Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NILSON, MEU PROFESSOR DE NATAÇÃO

Meu nome é Rodrigo, tenho 25 anos, 1,88m, 80kg. Sou branco, tenho cabelo castanho e me considero um cara bonito. Desde criança faço natação e por isso desenvolvi bem meu tárax. Típico corpo de quem pratica o esporte. Namoro uma garota já faz dois anos, mas tenho tesão por homem. De vez em quando rola umas escapadinhas...nada que seja sério.

Mês passado, por causa do meu trabalho precisei mudar de academia. Escolhi uma perto da minha empresa. Como meu expediente vai até as 21h eu seria o único a usar a piscina.

No primeiro dia, cheguei no vestiário e, como eu esperava, estava vazio por causa do horário. Comecei a tirar a roupa e vesti minha sunga. Nisso vejo um homem, da minha altura e um pouco mais forte, entrar no vestiário. Devia ter uns 34 anos. O cara era um deus grego. Olhos verdes, cabelo preto, bem curtinho. Se apresentou e disse que seria meu professor de natação: “Boa noite, meu nome é Nilson...você começa hoje, né? Faz tempo que você nada?”

Batemos um papo e ele disse que já tava na hora de ir pra piscina. O Nilson tirou a camiseta, o shorts e vi que tava com uma cueca branca, essas bem justas. Dava pra ver todo o volume do cara. Fiquei de pau duro na hora. Pra não dar na cara, fui na frente e mergulhei na piscina. Ele veio depois vestindo uma sunga vermelha. Me instruiu sobre como seria meu treino e comecei a nadar.

Durante aquela hora, percebia que ele me acompanhava com o olhar. “O cara ta sá analisando meu estilo de nadar”, pensei. Ao final da aula, saí da água cansado. Ele tinha me passado um treino bem puxado. “Rodrigo, vamos dar uma alongada agora?” Nisso ele veio e se posicionou atrás de mim. Segurou meus braços e os levou para trás. O cara ia fazer o alongamento comigo! Sentei no chão pra alongar as pernas. Ele colocou a mão na minha coxa e começou a massagear. Me deitou de costas e estendeu a massagem para os ombros e pescoço. Meu pau já tava pulsando dentro da sunga.

Fomos os dois pro vestiário. Ele se trocou e disse que precisava ir embora e que me esperava pra aula seguinte. Assim que ele saiu, tirei minha sunga, entrei no chuveiro e bati uma punheta deliciosa, pensando no Nilson. Gozei pra caralho.

Na minha segunda aula, cheguei no vestiário e vi que o Nilson já tava lá. Sá com o shorts do uniforme, sem a camiseta. A gente se cumprimentou e ele começou a tirar o resto da roupa pra por a sunga. Quando ele ficou totalmente pelado ele disse: “Olha sá o que esqueceram aqui no banco...” Era uma revista gay, dois homens na capa. Eu nem reparei que aquilo tava lá. “Cara, nunca nem abri uma revista dessa...” E o Nilson começou a folhear a revista. Continuei a me trocar. Quando eu fiquei sá de cueca e falou: “Caralho, Rodrigo, vem dar uma olhada nessa foto!” Eram dois caras fazendo sexo anal.

O Nilson começou a ficar de pau duro. A rola do cara devia ter uns 19 cm. Cabeçona vermelha. Ele notou que eu tava de olho. Aí a pau dele ficou duro de vez. Cheio de veias, apontando pra cima. “Ainda bem que a gente ta sozinho aqui!” E ele começou a tocar uma punheta. Eu, de cueca, não conseguia mais disfarçar o tesão. Ele pegou no meu pau e falou bem pertinho do meu ouvido: “Você podia ter me convidado pra tomar banho na aula passada. Você batendo uma punhetinha é uma delícia...” Então o cara tinha me assistido o tempo todo! Aproveitei que ele tava com a boca bem perto da minha e tasquei um beijo de língua. Ele me puxou pra perto e começou a esfregar o pau dele no meu. Se abaixou, tirou minha cueca e caiu de boca na minha rola. Começou chupando a cabeça e desceu pras bolas. Puta que pariu, que tesão! Meu pau babava e ele lambia tudo. Deitamos no banco do vestiário e começamos um 69. Que pau delicioso daquele macho. Ele enfiou o dedo no meu cu e começou a brincar. Levantou, me deu um beijo de língua. “Cara, que tesão, não aguento mais!” Ele ficou de pé no bancou e esporrou na minha cara. Gozei em seguida, com aquela porra quente escorrendo pro meu peito.

A gente se limpou, botamos a sunga e fomos pra piscina. No final da aula, quando eu tava entrando no chuveiro, ele me abraçou por trás e disse. “Vamos tomar esse banho lá em casa?” É claro que eu fui.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de uma coroa safadaConto eroticos no beco escurocomi minha cunhada fabiana - contos eroticosvizinho tezudocacetudos e contos eróticosconto amelia tá bem gostosa e eu cantei pra comer a bicentinha delamorena de seios gigantes e cintura fina fundendo com um homemContos eroticos gays o consolo de borracha no cu do meu paipoeno cenas namoado apwrtando mordendo e chupando teta da namorada pra formar bicoContos her¨¦ticos incesto comi minha m0Š0e contos eróticos marido chega em casa e esposa ta dando pro cunhado e cunhada participandoPau gigante.arrombando o cu da inocência. Jwww.contos eroticos sogra gostosa da cu pro genro novinho pauzodocontos eróticos cheirando a bunda de mamãeconto erotico meu bezerro boqueteiroesposa grupal com 18 aninhos contosContos eroticos dinheirovidios reais tias curiosas punheteirasconto de uma pica grande arrombou meu cu virgem chorei de dora bucetinha linda da sobrinha novinha contoscontos virei femea na republica gaycontos reais punheta gozadaconto minha mae chupando meu pau com meu pai ao ladocontos eroticos..comi a mulher do pastorPai filha chuva dourada contos euroticoscontos eroticos tia brincandocontos eroticos travesti me roubouContos sempre incentivo meu marido a comer outra putinhaconto de encesto filho vetido de noivinhacontos erotico de estuprocontos de metendo em uma peluda ruivacontos eroticos sou fodida feito vadia e chingada de puta com o meu primo e tioconto erotico chantagiei a esposa do meu funcionáriocontos heroticos gay meu tio de dezoito me comeu dormindo quando eu tinha nove anosincesto realidade fantasias contocontos de mae que pegou o filho de fio dental dando o cuvizinho tezudominha filha viciada em porra caninacontos de coroa com novinhovideo erotico de irma fode com pai rrnai tio e primoperdi minha mulher no jogo contos eroticosareganhando o cu e epois a boceta com a mao relaxandoa certinha e o zelador contocontos de professor e alunaquero o pauzão dele no meu cu amor agora fica olhando contoscontos chantagiei minha mae e mi dei bemcontos comeu cuzinho dormindocarnavaldeputariasFinquei o pau no cu da manaIncesto erotico eu com 13 anox minha madrinha me sedusiapornô doido p*** fazendo fio terraconto erotico estuprada de mini saiavirei puta assumida eu confessoContos eroticos de netas novinhas teencontos virei femea na republica gayconto erótico gay com estupro e muito dor e sangue em cima de uma camacontos eroticos feriado quitinete praiasogra come nora pono segipanogey dando pro cavalo enchendo o cu do gey de porraContos primeira chupadaboqueteira gaucha contoContos gays fui de fio dental no cine porno e fui arrombadoconto menino eu era fudido pelos meninos negrosfilhas contos eróticosporno fudendo o cu da estavanecontoseroticos homem chupando pau sujo e bebendo mijocontos eroticos comendo cu da amiga e da mae delacontos er matagalcontos eróticos de infânciaporno nao aguetei ver minha tia lavando lossaconto erotico viado bundudo da cu para negaoconto comi tia do meu amigoconto meu tio encheu a b********minhas sobrinhas conto eroticocontos no orfanato gayConto erotico incesto, mae evangelica transa com o filhochantagem com casal. que pediu carona contos eroticocontos eróticos gays cavalgando no padrinhovideos porno minha mulher me satisfazendo na cama presente de aniversário