Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BOCA GULOSA

Hoje o que relato aconteceu com o um adorável e delicioso homem que conheço. Seu nome é Thiago, no começo achei apenas que era um gatinho encantador, mas com o tempo descobri que além de um lindo gatinho era um tigre insaciável. Ele é moreno, tem em torno de 1,85 de altura, 25 anos, cabelos e olhos escuros, um corpo bonito, um abdômen "tipo tanquinho" e uma boca... uma boca... maravilhosa, apetitosa e gulosa.. rs.. e a pinta super sexy que ele tem sobre o lábio superior, humm.. ai... sá de lembrar já fico animada!!

Bem, logo que o conheci pensei comigo, tenho que beijar aquela boca e desde então sonhava acordado com a boca, com aquela pintinha sexy e com o dono dela é claro, até que um dia tive aquela boca linda todinha pra mim por alguns longos e deliciosos beijos, a questão é que depois que eu experimentei a boca queria muito experimentar mais.. muito mais... com os beijos pude estar mais perto e tocar a pele, senti seu cheiro, aquelas mãos me apertando, mãos curiosas, com aquela "pegada" que toda mulher merece, parei de sonhar apenas com os beijos e passei a fantasiar coisas e situações muito mais interessantes e excitantes.. hamm

Depois disso continuamos conversando, as conversas cada vez mais interessantes e mais maliciosas também.. eu adoro provocá-lo, as vezes ao telefone eu digo que quero estar ali perto dele afrouxando a sua gravata, haa tem isso também apesar da pouca idade é um profissional bem colocado, e essa delicia trabalha de terno e como ele fica excitante de terno.. continuando, eu digo que quero afrouxar sua gravata, que minhas mãos vão percorrer o corpo dele debaixo daquele terno, que eu já estou sentindo o quanto ele está excitado e continuo relatando em detalhes o que faria.. ele fica louco quando faço isso.

Então resolvi entrar em ação e me preparei todinha pra ele, me preocupei com cada detalhe comprei uma langery nova, preta, linda, bem sensual, fiz uma depilação completíssima, tomei um banho bem demorado, coloquei a langery nova, fiz uma bela maquiagem, coloquei um vestido preto que valorizava ainda mais os meus seios fartos e fui até o trabalho dele no fim do dia, na hora que ele iria sair, em uma sexta-feira.

Quando entrei na sala do Thiago e recebi aquele olhar pidão sobre mim me senti muito excitada, eu podia sentir o cheiro do tesão que eu provoquei nele. Sentei-me na sua frente com uma mesa entre a gente e ele fingindo inocência me perguntou "o que te traz aqui?", eu respondi diretamente “você", e meu gatinho continuou "e o que eu posso fazer por você?", eu me debrucei um pouco mais sobre a mesa dele deixando meu decote e meu perfume ainda mais perto dele e respondi "muitas coisas! consegue pensa em pelo menos uma delas?", ele então soltou um lindo sorriso com aquela boca que eu amo tanto e disse que eu era louca de estar ali provocando ele daquele jeito, me levantei e fui em direção a porta dizendo que então eu iria embora, ele que a essa altura já estava cheio de tesão veio logo em minha direção fechou a porta e me jogou contra a mesma, segurou os meus braços pra cima e sussurrou no meu ouvido "você não vai sair daqui assim", e sua boca começou a percorrer o meu pescoço, recebi um beijo que me tirou o fôlego, humm... que delicia sentir aquele corpo contra o meu, agora eu tinha certeza da sua excitação, do seu desejo, e comprovei que não era apenas eu que desejava algo mais, desprendi minhas mãos, abri um pouco sua camisa, subi minhas mãos naquele peito, fui com elas até as costas e desci minhas mãos arranhando sua pele enquanto beijava e mordia sua boca, ele começou a apertar e a morder meus seios, levou sua mão até o meio de minhas pernas por cima do vestido, com isso eu suspirei, ele subiu o vestido e tocou minha bucetinha que a essa altura já estava em brasa e toda molhadinha debaixo da pequena calcinha que eu usava, eu estava com muito tesão, eu saltei um gemido e retribui o carinho, toquei o seu pau sobre a calça e pude perceber com mais precisão o quanto ele me queria.. Empurrei ele pra traz, fiz ele se sentar em uma cadeira, me sentei em seu colo com as pernas abertas e de frente pra ele, abri o zíper de sua calça e comecei a massagear aquele delicioso pau enquanto minha boca beijava seu pescoço até que eu cheguei no seu ouvido e comecei a maltratá-lo, rss... "meu gatinho, quero ser sua hoje, quero que me faça gozar, quero senti essa boca linda em mim, quero provar desse pau que está me querendo, que está latejando por mim, quero sentar sobre ele.. quero saboreá-lo... deixa vai? prometo que vou ser bem safada sá pra você!! vem ser meu gatinho vem? miau.. miau..". ele enlouqueceu.. rsrsss

Nesse momento eu fui má com o Thiago, me levantei, o afastei de mim e disse que ali não, que eu precisava de um lugar mais reservado e que ele não iria se arrepender, ele disse que tudo bem, mas ainda assim queria continuar algo mais ali mesmo, pois estava com muito tesão, olhei bem nos olhos dele, deixei ele ver o meu desejo e soltei um "vamos..". Ele mais que depressa ajeitou suas roupas, pegou suas coisas me pegou forte pelo braço beijou minha nuca e disse que eu ia ter o que eu mereço, mas que eu ia ter que dar a ele o que ele quisesse e me deu um forte tapa na bunda "combinado!!" foi a minha resposta.

Saímos dali, demos uns amassos com a descrição que era possível até chegar ao carro dele, entramos e ele disse que iria me levar pra um motel que tinha ali perto e fomos.. No caminho não me segurei, enquanto ele dirigia eu fui fazendo umas caricias na sua nuca, afrouxei sua gravata, dei uns beijinhos e podia sentir e até ver o quanto ele tava ficando cada vez mais excitado, alguns minutos depois estávamos lá e o Thiago já estava como um garanhão no cio depois de tantas provocações da minha parte, mas era assim mesmo que eu queria ele, louco pra me ter.

Assim que entramos no quarto meu gatinho disse que agora eu não poderia dar desculpa nenhuma, eu olhei bem pra ele para aquela boca, aquela pintinha sexy, foi me subindo um calor.. aii que delicia meu deus... O Thiago veio pra cima de mim com tudo.. eu fui tirando cada peça de roupa dele deixei ele completamente nu, hummm e que delicia, joguei ele na cama, subi sobre ele, beijei ele loucamente, como se fosse a ultima boca do mundo enquanto ele me apertava e eu sentia aquele pau crescendo cada vez mais pra mim, fui descendo passando minha boca pelo corpo dele até que encontrei aquele pau que implorava por uma caricia, comecei a massageá-lo com a mão e dava beijinhos na sua ponta o que fazia o Thiago suspirar, depois fui passando os meus lábios carnudos por ele, primeiro na cabeça e fui descendo calmamente, passei meus lábios por toda a parte, e depois comecei a passar a língua.. humm que delicia, da base até a ponta e eu não conseguia e não queria mais largar aquele pau e acabei arrancando um gemido alto do meu gatinho quando abocanhei seu pau e comecei a sugar como um bebê que tem fome e consegui deixar o seu lindo caralho maior e mais rígido do que antes...

Eu olhei bem para aquela carinha safada dele e ele disse então que agora era a vez dele, ele inverteu o jogo e ficou sobre mim e enquanto me beijava e passava aquela boca quente e curiosa por toda parte, abaixou as alças do meu vestido, tirou meu sutiã e começou a sugar meu seis e apertá-los de tal forma que eu quase senti dor com tanta intensidade, mas era prazer.. puro prazer.. eu gemia e ele não parava, beijava, mordiscava, esfregava seu rosto contra eles, hummm como isso tava bom, e como se não bastasse uma de suas mãos escapuliu e quando eu dei por mim ela estava no meio das minhas pernas, apertando e sentindo minha buceta que a essa altura estava em brasas e encharcada, ele arredou minha calcinha e começou a alisar minha linda buceta e quando o Thiago percebeu que não havia um único pelo nela, focou com mais tesão ainda, chegou a sua boca perto do meu ouvido travou uma briga dos seus lábios e língua com a minha orelha enquanto sussurrava, "é isso mesmo que eu to percebendo, essa buceta ta lisinha pra mim, ta? vai deixar eu provar o gosto dela, quero sentir seu gozo na minha boca, sente meus dedos entrando nela, nossa que delicia de buceta, como você ta molhada, daqui a pouco não vai ser os meus dedos que você vai sentir, vai ser algo bem melhor.. mas primeiro quero minha safada sentada na minha boca, quero que você esfregue essa buceta na minha cara, quero ficar todo melado com o seu gozo, da essa buceta pra mim da.. vem minha gostosa.. minha safada.. minha delicia", nisso eu estava no céu é claro, sentindo aquela mão me abrindo, aqueles dedos entrando e saindo e ele falando toda essa sacanagem no meu ouvido, a sua boca, sua língua quente não paravam de me percorrer, eu estava amolecida de tanto tesão, mas a coisa ainda ficou melhor, o meu gatinho que já estava se mostrando um tigre, cumpriu tudo o que havia dito, foi descendo sua boca até encontrar o que ele tanto desejava, arrancou minha calcinha com violência, deu tapas em minhas coxas abriu ainda mais minhas pernas e abocanhou minha buceta com tanto desejo que quando senti aquela boca ali, aquela língua eu estremeci inteira hummmmm... e meu gatinho nesse momento um tigrão começou a sugar intensamente, passava a língua, mordiscava o meu grelo que a essa altura estava dolorido de tanto desejo, e entre sugadas, lambidas e mordidas Thiago sussurrava algo sobre como era bom o meu gosto, como eu estava molhada pra ele e que estava ficando ainda mais hummm.. Que sensação maravilhosa, há muito tempo eu não sentia tanto prazer assim, a boca além de linda e muito gostosa é muito gulosa e sabe exatamente o que fazer.. E enquanto eu me deliciava com o prazer que eu estava sentindo ele parou e insistiu praticamente me exigindo, com uma voz firme "senta na minha cara.. na minha boca.. agora!!", e porque eu iria recusar.. ele se deitou na cama eu me coloquei sobre ele numa posição em que a boca dele não teria como se encaixar melhor na minha buceta e pra deixar ele ainda mais louco comecei a fazer uns movimentos de quadril que aguçou ainda mais o meu tigrão, ele parecia que ia entrar dentro de mim.. eu sentia sua língua entrar fundo.. os dentes me mordiscando.. sentia sua respiração.. a força e a gula daquela boca em mim.. nossa.. humm.. aiii... hammmmmm...

Uma onda maravilhosa de orgasmo tomou conta de mim e o meu tigre se deliciou com o sabor do meu prazer.. e literalmente se lambuzou.

Eu sai de cima dele, me deitei na cama ele chegou perto de mim e fez eu saborear o meu gosto em sua boca, nesse momento sua boca se tornou ainda mais linda e gostosa pois podia sentir o meu gosto nela, e do beijo tudo começou novamente ele com muito tesão falou que agora era a vez dele, eu disse que ele podia ficar sossegado e deixar comigo que eu iria retribuir no mesmo nível, comecei a beijá-lo primeiro a boca, depois todo o corpo, beijava, mordia e arranhava.. e ele ficando mais excitado a cada segundo, mais uma vez não resisti e a minha boca beijou o lindo pau do meu tigrão, Thiago se contorcia de prazer a cada vez que seu pau ia fundo em minha garganta ou era espremido pelos meus lábios, ele ficou com seu membro todo meladinho de tanto eu chupar.. fui subindo novamente até junto daquela delicia de boca e enquanto a beijava comecei a esfregar minha buceta sobre seu pau com vontade, ia e vinha sobre ele, é delicioso senti aquele pau passando pela minha fenda.. e eu olhando para meu gatinho safado e vendo aquele semblante de prazer, então cessei os movimentos e ele clamou para que eu não parasse, então dei-lhe o longo beijo e disse que ia fazer melhor, me ergui.. encaixei o seu pau na entrada úmida e faminta da minha xaninha e num brusco movimento coloquei todo ele pra dentro, me senti invadida, mas ainda assim adorei a sensação, comecei a fazer movimentos com aquele cacete todo dentro de mim, rebolei bem gostoso e parecia que ele ia entrando mais e mais a cada movimento, hummm... como isso é bom.. eu quero mais.. mais... sempre.. Thiago jogou sua cabeça pra traz com os olhos fechados de tanto prazer que sentia agarrou minhas coxas com força e a única frase que ele repetia nesse momento era "não pára.. não pára.. não pára", depois de um bom tempo sem parar agradando e satisfazendo o pedido do meu tigrão eu iniciei uma boa cavalgada sobre ele, cavalguei deliciosamente e sentia aquele entra e sai gostoso e apertado de mim.. huumm..

Num impulso Thiago se ergueu e disse que agora era a vez dele comandar a brincadeira.. minha reação "tudo bem tigrão, sou toda sua!!', ele não se fez de rogado, sem sair de dentro de mim ele se ergueu, minhas pernas se enlaçaram em sua cintura e ele caiu com seu peso sobre mim me fazendo deitar, nossaaaa.. senti seu pau super dentro de mim, ele então começou um entra e sai frenético e delicioso, meteu gostoso.. me beijava.. apertava meus seios, gemíamos juntos, estávamos suados e exalávamos prazer..

Thiago diminuiu o ritmo, virou pra mim e disse "agora quero algo mais selvagem" respondi que tudo bem, e que estava curiosa pra saber o que a selva guardava pra mim.. rss.. ele então me colocou de quatro na cama e mais uma vez veio com a boca mais gulosa que eu já conheci e sugou.. haa como sugou... e com um tom de voz um pouco mais firme começou "agora além de ser minha gostosa você vai ser minha cadela, minha puta, age como se fosse uma puta pra mim vai, quero você muito safada, anda minha putinha.." então entrei no jogo dele, ainda de quatro virei meu rosto pra ele, dei uns tapas na minha bunda e disse " vem comer sua puta vem, acaba comigo vai, quero ver você meter até eu não aguentar ficar de pé..", pra que, as minhas palavras fez aquele pau ficar ainda mais duro e ele veio com tudo, me deu alguns bons tapas na bunda de deixar a marca da mão dele, e começou a meter com força, com desejo enquanto falava "minha putinha, ta gostando de ter esse pau dentro de você, então toma, vamos ver até quando você aguenta, quero ver você gozar, vamos minha safada, sente o seu tigrão te comendo gostoso, sente, quero você pedindo a minha porra anda, quero você gemendo gostoso e dizendo que quer a minha porra.." e foi dizendo essas palavras enquanto metia deliciosamente, com força, segurando minha bunda, metendo até o fundo, eu.. sá conseguia gemer e percebi que ela tava amando aquilo então entre um gemido e outro eu dizia pra ele "não pára.. não pára.. " e como tava bom ser invadida por aquele pau, com aquela força, somados aos tapas e às mordidas dele, comecei a gostar da brincadeira e ele metendo gostoso e eu ficando cada vez mais excitada, e pedi " me da meu gostoso, me da sua porra, quero sua porra meu tigrão, meu homem, quero ela todinha pra mim, vai da leitinho pra sua cadelinha vai, por favor.. me da o seu leitinho vem.." e ele "é o que você que sua safada, é o que você vai ter", ele acelerou ainda mais os movimentos eu já não estava me aguentando mais de quatro e ele vinha e me reerguia, uma onda de prazer tomou conta de mim e ele não parava, me segurava, metia, e ia me chamando de puta de safada e eu gozei com o meu gatinho metendo como um tigre em mim, as contrações do meu gozo apertou o pau dele dentro da minha buceta e ele sentiu que ia gozar também, então tirou o seu pau de dentro de mim, pediu que eu me virasse, eu ainda sobre efeito do meu orgasmo me virei e ele veio dizendo "agora você vai receber a minha porra minha delicia, minha safada, vem provar do meu leitinho vem.. vem meu amor.. vem minha gostosa" e jorrou um belo jato de porra na minha boca e o restante nos meus seios, eu peguei aquele pau e suguei aquele gozo deliciosamente, sentindo ele pulsar dentro da minha boca, aquela mistura do meu gozo e do dele na minha boca.. humm... caímos exaustos na cama, extasiados com o prazer que acabávamos de ter, ele se virou pra mim, me deu um beijo e me disse "você foi perfeita amor, não poderia ter me dado mais prazer do que deu..", então ficamos ali abraçadinhos aproveitando cada minuto daquela sensação maravilhosa, depois conversamos um pouco, rimos juntos e eu resolvi tomar uma ducha.. e colocar a banheira pra encher.. eu queria mais.. e sei que ele também!

Estava tomando a minha ducha quando percebi que estava sendo observada pelo Thiago, então comecei a passar as mãos pelo meu corpo de um modo mais provocativo, apertava os seios, alisava a bunda, quando levei a mão a frente, passando pela minha lisinha bucetinha, ele não aguentou e soltou um gemido, me virei pra ele com uma cara bem safada e com um gesto com a mão convidei ele pra vir pra junto de mim e ele veio acelerado, hum.. me abraçou tão gostoso debaixo daquela ducha, começou a me beijar, as mãos deslizava por todo o meu corpo, nunca vi mãos tão ágeis e a boca.. ai como eu gosto dessa boca.. beijá-la com a água caindo, foi delicioso.. Em meio a tantas mãos e bocas.. percebi uma mão insistente do meu gatinho... enquanto a mão e os dedos trabalhavam ele sussurrou "quero esse rabinho agora.. da ele pra mim aqui debaixo do chuveiro? da? ele parece tão apertadinho, olha como to ficando sá de imaginar isso", la estava o meu tigrão de pau duro pra mim novamente e eu acabei não resistindo ao pedido dele, eu agachei na frente dele e deixei aquele pau ainda mais rígido depois de chupar ele bem gostoso, com a ajuda da água, entrava e saia da minha boca com facilidade e ele amou isso né, deixei ele com mais vontade ainda, me puxou com força pra junto dele me pegou com vontade e disse que eu não ia escapar, foi logo encontrando um lubrificante pra facilitar, pois havia percebido o quão apertadinho era o buraquinho que ele pretendia violar, me curvei segurando em uma haste do banheiro e ele continuou a brincar com os dedinhos ali, enquanto sua outra mão masturbava deliciosamente a minha bucetinha.. o Thiago foi esperto, pois com isso me enchi de tesão novamente, eu estava mesmo cheia de desejo, meu tigrão colocou a cabecinha daquele cacete na entrada do meu cuzinho, nisso me contrai toda e ele se divertia com isso e ficava com mais desejo ainda, forçou.. eu reclamei um pouco.. e ele disse pra eu relaxar e foi empurrando cada vez mais, comecei a me mexer pra ver se entrava logo tudo e eu me acostumava de estar com tudo aquilo dentro de mim, e quando eu achava que já tinha recebido tudo ele deu uma estocada forte que me fez soltar um grito, o Thiago me ergueu completamente preenchida por ele e começou a apertar meus seios, beijar minha nuca, meu pescoço, minha boca, sua mão desceu e continuou a me masturbar e a água quente caindo sobre a gente e com tudo isso eu relaxei, e ele aproveito o momento "minha delicia agora vou meter nesse rabinho apertado ate fazer você gozar e vou encher esse cuzinho de porra, tava louco pra fazer isso", então segurei na haste novamente e como esse tigre meteu, meu deus eu fui literalmente fudida, ele não parava, eu sentia aquele pau entrando e saindo, e fui começando a amar aquilo, tava com um tesão fora do normal, comecei a gemer gostoso, e pedia pra ele continuar "vai meu tigrão, acaba com sua safada aqui, me faz gozar.. faz.. quero mais, quero você todo dentro de mim, vem meu tesão, mete nesse rabinho apertado vai, quero ele cheio do seu leitinho, hummm.. como isso ta bom.. não pare minha delicia.. vai.." e a cada palavra minha Thiago parecia ficar com mais desejo ainda e ia metendo com mais força, começou a gemer alto, parecia ta sentindo muito prazer, então resolvi agradar ele um pouco mais, parei seus movimentos fiz ele encostar na parede gelada, e me encostei em cima, com todo seu pau dentro de mim e comecei a rebolar com aquele cacete atolado em mim... nosssaaaaaaaa.. humm que sensação deliciosa, Thiago gemia deliciosamente, e foi tomado pelo prazer "minha puta gostosa, como pode um cuzinho tão apertado e tão gostoso, continua minha cadelinha, rebola com o pau do seu macho dentro de você, rebola gostoso, sente esse pau te fudendo, sente... ou vou te encher com minha porra minha safada.. vem cá vem.." nisso ele me pegou pelo quadril e começou a me levantar e me pressionar contra o seu pau fazendo sair um pouquinho e entrar bem fundo novamente, nossa ele começou a urrar de prazer e eu tava adorando ter meu rabinho tão bem comido desse jeito, então ele me pegou de jeito e disse que queria gozar dentro de mim fez com que eu me curvasse novamente e voltou a meter, primeiro lentamente, depois tirou quase tudo e meteu de uma sá vez e em seguida começou a meter freneticamente aquele delicioso caralho em mim, minhas pernas começaram a perder as forças, já não sabia mais o que eu sentia, mas era algo muito bom, meu tigrão começou a gemer cada vez mais alto e eu junto com ele "minha cadelinha gostosa, vou encher você com minha porra agora, sente minha safada, sente o que você tanto gosta.. husuhsushsush..." e ele gozou deliciosamente dentro do meu cizinho e quando eu senti aquele leite quente dentro de mim.. foi incontrolável, gozei em seguida.. hummmm.. nossa.. foi delicioso.. eu fiquei extasiada, me joguei pra traz e fiquei ali nos braços dele com a água quente caindo sobre a gente, aproveitando o orgasmo delicioso que tinha acabado de ganhar..

Logo depois fomos para a banheira que a esta altura estava quase transbordando, ficamos ali relaxando naquela água quente, conversando, rindo, nos divertimos muito, e o prazer não precisa nem falar né.. Mas depois de um bom tempo resolvemos sair da banheira, peguei uma toalha pra eu me enxugar e o Thiago solicito se ofereceu pra me ajudar, isso mesmo o meu tigrão queria mais, eu não acreditei, ele foi me enxugando e apertava cada parte do meu corpo que sua mão percorria com a toalha enquanto sua boca molhava algumas outras partes.. ele foi me enxugando e andando comigo pra o quarto novamente, me deitou na cama e sem dizer uma palavra veio com aquela boca linda e gulosa procurando minha fenda.. que estava fechadinha.. levemente inchada pelo sexo anterior.. e ele então falou.. "não se preocupe dessa vez vou ser bem cuidadoso, você vai gostar, pode ter certeza!!". Então foi passando a língua por cima da minha bucetinha ainda fechadinha, fui sentindo aquela língua quente, úmida por toda a parte.. fui ficando cheia de vontade.. e ele não parava, apenas os lábios e a língua beijando minha fenda como se fosse duas bocas, comecei a gemer baixinho, e a pedi a ele que metesse a língua dentro logo, que não estava aguentando mais e ele continuou a me torturar, parecia estar a chupar um picolé e eu já estava fervendo.. me contorcendo e entre um gemido e outro eu pedia "meu anjo mete essa língua dentro.. por favor.. não to dando conta mais.. quero sentir sua boca dentro, vai..” e ele ainda continuou nessa provocação por um bom tempo, até que eu peguei sua cabeça e pressionei contra a minha buceta e implorei a ele "me chupa bem gostoso agora!! por favor...", ele levantou os olhos me encarou e abocanhou minha buceta com tanta vontade que eu gritei, ele começou a passar a língua forte dentro.. de baixo a cima, com um desejo, com uma gula, cheirava ela, e vinha com a língua novamente, sugava com força.. metia a língua dentro.. fundo.. e sugava novamente, quando ele começou a morder eu já nem sabia onde estava mais.. "aii.. amor.. que delicia meu tigrão... que boca é essa.. hummm.. não pára.. não pára.. quero você dentro de mim.. hummm mete essa língua.. quero gozar de novo na sua boca.. vai meu tigrão suga todo o meu melzinho vai.. se lambuza" e ele esfregava a cara inteira em mim.. sentia meu cheiro..meu gosto.. prendia meu grelo entre seus lábios, sugava.. mosrdiscava.. lambia.. já não sabia mais o que ele estava fazendo eu sá sei que estava muito bom, nunca havia sido tão bem chupada.. lambida.. mordida.. rss.. e não demorou muito nesse movimento todo eu explodi num delicioso gozo e ele não parou, quando percebeu que eu gozei e me contorcia na sua boca de prazer acelerou ainda mais os seus movimento, não sei como ele conseguia mas eu acabei gozando outras duas vezes na sua boca, e por fim eu não tinha forças se quer para falar, ele veio pra cima de mim, senti o seu corpo sobre o meu, dava pra ouvi o quanto o meu coração estava celerado, ele me beijou deliciosamente, sua cara estava toda lambuzada do meu gozo e eu, eu estava realizada e muito bem amada.

Thiago olhou bem pra mim soltou aquele sorriso gostoso que sá ele tem e disse "eu vou querer mais.. e mais... sempre..", ficamos abraçadinho ali por um longo tempo, acabamos caindo no sono.. mas essa não foi a única vez que estive com o Thiago, não tenham duvidas que vieram outras, e cada vez melhores e mais inusitadas, acreditem! Depois eu conto..

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Fotos da frentista peituda mamando con erot vendo meus amigos estoura esposinhacontos eroticos comendo a funcionaria novata casada da lojacontos fiz titio gozarcontos eroticos gay meu tio de dezenove me comeu dormindo quando eu tinha oito anosContos eroticos Tia veridicoconto porn insetuosocontos eroticos estuprada pelo meu cunhadocontos eroticos so era pra ela chuparcontos eroticos e minha mulher e uma amiga convencida a chupar bucetagorda sentada no sofa e cachorra lambendocontos sexo minhas meninas do sitioCasa dos Conto a beira de uma suruba esposa casadacontos eroticos so eu e meu gato na chacaratroca troca de homens adultos contoscontos eroticos cavalo leitecontos eroticos mulheres casadas cometendo insestoConto eroutico espora come maridolencol conto heterocontos eróticos de minininhas que adorava ser abusada dormindocontos eróticos minha esposa a bicicleta e o sobrinhocontos gay trans teenconto erotivo orgia pai mãe e filhos bicontos eróticos realizando a fantasia da minha mulher no nosso aniversário de casamentocontoeritico dei p cazzeroContos meninas d doze anos perdendo o cabaço com papaI ddotadoDei meu cu pro meu tio pra ele se alegrarPirocada sexo gay velhos tara contos veridicosesgassou a buceta virgemdei a buceta no trabalho. contos.pornô compare com a comadre faz ela gozarvídeo porno de mulata gozando e tendo convulsõesContoseroticosprimeiravezporno zofilia peitinho inchado sozinhasCom medo da jeba enormeeu corno de putacontos eróticos meu filhoconto gay acordado pelo dotadocanseira. contoscontos de travesti no onibuscontos erotico farmaceutico macho negao fodendo gaycontos eróticos sobre sobrinhabucetudacontos eroticos sou uma mulher coroa e adoro tira a virgindade das mulecadacontos erotico na praia de nudismo com meu sobrinhocontos hots puta cu buceta foda foder gozarcontos eroticos dei pro irmao da igrejafudi a bundinha da juju com minha rola grande contosmarido falou p esposa nahora da transa q dar o cu era bomcontos minha sobrinha sentou pelada no meu colocontos de coroa com novinhoreboladas da titia contos eróticoscontos eróticos escrava é putonaconto erotico pm macho batalhão estocadascontos de zoofilia sobre eguas e jumentascontos eroticos trave x hcontos eroticos gay fui buscar uma pipa em uma construçao e os karas me comeramno acampamento enquanto eu dormia contos eróticostirando virgindade de menina Londrina Paranásenta no colo do seu irmao contosContos filho namorado "pintinho"contos de lesbianismo no acampamento de escoteirastia machucando o penis do sobrinho"limpa o pau do seu macho"conto gay fodi o namorado da minha irmacontos de casada rabuda fiel e fogosa cantadamulher tarada Senta no pau do boneco no Fláviocontos eróticos esperava o meus dormir eia na cama do papaicontos eroticos de meninos gay o dia q dei o cuzinho pela primeira vez e virei menina da molecadawww.contos comendo a tia de sainha curtasexo com a irmãzinha contos eróticoscontos eroticosdpconto erotico vendedor.de.mandiocafoda interracial dezenho foda com a sinhaconto gay camisolinhaconto de casada com descendente de japones que traiu com um bem dotado