Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MAIS DIA GOSTOSO COM MINHA ALYNE.

Depois de alguns meses de namoro com a Alyne, eu começei a ter problemas com minha mãe e com meu irmão.



Não converssavámos normalmente como uma familia. E soube que finalmente já tinha dado a hora de sair de casa.



Depois de uns 19 meses de namoro, converssei com minha namorada, e até chorei, porque não aguentavo mais viver sendo humilhado pela minha mãe e pelo meu irmão.

-Amor eu vou embora de casa, não aguento mais ficar vivendo assim- eu disse pra ela.



A Alyne ja sabia de toda situação que estava acontecendo comigo.

No mesmo dia, quando estavo no trabalho, eu liguei para meu pai, e converssei chorando com ele, e expliquei o que estava acontecendo. Ele me chamou pra morar com ele (graças a Deus). Na mesma semana eu fui embora da casa da minha mãe. E ela não deixou eu levar nada do meu jogo de quarto, mas tambem eu nem dei importancia, o mais imporatante eu estava fazendo: ficar perto das pessoas que gosta de mim e que me entende.



Eu dormi uns quatro dias no sofá.

Num sabado de manha eu fui comprar outro jogo de quarto pra mim, e meu amor tambem foi.

Comprei uma cama de casal, uma cômoda, lençol, essas coisas de quarto de casal, cochão e tudo mais.



No mesmo dia quando voltavamos pra minha casa, encontramos uma professora, e até ela achou graça, pois estavamos trazendo umas coisas mais leves, tipo: lençol, travesseiro, edredon.

-Nossa voces ja casaram, e nem me convidaram????

kkkkkkk foi muito engraçado, depois ela entendeu o porque de tudo isso.



Chegando em casa, trocamos beijos e amassos, quando foi umas quatro horas da tarde, chegou o restante das coisas, tudo desmontado, é claro.



Deixei tudo no meu quarto, incluindo o meu cochão de mola, que a Alyne me ajudou a arrumar pra mim dormir de noite, até minha coisas serem montadas.



-Nossa esse cochão é bom,- ela disse, pulando e sentando.

Com uma carinha de safada, que sá ela sabia fazer pra mim, ela mordeu os labios, e me chamou pra sentar com ela.



Começamos a beijar lindamente, como era bom sentir os lábios dela nos meus, chupar a lingua dela e morder. Estava-mos sozinhos na minha casa. Ela deitou e me levou pra cima dela, e que beijo gostoso foi ficando cada vez mais gostoso, mas quente.



Eu já estavo cheio de tesão e ela sussurrava no meu ouvido.

-Eu te amo meu gostoso, me beija mais tesão.

Nossa, amavo quando ela dizia isso pra mim. Ela me beijou e começou a levantar minha blusa, e percebi que ela queria tirar, eu tirei rapidamnte minha blusa.



Ela começou a morder meu pescoço e chupar, aquilo me fez arrepiar, e ela pegava no meu bumbum e apertava contra ela pra sentir meu cacete ja duro perto da buceta. Nossa cada minuto que passava estava ficando melhor aquela tarde.



Ela olhou dentro dos meus olhos, dando risada, e disse:

-Vamos provar se esse cochão é bom agora?

-Sá se for agora gostosa.

-Então vem gostoso tira minha roupa todinha- e deitou no meu cochão.

Dáva-mos risada daquele momento perfeito, enquanto eu tiravo a roupa dela, tirei a blusa dela, primeiro, os seios dela ja estavam com os biquinhos durinhos, ela não resistindo me levou pra chupalos.



E eu chupei aqueles seios maravinlosos (que ainda tenho saudades) todinhos, enquanto ela respirava ofegante.



-Vai tira tudo meu negro gostoso.

E tirei tudo. Enquanto ela estava deitada no meu cochão

Me levantei e tirei minha roupa, e ela colocou um dedinho dentro da buceta dela, ela me falou:

-Eu quero esse cacete bem aqui oh.



E enfiava pra dentro da buceta o dedo dela. Que delicia ver ela se tocando.



-Vem, vem fazer o que vc gosta tarado, vem me chupar todinha.



Ela sabia que gostavo de fazer sexo oral nela. E o bom era que ela gostava.



Enquanto ela falava eu ia de encontro com ela, ela tirou o dedo de dentro dela, e colocou na minha boca.



Uaua que delicia de garota, (sá de lembrar me dá agua na boca rsrsrs), sentir o gostinho dela, antes mesmo de estar lá chupando ela todinha, me fez ficar louco, extremamente louco de tesão.



Ela pegou minha cabeça e levou bem devagar pra buceta dela.



-Vai gostoso faz o que vc gosta de fazer, chupa minha buceta, vai... vai...



E caí de boca naquela coisa gostosa.

(fico com tesão ainda quando lembro)

E comecei a chupar, davo mordidinhas naqueles lábios gostoso ela tremia de prazer.

Passavo a lingua todinha nela, naquela buceta gostosa.

Ela abria mais com as mão dela.

-Vai gostoso quero essa lingua la dentro... me chupa... vai... gostoso... gosto...

Foi quando ela gemeu e gritou, estava gozando, se contorcendo todinha ela agarrou meu travesseiro e apertava contra ela.

Segurei as pernas dela, e chupei ainda mais ela



Que delicia de garota era minha Alyne.



Esperei ela se acalmar um pouco, ainda tremendo, e dando risada, respirando ofengante. E disse:

-Quer sentir seu gostinho em mim gostosa?



Ela sá balançou a cabeça confirmando.

E beijei ela, nossa que delicia, ela tomava conta da minha boca todinha com a lingua dela, sentindo o gosto dela.



-Nossa que boca gostosa



E me beijava loucamente.

-Vai gosto, quero ver esse cacete dentro de mim. Todinho.



Enquanto eu colocavo a camisinha, ela se masturbava com dois dedinhos, gemendo, toda aberta pra mim.



-Vem gostoso enterra esse pau em mim, eu quero ser fodida por vc.



Quando estavo deitando em cima dela, ela colocou a mão no meu peito e disse:



-Quero fazer diferente, me coma por trás, que nem uma cadela.Vem meu cachorrinho, traça sua cadelinha.



Eu davo risada de ver ela falando assim, fiquei perguntando pra mim mesmo o que tinha acontecido com ela, ela nunca foi assim.



-Como vc quizer gostosa, quero ver vc de quatro pra mim toda aberta.



E ela ficou, caramba, que bumbum gostoso era aquele, na hora que eu vi aquela buceta toda arreganhadinha pra mim,

fiquei mais louco ainda.



-Vem tarado, me come vai... vai gostoso, pega sua cadelinha.



E dava tapa no bumbum. Eu já estava extremamente com meu cacete duro que nem vara verde.



E coloquei nela, naquela buceta gostosa.

-Isso cachorro me coma, coma minha buceta... ta gostando



Era a primeira vez que tranzavamos assim, com ela de quatro pra mim.



Eu entravo e saia dela rapidamente. Mas não tinha colocado tudo ainda, porque ela pediu pra mim ir devagar.



-Vai gostoso eu quero esse pau todo dentro da minha buceta.



E meti todinho, nossa que delicia, ela gemia, tremia, loucamente.



-Vai gostoso... vai ... vai... mete... mete... gostoso na sua Alyne.



Cada minuto que passava eu me apaixonava mais por aquelas palavras, por aquela garota, ela estava sendo safada, minha mulher, meu tesão.



Eu não resisti, tirei meu cacete de dentro dela, e cai de boca naquela buceta.

Chupavo ela como se eu fosse uma criança louco por um doce que eu tinha encontrado.



Que garota gostosa era minha Alyne, ela ficando louca, gemia alto.

-Vai gostoso chupa toda essa buceta, sei que vc gosta, chupa tudo, vai... uuuu.



E meti novamente nela por detrás, ela empurrava o bumbum dela pra mim, movimentando junto comigo, naquele sexo gostoso.



-Ai vou gozar meu tesão, ai... ai..



E eu metia mais naquela delicia de buceta.

-aaaaaiiiiii...

Quando ouvi aquele gemido dela, eu não pensei duas vezes

e cai de boca naquela buceta gostosa, e sentia ela gosar loucamente. Que delicia de garota.



Penetrei nela novamente, e logo meu goso veio tambem.

Eu queria entrar nela de tanto tesão que eu estava, e ela empurrava o bumbum dela no meu pau, colocando mais meu pau pra dentro da buceta dela. Nossa que delicia.



Nunca esquecerei dessa tranza.Ela se deitou tremendo, gemendo, e eu deitei em cima dela ainda com meu cacete dentro dela.



-aii gostoso, não tira não, deixa ai esse pau. Ai que delicia...



E ficamos não sei quanto tempo assim, ela deitada e eu por cima dela, e meu cacete dentro dela ainda duro.



Depois ficamos deitados, dando risada daquele momento, trocamos beijos, ela ainda me fez chupar os seios dela.



Que momento maravinhoso, jamais esquecerei.



Depois tomamos banho juntos, e ainda não resistindo chupei ainda mais ela dentro do banheiro, por muitos minutos ainda, até ela gozar novamente.



Trocamos e fui leva-lá pra casa dela.

Pensando no práximo dia que ficariamos assim novamente.



Quando deixei ela na casa dela. Ela simplesmente olhou pra mim, com uma cara de menina safada e disse:

-Cochão aprovado, pronto pra práxima,- e discretamente pegou no meu pau- gostoso meu tesão.



Esse é meu e-mail, [email protected] quero receber elogios e criticas, saber o que estão achando das minhas histárias, espero que estejam gostando, porque tem muito mais. Assim que estiver mais tempo estarei escrevendo, abraços a todos

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico mulher gravida e marido com a sogda veia juntascasa dos contos eroticos tia e primacontos eróticos caseiros com o filho rapaz do patrãoconto minha madrasta me transformou em mulherconto erotico deidinheiro a minha maea velha e o pedreiro contos eroticosNovinha de shortinho partindo a buceta no táximulher massagista escorregar o dedo na xota da clientecontos eroticos casal voyeur sem quererA dançarina e o gostoso da professora de dança contos eroticocontos coxudas de saiaConto começou.nascer cabelo na.buceta da.minha.cunhadinhaMeu sogro cheirou minha calcinhachupando a pica do padrasto conto eroticoconto eróticos puta de salinasconto erotico gay viram minha marquinhacontos de coroa com novinhohomem deixar você anda mulher toda arreganhada tanto transarcontos eroticos sou fodida feito vadia e chingada de puta com o meu primo e tiocontos comendo a mae e a avóContos Gays Fui Assediado pelo marido Gostoso Da Minha Irmâcontos eróticos casada não resistiu e traiucontos a pica do comedor pingandoerotico dano para meu sogro e meu namoradominha novinha tarada contocontos eroticos de novinhos madrinhascontos chupou meus peitinhos levantou meu vestido e puxou a minha calcinha e me rasgou e eu gritava de dorcontos erodicos de alunas e prefessoresNo cu da minha namorada amigo contos relatosamigocontoseroticosconto peguei a coroa dona do cormeciocontos reais de mulher que deixou cachorro emgatar na bucetacontos erotico gay negro dando pra brancoconto nao guentei a pica de jumento choreicontos di mulheris que ralaram pela primeira vezMamando rola na escola contoseroticoscontos-começo a rebolar no teu pauConto comeram a nossas esposasempregada deu a bucetinha ao patrao sobre chantagemhistoria de contos eroticos com pasteleiroPapai e titio comeram minha bundinha contos eróticosfui dormir na casa da tia e comeu o Helenavhupou minha buceta lesbicaconto eróticoCasa dos Contos Eróticos nora do rabo gostosomae desfilando de calcinha fio dentalcontos eroticos q bocA e essa desse baianoxvidio amaciando a esposacontos eroticos minha sogra de calcinha rendaRealizei a fantasia do meu colega e eu virei cornocontó erótico sendo estrupada por pau grande com dorcontopaugrandecontos de no dedinho do padrinhocontos eroticos chupando a pica do meu filhonovinha p****** dando para o bodãopegando casada na.cadeia comtos eroticosContos erótico novinhas vigem sedo arobada pelo vizinhoenteadinha contosContos eróticos tremcontos putinha caralhudo corno chupacontos heroticos - brincando de pique escondechupando a esposa gozada de biquininhoFILHA CHORA QUANDO O PAI EMPURO A PICA NELA PORNOdei a buceta pra não me entregarem contos reaishistorias pra gozar minha menina de 19 aninhos e delirarconto erotico coroa catadora papelaominha cunhadinha e virgens peguei a forcamorena goza se esfregando e/apanhando contoscontos eroticos como passei a ser travesti por causa do meu cunhadocontos eróticos com enteada caipirabrejando minha comadre muito gostosacontos eroticoseu gostoo d ver meu marido comendo a empregadaContos eroticos parenteenfiaram uma bucha no cu do estupradorconto macho fica pelado fraguei meu garotinho de seis anos mamando o pau do vizinho contos eróticos gaynovinha na rola do nelori roludo gosanocontos eróticos de professoras gostosas transando gostosoconto transando com ladraoHistória porno cumi a cachorafui penetrado