Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O ALUNINHA SAFADA E O PROFESSOR DE HISTÓRIA

Oie, esse é o meu 1ª relato erático, bom acho que vou começar com uma descrição.

Meu nome é Juh(na verdade esse é meu apelido),moro no Rio Grande do Sul, sou uma linda gaucinha de 19 anos.

Sou loira, cabelo comprido até a cintura e cacheado com franja reta e lisa, branquinha, tenho seios grandes(sinceramente adoro isso) e um bum-bum médio que eu nunca reclamei.Boca pequena, olhos castanhos, rosto de boneca de porcelana,uso áculos e acho que isso me deixa com jeito de intelectual o que fica sexy. Sou apenas uma menina mas com um olhar marcante de mulher.

Bem vamos ao que interessa.Isso aconteceu quando eu tinha 19 anos e estava no 3ª ano do ensino médio.Sempre fui uma garota inteligente, n gostava de estudar mas achava melhor do que ficar de recuperação.No último trimestre do ano a professora de histária disse que a minha turma teria um professor substituto (eu sinceramente gostei pq n ia mto com a cara dakela professora), no outro dia ela nos apresentou o Leonardo, ele era lindo, alto, no minímo 1,85,tinha uns 25 anos cabelo preto curto e arrepiado, olhos verdes escuros,usa áculos e isso o deixava mto sexy, um corpo de academia eu sinceramente não endia pq um homem dakeles resolveu ser professor mas enfim, quando o vi minha bocetinha umedeceu na msma hr tamanho era o tesão que aquele homem me dava.

Como eu era muito conversadora e bagunceira os professores me colocaram na frente da mesa deles, isso me deixava de frente pro Leonardo.

Na 1ª aula foi tudo como o normal apresentações e blá blá blá, eu n conseguia parar de olhar para a calça dele e fica imaginando: Nossa, um homem desse tamanho deve ter um pau descomunal, imagina entrando todo dentro da minha xoxota molhadinha.

Comecei a conversar com ele e com o passar dos dias fui fazendo amizade(sempre fui mto amigavel), na minha escola n tem uniforme então como era calor eu ia com blusas com um certo decote que deixavam meus seios um pouco a mostra, eu percebia que Leonardo olhava para eles disfarçadamente e eu mto esperta fazia o máximo para isso acontecer.Ele ia explicando as matérias e eu fingia não entender (mas na verdade entendia perfeitamente), ele então mto atencioso me explicava tudo de novo.Certo dia a turma toda foi pro lanche e ficamos apenas eu e Leonardo na sala, ele então me perguntou quem da sala era meu namoradinho, eu respondi que ninguém q n gostava dos garotos da escola, q eu gostava de homens.Ele deu um sorrisinho safado e disse q entendia pq eu já era mto mulher apesar da minha pouca idade, me perguntou se eu tinha algum namorado, disse q naum, ele me disse q tb era solteiro.O tempo passou e eu fui me aproximando cada vez mais de leonardo, nossas afinidades eram mtas e eu sempre dando investidas, eu sábia q ele tb queria mas n podia por ser meu professor.Mas ai o fim do ano finalmente chegou, eu iria me formar e n estudaria mais nakela escola então decidi atacar de verdade, minha última aula da amnhã era com Leonardo então fui com uma saia e blusa (mais fechada pois n era permitido saia e blusa decotada), sentei na frente dele e me ensinuei mto, quando ele ia passar do meu lado fingi derrubar meu lápis, ele prontamente se abaixou para pegar e eu vi q ele ficou olhando para as minhas pernas.A aula acabou, eu esperei todos sairem da sala para ficarmos sozinhos.Ele me disse q era uma pena eu n ser mais sua aluna pq gostava mto de mim, eu disse q tb gostava mto dele, ele estava corrigindo umas provas e eu me ofereci para ajudar, fui até a mesa dele e sentei nela, fikei de pernas cruzadas, ele me olhava fixamente ja sem fazer rodeios, me disse q eu tinha lindas pernas, eu disse q se ele quisese podia tocar nelas, ele prontamente começou a alisar minhas pernas q são bem torneadas e grossas.

Eu:Professor, n precisa sá alisar, se vc quiser pode entrar no meio das minhas pernas.

Quando eu disse isso ele ficou louco, avançou em mim

Léo:Sua putinha, q eu entre no meio da tuas pernas né, faz tempo q eu percebi q vc ta loca pra da esse rabinho pra mim.

Juh:Quero sim, des da primeira vez q eu te vi minha boceta fico molhada imaginando toda a tua vara cravada nela.

Começamos a nos beijar loucamente, ele alisava minha xexeca por cima da calcinha.

Léo:Uhmmmmm, essa boceta ta bem molhada, pronta pra leva pirroca.

Juh:Mas antes eu quero senti teu pau na minha boca.

Desci da mesa, me ajoelhei e baixe as calças dele.Nossa a pica dele ra enorme devia media uns 22cm, era grossa com veias saltadas e um cabeça vermelha pulsante, nunca tinha visto uma rola assim.



Juh:Nossa, q pica enorme!

Léo:É enorme, e agora tu vai te q mete tudo na boca sua cadela.



Fikei mto exitada quando ele me chamou de cadela e prontamente fui botando o pau dele na minha boca com certa dificuldade, ele urrava e dizia pra mim engoli toda akela vara enorme.Pegou a pica e começo a bate ela na minha cara.



Léo:Gosta disso cadela?Gosta de leva surra de pica?

Juh:Adoro isso léo

Ele me deu um tapa na cara com mta força

Léo:N me chama de Léo sua vadia, eu so teu professor me respeita cadela gostosa.



Ele era violento e isso me deixava mto exitada, eu adorava apanhar na cama e ele me batia na cara com a mão e com a pica, puxava meus cabelos e dizia pra mim engoli.Então me puxo pra cima, e me deito na mesa de perna aberta

Léo:Vem cá, agora eu quero senti o gosto da boceta dessa cadelinha.

arancou a minha calcinha com a boca e caiu de lingua na minha boceta.

Nossa, na primeira linguada eu ja enloqueci, ele me chupava como um louco, nunca tinha sido chupada assim, me chupava com vontade.



Juh:Isso chupa, chupa a tua cadela no cio chupa

Léo:Tá no cio tá?Cadela gostosa, vo chupa toda essa tua boceta molhada.



Começou a enfiar os dedos enquanto chupava, eu fui as nuvens, ele enfiava e tirava e colocava os dedos melados do meu melzinho na minha boca



Léo:Gosta cadela?Gosta do teu melzinho?Agora abre bem as pernas q eu vo come tua boceta bem gostoso.



Eu arregacei minhas pernas o máximo que pude, o professor veio e enfiou com tudo sua pica descomunal na minha bocetinha me arancando um gemido.Eu n estava acostumada com picas dakele tamanho mas n mandei ele parar.

Ele começou a bombar como um louco dentro de mim, eu tava enloquecida de prazer.



Juh:Nossa professor, nunca tinha sentido uma pica como a tua.

Léo:Tah gostando é minha aluninha puta?

Juh:Sim professor, fode com tudo a bocetinha da tua aluninha cadela.

Léo;Agora vem cá, se debruça na mesa que eu quero te come de 4.



Eu prontamente me debrucei na mesa e me empinei toda, o Léo meteu de novo todo akele pauzão em mim me deixando cada vez mais louca.



Juh:Ai professor, eu n sei quando tem mais aguento, to quase gozando.

Léo:É minha putinha então vo faze uma coisinha pra te dexa ainda mais louca.



Ele começou a enfiar um dedo no meu cuzinho apertadinho e virgem, foi gostoso então ele enfiou mais um e mais um, quando percebi ja tinha 3 dedos no meu cuzinho apertado.



Léo:Ta gostando puta, gosta de leva dedada no cú?

Juh:Nossa professor acho que eu vo gozar!!!



Akele sensação era incrível, akele pau todo na minha boceta e os dedos dele no meu cú, eu estava mto exitada e minha bocetinha mto molhada, então ela explodiu num gozo inesquecivel que deixou todo o meu corpo mole.





Léo:Gozo né sua putinha?

Juh:Sim professor, gozei bem gostoso nossa.

Léo:Então vem cá, se ajoelha que eu quero goza na tua boca



Me ajoelhei e abri bem a boca, comecei a punheta ele e lambe a cabeça do seu pau, ele então gozou num jorro que encheu toda a minha cara de porra, que eu prontamente lambi toda.

Ficamos nos olhando por uns segundos, então nos vestimos, na hr de sair ele disse q iria sentir mta falta da aluninha puta dele eu disse q tb sentiria falta do meu professor gostoso, nos beijamos e fomos embora, cada um para o seu lado.





Depois dakele dia e de tudo akilo, dakeles dedos decidi que eu queria mto dar o cuzinho mas isso é uma outra histária...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sou casada mas sou fissurada em paudou para o meu irmao contoscontos eroticos festa a fantasiameu cuzinho desvirginadoa minha mulher engole me o pauxoxota toda ardida com a madeira dentroXvideos gostosas musculos nas coxas na cabine eroticatanguinhas usadas da minha mulher contos eroticoscontos chera calcinha de transcontos eroticos traindo marido na viajandoboquetes e bucetasconto.erotico com fotosjComtos erotico 6 com a casada.Fui cuidar do meu sobrinho doente e transei com ele contosconto erótico eu e meus primos nu no lagocontos de rasgando o cuzinho apertado do novinho que chora de dorcontos putaria de crentescomo dopar uma mulher e fazer sexo contocontos maninha adora meu paudezenho de negro fudendo cu do gayContos eroticos entre marido bombeiro militar e sua esposacontos eróticos - madrugada no clube de águas quentes eu vou te arregaçar inteira me perdoa amor, desculpaContos eroticos iniciando as meninascontos er passando em casacontos eróticos de bebados e drogados gayshonme infinando a rola na bumda da molecontos eroticos meu marido me vendeu no bingocontos eroticos sodomizadoeu quero história comendo a minha vizinha e ela nem dá bolacomedo a filha de fio dentalcontos eroticos/comeu novinha peludinhaminha esposa meteno com outro q delicia conto erotico patrao pauzudo do marido comeu eu e minha filhacontos virando mulher por usar roupas femininaso lubrificante feminino é melado e pegajosoconto eu so queria que minha mae batese uma punheta pra mimcontos eroticos gay fiquei sozinho em casa meu vizinho veio mim comercabaré com mulheres dos peitoes se masturbandoconto d patricinha c o borrscheiroera menina meu primo batia punheta pra mim olharcontos mae descabacando o filho de quinze anoscontos eróticos;abusaram dd mim na festa da faculdadecontos eroticos no casino pagou com a mulhermulher tranzndo com ponei realdormi bebado perdi as pregaslua de mel da esposa do corno e o amante contoscontos eróticos putinha na madrugada na ruacontos metendo na tiaContos eroticos gay primeira vez traumaticacontos eroticos linguada no cucontos eroticos doente mentalfotos de loiras com meia-calça arrastão dando o bundãoa menina e o cachorro de rua contos de zoofiliaconto erotic pegand a calsinha da sogracontos eroticos primeira vez de coroa rabuda de cornonamoradalesbicacontos erotico estrupando novilhasvoyeur de esposa conto eroticoporrnodoido com anacontos de esposa pagando cofrinho pro vizinhoegua.ficou com a buceta meladacontos eroticos exibicionista sobrinho o mineirinho que me cativou 2contos eróticos dei o cu ea buceta da cunhadinhaquadrinhos pornos de patrao dominadorContos rasga o cu filhinhaleitinho no copo. contosContos namorada e o velhohiatorias eroticas incestos ninfetinha inocentecomentário de. mulher que ja a buceta pro donzelomeninas piranhas de calcinha fio dentalcontos eroticos gay eu sendo arrombado por dois amigos negros do caralhão grossocontos gay comendo o amigo rabudo em casavideos de porno de professoras se chupando lentalmentecontos eroticos o bicho do tiocontos eroticos eu e minha esposa cinepornoporno grades com minha prima de rageri