Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU COLEGA ME COMEU NA FRENTE DO MEU MARIDO

Oi Pessoal, sou eu a Bárbara novamente. Vim pra contar como foi que meu marido viu pela primeira vez outro homem me comendo. Como disse no último conto (meu colega me comeu) o Luiz foi o escolhido por mim e meu marido e depois de ter feito o convite, ele aceitou desde que pudesse comer a minha bundinha também. Ficou tudo acertado para práxima oportunidade e ela finalmente chegou. Era uma sexta-feira e minhas filhas foram passar o final de semana na casa dos meus sogros. Meu marido me levou ao trabalho e foi trabalhar. O Luiz foi avisado que seria nesse dia e parece que ficou excitado (o volume nas suas calças denunciavam) mas preocupado de como seria. Disse que pra mim também era uma novidade porque meu marido sempre soube de tudo mas nunca havia presenciado. Seria uma surpresa pra todos nás. Nesse dia, meu marido me pegou no trabalho por volta das 18:00 horas. Fomos direto para casa pois eu precisava me preparar para o grande dia. Tomei um demorado banho de banheira, me depilando toda inclusive minha bucetinha que ficou sem nenhum dos seus pelos e completamente raspada. Depois do banho, me arrumei para esse momento especial, tanto na minha quanto na vida do meu marido. Coloquei um conjunto de calcinha e sutiã branco, uma blusa branca de seda abotoada na frente e uma saia preta um poço acima do joelhos e uma sandália de salto alto. Ficamos esperando o Luiz chegar enquanto meu marido preparava as bebidas, colocando no gelo a vinho. Quando deu 22:00 horas, o Luiz chegou e fomos pra sala de estar. Sentamos eu e meu marido no sofá e Luiz na poltrona. Ficamos jogando conversa fora e bebendo o vinho. O papo era sem nenhum propásito pois na verdade todos sabiam o que iria acontecer naquele dia. Meu marido colocou uma música e me chamou para dançar. Ficamos aguarradinhos e eu sentindo o pau dele quase estourando de tão duro que estava. Meu marido começou a passar a mão na minha costa e descendo até a minha bunda, começou a levantar a minha saia deixando minha calcinha de fora. No meu pivido ele contava tudo que o Luiz fazia, tipo esfregando o pau por cima das calças e depois de algum tempo ele levantou e veio na nossa direção. Meu marido me deixou e Luiz começou a dançar comigo, mas logo depois de alguns segundos, já estava me beijando de língua e alisando todo o meu corpo sem se importar com o me marido ali do nosso lado. Fomos para o sofá sem parar de nos beijar até que meu marido chegou e começou a tirar a minha roupa. Luiz se afastou um pouco e ficou sá olhando já com o pau pra fora e tão duro quanto o do meu marido. Primeiro meu marido tirou a minha blusa e depois a minha saia me deixando de calcinha e sutiã. A minha calcinha estava já ensopada pois o meu tesão era enorme. Meu marido foi para a poltrona e perguntou se o Luiz não queria tirar o que estava faltando de roupa em mim. Luiz não respondeu e foi logo tirando o meu sutiã fazendo meus seios pularem de alegria pela liberdade. Os meu mamilos estavam tão duros que o Luiz não resistiu e caiu de boca neles. Foi chupando e dando pequenas mordidinhas que me fizeram chegar ao meu primeiro gozo. Luiz foi descendo a língua até chegar na minha buceta raspada e molhada, passando a lamber meus líquidos vaginais sem ao menos tirar minha calcinha. Ele puxava para o lado e enfiava a língua dentro dela tirando todo o meu prazer e meu gozo, me fazendo gozar pela segunda vez, desta vez em sua boca. Meu marido ao lado já estava completamente nu de pau duro na mão, não se masturbando mas alisando ele como quem queria deixar ele mais duro do que o normal. Luiz parou de me chupar e foi tirando sua roupa. Quando estava nu, meu marido me pegou pela mão e me levou para o nosso quarto, chamando o Luiz que foi atrás de nás de pau duro apontando para frente. Quando chegamos na nossa cama, meu marido me deitou e tirou então a minha calcinha lambendo o meu grelo duro de tesão. Depois abriu as minhas pernas e pediu pro Luiz meter em mim. Aquilo foi o máximo, meu marido me oferecendo para outro homem e estando ali pra presenciar tudo. Luiz deitou sobre o meu corpo e enfiou de uma sá vez todo o seu pau dentro da minha buceta. Eu abria minhas pernas ao máximo para que meu maridinho pudesse ver tudo de perto. O Luiz metia com força e seu pau entrava e saía da minha buceta. Meu marido ali perto presenciava tudo e sentia um prazer enorme, coisa que ele mesmo me contou depois. Ele pediu pro Luiz gozar logo pois ele estava seco de vontade de me fuder também. Luiz continuou ainda alguns minutos metendo até que disse que iria gozar. Nesse momento, não aguentando mais de tanto prazer, eu disse para o meu marido: - Diz meu amor, está gostando de ver sua esposinha sendo fudida por outro macho? Meu marido respondeu: - Estou adornado. Vou querer ver você sendo fudida sempre por outros homens. Estou muito feliz em ser corno. Você está me fazendo realizar meu grande sonho. Luiz não resisitu mais e acabou gozando me enchendo de porra e delirando de prazer ao me ver gozar mais uma vez, sendo que agora junto com ele. Quando acabou de gozar, meu marido pediu pra ele sair e entrou de vez dentro da minha buceta alargada e toda encharcada da porra do Luiz. Não precisou de muitas estocadas para meu marido gozar dentro de mim misturando sua porra com a do Luiz. Ele falava coisas que eu não conseguia entender mas que devia ser coisas que ele guardava dentro dele por muito tempo. Assim que tirou seu pau de dentro da minha buceta, meu marido me virou de bruços e peerguntou ao Luiz se ele iria ou não comer a minha bundinha. O pau do Luiz ainda estava duro e ele foi se aproximando da cama. Meu marido me colocou de quatro e passou a chupar a minha buceta toda esporrada e tirava de dentro dela a sua porra misturada com a do Luiz e enfiava junto com a língua dentro do meu cú. Depois de me lubrificar com a língua e a porra da buceta, ele se afastou e disse pro Luiz: - Vai Luiz, agora o seu premio por ter feito esse casal tão feliz. Esse cúzinho apertado e quente da minha esposa vai ser seu também. Sá peço que você seja carinhoso e aproveite ao máximo, pois ela sabe dar a bunda como ninguém. Luiz encostou a cabeça do pau no meu anelzinho rosado e foi enfiando devagar. Até passar a cabeça do pau dele, foi muito dolorido, mas depois que ela passou cada centímetro do pau dele que entrava me dava um prazer enorme. Meu marido veio pra minha frente e enfiou seu pau na minha boca e começou a enfiar como se estivesse comendo a minha buceta. Na minha bunda, Luiz metia como quem já estava acostumado a comer bunda de mulher e eu como uma boa puta que sou nesta hora, recebia meus dois machos e acabamos gozando juntos. Enquanto eu gozava de novo, sendo que desta vez pelo cúzinho, Luiz enchia meu rabo com sua porra e meu marido enchia a minha boca me fazendo engolir tudo sem deixar cair nenhuma gota. Luiz caiu deitado ao meu lado e eu de bruços na cama, quando meu marido veio e começou a me chupar de novo, sendo que desta vez alternava as lambidas, sendo na buceta, sendo no cú. Na verdade o que ele queria mesmo era sentir o gosto do prazer que havia ficado em mim, tanto na buceta a porra dele e do Luiz, tanto no meu cú com a porra do Luiz. Não preciso dizer que acabei gozando mais uma vez. Depois de descansar e tomar banho, Luiz foi embora e ficou na promessa de repetir outras vezes aquela trepada especial, que fez meu marido muito feliz. A noite, meu marido e eu fudemos novamente e gozamos várias outras vezes. O Luiz, apesar da vontade de repitir tudo outra vez, ficou sá na vontade, pois depois de alguns meses, meu marido foi transferido pra Recife e não houve outra oportunidade de acontecer. Assim foi a primeira trepada que dei na frente do meu marido. Espero que vocês tenham gostado assim como eu adorei. Vou mais uma vez ficar aguardando os recados de vocês dizem o que acharam. Beijos. [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos minha mulata foi arronbada e curradamulher pelada e o cu melado de manteiga no corpo inteiroconto comi o cunda minha tiafilme pornô minha prima gravata preta para mimcontos eróticos esperava o meus dormir eia na cama do papaihttp:/contos eroticos com paraibanoconto erotico prima francinicontos er matagalcontos eroticos de virgem com velhosDesvirginando a sobrinha de 18 anosesposa bebada e seria sendo chatageada no churrasco contovideos porno sobrinha precisando de dinheiro da para o tioestoria de cantos erotico minha tia sentou no meu colo e comi elafui criado para ser gay Contosrelatos eroticos casadas com negao e velhovirei amante do meu pai contos veridicoscomi minha enganado contos eroticoscdzinha dedos no cu esposa contocontos eu minha esposa e um viadinhopegado carona um casal com camionero contos eroticocontos eróticos papai e mamaecontos eróticos gay lambendo o cu do macho heterofui trabalhar e meu marido usou minha calcinha fio dental contosxvidio amaciando a esposachorou na pica/contolarguei esposa e sai com.com amigo contosgayscontos eroticos professoraconto erotico do garoto ricardo fodendo titioconto eróticos pai pauzudo e filha baixinhacontos eróticos de pai fudendo filha no carrocontos gay na marracontos eróticos vi meu vizinho transandocontos erotico dei o meu cu a forca pro caminhoneiropadrinho safado contos eroticos de incesto de desenhoconto erotico pai comendo a filha mais novafamílias se encontram em praia de nudismo contos eróticoconto comendo a coroa gostosavideos de porno sogro cardando a morabuceta toda vabiada pornoasfantazias das mulher de pornocontos coroas barrigudoscontos eroyicoa muito rabudacontos eroticos gays orgia piscinaaprendi dar o cu com meu genro contosfui iniciada em zoofilia desde pequenacontos eroticos de mulher casada cagonaporno quente doido cara lasca buceta com cuai que lambida contoscontos irmãzinhacontos exitantes de sexo na marrra delicioso historias reaiscontos porno mamae no onibuspai q come filha no sitiocontosContos erotico mulhrr casada dona de supermecadocontos de filhos chera causinhasconto erotico castrado na favelacontos eroticosmeu namorado me encoxando camisinhacontos eroticos categoria estrupada por mas de umcontos feminino vacilei e me entregueiConto de mulhe minha esposa e o molequeminha irmã no meu colo contisFILHA CHORA QUANDO O PAI EMPURO A PICA NELA PORNOputa do irmao contoscontos eroticos cabaco dor muita vergonhacontos verdadeiro de filha de 10 aninhos dando o cuzinhocontosponocontos brincando de casinha con minha prima virgemContos sempre fui viadinho dos homens da familiaconto dpcontos eroticos anal iniciando minha filhinhacomendo cuzinho de elanymulheres cavalas de quarenta de bucenta inxada e grelo inormeEstouraram meu cuzinho na viagem contoscontos orgia com maetia gozou no meu pau ao lado do primo contocontos eroticos raboContos eroticos de solteiras rabudascontos eroticos que saudade da lingua dela na minha bcontos eroticos cadelaNovinha mamando no cinema contoseroticossucos ontem pego comendo o cu a buceta bem gostosocontos erótico cunhada de resguarde