Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI A ACOMPANHANTE NO QUARTO DO HOSPITAL.

Caros leitores este conto e muito incrível e real. Acho que a maioria já me conhece sou o PRIMÃO.

No dia 30-07-2010, minha cunhada pediu para passar a noite no hospital com seu marido que estava se recuperando de uma cirurgia. Disse que tudo bem, que então iria até em casa tomar um banho e já retornava, ao descer a rampa cruzei com uma senhora muito elegante e aparentava estar triste, mas nem bola deu.

Cheguei no hospital por volta das 19hs pois se ficasse mais um pouco em casa acabaria tomando uma cerva, estava com um abrigo bem folgado porque passar a noite no hospital e barra e nada melhor que estar confortável para isso, logo que cheguei minha cunhada me passou umas instruções e se foi embora, percebi que a senhora elegante que cruzei na rampa estava ao lado de sua mãe acompanhado seu pai. Numa de puxar assunto disse:

- Se o caso dele não for grave posso cuidar dos dois esta noite e ai vocês descansam um pouco.

Elas agradeceram e a senhora me disse que aquela noite ela queria ficar um pouco mais com o seu pai.

Por volta das 21hs ela se aproximou de mim e disse que gostaria de levar sua mãe até a sua casa e tomar um banho e que logo voltaria.

- Sem problemas como já disse se quiser ficar em casa, anote o telefone de vocês para qualquer emergência, mas acho que fico tranquilo

- Agradeço mais uma vez mas e sá levar minha e mãe tomar um banho e já estarei de volta.

Por volta das 24hs estava vendo um filme na TV quando abre a porta do quarto aquela senhora toda elegante, entra toda perfumada com um vestidinho que marcava todo seu corpo e a deixava muito gostosa.

- Muito obrigado por ter ficado com meu pai, olhe que eu trouxe para nás, espero que goste.

Era um chocolate quente e pão de queijo, (adoro).

Os dois pacientes já dormiam, meu cunhado até roncava, ficamos ali sentados naquelas cadeiras do papai um ao lado do outro falando sobre tudo e vendo um filme de terror, em certo momento ela segura na minha mão bem forte.

- To com um pouco de medo.

Desliguei a TV e falei então vamos ficar conversando que mais interessante, neste momento por instinto coloquei a mão dela em meu peito e fique acariciando, ela correspondia acariciando meus peitos e minha barriga, nisto meu pau já estava explodindo, dei uma ajeitada fazendo com que a cabeça dele ficasse para fora, ela desceu um pouco mais sua mão e começou a toca lo, percebi que ela tava afim de algo, e num inesperado baixa um pouco mais a minha calça e junta meu pau com as mãos e começa a punheta lo, tava tudo uma maravilha, ai não demora muito ela cai de boca e começa a chupar ou melhor a devorar meu pau, acho que ela não via um pau há muito tempo, me chupava muito, abaixou mais ainda minha calça chupava meu saco dava mordidinhas na mina coxa, lambia a cabeça com maestria, chupava muito gostoso, não demorou muito gozei ela engoliu tudinho sem deixar uma gota se quer cair, levantou minha calça e foi para o banheiro. Voltou novamente para o quarto.

- Acho que agora podemos dormir.

Concordei ainda em estado de graça pelo ocorrido.

Por volta das 3 da manha meu cunhado me chama dizendo que queria ir ao banheiro, fui apoiando ele esperei ele fazer suas necessidades e trouxe de volta ao banheiro conversamos um pouco ai ele voltou a dormir, foi quando o pai dela também acordou querendo ir ao banheiro.

- Pode deixar que eu o levo. Disse a ela

Acompanhei o senhor até o banheiro esperei ele fazer suas necessidades e o levei até a acama novamente, logo ele dormiu, nisso ela e eu perdemos o sono e começamos a conversar novamente, disse que tinha adorado o que ela fez mas que acreditava que ela poderia fazer muito mais, ela verificou se seu pai realmente estava dormindo nisso também verifiquei o meu cunhado, ela pegou em minha mão e me levou ao banheiro.

Ao entrar dei um grande beijo que a deixou um pouco desfalecida e toda arrepiada, com uma das mãos levante seu vestido e logo já toquei em sua xaninha ainda por cima da calcinha, coloquei de lado e comecei a bolinar com meus dedos sua xaninha e seu cuzinho, logo ela ficou molhadinha e disse

- Enfia logo essa sua rola quero senti la inteirinha em minha buceta.

Tirei meu pau para fora a posicionei de costa para mim numa maneira que apoiasse na pia e que sua bundinha muito gostosa e linda ficasse a minha exposição comecei a penetrar bem devagarzinho em sua xaninha já muito molhadinha.

- Enfia tudo me come de verdade.

Ai não tive mais dá enfie duma vez sá ela deu um gritinho mais logo começou a rebolar, e fazer uma vai vem muito gosto, fiquei ali fudendo ela por uns 5 minuntos quando ela solta um gritinho ela gozou muito, como não havia gozado ainda fiquei ali sá no vai vem beijando sua nuca tocando em seios, a chamando de putinha, já que ela estava de bunda para mim resolvi tentar comer seu cuzinho, ela imediatamente recusou,.

- Ai não, se quiser deixo gozar na boca de novo, mas no cuzinho não,

- Vamos fazer completo?

- Não cuzinho não,

Ficou de frente para mim apoio se na pia novamente e falou vem fode esta xaninha quero gozar de novo, então comecei a fuder muito ela até que gozamos juntos.

Nos lavamos no chuveirinho e fomos ver como estava nossos pacientes, eles estavam dormindo um sono sá.

Logo amanheceu ela foi buscar a sua mãe e minha cunhada logo chegou trocamos telefone, mas inda não rolou nada, espero poder comer seu cuzinho, ai eu conto num práximo conto.

Mulheres de 40 a 50 anos que gostaram deste conto me mande e-mail para marcamos um encontro [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos gay o menino que era um femea escondidomeu filho meteu no meu cu ardeu muitoaprendi dar o cu com meu genro contosincesto primo bolinando prima com problema mentalcontos eroticos com cavalo zoofiliacontos adorei a lingua no meu cuzinhoMinha namorada deu a bucetaporno traviti daboda grandecontoseroticoscomcavaloconto eroticos troca troca com amiguinhoContos eróticos gay homem enfiou cu pivetinhomeu filho meu marido contos eroticossenti o pauzao dele no fundo da minha buceta/derramando muita porrazoofilia cachorro montando com forçagozando no umbiguinho e escorrendo na bucetaconto comi o cu do sogrocontos erotico irmao cafetao da irmaContos de estupro na praiaconto de dei meu cu e não aguentei a pica grande delecontos eroticos a filhinha da empregadaComtos casadas fodidas na rua por camionistaseu quero a mulher da b******* grande de fio dental na regata do c* da bundonacontos erotico farmaceutico macho negao fodendo gaycontos eroticos traindo marido na Sala ao ladocorno assumido da igreja contos eroticoscontos fudendo sogra so com brincadeirascontos fidi minha cunhadinha de onze anosgozou nela e espirrou porra em mimconto eróticos podemosa tia casadasou rabuda viajando.contos eroticosxvidio ta olha tia fudenocontos eroticos na praiaContos eróticos rabudinha chorou na picaconto fui ajudar a vizinha e ela me agradeceu com a bucetaconto eróticos dei o cu novinhacontos eroticos de marido ajuda varios amigos afuder esposaAcordei com o cuzinho cheio de porra contosConto gay o pastorcontos de gay que perdeu o cabaço na adolescênciacontos de eroticos de mulheres loiras que gritam deliram de tanto gozar/ - Pesquisa Google contos de eroticos de mulheres loiras que gritam deliram de tanto gozar/ - Pesquisa Googleconto eróticos com velhinhaso putao dando o cu e gozando e gritandocurtos relatos eróticos de estupro fortiler contos eroticos de bucetinhas virgenscontossado de submissao realmeu marido bebeu e convidou meu cunhado pr durmi em casa e mi comecontos de bichinha dando pra negaocontos gay me depilando e pego no flagracontos travesti que sai leite dos peitoscontos eróticos militar dominador come viadocontos erótico paizão enrabar filho gayConto erotico gay rasgaran meu cumoleque no ônibus contos eróticos gayputinha submissa do tioo cu da morena saio sague de tanto fura porno doidoela so faz anal cagando contospenes maigadecontos eroticos violentadas ao extremocontosdesexopicantescontos eroticos primo da esposaComtos erotico meu entiadoFilha babando pau do pai contoseroticosflagas de encesto com zoofolia contoscontos eróticos do amigo do meu pai me agarrou na cozinhahistória verdadeira de sexo entre homens bi sexual no banheiro metrô trem ônibuscontos travesti e mulher casada juntas dando o cu pra homem e o cãocontos/ morena com rabo fogosotres comendo uma mulher e um socando no cu do outro uma filinhaicontos eroticos vizinhas camaradascontos eroticos gay ficticioscontos eróticos de virgens perdendo o cabaço a força