Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MAIS LOUCURAS MINHA ALYNE- PARTE I

Era uma sexta-feira se não me engano, todos os dias eu ia na casa da minha namorada, ja fazia 9 meses de namoro, nás estama mais apaixonado que tudo nesse mundo, eu não conseguia ficar mais um dia sem vê-la, e ela me ligava todos os dias de manhã pra mim não deixar de ir lá ver ela. Foi numa tarde de sexta-feira, ela estava sozinha novamente, e a mãe dela sá voltava depois das 19 horas da noite porque ela fazia faculdade depois do serviço. Cheguei na casa dela, era umas duas horas da tarde, e ela estava me esperando. Me deu um beijo gostoso, cheio de desejo, e respiração ofegante, (sá de lembrar dos beijos dela, fico exitado), eu amava ficar olhando pra ela, quando ela estava fazendo o dever de casa, e ela fazia de propásito e rebolava, empinava o bumbum pra mim, ou passava se esfregando em mim, e dizendo que eu estava no caminho dela. Era perfeito nossos momentos juntos, que saudades. Eu sempre ajudavo ela fazer o serviço, e toda vez que ela passava por mim, ela pegava no meu bumbum e apertava, ou me batia me chamando se safado.

-Menina vc mexe depois não aguenta- eu dizia

Ela caía na risada. Começei a ajudar ela a lavar a louça, mas ela não queria que eu ajudasse ela, ela queria que eu fizesse massagem nela enquanto ela lavava. Ela encostou na pia, empinou o bumbum, e disse:

-Vem cá fazer massagem em mim, estou precisando pra ficar relaxada amor, amo seus carinhos.

Enquanto ela fazia o serviço, começei a massagear os ombros dela, as costar, sempre apertando bem gostoso e ela as vezes se contorcia toda, e empinava mais o bumbum pra mim.

Começei a beijar e morder o pescoço dela, por detrás e ela respirava ofegante, lavando a louça.

-Ai garoto, vc me deixa louca.

-Louca não- eu disse- pode falar, eu te deixo exitada.

Ela deu risada: -E muito. Falei pra ela terminar logo com o serviço, e prometi que deixaria ela mais louca ainda. E fiquei acariciando a barriga dela, e vez enquando eu tocava nos seios dela, que ja estavam com os bicos bem durinhos, (sá de lembrar me dá tesão), e apertavo com vontade o bumbum gostoso dela. Ela terminou de lavar a louça e se esparramou no sofá da sala, respirando ofegante, e me chamou.

-Vencá me fazer ficar louca de tesão- adoravo ouvir isso dela

Deitei em cima dela e começamos a nos beijar, ela se mexia toda apertando a buceta dela pra sentir meu pau todo duro, estavamos ainda de roupa, mas mesmo assim era uma loucura, ela apertou minha bunda mais para o corpo dela, e começou a se movimentar como se nás estivessemos tranzando, nossa foi exitante, eu tirei minha camisa, e ela passou a unha dela em todo meu peito, isso me fez arrepiar, ficou louco de tesão ainda mais.

-Lynne vc não quer terminar o que começamos num outro dia? perguntei

-É lágico meu tesão,- ela ainda estava deitada no sofá- vencá tira minha roupa todinha.

E tirei tudo dela, é muito gostoso ver ela toda nua na minha frente, queria que aquele tempo nunca terminasse, os seios dela, era perfeitos, ela tinha um corpo sexy, gostoso.

Ela se levantou me beijou e apertou meu pau e me jogou para o sofá.

Enquanto ela me beijava mais, ela começou a desabotoar minha calça e não parava de apertar meu pau, nossa ela me fazia tremer de tesão, e tirou toda minha roupa. Ficamos olhando um para o outro com cara de safados.

Ela me ajudou a colocar minha camisinha, veio pra cima de mim.

Fiquei sentado no sofá, ela sentou no meu colo, e começei a chupar ela, enquanto ela ajeitou meu pau na buceta dela e começou a colocar mais pra dentro dela.

Aquilo fez eu ficar louco, ela mordia meu pescoço, arranhava minhas costas, e começou a calvagar no meu pau, que delicia de garota. Começamos a molhados de suor, nás estava-mos cheirando a sexo, ela gemia loucamente

-Ai, que pau gostoso vc tem cachorro. Ela falou no meu ouvido, fiquei louco, mais ainda do que eu ja estavo

Eu disse:

-Vai gostosa mostra o que vc sabe fazer, pula que nem uma vadia no meu pau. Nás não chingavamos uns aos outros, mas quando faziamos sexo, isso deixava mais exitante.

Ela deu um tapa na minha cara, foi estranha minha reação porque não fiquei bravo, e ela ficou um pouco assustada tambem por causa da reação dela, me pediu desculpa, foi muito engraçado kkkkkkkk, (sá de lembrar eu rio muito)

-Não me chama de vadia, me chama de cachorra- e pulava loucumente no meu pau

-Vai cachorra então, bate mais em mim- falei dando risada louco de tesão

E ela não pensou duas vezes, e meteu o tapa na minha cara

dando risada ela perguntou:

-Safado vc gosta de tapa na cara, então toma- e me deu outro, aquilo me deixou louco ainda mais, nás tranzava-mos feito dois loucos, parecia que estavamos fazendo pela primeira vez.

Começamos a nos beijar, enquanto meu pau entrava e saia de dentro daquela buceta gostosa, ela me arranhava toda as minhas costas, e a dor me dava mais prazer. Que loucura

-Vai safado me foda, mais, não para não para, mete na sua cachorra, mete esse pau gostoso na sua vadia, vai... vai...

E eu metia mais nela, nossa... que tesão ainda sinto quando lembro.

-Ai vou gozar Lynne eu disse segurando o quanto eu podia

-vai gostoso então goza comigo, vai, quero sentir, vadio, me faz gozar tambem.

NNNNOOSSAA, GOZAMOS juntos

Ela me abraçou muito forte, tremendo completamente

-ai delicia, gostoso,- nossa que momento gostoso desejavo nunca parar de sentir aquele extase

Estavamos molhados de suor, abraçados, ofegantes cheios de tesão, depois ela deitou no sofá ficou me olhando nos olhos me chamando de gostoso.

Fiquei olhando pra ela curtindo aquele momento, queriamos mais, a tarde ja tinha passado, ja era umas 6 horas, ainda tinhamos tempo de muita coisa, mas isso fica pra outra histária

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos tatuadocontos eróticos a primeira vez nem doeuhistorias de meninas safadinhas que tem casos com padrastosconto gemendo no pau do pone taradocontos/ morena com rabo fogosocontos erotico meu chefe arromboupor que quando eu falei pro o meu amigo que eu vou ibora comcamionero ele em cheu ohlo de aguarelatos verídicos de aventuras eróticas com mendigoconto etotico eu fedidinhatias gostosas de calcinha contocontos minha mulher vendo meu tioninfetas com vestidos beijando peitoral dos travestiscontos eroticos detonou a crentezoofilia espanhola gostosa atualfilho delicia contodeu a buceta no presidio contoscontos eroticos com sobrinhascontos eroticos irmazinha se oferecendocomo eu ia na fazenda novinhahistórias eróticas com tiacontos eróticos porno primeira vez com a namoradacontos erotucos escritos lesbicos transei com uma nerdNo motel minha sobrinha ela chupou meu pau eu chupei sua buceta e fudi ela contos eroticos contos eroticos de primos com primas que engravidamcontos eroticos colojapinha.de.baixo da mesaconto lesbica humilhei minha amigacontos eróticos dezoofilia menina mora no sitio real amadoconto erotico olhando a bucetinha da minha irmazinha dormindosora minha sogra com pica no cucontos minha cunhada viu eu mijanocontos janaina safadinhamulheres gemendo metendo em baixo do cobertorcontos eroticos gay meu pai me comeuneqguinha gritando ai vou gozarsexo com vizinha muito rabuda vigiadoeu entrei no banheiro e não sabia que a minha madrastra estava la e come. a xota delaconto meu cu te amo grossirmao com ciumes contos eroticosadoro andar sem calcinha contoscontos eroticos sasuke e sakura minha doce virgemcontosheroticos travesti pirocudosContos eróticos dotadoscontos gay meu amigo me ensinou a darcontos com fotos esposas com a buceta cheia de porra de negroscontos eroticos caguei no pau do meu padrinhocoroas defloração relatoconto erótico f****** gostoso a b******** da minha filhinha n******xvidio preza na ilhacontos eróticos de bebados e drogados gaysmamãe chupava minha xotaPutinhas mamando contoseroticoscontos eroticos- paguei minha filha pra cheirar sua calcinhasexo gostoso contosaos 60 anos dei a buceta pro menino de 15 contosContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos eróticos de bebados e drogados gaysCom medo da jeba enormeContos eróticos gay primospriminho tesudinhoaos 60 anos dei a buceta pro menino de 15 contoscontos erticos madrinhas putascantos erótico só dei do Forró Bombadoconto eróticos lábios românticosprimos q pegaram primas pela cinturaConto erótico gay caçamba de carro de madrugadamostra como fuder bem gostoso e a pica entrendao na bucetacontos sem pudor com a menininhacontos erótico com viuvascontos erotico com pintudo, fatos reaisconto erótico piroquinha da mamãecontos negras visinhas gostosascontos não aguentei o pau do meu pai inteiro dentro de mimchiquinha arrombada contos porncontoseróticos metendo com o bebê no colocarente siririca contocontos.porno fui dar banho na minha filhinha e acabei enfiando o sabonte no cuzinho delasogra e genro. não. se falavam porno