Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UM CORPO A SER EXPLORADO - INICIO



Esse conto que vou contar, aconteceu tempos, as datas não farão tanta falta ao longo dele... Prefiro outros detalhes...

Atualmente trabalho para uma consultoria e presto alguns serviços em clientes em SP e pelo Brasil, em um determinado cliente passei um longo periodo, logo conheci desde a faxineira até algumas pessoas importantes, mas isso tbm não tem lá grande valor...

Nesse período conheci (nome fictício) Nathalia, uma morena cor de jambo muitoooo bonita e safada, sabia de todo seu potencial, tinha um andar único, um rebolado que não conseguiria explicar, apenas posso dizer que a sua bunda parava o corredor e boa parte de uma sala gigante... Isso porque já estávamos parados olhando para os peitos dela, que sempre chegavam muitooo antes dela a qualquer lugar, era seu cartão de visitas, seu “oi” era simplesmente único por isso...

O tempo passa e por um projeto e um help que dei a ela, ela me adiciona no Orkut e de vez em quando me visita, e eu sempre olhava suas fotos... Em alguns momentos me pegava pensando nela quando estava batendo uma, so que minha mente voltava ao lugar quando me lembrava que ela saia com um gerente do lugar, mais alguns meses e em um bar que fui, conversa vai – conversa vem, e ela vem ficando do meu lado e do meu lado, até que vejo as horas e vejo que já esta tarde... Para meu desespero não tenho carro... um para um lado, outro para o outro lado e quando menos espero a “nath” me oferece carona, pois passaria perto do terminal tiete, prontamente aceito, ela so disse que eu teria que dirigir... afinal qual o problema pensei...

Morena, olhos castanhos escuros e promíscuos, seios avassaladores do tamanho de dois melões e uma boca com lábios de mel e que boca... Tudo isso por baixo de uma saia na altura do joelho com uma meia calça preta grossa e um sapato alto que deixava tudo mais perfeito... so que o que realmente dava mais tesão era a blusinha bege com um cinto na cintura, o que deixava mais claro suas curvas e ainda subia mais seus seios maravilhosos, tão maravilhosos e grandes que ela não havia colocado o cinto de segurança, percebi e pedi para que ela colocasse.... agora leiam o dialogo e curtam comigo...

- Nah, coloca o cinto por favor...

- não isso me incomoda me aperta, você não faz idéia...

- faço sim, cinto incomoda todo mundo, qualquer coisa que aperte incomoda mas as vezes e necessário...

- Nem tdo que aperta incomoda

[ela sorriu e percebeu a asneira que falou]

- como assim, me da um exemplo....

- há há há, não viaja...

- tah ok, então coloca o cinto senão eu paro o carro e vc vai ter que dirigir e sabe que sempre tem guardas mais a frente ou vc pode me dar um exemplo e eu esqueço disso há há há

- mãos apertam e não incomodam.

[parei o carro... no acostamento, já havia visto um motel a frente]

- ok, agora coloca o cinto senão eu colocarei em voce...

- anda, vamos embora ta escuro, e não quero que voce tente fazer nada com esse cinto.

- nathalia, vamos...

[ dei a volta, abri a porta do passageiro e colocando o cinto nela, senti o cheiro do seu pescoço e dei uma cheirada gostosa, ela se arrepiou e deu uma risadainha, como quem não quer nada fingi que cinto tava difícil de por e fingi escorregar, fiquei colado no corpo dela...]

- já colou o cinto dr ? podemos ir...

[mordi o pescoço dela e dei um beijo em seguida]

- so se voce quiser...

- agora voce me deixou em duvida

[continuei beijando, sentia aqueles lábios saborosos na minha boca, uma língua gostosa e suave, já imaginva mil besteiras...]

- não podemos ficar aqui, vamos embora...

- olha eu estou dirigindo e agora vou te lvar para onde eu quiser...

[andei uns 2 km e parei no motel, na porta...]

- Eu não vou entrar ai, não posso.. hoje não quero....

- Nathalia... hoje e so hoje voce não pode escolher...

Entramos no motel, e para quem não queria.... A joguei no capo do carro e comecei a beija-la... e tirei sua blusa, um sutiã lindo cobria aqueles lindos melões... não pensei duas vezes chupei aqueles peitos como se fosse a ultima coisa que faria na minha vida.... desci para a barriguinha e senti aquele abdome gostoso, nem muito malhado nem muito mole... fui descendo e abri sua saia... um fio dental branco discreto cobria aquele corpo gostoso, desci e comecei a beijar sua virilha, ela já estava ofegante... tirei sua calcinha e coloquei no bolso da minha calça... senti aquela pelo lisinha e cheirosa, ela estava depiladinha... uma delicia, não pensei mais um segundo, lambi aquela xoxota de uma forma única, passava a língua ao redor nas coxas e dentro dela, volta por cima e beijava seu corpo, sua barriguinha e logicamente seus peitos... Agora ela já estava deitada de costas no capo do carro, abri bem suas pernas e vi aquela parte maravilhosa de um corpo glorioso, sem pensar voltei a chupa-la, chupei por uns 20 mins, minha lingua já estava doendo, quando senti um gozo delicioso na minha boca, tomei todo o leitinho daquela gostosa safada.... ela prontamente de joelhos a minha frente abriu minha calça e num golpe de mestre, senti sua garganta no meu pinto... que essa hora esta duro como rocha, pude sentir a boca dela tentando engolir cada pedacinho dele... e babava e engolia cada vez mais... uma garganta sem fim .... Quando já não aguentava mais, ela voltou para o capo...

- Vem, eu quero sentir ele aqui, toma usa isso... [tirou uma camisinha do bolso da saia q estava no parabrisa]

- Vagabunda, voce já queria estar aqui...

- sempre estou onde quero...

Coloquei a camisinha e em uma estocada pude sentir aquela xoxota quente, molhada, que delicia, meti forte e fundo... ela gemia como uma verdadeira puta, sem pudor ...

- mete gostoso, mete esse pinto nessa xana, acaba comigo... vai me come..

- toma sua puta, toma esse pinto....

Meti por mais uns 30 min, já não aguentava mais.... disse que queria gozar naqueles peitoes...a resposta foi essa..

- voce pode gozar neles, mas do meu jeito...

Se ajoelhou, pegou meu pau, tirou a camisinha chupou, e começou a melhor espanhola da minha vida, fechei os olhos por 2 segs e abri de novo, não estava dormindo.... sentia aquela boca na cabeça do meu pau e aqueles peitos nele... depois de uns 5 min, gozei de uma forma descomunal nos peitos dela, ela me olhava com cara de tesão e mais desejo....Passou a Mao pelo corpo e pelo gozo espalhando... e se retorcendo no capo do carro.... depois virou e disse

- Vamos preciso tomar um banho... estou ... [e suspirou]

Agora o que rolou no quarto.... Conto outra hora..

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos chantagiando a prima da mulherTravesti comendo mulher cavala contoscontos eroticos depois de jenjumcontos eu espiano minha mae peitudaEscravo de minhas cruéis donas (conto )Contos eroticos travesti iniciantecontos eroticos na igrejaconto gay meu genro mulhezinhacontos de mulheres que colocaram silicone no seioconto noiva liberadatitio viu minha bucetinha e achou linda contosmocinha fas sexo com marido esposa ve maridodano cuver contis eroticos de incesto passando oleo na maeo menino da pro velho no parquinho conto eroticocomi minha sogra e cunhada velha gorda feia contos eróticosputinhas de quinze anos xexo uricuiasogro engoxada no honibus condos erotigoscontos eroticos podolatria chupando pes de noivas straveati fudendo na cpzinha do apartamento no fruta pornorelatos porno incesto lasquei o cuzinho da sobrinha moreninhaconto erotico de gravida com consolocontos eróticos com enteada caipiraconto esposa pelada na frente do meu paiConto porno de estuprada por pai da mim amigawww XVídeo pornô o tio f****** a sobrinha foi bonita e de Menorpernas grossas dosexocontos eroticos depois da briga é mais gostosoconto gang bang com crentecontos novinhas gritando com pau no cucontos tirei sua ropa bem de vagar pra ela nao se acordameu priminho estava batendo punheta para mim contos eroticosconto erotico comi a vizinha marrenta mas gostosanegra da pra um de4 e chupa do outro por dificuldade em motelxvideo mobile meu pai me castigoucontos gay ensinando punhetaContoseroticos minha mulher na passagem no anopunhetabdo no hospitalcontos eroticos gay infanciacontos eroticos de casal sendo forcado mulher virar puta e homem viado em festas sadomazoquismoconto erotico minha esposa voltou cheia porra para casafilme com historia de erotico de tiozinho taradaosentei na rola do padrinho contos eróticoswww.meti na minha filha a forçacontos eróticos esposa e um amigo gayeu confesso incestodando o cu contoschute no saco contos pornocontos eroticos gay troca troca na infancia com primos mais novosmeu marido fez eu ultrapassar tds os limites contos pornosultimos contos eroticos dando o cu pela primeira vez gaysaguentei o pau groso. contoConto podolatria gay o chulé do loiroconto arrombando namoradaconto com teens fudrndo as duas sobrinhas de dez e doze anosvedio porno torcado pau no cu safado velhos dormindo novinhaminha namorada perguntou se eu era gay contoconto erotico minha vizinha fode com o marido e pra me procarcontos eroticos marido come o cu da deficienteVer buceta mulhere mas buntuda do mundo contos novinhasContos casal peladocontos eróticos um casal transando na sala enquanto os pais tiram um cochiloesposa amiga escrava conto eroticoquero ver um vídeo de graça de graça rouba pica bem grossa dentro da b***** entrando bem devagarzinho b************boqueteira gaucha contocontosminha primeira vez lesbicacontos de vovo me comeu com seiss anosContos eroticos louca quando dois machos chupam gostoso as minhas tetasminha vizinha safada casada heleniceminha mae transando contoscontos eróticos crueldade com cornobuceta Detinhacontos eroticos a camareira do hotel me encontrou de pau duro no quartominha filhinha 11aninhos com calcinha atolada contosConto de sexo me venderamminha filha chantagista contosnegao bota ate o'talo na novinhaContoseroticosenganado