Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DEI PARA UM MENDIGO

Me chamo Pedro tenho, 25 anos, moro sozinho e tenho muita atração por coroas. Numa noite saí de um balada e estava voltando para casa, quando resolvi parar para lanchar em um trailer desses que vendem sanduíches. Já era umas 4:00 da madrugada e não havia quase ninguém na rua. Bom enquanto eu aguardava meu lanche, apareceu um senhor desses andarilhos catando umas latinhas que estavam jogadas por ali. Era um senhor que aparentava ter uns 55 anos, barbudo, todo peludo e com roupas sujas. Ele aproximou, pediu algo para o dono do estabelecimento e ficou por ali. Como eu já tinha tomado umas, me senti exitado por aquela figura. Ele pegou o que estrava esperando e seguiu seu caminho pela avenida, andando devagar, olhando dentro das lixeiras adiante se encontrava mais latinhas. Acabei de comer meu sanduiche logo, entrei noi meu carro e fui no mesmo sentido que ele havia seguido. Depois de uns 3 quarteirões eu o avistei. Como a rua estava deserta, diminuí a marcha e parei ao lado dele e pedi uma informação qualquer sá para ver qual era a dele. Ele falou coisa com coisa, meio sem nexo, parecia que tinha tomado umas cachaças. Disse a ele que na minha casa tinha muitas latinhas vazias e se ele não gostaria de ir la comigo pegar.

Ele entrou no carro e confesso que o cheiro era forte, mas meu tesão era maior.

Chegando em casa entramos e perguntei se ele não queria aproveitar para tomar um banho ele disse que não, parecia meio ressabiado. Perguntei se ele não gostaria de tomar uma cachacinha, ele respondeu prontamente que sim. Era uma maneira de enrolar ele, já que eu não tinha as tais latinhas prometidas.

Deixei ele na cozinha e fui rapidamente no quarto e voltei sá de cueca, ele nem deu atenção.

Mais uma vez insisti pra ele tomar um banho, ele não queria. Então tentei forçar tentando desabotoar sua camisa, ele não relutou. Quando desabotoei sua camisa percebi que ele era extremamente peludo e com uma barriga grande. Nao se via a pele do peito e barriga de tanto pêlo.

Quando levei a Mao no botão da calça ele se assustou um pouco mas não impediu, parece que nessa hora ele já sabia do meu interesse e estava dando uma de desentendido.

Quando abaixei sua calça ele estava sem cueca e tinha uma enorme pica mole acomodada sobre um saco grande, e pêlo pra todo lado.

Nesse momento meu pau quase furava a cueca. Então eu já não tinha mais o que esconder. Comecei a passar a mão no peito peludo dele e ele deixou. Fui descendo e passei a Mao naquela barrigona gostosa. Então percebi a rola dele subindo. Já era grande mole quando cresceu ficou assustadora.

Apesar da pica estar suja e fedida, não resisti, caí de boca e chupei até espumar. Depois eu puxei ele para o quarto passei gel no cu e fiquei de quatro na beira da cama esperando aquele monumento. Ele não teve dá, entrou de uma vez, arregaçando meu cuzinho. Como estava doendo muito, parei e comecei a chupar de novo. Ele começou a urrar e gozou muito na sua prápria barriga. Parece que tinha uns 2 anos que não gozava. Encheu a barriga de porra branca e grossa. Ficou aqueles caroços de porra no meio dos pêlos e eu lambi tudo até não deixar nada...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


jato forte coroa vomitaNo meu caso sou uma mulher madura, me chamo Paula, 43 anos, branca, alta com cabelos pretos, corpo violao,relatos de cheirando calcinhafundura da buceta midindo pornocoxas grossas e b***** bem rosadinhavoyeur de esposa conto eroticoconto eroticos picantes com homens mais velhosadultas com seios e bundas fartas conto incesto gay peludovirei puta assumida eu confessoeu e minha filha no baile funk contos eroticoscontos eroticos tava todos na praia eu vim buscar minha sogra que tava trabalhaconto.erotico.tia.sogra.cunhadameu compadre tem fantasia herotica cm migo o q devo fazerempregada gostosa transando de bruço com patrãoContos eu e as colegiasvídeos de lésbicas com grandes mentes se massageandopelada e o cu melado de manteiga no corpo inteirocoroa cadela contosContos casada fui estuprada 6 e inda meu marido mim comeuconto porno peoes no ciocontos eroticos - alta grandona bundudacontos de coroa com novinhocontos eroticos sobre virgindadecontos a filha da minha namoradabuceta na praia toninhasminha mãe e eu jogando strip poker contoscontos erotivos mamar no pau infanviaconto com teens fudrndo as duas sobrinhas de dez e doze anoscontos eróticos ficando com a casadacontos. eroticoscomi milha mulher com negaoConto puta fode com o vizinhocontos no orfanato gayconto nao aguentei e fodi minhacontos eróticos narrados sogro comendo a noracontos arrombado no banheiroconto enfermaria cheiro sexo intensocontos eroticos frustração na lua de melporno aniverssrio do sobrinho a tia fudet com elecalma aí bota devagarContos eróticos, o amigo do meu marido encheu minha boca de galacontos erotico gay quando mim focaraouma dupla penetração com vibrador contoscontos eroticos papai me criou para ser mulherconto eroticocorno me ligou na horaVelhos na farmácia chupando seios contos eróticosvou contar como transei com minha filhacontos noivas deram pra cunhadocontos eróticos dando o cuzinho no swingvoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos "recatada"contos-fiz amor com minha irmadeserto conto heterocontoseroticos encoxand me ninas picinascontos eróticos o amigo pintudo do meu marido mi arronboconto xupei o pau do meu amigo pq perdi apostaConto erotico na cama com a tia coroa puta.commeu filho meu marido contos eroticosinfancia contos de encestocontos de crossdresser me seduziu e me fez putaGay com mulher contocontos eroticos esposas arrependidasSempre que entrava no banheiro viabo chuveirinho e lembrava de mimmeu irmão me come desde pequenapegando minha priminha novinha contosConto gay sendo a femea do titiodepois do chopp me fodi contoscontos eróticos fui pra casa da tia e meus primos me arrombaramMaurinho com pênis grande transando com mulhercontos eróticos de menina transando com o tio bonzinhocontos eróticos minha mulher foi f***** por um travestiCadê acabou comendo cunhado cadê aquela vezcontos eróticos eu putinha cavala