Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TESTEMUNHA OCULAR DA SEGUNDA TRAIÇÃO 2

testemunha ocular da segunda traição II



no ultimo conto falei como minha mulher mim fez ver ao vivo ela transando com o meu amigo gilberto na cozinha da minha casa

e no fim ainda mim fez engolir o gozo do gilberto e depois chupar sua buceta ate dexala bem limpa,então ela mandou que eu

fosse na piscina e chama-se minha cunhada aline para ajudala a fazer mais caipirinha,fui e levei mais cerveja para meu irmão

e meu amigo,a aline foi para a cozinha e minha mulher mim contou depois que colocou cerveja misturada na caipinha da minha

cunhada e começou a contala que tinha comido o gilberto ali na cozinha a pouco tempo e que eu tinha ficado assistindo,minha

cunhada falou que não acreditava e minha mulher falou que ela ja estava esfregando uma perna na outra com tesão e ela falou

que viu ela pagando um boquete no meu irmão na piscina e viu que realmente o pau dele era enorme mas não era grosso como

o do nosso amigo gilberto a minha cunhada aline duvidou e minha mulher mandou que ela chama-se o gilberto para pegar mais

cerveja,quando o gilberto chegou na cozinha minha mulher encostou ele na pia e falou,-aline vou tem mostrar que pau gostoso

tem o gilberto,ficou de joelhos baixou a sunga do mesmo e começou a pagar um boquete,quando a aline viu a grosura do pau

do gilberto não se aguentou e começou a se tocar,colocou a mão por dentro do biquini e começou a mexer no grelinho dela ai

minha mulher mandou que ela sw ajoelha-se e ajudase ela a mamar o gilberto,ela falou e meu marido minha mulher falou eu fico

olhando e se ele vier eu aviso,minha mulher foi para a porta deu uma olhadinha para a piscina e eu estava bebendo com meu

irmão,ela voltou para junto dos dois e mandou minha cunhada fica olhando para a piscina pela janela encostada na pia e com

a bunda bem enpinada ai o gilberto colocou a cabeça do pau na bucetinha da minha cunhada e começou e meter primeiro bem

devagarinho e a medida que ela ia se acostumando ia cada vez mais rapido e mais forte,nisto minha mulher sai e vem para a

piscina e fala pra mim vai la na cozinha ajudar a aline e o gilberto que eu fico aqui com seu irmão,sai e quando cheguei la na

cozinha o gilberto estava metendo na aline que pedia que ele batesse na bunda dela que ela ia gozar o gilberto batia de mão

aberta na bunda dela e eu aproveitei que ela estava em transe e puxei ela e coloquei ela pra mim chupar e o gilberto terminou

de gozar na buceta dela e eu na boca deixando ela laragada e toda gozada estirada no chão da cozinha,quando levantei e dei

uma olhada pela janela vi minha mulher baixando a sunga do meu irmão e pegando no seu pau para iniciar um boquete no meu

irmão,ja minha cunhada tava beijando-se com o gilberto deitados no chão ambos muito cansados,minha mulher mim contou

depois que quando sai da piscina ela entrou na piscina e foi para o meio das pernas do meu irmão que estava sentada na borda

da piscina com os pés para dentro com ela no meio e ela falou sandro vi sua mulher pagando um boquete em você la da cozinha

e fiquei com muito tesão no seu pau deixa eu ver se ele e mesmo gostoso e ja foi tirando o pau dele para fora e iniciando um

belo de um boquete e meu irmão espantado com a iniciativa dela ficou parado so curtindo aquela bela chupada no seu cacete,

mais em menos de dez minutos ja estava gozando na boca da vadia da minha mulher que engolia tudo,depois voltamos todos para a piscina e agíamos como se não tivesse acontecido nada,continuamos tomando nossa cervejas r as mulheres suas caipirinhas,mas como minha cunhada Aline e meio fraca para bebida,

acabou dormindo na cadeira da piscina,então meu irmão pegou ela nos braços e foi deixala no quarto de hospedes,quando voltou minha mulher falou agora quero fazer minha festa particular vamos os quatros La no meu quarto que eu tenho um a surpresa para vocês,fomos todos para o quarto e chegando La ela falou,¨todos tirem as roupás¨,e já ficou de joelho no meio do quarto e chamou o meu irmão e o Gilberto e começou a chupar a pica dos dois e falou vem aqui meu corninho e prepara o meu cuzinho que seu irmão vai deixalo bem arrombadinho e cheio de leitinho para você,peguei o ky e passei no cuzinho dela e meti um dedo depois passei mais um pouco e meti dois dedos e deixei bem laceado ai ela falou agora passa no pau do seu irmão,cara não sei conta a sensação que senti passando ky naquele cacete com mais de 22cm que ia arrombar o cuzinho da minha mulher,foi quando ela falou Gilberto deita ai na cama,ela foi por cima do meu amigo e foi se espetando naquele monstro de pau que alem de grande era quase da grossura do meu braço,ela foi baixando e engolindo tudo com sua bucetinha e ela começou a subir e descer cada vez mais rápido,ai ela parou e deitou por cima do meu amigo e falou com o meu irmão agora vem e mete no meu cu,mais vai devagar no começo pois e minha primeira vez com dois de uma vez,meu irmão segurou o cacete pelo meio e mirou na boca Du cuzinho dela e foi metendo a cabeça do pau,metia e tirava e ela sá gemendo,mais quando ela acostumou ele começou a meter cada vez mais rápido e mais fundo e ela já estava fora de si e mandava que os dois metesem cada vez mais rápido e mais forte ate que os dois gozarão um no cu e o outro na buceta dela,nisto ela já devia estar no seu terceiro ou quarto orgasmo,eles ficaram parados em cima dela e rolaram de lado cansados daquela batalha,passando uns cinco minutos ela mim chama e manda que eu limpe o cu e a buceta dela com minha boca eu chupei e fiz toda limpeza nela mais ela achou pouco e mandou que eu limpase também o pau dos dois,depois foram tomar banho os três juntos e quando voltaram ela ainda fez os 2 comerem meu cú e gozarem na minha boca,mais depois eu conto mais.















VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos de tirando o cabaço das cunhadascontos dona florinda chaves pau duroContos erocticos aaaai papaicontos tomei no cu gostosocontos e vídeos faturei minha irmãcontos eróticos de bebados e drogados gayscontoa cu pra o velhocontos interracial sou uma mulher bem branquinha vivendo numa familia de negroscontos do caralhocontos gay cunhado barracadei meu cu pra um bebado desconhecido contos gaycontos eroticos real novinhamasagista se marturbando no meio do espediente porcontos irmãzinhameu padrasto me fudeo todAvidio porno enchada qualculadaincesto realidade fantasias contopornô mobili com coroa e vamos até gozarcontos ex com amigoscontos de transando com o genro timidocontos esposa rebolou para,amigocomo eu ia na fazenda novinhaConto erótico na casa do tio tarantoeu confesso incestocontos erotico grande foda com a minha namoradapadrasto garrando novinha.comcontos eroticos de coroassou branca e sempre quis da aum mulato mas sou casada contos minha esposa e o porteiroContos gay pinto pequenocontos eroticos apanhandoconto viuvo virei veadoenchi o cuzinho da travesti contosgordao tarado conto eroticoContos eróticos menininha novinha e putinhaBucetas virgemdas das adolecentes doidocontos eróticos minha nora cuidando de mimcontos eroticos mulher casada bi sonia e suas amigasminha sogra pediu pra ver meu pintocontos dogconto chupei a bucetinha da minha sobrinha de sete anos que ficava na minha casaContos.encesto.so.de.mae.o.asaltocontos pornos comi sogra mamae tia irma onibus lotadoconto eurotico namorada chupeteiraimagens de mulheres chupando o peito uma da outra com muito prazerlesbicasguado o cavalo tramza a rola dele fica detro da eguacontos euroticos de meninas com mito tesaoporno chupei o peito e bucheta da minha cunhada ate ela cederMae nao aquenta todo pau do filho no cu apertadomão amiga trêm metrô onibus show contos eróticoscontos eroticos de estrupamendocontos sexo estorando cu virgemsDesvirginando a sobrinha de 18 anosmulher pelada e o cu melado de manteiga no corpo inteirovidio.da meninas do corpiho gostozucontos eroticos de mulheres tendo suas tetas mamadas por animais e eles metendo nelascontos eroticos gay: se tu deixar eu não conto pra ninguemminha nora gostosa+contoscontos eroticos patricinha caminhoneiroscontos relatados por mulheres que foram abusada e acabaram gozandocontos vizinha loira meninaVirgem inocente contoContos namorada e o velhoContos eroticos pega a força por pmconto erotico de colega saradao do meu padrasto mim comeucontos gay trans teenPrimo Fodindo Suas Primasdei para meu genrocontos eróticos aquele caraconto caminhoneiro sexoMinha vizinha me deixou ver ela transando contosContos eroticos empregada humilha a patroacontos betinha vendo a irma sendo fodidacontos eróticos gay primeira vescontos eroticos dona zefaterceira idade de calcinha no cuContos eroticos chantagiei minha enteadacontos de mae na ciriricase um homem excita uma mulher e demora muito para penetra-la ela pode sentir uma dorzinha