Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UMA SEMANA

Meu nome e Marcelo, trabalho no setor de marketing de uma grande empresa. Ano passado a empresa me mandou para uma conferencia de uma semana no interior do estado, todas as filiais mandariam seus representantes. Acabei dividindo o quarto com um cara da filial de curitiba. Boa gente, uma conversa boa, depois do primeiro dia a gente acabou ficando conversando ate mais tarde no quarto do hotel. Tava ficando tarde, ele levantou da sua cama para tomar um banho. Girei os canais do hotel, esperando ele terminar para poder tomar meu banho, ia ser otimo pra relaxar da viagem. Ele saiu enrolado numa toalha, entrei, tomei meu banho tranquilamente. Quando sai do banho ele estava deitado na cama dele, vendo algum canal erotico. Acariciava de leve o volume, dava pra ver que era grande. Ele sorriu quando me viu, pediu desculpa e disse que tinha ficado com tesao pelo filme. Eu disse que tudo bem, nao tinha nada demais e deitei na minha cama. Ele sorriu de novo e aproveitou pra ficar mais a vontade, tirou a toalha pra apreciar melhor o filme. Acabei dando uma olhada no pau dele, era bonito. Grande, ele acariciava bem de leve. Ele sorriu e comentou "que gata ne? Ela deve adorar chupar, nao acha?" Respondi que sim, deu pra perceber seu pau crescendo mais um pouco. Fiquem meio sem jeito pela situaçao. Ele continuou "ja imaginou? O pau crescendo dentro da boquinha?" Nao disse nada, mas olhei sem querer o pau dele de novo. Ele so sorriu, abriu um pouco as pernas deixando mais a mostra. Comecei a imaginar se ele nao tava me provocando. Pensei que fosse paranoia minha. Era bonito mesmo, daqueles raspados, sem nenhum pelo. Ele percebeu eu olhar e disse "linda ne?" Respondi um sim meio sem jeito, sem nem pensar. Tentei disfarçar. Ele sorriu, voltou a olhar o filme, acariciando bem devagar a rola e começou a dizer "Ela e bonita mesmo... uma vez um colega de quarto nao conseguia parar de olhar. Achou ele lindo." Me espantei um pouco com a conversa. Percebi que a rola dele ate brilhava de tesao. Ele sorriu pra mim e continuou "Fiquei curioso, deu pra ver que ele tambem. Acabei levando a melhor chupada da minha vida." Fiquei mais sem jeito pelo que ele tava falando. "Voce nao imagina o tesao que ele sentiu chupando..." Olhei pra ele sem nem saber o que dizer, vi o pau dele enorme, duro. Era grande e grosso, a cabecinha rosadinha. Ele virou um pouco pro meu lado, deu pra ver melhor a rola. Dai disse "Depois ele me contou que o que deu mais tesao foi sentir a cabeça pulsando na lingua." Ele sabia mexer com a curiosidade, eu nao conseguia tirar os olhos daquela cabecinha inchada. Nunca tinha visto um cacete lindo como aquele. Ele virou mais um pouco, ficando sentado na cama. Deixou as pernas bem abertas, dava pra ver direitinho. "E o sabor entao..." Ele sorria, continuava acariciando bem de leve. Se divertia ao ver que eu parecia hipnotizado. "Ja imaginou o sabor?" Eu nao acreditava na cena, nunca tinha sentido nada por homem, mas nao conseguia tirar os olhos. Ele se levantou sem pressa, sua rola ficou pertinho do meu rosto. Eu sabia que tinha que me afastar, mas nao me movia, so olhava. Ele acariciou meu rosto, perguntou "e lindo ne?" Sussurrei um sim, quase sem voz. Ele pediu "abre a boquinha, abre..." Olhei pra cima, sem saber o que dizer. Ele acariciou mais e disse "abre, voce vai adorar o sabor". Nao deu pra resistir. Abri um pouco a boca. Ele sorriu, vi a rola se aproximar. Senti a cabecinha encaixando direitinho nos meus labios. Uma pulsadinha. Nao resisti e estiquei a lingua pra sentir o sabor. Senti ele apoiando a mao na minha nuca e sua rola deslizou lentamente pra dentro da minha boca. Fechei os olhos. Senti pulsar na minha lingua, nos meus labios. Era grande, bem grossa. Nao entrava nem a metade. Aos poucos o instinto tomou conta e comecei a subir e descer os labios naquela rola linda. Ele dizia "chupa delicia, chupa gostoso..." acariciava meu rosto e gemia de prazer. Segurei firme a sua rola e comecei a chupar com vontade. Sentia as pulsadinhas, o sabor. Sentia ficando ainda mais duro na minha boca. O safado apoiou a mao na minha nuca e começou a afastar a rola, ate sentar na cama. Segui ele com a boca, ficando de joelhos. Ele urrava de tesao e eu sentia um tesao enorme, chupava com força, punhetava ao mesmo tempo. Nunca imaginei sentir tanto tesao ao dar prazer a um macho. Ele me acariciava o rosto, a nuca, gemia forte, me dizia "chupa, mama, tesao. Sente como ele adora a sua lingua, sente... boquinha deliciosa..." Meus labios subiam e desciam com força, deixei a boca bem apertadinha. Senti seu pau começando a inchar. Ele urrava cada vez mais. Percebi o que estava pra acontecer. Tentei afastar o rosto. Ele me segurou pela nuca. Senti seu pau inchando mais, pulsando bem forte. Ele deu um grito de prazer, seu pau explodiu e inundou minha boquinha de porra. Senti o gosto forte, ele nao deixou eu afastar. Acabei engolindo uma parte. O resto escorreu pelo queixo. Senti seu pau pulsando e jorrando, ate que foi diminuindo dentro da minha boca. Ele relaxou, tirou o pau e ficou acariciando meu rosto. Sentia ainda o gosto forte da sua porra. Ele me olhou e agradeceu, "a sua boquinha e uma delicia". Fiquei meio sem graça, mas ele foi muito carinhoso. Acabei gostando da experiencia. Durante o dia a gente agia como se estivesse tudo normal, mas acabei chupando ele todas as noites, ate acabar a semana da conferencia. Aprendi a beber tudo e com paciencia e muito carinho ele acabou me ensinando a engolir cada centimetro do seu pau. Foi dificil receber tudo aquilo na boca, mas foi um tesao sentir seu saco no meu queixo. Nos ultimos dias, quando eu ja estava acostumado, ele adorou comer a minha boca como se fosse um cuzinho, urrava muito de prazer. Uma vez ate gozou dentro da minha garganta, acabei engasgando mas foi um tesao. Tambem matei a curiosidade de abocanhar seu pau mole e sentir ele endurecendo dentro da boca. Aquele pau era muito gostoso, acabei viciando em chupar e a sua rola viciou na minha boca. Se ele pedisse eu chuparia o dia inteiro. No ultimo dia fiz uma deliciosa chupeta de despedida, com direito a beijinhos, beijo de lingua na cabecinha, ele amou. Depois cada um voltou pra sua vida, a gente ainda troca alguns e-mails, mas ainda nao deu pra gente se ver. Acho que nunca senti tesao por outro pau como senti por aquele.

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos comendo o cu da amiga bebadaconto gay dando na apostavoyeur de esposa conto eroticobucetao arombada de adivogada conto eroticocontos gozando nas calcinhas dekarolmeu amigo me deu a sua esposa contosfudendo minha aluna contos eróticoscontos eróticos de tirando o cabaço das cunhadascontos eroticos entre camioneirosnovinha de 13com peitinhovirei puto do bar conto gayxv inserto chupando a busetinha da novonha dorminoconto erotico nao resiste e peguei cunhadaconto erotico transei com uma velha deficiente especialConto com travesticontos eroticos-estuprei minha irmaconto virgems perdendo o cabaso e as pregasmadame e seu cao conto eroticoxvidio gay coroa 82conto porno so danda molequecontos meu pai me arrastava pro matoIncesto com meu irmao casado eu confessolongos contos eroticos estupros dpporno babalu pede pra não gozar antes do tempocontos eróticos minha esposa trouxe sua sobrinha para morar com a gentenovinha trepranndo com namoradoconto eróticos c afilhadacontos safada na lavouralanbinda na bucetamulher transando com dog contoscontos eróticos mulher vai ate afazenda trepar com capatazcontoa eroricos minha mulher meu inimigoconto de filho fudendo cu da maecontos esposa bundaconto erotico eu era virgem mas o pau erafinoconto erotico debaixo das cobertassonhador contos eróticos i****** mãe e pai f****** a b***** da filhacontos eroticos com a princesinha do bairroconto erótico reais eu e minha mae sua enpregada juntofui comida e chingada feito puta pelo meu primoIncesto erotico eu com 13 anox minha madrinha me sedusiaporno com primas branca de olhos verdes de cabelos ruivos bunda redonda e peito pequeno redondinho / anal/contos velho comendo novinha casadacontos eróticos funcionáriatoda raspada na praia de nudismo contoscontoseroticosviolentadastomando injeção com fio dentalcontos de eroticos de mulheres loiras que gritam deliram de tanto gozar/ - Pesquisa Google contos de eroticos de mulheres loiras que gritam deliram de tanto gozar/ - Pesquisa Googlecontos eoroticos sobre enfermeiras de montes claros mgmeu filho me comeusou puta do meu cachorroVídeo lendo contos com vibrador na bucetacontos de coroa com novinhocontos eroticos casal e filhos bi passivoscontos sadico eroyico meninas inocenteconto enfiado tudo no rabinhocontos perdendo a virgindade com o pedreiro e encanadorrelatos eroticos madame coroachupar mulher elaelecontos de lambidas gostosacontos de sogra engravidando do genrocontos eróticos comi a bundinha da mulher do meu amigo com ele dormindo realContos eroticos galeracontos eroticos padrescontos minha aluninhaconto sogra nudistacontos eróticos não sei que fizler relato de suruba na casa da comadrizoofilia cadelagozouvideo pono pequano aprima do midocontos eroticos de como eu perdi minha virgindade aos 16contos eróticos de bebados e drogados gayscontos d flanelinhas fudendo pesado com mulheresmulher crente traindo o marido conto eróticocontos meus tios me bulinaramcontos eróticos meu segredotravesti dotadu no rncontos eroticos eu gravida com vontade.di fufercontos eróticos a primeira vez nem doeucontos eroticos gays de todas as idadescontos eroticos garotas na escolaMalandras e boasudas incestos contostia tranzando com sobrinho cabassaodiana sentindo pica pela primeira vezcontos eroticos dominou toda a minha familiaConto porno marido repartindo a mulher com cachorro de rua zoocontos eroticos sinistroscontos erotico aremei um home pra me dominar na camacontos de coroa com novinhogay surra chinelo putinhaconto minha estagiáriaquando a chapeleta inchada entrou no cu a menina gritocontos eroticos a namorada arrependidacontos cavalonas apaixonadasConto de gang bang no posto de gasolinaconfia minha madrasta no pornô chorando gostosacontoa eroricos minha mulher meu inimigocontos eroticos comi a irmazinha