o cu da sogra contocontos eróticos de mulher encarando um pau gigante e não aguentaentão toque consulta paciente e chupa b***** no pacientecomtos arrobadacontos eróticos putinha na madrugada na ruaquero ver contos de fada tia dando a bundinha para sobrinhocontos adoro dar minha bundinhacontos eróticos em cima do carrocontoeritico dei p cazzeroContos eroticos de travecos loiras taradas..Meu patrao coroa ele me fudeu na sua lancha conto eroticovoyeur de esposa conto eroticocomi minha esposa e dua irma vou vontar como foicontoseroticos.site/buscar-conto?busca=Comendo+o+cuzinho+virgem+da+sogra+Incesto erotico eu com 13 anox minha madrinha me sedusiadiretor me comeu contosconto amante do manoquero ver vídeo pornô vários anões bem cafetão bem grosso metendo na nacontos sexo fiquei com bucetA molhada com meu genro na prAiaminhas duas prima foi dormi em casa cime fou a duaspelado amarrado contoscontos eroticos chifreCaralhogigantedentroconto rebolo pau meu cunhadominha mulher pegou eu dando para o piscineiropeladas e passando manteiga no corpo e na busetaxcontos eroticos.com casada gostosona deficienteconto erotico patricinha dando pra pobreContos eroticos sempre quis da meu cu pro vizinhoconto erotico novinho gay calcinha dormindocontos eroticos enganada e oferecida pelo maridomuito tempo sem mamar no pauContos fui estud fud mãe e filhamendigojumentocontos eroticos a talaricameu pai me arregasou toda"muito aberto" gay contoContos, casada mal comidanovos contos eróticos entre namorados dpcontos eroticos papai me criou para ser mulhermunher ce mastuo eu fimulher emsabuando bucetaa minha mulher engole me o paucontos eroticos no consultorio medico tomando injeçãoconto esposa atendendo pedido sexual do maridoSobrinho da Academia tia gordinha conto eroticoconto minha visinha mando eu descabaça sua filhaFodida no baile funk a força contosconto erotico de casada eu meu cunhadomeu marido bebeu e convidou meu cunhado pr durmi em casa e mi comesono no cu das duas safadasporno policia agelma ou marido fode amulhermenino malcriado contos eroticovvidos de muler co casoro. fudemopapai - contos eroticoso pai do meu amigo comeu eleeu sempre quis,contos eroticos