Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VI O PEDRO CHUPAR SUA MÃE.(VERÍDICO)

Caros leitores, tudo que tenho pra contar é real.

Sou muito fogosa,desde os 19 anos já me masturbava, transei a primeira vez com 14.

Um certo dia,em uma festa conheci pedro(nome fictício) lindo demais se destacando entre muitos.

estatura média, olhos azuis e corpo proporcional, nada de exageros, até por que ele é muito simples.

Ele estava acompanhado,mas logo a moça teve que ir embora, e notei que ele estava correspondendo os meus olhares, nada de descaradagem, apenas olhares de admiração. eu nem esperava, mas o que aconteceu é que ele voltou.

Fiquei feliz, e fiquei na minha, e assim que ele terminou de falar com amigos ele veio falar comigo.

Nos apresentamos, e saimos pra fora pra falar um pouco, fugindo do barulho ensurdecedor do som.

Ele é simplesmente lindo demais, e eu via o entusiasmo dele, quando falava no quanto estava admirado da idade que tenho(35) pro corpo e aparência de dez anos menos. Bebemos e falavamos de muitas coisas até que o assunto surgiu do nada(sexo). Assim eu fui ficando exitada quando ele falava do que gostava, e começou a dizer em meu ouvido,trocamos demorados beijos,ele me apertava em seus braços, e logo nao aguentamos de tezão,e saímos dalí.

Fui com ele, por que meu amigo me garantiu que ele era gente boa, e fui sem medo de ser feliz. Ele me levou até sua casa, entramos, e tudo muito limpinho, e ele estava envergonhado por que era de familia humilde, tres comodos apenas, quarto dele, a sala misturado com cozinha e o quarto da mae, que pra gente entrar no banheiro tinha que passar pelo quarto dela. Eu estava morrendo de vergonha, ja era alta madrugada, ficavamos andando pela casa fazendo o minimo de barulho,com pouca luz,e fomos pra cama.

Gente, me perdi nos braços daquele Deus grego, lindo, cheiroso, super carinhoso,e quente.

Fizemos amor durante duas horas mais ou menos, pois chegamos as quatro e as seis ele gozou,depois que eu gozei umas quatro vezes, e um horal, que vamos respeitar, nunca ninguem havia feito com tanto carinho e paciencia, eu fui ao céu.

O que me surpreendeu foi... Ele foi ao banheiro, deixou a porta entre aberta, passou pela cama da mae, entrou no banheiro acendeu a luz, e eu deitei e fiquei a espera que ele voltasse, mas ele nao vinha, tinha se passado uns dez minutos, que pra quem espera é muito, eu pensei; Será que ele esta com dor de barriga? e nada dele voltar, ai eu levantei, fui em direção a porta, meio encostada, dava pra ver o corredor e a cama da mãe. Quando eu vi levei um susto, fiquei parada, e parecia mentiras, mas ele estava em pé encostado na cama da mãe, e ela acariciava o penis dele,eu nao acreditava na cena, mas era verdade, eu nao estava embriagada, nao tomava a este ponto, mas eu via, ela chupava a cabeça do cacete dele, e ele delirava, e de olhos fechados ele respirava fundo e levantava a cabeça como se olhasse pro céu, devia ser muito bom, por que ele estava em extase total, ele estava suado, e ela com olhos fechados.

Ela masturbava e chupava a cabeça do pau dele(22 cm) colocava até a metade na boca, depois masturbava e colocava o saco na boca, olhava pra ele e ele de olhos fechados. Não dava pra acreditar na cena, mas o que acontece é que eu fiquei exitada, e me masturbava olhando tudo, cada gesto do que acontecia, e derrepente ela senta na beirada da cama, e deita pra trás, e abre as pernas, ele ajoelha de frente a ela, e coloca as pernas dela no pescoço e começa a chupar ela, que fazia ela contorcer toda, ela rebolava na boca dele, que nao parava nenhum minuto, ele lambia, mamava no grelo dela e ela gemia baixinho e falava, chupa a mamãe filhinho, e ele obedecia, ele chupou ela um bom tempo e ela explodiu no gozo, ela gemia e choramingava baixinho, e ele nao parava, ficava sugando tudo, e depois se levantou,deu um beijinho no rosto dela, e foi ao banheiro, lavou o rosto e voltou pro quarto, e eu escutei o chuveiro, pois ela tomava banho. e eu? ele voltou pro quarto, eu estava fingindo dormir, ele suspirou fundo, deu um beijinho em minha nuca, eu fingi despertar, e empinei minha bundinha pra ele que encaixava todo atrás de mim, me apertando e dando beijinhos na nuca eu virei e ele veio e abriu minhas pernas que estava encharcada de tezão, entrou no meio, e começou a mamar em meu grelho, certamente igual fazia na mãe, e eu nao aguentei, em menos de um minuto eu gozei, gemia tanto que fiquei tonta, as minhas vistas escureceram e as lágrimas deceram de tezão, ele aproveitou cada gota que espeli pela xaninha, e enfiou o seu cacetao maravilhoso e fudemos até ele gozar outra vez. daquele dia em diante, ele terminou com a namorada, e ficou comigo, seis meses depois fui viver com eles naquela pequena casa, que era melhor que um castelo,pois tenho muito que falar sobre o que veio a passar depois. quem gostou vote em meu conto e escreva pro meu e-mail... ([email protected]) beijos a todos leitores sonhadores como eu,loucos por tezão.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


vidio porno gay em hotéis ospede e garconcontos eroticos no consultorio medico tomando injeçãocontos eroticos detonou a crenteContos eroticos de amigos q fuderam as amigasContos sempre fui o viadinho de todos os homens da familiaconto erótico corno de mendigoRelatos sexuais me encoxando na cozinha e o corno na salaconto erótico eu e meus primos nu no lagoContos eróticos novinha de bikemamei no peito até ficar vermelhoe produzir leite contoscontos gay com estupro por guarda vidasver conto veridico minha baba abusado por minha babaConto erótico gay camisa social de sedacontos eroticos. esposo duvidou da esposaCunhada bunda site cellcontos veridicos de mulher casadavidio antigos onde duas mulher chamos alguns homen pra transaren no sulper mercadinho xvidioabusada com vibrador contosdoutor esporreando muito no travedti pornomulek chupando no peitinho da primacontos eroticos primeira vez no cuzinho da esposacontos eroticos seduzi meu cunhado e tomei sua porradoce nanda contos eroticosconto gay ajudei amigosconto porno enfiaram um ovo no meu cuContos eróticos minha tia me chupoufofinha putaria goiania contoscontos eróticos gays metrocontos evangélicacontos eróticos de comi a chata da claseconto eroticos fui obrigado a fuder minha irma num estupromulheres a mijar por cima da casste grossa do marido contos de incestos detei de conchinha fiquei de pau duroconto minha calcinhadei para um negão desconhecidodp swing buracomeninas com bucetinhas piticas pornoconto flagrei ela com negao eu so punhetaconto de sogra dando para genrocontos travesti que sai leite dos peitoscontos perdendo a virgindade dormindocontos eroticos ele me arregaçoucontos ,chuparam tanto meu pau até ru gozar na bocacontos erotoco sograconto tomando banho em familiacache:lzLFg49SSUgJ:biz-kon24.ru/conto_1039_fim-de-semana-com-titia-e-empregadas.html contos erotico peguei carona na hora erradacontos eróticos minha mãe fumou baseado e comi elacumi minha intuadacontos eroticos sonho americano 2filme porno novinha diz tio deixar eu chupa seu pirulito cabeçudobrincando de upa cavalinho contos pornoconto banho com tia timidaTia de xana peluda e sobrinho metendo conto eroticona hora do horgazmo gozandoContos eroticos flagas filhasconto erótico mãe dando o cu pro filho por perde a apostacontos eroticos com vovomamae levou meus amigos pra acampar contos eroticosvideo de subrinho a proveitando a brincadeira para encochar a tiaconto de comi o cuzinho da minha prima novinha que chorou com a pica grandeconto erótico gay taxista manauscoroas ensaboando cacete do jovenme foderam muito cedo contoseroticosa matutinha do em terior vidio ponorPorno conto sala de bate papo minha sograconto erotico da cunhada pegando no pauzoofikia contis eriticos homem aosixonado pela eguaccnto iroicos comedo o cuzinho do meu filho bem novinhoContos encesto mae gostosa sapcontos eroticos linguada no cucontos minha esposa me ensinou a ser cornoconto erotico linda transex namorando sem se revelarConto erotico banho mae