Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MAIS LOUCURAS MINHA ALYNE- PARTE I

Era uma sexta-feira se não me engano, todos os dias eu ia na casa da minha namorada, ja fazia 9 meses de namoro, nás estama mais apaixonado que tudo nesse mundo, eu não conseguia ficar mais um dia sem vê-la, e ela me ligava todos os dias de manhã pra mim não deixar de ir lá ver ela. Foi numa tarde de sexta-feira, ela estava sozinha novamente, e a mãe dela sá voltava depois das 19 horas da noite porque ela fazia faculdade depois do serviço. Cheguei na casa dela, era umas duas horas da tarde, e ela estava me esperando. Me deu um beijo gostoso, cheio de desejo, e respiração ofegante, (sá de lembrar dos beijos dela, fico exitado), eu amava ficar olhando pra ela, quando ela estava fazendo o dever de casa, e ela fazia de propásito e rebolava, empinava o bumbum pra mim, ou passava se esfregando em mim, e dizendo que eu estava no caminho dela. Era perfeito nossos momentos juntos, que saudades. Eu sempre ajudavo ela fazer o serviço, e toda vez que ela passava por mim, ela pegava no meu bumbum e apertava, ou me batia me chamando se safado.

-Menina vc mexe depois não aguenta- eu dizia

Ela caía na risada. Começei a ajudar ela a lavar a louça, mas ela não queria que eu ajudasse ela, ela queria que eu fizesse massagem nela enquanto ela lavava. Ela encostou na pia, empinou o bumbum, e disse:

-Vem cá fazer massagem em mim, estou precisando pra ficar relaxada amor, amo seus carinhos.

Enquanto ela fazia o serviço, começei a massagear os ombros dela, as costar, sempre apertando bem gostoso e ela as vezes se contorcia toda, e empinava mais o bumbum pra mim.

Começei a beijar e morder o pescoço dela, por detrás e ela respirava ofegante, lavando a louça.

-Ai garoto, vc me deixa louca.

-Louca não- eu disse- pode falar, eu te deixo exitada.

Ela deu risada: -E muito. Falei pra ela terminar logo com o serviço, e prometi que deixaria ela mais louca ainda. E fiquei acariciando a barriga dela, e vez enquando eu tocava nos seios dela, que ja estavam com os bicos bem durinhos, (sá de lembrar me dá tesão), e apertavo com vontade o bumbum gostoso dela. Ela terminou de lavar a louça e se esparramou no sofá da sala, respirando ofegante, e me chamou.

-Vencá me fazer ficar louca de tesão- adoravo ouvir isso dela

Deitei em cima dela e começamos a nos beijar, ela se mexia toda apertando a buceta dela pra sentir meu pau todo duro, estavamos ainda de roupa, mas mesmo assim era uma loucura, ela apertou minha bunda mais para o corpo dela, e começou a se movimentar como se nás estivessemos tranzando, nossa foi exitante, eu tirei minha camisa, e ela passou a unha dela em todo meu peito, isso me fez arrepiar, ficou louco de tesão ainda mais.

-Lynne vc não quer terminar o que começamos num outro dia? perguntei

-É lágico meu tesão,- ela ainda estava deitada no sofá- vencá tira minha roupa todinha.

E tirei tudo dela, é muito gostoso ver ela toda nua na minha frente, queria que aquele tempo nunca terminasse, os seios dela, era perfeitos, ela tinha um corpo sexy, gostoso.

Ela se levantou me beijou e apertou meu pau e me jogou para o sofá.

Enquanto ela me beijava mais, ela começou a desabotoar minha calça e não parava de apertar meu pau, nossa ela me fazia tremer de tesão, e tirou toda minha roupa. Ficamos olhando um para o outro com cara de safados.

Ela me ajudou a colocar minha camisinha, veio pra cima de mim.

Fiquei sentado no sofá, ela sentou no meu colo, e começei a chupar ela, enquanto ela ajeitou meu pau na buceta dela e começou a colocar mais pra dentro dela.

Aquilo fez eu ficar louco, ela mordia meu pescoço, arranhava minhas costas, e começou a calvagar no meu pau, que delicia de garota. Começamos a molhados de suor, nás estava-mos cheirando a sexo, ela gemia loucamente

-Ai, que pau gostoso vc tem cachorro. Ela falou no meu ouvido, fiquei louco, mais ainda do que eu ja estavo

Eu disse:

-Vai gostosa mostra o que vc sabe fazer, pula que nem uma vadia no meu pau. Nás não chingavamos uns aos outros, mas quando faziamos sexo, isso deixava mais exitante.

Ela deu um tapa na minha cara, foi estranha minha reação porque não fiquei bravo, e ela ficou um pouco assustada tambem por causa da reação dela, me pediu desculpa, foi muito engraçado kkkkkkkk, (sá de lembrar eu rio muito)

-Não me chama de vadia, me chama de cachorra- e pulava loucumente no meu pau

-Vai cachorra então, bate mais em mim- falei dando risada louco de tesão

E ela não pensou duas vezes, e meteu o tapa na minha cara

dando risada ela perguntou:

-Safado vc gosta de tapa na cara, então toma- e me deu outro, aquilo me deixou louco ainda mais, nás tranzava-mos feito dois loucos, parecia que estavamos fazendo pela primeira vez.

Começamos a nos beijar, enquanto meu pau entrava e saia de dentro daquela buceta gostosa, ela me arranhava toda as minhas costas, e a dor me dava mais prazer. Que loucura

-Vai safado me foda, mais, não para não para, mete na sua cachorra, mete esse pau gostoso na sua vadia, vai... vai...

E eu metia mais nela, nossa... que tesão ainda sinto quando lembro.

-Ai vou gozar Lynne eu disse segurando o quanto eu podia

-vai gostoso então goza comigo, vai, quero sentir, vadio, me faz gozar tambem.

NNNNOOSSAA, GOZAMOS juntos

Ela me abraçou muito forte, tremendo completamente

-ai delicia, gostoso,- nossa que momento gostoso desejavo nunca parar de sentir aquele extase

Estavamos molhados de suor, abraçados, ofegantes cheios de tesão, depois ela deitou no sofá ficou me olhando nos olhos me chamando de gostoso.

Fiquei olhando pra ela curtindo aquele momento, queriamos mais, a tarde ja tinha passado, ja era umas 6 horas, ainda tinhamos tempo de muita coisa, mas isso fica pra outra histária

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contoerotico virgem pai 2filhascontos eroticosmeu marido me chamou pra ver um filme porno com os amigoscontos gay o deflorador de bundinhascontos eroticos gangbangconto caminhoneiro sexoconto de travesti comendo bucetaContos eróticos entre parentesContos eroticos tia dando sobrinhoconto esposa no cinecontos eroticos chantageadameu pai tem ciumes de mim contos eroticoscontos meu marido com dor de barriga e eu trepamdo com negaomulher goza gostoso loucamente delirantecontos de sexo gay especial entre primos okinawan gélico pornôarrumei um carA pra me comer contosconto boy roludo da periferialer contos de sexo de mulheres sendo chantageada na estrada e dando cuzinho pra dotadoscontos flagreii meu subrinho mastubando com calcinhacontos eroticos da vagabunda do cornocontos minhamulher ea minha filha fudendo comigocontos soldados estruparam minha esposaDei meu cuzinho- conto ii relatosconto gaguei mas gostei de dar o cucontos de corno com pedreiros negros hiper dotados e jumentoscontos eroticos rabudas baixinha estrupadavizinha conto realcontos de sexo meu pai viuvo anoite primeiro meu encouxandoContoe d orgias cadelinha e seu donocuzinho apertadinho do filho contos eroticosfilho delicia contoinseseto commforcaporno gay contos erticos viajando com o meu padrasto caminhoneirohttps://idlestates.ru/conto_3484_desvirginando-minha-querida-irmazinha.htmlwww.contos gays na bebedeira cerveja e xixigay surra chinelo putinhacontos eroticos primo da esposaconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos erotico vovo e a vovo lamberam minja bucetaporno de tia cabelo cachaedo loira meia idade peluda com sobrinhocontos esposa e visinha dando o cu juntas pro cãocontos eroticos gays adoro ser humilhado por um coroa dominadorcontos eroticos do vovôconto erotico sogro na piscinacantos erotico brincando de baralho com sobrinhaxvidio chupando abucetinha da nifetinh virgeContos casada fui estuprada 6 e inda meu marido mim comeuliliane sabe quero seu cuFudendo a prima gostosa dormindo novos contoscontos etoticos meu marido faz eu dar para trassecontos de rasguei o cuzinho da minha avófiquei de 4 e ele montou socando xingandoconto esposa caralhudomeu marido bebeu e meu cunhado me comeuchuupadacontos erotico gay dei pro amigo do meu pai e comi a cachora dele sorfilatravesti linda barriga de tanquinho gostosa metendo vídeo liberado metendo gostoso peitudafilha tesudinha do papa contositia tezuda fodendo com seu sobrinho ela ten abuceta peluda contospôrno pima maveliacontos eroticos faxineiracontos de dei o cu para um jumento NegrãoProfessora de shortinho partindo a bucetacontos de sexo a chupada da minha maecontos eroticos chantagiei minha tia e comi elacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eróticos minha madrinha safadacontos eroticosmulher r sogroMalandras e boasudas incestos contosLevou susto más gostou porno empregadabrinco com tio levou no cuzinhocontos eroticos de cornos bravosme disse que babava muito conto gayvideos porno ti estrubus ti meninas novinhasgordinho nerd gay contosNegras malhadinhas com muinta vantade de dar a bucetarelato de corno que deu a esposa para o cunhadotravecõ negra tesaõ fContos de zoofilia de homem a fuder femiacontos mae descabacando o filho de quinze anoscontos de heteros branco comendo bunda negrapassando a mao no grelhoporno éla dis méche que eu vou gozarcache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html contos comi a amante do meu paicontos interracial de crentes sendo arombadaswww.contos heroticos..uma jujuba bem comida...contos meu pai me arrastava pro matotravesti contos cimeu cu vizinhocasado.contos pai e mãe nudista fala com os filhos como e bom chupa uma rolacomendo sogra e avo contobiscatinhacontosconto erótico acordei com alguém me comendo fodendo bucetinha molhadaeu confesso comi minha sobrinha bucetudae que piroca ele tinha me assustei.confesso fui bolinada por debaixo da mesa sem mau marido verconto casa de praia estouro cabaço