Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ME ESTUPRARAM NO ANATÔMIC E METERAM OBJETOS EM MIM

Sou estudante do terceiro ano de medicina, uma aluna muito aplicada por sinal, mas esse meu interesse pelos estudos iria me levar a uma cena de que jamais esquecerei...

Como de costume, fui ao laboratário anatômico estudar. Sempre ia embora cedo, mas esse dia resolvi ficar até tarde para estudar pra prova do dia seguinte. Todos foram embora, de um por um. Já era mais de 19 horas da noite e sá restava eu. Logo o zelador e o monitor estavam me apressando, pois tinham que fechar o laboratário e guardar as peças. Pedi por favor para ficar mais um pouco, que precisava estudar, que faria qualquer coisa.

Os dois se olharam, desconfiados e sorriram, perguntando: "Qualquer coisa mesmo"? Eu me assustei com aquele tom de voz e disse que não precisava mais, que estava indo embora, mas os dois disseram que eu já havia atiçado e agora queriam a recompensa...

Saí correndo, mas os dois vieram atrás de mim, me seguraram e me jogaram em cima daquela mesa fria que colocavam os cadáveres em cima. Comecei a gritar e um deles disse: "Grita,putinha! Já foi todo mundo embora e ninguém vai te ouvir...Agora a gente vai meter em você até dizer chega!!!!". Comecei a chorar, pedindo pra eles me deixarem ir embora, mas parece que aquilo excitava-os mais ainda... Deram tapas na minha cara e me chamavam de cadela, de vaca, puta safada. Tiraram minha saia, minha calcinha e abriram minha buceta, examinado-a bem, depois bateram com as picas na minha xaninha. Então o zelador me segurou, enquanto o monitor começou a meter o caralho(que estava muito duro) na minha bucetinha apertada. Doía muito e eu chorava pedindo pra parar, enquanto os dois gargalhavam, se deliciando com meu corpo,qu a esta altura tinha virado objeto! Trocaram de lugar e agora o zelador é quem vinha na minha direção. Quando vi o tamanho do cacete dele me desesperei, era enoooooooorme! E vinha latejando na minha direção.Tranquei a buceta na esperança de que ele não conseguisse meter, mas foi pior. Ele botou a cabeça e com muita força meteu todo o resto de uma sá vez, rasgando minha chaninha ainda pouco fodida. Quase desmaiei com aquele picão no meio das minhas pernas, até que ele gozou.

Quando pensei que estava acabando, os cacetes dos dois já estavam duros de novo, parecia que não comiam uma mulher a muito tempo... Me viraram de costas, me mandaram empinar a bunda e começaram a meter um dedo, dois e até três no meu cu. O problema é que nunca dei o cu e estava doendo muito. Ameaçei de contar na diretoria do curso se eles não parassem, mas eles ficaram com raiva e disseram que iam acabar comigo, pra eu não pensar em contar pra ninguém. O monitor então foi no ossário(local onde ficam os ossos para estudo)e troxeram vários ossos compridos e largos dizendo que iam meter todos eles no meu cu. Fiquei caladinha na esperança de que eles parassem, mas aí senti uma pontada no meu cuzinho, era um osso do braço chamado rádio. Meteram o osso no meu cu, gargalhando e disseram que iam meter um mais grosso. Pegaram uma tíbia, um osso da perna um pouco maior e meteram com força em mim, davam socadas fortes no meu cu, bombando depressa e logo em seguida disseram que iam meter o fêmur(o maior osso do corpo humano)...Estremeci...Eu não iria aguentar!

Coemçaram colocando a cabeça do osso, que era muito larga, pra ir abrindo o meu cuzinho arrombado mais ainda... Senti meu cu rasgar e arder muito, quando eles começaram a bombar o fêmur em mim... Depois de uns 19 minutos socando ossos em mim, me puxaram pela mão, me levaram até um cadáver e ordenaram que eu chupasse o pau do cadáver! Aquilo era um absurso, nunca faria aquiilo! Mas eles deram palmadas fortes na minha bunda e disseram que seu eu não chupasse me matariam.

Começei então a chupar o pau do cadáver frio, em cima da bancada, enquanto eles começaram a bater bunheta alisando minha bunda... Depois deitaram na bancada e mandaram eu esfregar a buceta neles, sentar na cara deles, enquanto eles metiam a língua na minha bucetinha...Mandaram eu sentar no pau de um deles enquanto outro veio por trás e começou a meter também no meu cu! Pela primeira vez eu estava provando uma dupla penetração. Os dois gemiam muito e diziam: "Geme,cadela,vadia...Vc adora um pau,né?Taki,toma tudo! Puta safada! Vc adora dar a buceta, não é?Gemeeeee!".

Fui fazendo tudo que eles mandavam, pra poder ser liberava logo, até que os dois gozaram dentro de mim ao mesmo tempo. Já exaustos disseram que eu podia me vestir e ir embora...

Quis denunciá-os, mas no fundo gostei daquela orgia e queria tudo de novo.Práxima vez que tiver outra prova vou estudar até tarde no anatômico!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos swinger fudendo sogra e sogro bicontos bi vi meu pri meter na prinha prima fiz ele comer meu cu e eu fudi elácontos e historias de zoofilia meu cachorro mamou nos meus peitos cheios de leiteContos eróticos família liberal.2,conto erotico nao resiste e peguei cunhadacontos eróticos minha filha bebeu meu leitenovos contos eroticos de pastoresMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,contos eroticos casada flagra seu vizinho batendo punhetacontos de sexo meu pai viuvo anoite primeiro meu encouxandocontos eroticos estou chifrando meu marido tomando porra do cunhadoandreia baixinha tranzando e tamirisXvideo aguentando paenormejoice cavalo deu o cuconto erotico com crentePau gigante.arrombando o cu da inocência. Jconto garoto humilhado peladoContos no clube todos mus meu pai e seus amigos me fodembelas picas brancas rosinha gozando gaysbundagaypassivaconto gay zoofilia com galinhacontos eroticos mulhersibha do papaipornô com cavalos mangalarga fazendo com mulheres no cavaleteerotico meu pai me bati na cara quando gozawww.cunhadaraspadinha.com.brcontos eróticos estuprei a menininha q saia da escolaas.anoa.cimasturbando.ir.gosando.muitocontos eroticos dopando primasArombaram meu cu na cabine eroticacontos tirei sua ropa bem de vagar pra ela nao se acordarelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninaContos eróticos puta submissa incestoContos eroticos-Empregada se vingando da filha do patraocontos bdsm erposas escrava submissa martaContos Gays Fui Assediado pelo marido Gostoso Da Minha Irmâbuceta deespecialchapuleta inchada no cuzinho se eu deixar no seu sobrinho como é lá dentro da piscina e gozar na sua caraconto erotico travesti me obrigou cheirar seu cuvou contar como transei com minha filhaContos mulher estrupadas negrosConto gay o pastorcontos eroticos na igrejaporrnodoido interacialmeninas piranhas de calcinha fio dentalmeu marido comeu nossa filhasozinhacom primo contos coroasContoseroticos cavalodeixei meu sobrinho me ver nua contospornodoido transando com mulher peituda e fim de noite espíritaContos, Armaram pra mim pra cumerem a minha mulherxvedeo foi brincar com a prima efreguei pau nelachantagiei minha filha casada conto eroticocontos chavecando o cuzinho da coroacontos eroticos peguei meu sobrinho de Pau durotravesti gozando no próprio sutiãeu entrei no banheiro e não sabia que a minha madrastra estava la e come. a xota delaum pezao lindo conto gaycontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandrosmeu pai fazendeiro ele meteu seu pau na minha buceta conto eróticover entiado forçou a madrasta a tranza com elecontos eroticos categoria estrupada por mas de umMetendo na perereca da maninhacontos eróticos caminhoneiro seduziucontos eróticos meu segredocontos tirar leite eróticoscontos eroticos podolatria chupando pes de noivas scontos eroticos comendo a funcionaria novata casada da lojacontos com amiga baixinha e gordinhacontos eroticos gozei quando as duas picas entraram no meu cucontos eróticos vestido de langeriesContos eróticos de noravideo de homens nu de pau grosso e barriguinha salientecontos eroticos assistiu escondidocontos eroticos gay ainda menino virei putinha do velho me fazia de menininhacontos eróticos minha esposa trouxe sua sobrinha para morar com a gentemulher faz strip antes de comecar zofiliaeu confesso me.arretando por baixo da mesa