Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODIDA NO MATO

Fodida no Mato.



Olá, está histária que eu vou lhes contar é real e aconteceu há alguns meses.

Me chamo Sheila, tenho 24 anos, sou loira, tenho bunda e seios fartos, do tipo que deixa qualquer homem maluco.

Tudo aconteceu quando estava voltando do trabalho, sou estagiaria numa multinacional, portanto tenho que andar sempre de roupa

social, aí eu aproveito para valorizar o meu corpo, vestindo roupas sempre chamativas. Este dia estava vestindo uma mini saia

preta com uma mini blusa branca com um decote que mostrava bem o tamanho dos meus seios. Este dia ao chegar no ponto de

ônibus tinha um moreno alto, bem forte, olhos verdes, parecia um colegial, sempre tive tara por colegiais mais como são novos demais, naum daum conta

do recado. Ao subir no ônibus que estava lotado, ele naum parava de me olhar,confesso que estava ficando até meio sem graça, até que ele

que ele ficou atrás de mim e na primeira curva que o ônibus deu ele me jogou contra o banco, jogando todo peso de seu corpo pra cima

do meu, na hora fiquei sem reação, pensei em virar a mão na cara dele mais, de alguma forma aquilo me excitou tanto que eu resolvi dar uma chance

a ele. Toda curva que o ônibus dava agora era eu quem roçava minha bunda na rola dele que alias estava bem dura. Chegando no meu ponto

acho que ele entendeu o convite e desceu atrás de mim. TInha uma rua perto de casa que sá era mato, segui para a mesma e ele continuou me seguindo

até que, eu resolvi entrar no meio daquele mato todo, olhei para trás deu uma piscadinha, empinei minha bunda e pronto, ele veio que nem

um animal pra cima de mim, confesso que aquilo tudo me excitava. Nos despimos feito loucos, ajoelhei e paguei um bokete pra ele,

ora engolia tudo, ora chupava as bolas, ele gemia feito louco, fiquei com medo de alguém escutar e vir ver o que acontecia mais otesão falava

mais alto, eu com aquele cacete enterrado na guela. Num momento de loucura ele me pegou pelos cabelos, me deitou de barriga pra baixo

mirou seu cacete na porta da minha xana na hora tentei argumentar pois a gente nem se conhecia e ele tava se camisinha, fiquei com medo de engravidar

mais ele sem pensar enterrou tudo de uma vez, me fazendo soltar um uivo feito uma cadela quando leva uma enterrada profunda. Foi aí que ele começou

um vai e vem frenetico, aquele garoto fodia que nem um homem, bombava forte com estocadas profundas e ininterruptas, socava forte

apertava meus peitos, me chamava de cadela, de puta, de vagabunda, e aquila me excitava ainda mais, naum aguentando mais comecei

a berrar feito uma louca e gozei, melando todo o seu pau com meu melzinho. Foi aí qeu ele disse que queria realizar uma fantasia aintiga

comigo, eu disse que aceitava o que ele quisesse, ele entaum me mandou cavalgar naquele pauzão, foi o que fiz sem reclamar, cavalguei, domava feito uma amazona

aquela jeba, domava com maestria, ele nessa hora começou a enfiar o dedo no meu cuzinho, uma hora um outra dois, até que depois de muito cavalgar

ele me botou de 4 e enterrou de uma vez no meu cú, essa hora eu gritei, nunca tinha sentido dor tão grande pois meu cú era virgem e o

pau dele era enorme, ainda tentei argumentar: para, para ta doendo para, para, ai, uuuhhhhhh, que delicia, mete agora, isso vai me

arromba todinha, vai naum para meu garanhão, quando vi já tava fora de si dizendo coisas que nunca sonhava em dizer pra homem nenhum

mais quele me deixava louca, e ele dizia: "AH, tá gostando sua puta, entaum toma sua cadela, vo dexa esse cutodinho arrombado, sua vaca

aí, depois eu qeuro goza nessa sua boca maravilhosa, você vai deixá não vai? Na hora respondi que sim, nunca tinha deixado ninguem

fazer isso mais pra quem tava dando o cú, sem camisinha, nessa hora eu pensei comigo mesm vou até o fim. Ele já naum agunetava mais

me foder foi aí que ele tirou de dentro, me puxou pelos cabelos, enterrou na minha boca, e despejou todo aquele leite, gozou tanto que quase me engasguei

com tamanho volume. Engoli tudinho e foi muito bom, nos despedimos com um longo beijo, e nunca mais nos vimos. Agora quero

ser penetrada e gozada por vários machos se quizser me ajudar entre em contato. Quem sabe vc naum me ajuda hein?

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


pivete x e minha esposa contoso subrinho do meu marido falo q queria comer uma buceta peludinhaconto erotico virei escravo de minha professora safadagayzinho passou rebolando na minha frente contocontos novinha dando pra doisContos eroticos gosto que minhas tetas estejam vermelhas de tanto macho chupandocontos de sexo com novinhas trepando com advogadosputa irmão contocontos erótico comi minha amiga qusndo fui estudarConto meu marido me devorou na madrugadaconto erotico o soldado arrombou minha bucetaminha tesudinhacontos eróticos na rua de vitória esbaxinha no hotel com namoradocomi o cu da enfermeira velhame comeramdormindo contoseróticoslésbicas infia arma gelada na ppk até gozarConto enteada nao aguentou tudoContos mamae é a puta da familia e dos vizinhoscontos genro bem dotado arronba o cu ds sograconto eurotico namorada chupeteiraMe comeuConto erotico meti tanto q sangrouConto eu dei buceta para um gaydeu a buceta no presidio contosconto de sexo em estrada desertacontos fofinha menina de dez anoscontos eroticos negro e patricinhacarente siririca contocontos eróticos fodida com sadismocontos abobrinha na bucetacontos eróticos a primeira vez nem doeupelada e o cu melado de manteiga no corpo inteiroConto meu tio me fez mulher com seu pau enorme.sentou no meu colo conto eroticoconto eroticos gay comi o cu do filho do meu tiocontos eróticos de gay Fui Comido pelo meu colega de trabalhoConto erotico sogro estuprando nora e gozando dentroContos gays estrupados na obraContos eróticos linguada safadocontos eroticos esposas no swingcontos de corno meu tio engravidou minha esposacontos eroticos tava todos na praia eu vim buscar minha sogra que tava trabalhaconto incesto minhas irmãs gritaram no meu paucontos enfermeira casada e safadacontos servente de pedreiropegando minha priminha novinha contosnega dançando agachadinho com a mão na periquita em cima da camacontos eróticos gays metrorodolfo era meu vizinho me chamo ana contos erótico contos levei uma rolada do meu filhopintelhos na transparencia das cuequinhasConto erotic castiguei meu irmao gaicontos eroticos formatura da secretariacontos eroticos meu marido me vendeu no bingouso saia pra ser encoxada no onibusconto minha irmanzinha gue dormia comigosobrinha gosta de sentar no colo do seu tio so de vestidocontos eróticos incesto o homem da minha vidacomi minha vó e mae contosContos eróticos mães com a buceta peluda e cheiro forteSobrinho da Academia tia gordinha conto eroticocontos com teens sentando na ro do pri com doze anoscontos eroticos traiçaocontos eroticos Netinha dando cu pro vovóq p* gostoso ham hamprovador sobrinho contos eróticosminha amiga me levou p suruba contos eroticoscontos erotico comi ocu.da mulherdo meuvizinhocontos titia do cuzinho gostosocontos na barraca traiMinha esposa é muito gostosa mais eu entreguei ela para outro homemvoyeur de esposa conto eroticocomi minha tia no escuroMeu sobrinho me fez gozar gostoso contos eroticos de gayschantagiei minha sobrinha contoscache:9sPphOOPSSEJ:https://idlestates.ru/m/conto_2200_corno-manso-e-viado.html contos erotico frentistacontos eroticos com objetosmulher nua e corpo melado de margarinaContos com picas bonitas