Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A MELHOR PUNHETA ATÉ HOJE...

A melhor punheta até hoje



Sou Felipe de Bragança Paulista. Desde meus 19 anos de idade, sempre me masturbei, como qualquer adolescente faz nessa idade onde está conhecendo seu corpo. Perdi minha virgindade com 19 anos, já meio tarde, comparado com os garotos de hoje em dia. Mas vamos ao conto... Era mais ou menos meio de fevereiro desse ano (2009), estava me preparando para ir na casa da minha avá e empolgado para ver minha prima, que sinto muita vontade de transa com ela, eu tenho 19 anos agora, nessa data ainda estava com 19 e ela tem 19 anos. Cheguei lá, ela não estava lá, fiquei chateado, por não ver minha priminha. Vim embora e fiquei na minha cama pensando como ela estava, pois vejo ela a cada 3, 4 meses e comecei a bater uma punhetinha pensando nela na última vez que a vi. Beleza, bati normal, como qualquer punhetinha. Passo 2 meses, eu estava trabalhando numa lan house e todos os dias minha mãe levava meu almoço. E quando eu reparei, todo os muleques que estavam na lan house, olhando para uma menina, quando olhei sá reconhi, porque estava com minha mãe. Dai ela veio me deu um oi, olhei pro corpo dela, estava maravilhosa, com uns peitinhos grandinhos já, uma bundinha gostosa, nossa, maravilhosa, esqueci de falar o nome dela, é Láis. Daí ela foi embora, e fiquei com a imagem dela na minha cabeça, nem trabalhei direito naquele dia. Cheguei em casa 22:30, ela já estava dormindo, dai fui joga bola com os amigos. Cheguei em casa, tomei um banho, bati mais uma punhetinha pensando nela, mas normal também. Fui dormi e sonheio comigo comendo o cuzinho dela e gozando na boca dela. Acordei no outro dia 9 horas (entrava as 10), tomei um banho (e mais uma punheta), tomei um café reforçado e vim colocar pega meu pen drive no meu quarto para ir trabalhar. Estava no meu quarto, dai ela entro, nisso minha mãe falou que ia sair, me deu tchau e saiu, dai pensei, a hora de faze algo com ela é agora, já era 5 pras 10, mas não tava nem aí pro trabalho, o que importava pra mim agora, era dá pelo menos, pelo menos um beijo na boca da minha prima. Daí, meio nervoso, pedi pra fica com ela, ela abaixou a cabeça e falou que tinha medo da reação da nossa familia, quando ouvi aquilo, fiquei com esperanças, porque se ela falou assim que tem medo, era porque ela também queria. Mas daí, devagar fui chegando perto da boca dela, e daí rolo o beijo, que delícia de beijo, nunca beijei alguém que beijasse tão gostoso que nem ela. Dai ela parou de me beijar e falou pra mim ir trabalhar, dai dei mais um beijo e fui trabalhar. Estava no meu trabalho, dai chegou um amigo que é gay, dai foi pro seu computador de boa, passou um tempo chegou dois amigos dele, uma menina e mais um gay, mas esse gay, parecia uma mulher, de tão lindo, cabelo channel, preto, rosto bem delicado e voz fina, fiquei fascinado (gosto de tudo, homens, travesti, homens, animais, apesar de sá ter transado duas vezes e com mulheres, mas sinto atração por tudo que seja sexo, rs) e pedi pro meu amigo fala se o amigo dele queria fica comigo. Dai ele falou que não, fiquei chateado, mas beleza. Sai do trabalho, não tinha ninguém em casa, estavam na casa de uns amigos nosso, dai tive uma idéia. Estava sozinho, tava loco por ter ficado com minha prima e loco por causa do carinha que eu vi na lan house. Peguei um pepino que devia ter uns 20 centimentros por 5 de largura, liguei o chuveiro, me deitei no chão, fechei os olhos e comecei a bater uma punheta bem de leve, imaginando eu comendo minha prima. Dai peguei aquele pepino e enfiei no meu rabo imaginando o carinha me comendo, dai comecei, a me masturbar imaginando eu comendo minha prima e enfiando o pepino no rabo, imaginando o carinha me comendo, ao mesmo tempo, fiquei lá, me contorcendo de tesão, era uma maravilha, nunca tinha sentido tanto tesão numa punheta, fiquei uns 19 minutos, até que gozei, como nunca tinha gozado, veio jatos até na minha cara, onde peguei tudo com a mão e lambi, dai comecei a lamber o chão onde eu tinha gozado, antes da água do chuveiro leva embora, aquele dia, gozei como nunca e foi numa punheta, onde estava comendo minha prima e dando prum carinha, foi a melhor punheta da minha vida até hoje. Espero que tenham gostado do meu conto, quem quiser entra em contato comigo, sobre qualquer assunto de sexo, travesti, gay, hetero, zoofilia, incesto, enfim, estou a fim de ter contatos para conversamos sobre esses assuntos. Tenho 3 msn, me adicionem, entro todo dia na internet. [email protected] [email protected] [email protected] Abraços...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto gang bang com crentegoza muitorapidamente na sogracontos eroticos traindo meu marido com o vendedor da lojaContos eróticos gay comeu menininhocontos eroticos filhoo pai do meu amigo comeu elecontos comi minhas filhasMeninas virgem estuprads pela zeladorpegado carona um casal com camionero contos eroticoconto erotico a sogra safada e crentecontos eroticos comi a mulher do pastorvideo porno safada falando obsenidadescontos eroticos - arrombando cuzinhocontos eroticos tia da esposa dormiu em casaconto meu vizinho travesti comeu meu cucontos eroticos afilhadoconto erótico pirocudo "primeira vez" + "casado"mulheres cavalas de quarenta de bucenta inxada e grelo inormecontos eróticos gay marombascomtus eroticu pai mai e filha brincandu de faser cocegacontos transei com minha mae gostosa peituda no banhocontos porno de casadas violentadas por caminhoneiromeu,vizinho mais velho me lambeuMeu primo que chupa no meu pauquero vídeo pornô de mulher com os peitão e o Filipe pequenininhocontos eroticos sogra mijonacontos - sobrinha tomando leitefodendo cu da vizinha no matopornodoidocasei com meu filho contis eroticosrelatos erotico marido queria ser cornoCONTOS EROTICOS MARIDO BEBADO FOI ENRABADOflagrei minha esposa dado para nosso filho cotos eroticomeu lobo gostosofilme de sexo nacionais deixando gozar dentro da buceta dela Mambucabadepois de dar pro ricardao dei pro meu marido contoesgassou a buceta virgemmetendo devagar na buceta da minha irma dormindo no escurocontos feminino vacilei e me entregueicontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosContos mamae é a puta da familia e dos vizinhosmulheresporno da baladascontos eróticos / desde menininhocontos eróticos adoida meti com meu genrocontos minha filha chorou no meu paucontos sem calcinhacontos eroticosda secretaria viciou a dar o cu para o patraonovinha de 13com peitinhocontos eróticos incesto dormir chantagemcontos eroticos meu genro se vestiu de mulhercontos eroticos comi minha irmacontos eróticos da secretária cadela de coleira do patrãopor que quando eu falei pro o meu amigo que eu vou ibora comcamionero ele em cheu ohlo de aguabudao fudida por varios brutosconto travesti finge ser mulherconto minha cunhada e sua amigaimagem cuzinho irma contoscontos eroticos sogra de 65anosContos pornos-esporrei na comida da cegacontos meu filho dotado me acoxoContos gravida chupandoconto minha mulher gosta quando levo ela nas festinhasContos crossdressercrente velha chantageada contos eróticos meu amigo falou que quer comerminha esposameu pai fudeu meu cu na marra conto eroticofuder com padrasto contosdei a bunda contosminha esposa ficou toda melada quando pegou outra pica pela vez contos eróticosSou magrinha e gosto de rolas enormes contos eróticoscontos eroticos seduzi uma mulher e roubei elacontos eróticos de pastor comendo um travesticonto gay daniel e murilo me.comeramencostou o cotuvelo no meu peito fiquei loca conto eroticorelato eróticos minha esposa fazendo striper pros meus amigospapai encheu minha boca de porracontos eroticos lesbica chineladasConto erotico minha sogra so anda de roupas curtaContos eroticos negra entiada comi mae filha