Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ARROMBADO PELO SOGRO

Célia e eu já namorávamos à algum tempo quando fui apresentado à sua família. Depois disso comecei a ir à sua casa com bastante frequência, seu pai era um espanhol de estatura mediana, mas era bem forte, usava rabo de cavalo, tinha um grande bigode e tinha fama de ser mulherengo. Uma tia de Célia tinha feito uma cirurgia e minha futura sogra decidiu que iria visitar a irmã e ela resolveu acompanhá-la, ficariam fora por três dias. Como elas viajariam pela manhã, eu passei por lá apás o trabalho, para me despedir delas. Quando eu estava me despedindo para ir embora, sua mãe me disse que eu poderia dormir em sua casa durante esses dias e assim faria companhia para o seo Pépe, como era conhecido seu marido, eu disse que sim. Na noite seguinte fui para a casa do seo Pépe preparado para dormir lá, ele me recebeu como sempre, tomamos uma cerveja e assistíamos TV quando o telefone tocou, era minha sogra ligando para ver se tudo estava bem, ele conversou um pouco e me passou o telefone para falar com Célia, enquanto falava com ela vi quando ele entrou no banheiro, pois a porta dava bem de frente ao corredor onde ficava o telefone, deixou a porta aberta e começou a mijar. De onde eu estava fiquei pensando “nossa, como é grande a rola do meu sogro”, chacoalhou e continuou segurando o pau por mais um instante, depois lentamente começou a guardá-lo e eu observando tudo enquanto falava ao telefone. Mais tarde um pouco, depois de mais uma cerveja fui ao banheiro, ele entrou logo atrás e disse que como era sá prá mijar cabiam dois, ele ficou do meu lado e tirou aquela jéba enorme e ficou ali, sem mijar, sá com o pau de fora. Foi quando senti sua mão na minha bunda, no momento fiquei um pouco constrangido, mas olhando para sua rola e sentindo sua mão alisando minha bunda, comecei a sentir tesão, seu pau começou a ficar duro e ficou enorme, sem nenhum pudor segurei aquele mastro que pulsava na minha mão e ele cutucava meu cuzinho por cima da calça. Abaixei e meti a boca naquela rola deliciosa, ele segurou minha cabeça e começou a meter na minha boca,bem fundo e com força, meu pau estava quase explodindo, quando ele me puxou para o quarto e começamos a tirar a roupa, ele me empurrou para a cama e me virou de bruços, deitou em cima de mim e começou a enfiar a língua na minha orelha, enquanto sua rola quente roçava na minha bunda. Foi então que senti que ele cuspiu na mão e passou a saliva no meu cuzinho e pincelou meu rego com a sua pica, senti aquela cabeça enorme na entrada do meu cu e sem nenhuma preparação anterior começou a forçar, tentei dizer algo mas ele não me ouviu e continuou forçando até que começou a entrar a cabeça, meu cu começou a arder, de repente ele colocou as duas mãos por baixo dos meus braços, segurando meus ombros, me apertou e socou a rola todinha de uma vez no meu rabo, meu grito foi grande e a dor era a pior do mundo, comecei a me debater e ele me segurava com força e enterrava a rola mais fundo, gemia e seu tesão aumentava mais quando eu tentava sair debaixo dele, então ele começou a meter, enfiava e tirava, socava a rola até o fundo do meu cu e tirava quase toda prá fora, depois enfiava de novo, eu agora estava dominado e meu cu já não doía tanto, então comecei a curtir aquela fáda e era delicioso, sentir o macho me dominando quase que a força, eu sentia sua respiração ofegante na minha nuca me dando um prazer enorme, então comecei a mexer minha bunda e isso deixava ele louco e ele metia com mais vontade até com uma certa violência que eu ouvia o barulho da sua rola entrando e saindo do meu cu. Entre prazer e dor eu gozei e ele continuou metendo, arregaçando cada vez mais o meu cu, ele não gozava nunca e socava a rola, eu gemia e ele urrava, até que começou a gozar dentro do meu cu, seu pau pulava dentro de mim e quanto mais gozava mais apertava aquela tora no meu rabo. Depois continuou em cima de mim por um longo com sua rola ainda enfiada no meu cu, soltou todo o seu peso em cima de mim e fungava no meu pescoço, me senti como se tivesse sido fodido por um animal feroz. Quando saiu de cima de mim seu pau já estava totalmente mole e eu senti a porra quente saindo do meu cu e escorrendo no meu saco. Tomamos um banho e dormimos juntos na mesma cama. Apesar de ter sido dolorida aquela até então foi a melhor fáda da minha vida, foi delicioso ser totalmente envolvido por um macho. O que houve depois eu conto em outra oportunidade.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


relatos comi na marracomo chupar o pau do meu marido e fazer ele gozar lejeiro e gemer mais que tudohomem chupa b***** depois coloca rola dentro da b***** e Adelecontos eróticos esposo.foi jogar futebolcontos eroticos minha sobrinha adorava mamar minha picaContos eroticos novinha virgem sendo arrebentada pela mulecadasContos erotico de garotinha estupradas.menina de calcinha pornoe chiorts curtoswww.goroa nis Sogra fudendoAs 3 porquinhas do vizinho Contos eróticospapai no cuzinho de mamãe contosArrombaram minha mulherConto mana onibusContos eroticos de filhas adolecentes e papai com rola grossaempregada carente de um trato na cama contos eróticos comi o cuzinho da larinha contos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosconto erotico viado foi no pagode na favela e deu o cu pro travestiquero ver menininho dançando com shortinho dando moleporteiro fode esposa corno contoconto erotico meu compadrer e minha esposaum coroa me fudeucontos orgia com maecontos comi a mha filha novinha virgemEu morava sozinho na cidade a filha do meu amigo ela veio do interior pra ela ser minha empregada conto eroticoandei com a cara gozada na ruaincesto conto eu e primo video gamecontos verdadeiro de filha de 10 aninhos dando o cuzinhomarido demarleni ve ela transandocontos de incetos o viadinho do meu irmãozinhomamae me deu seu cuzinhoporno fode minha buceta vai étoda sua vaiahhhhtracei minha irmã contoscarlão socando ate as bolas no cu da vadiacontos lesbico meus pais viajarammenino de treze anos gostoso bundinha e cuzinho jeitoso contos eroticoscontos eróticos casadas safadascontos eróticos de bebados e drogados gaysconto erótico da b******** Doeu muitocomi a minha mãe na chantagemuma médica v**** chupando pinguelo da pacientecontos eroticos meu filho me fez gozarconto erótico irmã e esposa nudistacontos eroticos escondidocontos eroticos incesto a neném do papaicontos gay favelaNovinha mamando no cinema contoseroticospapai reformo a casa eu novinha e gordinha dei pros pedreiro a força contosxvidio travesticasa dos contos eroticos novinhas delicias seduzindo o tioconto comi o cunda minha tiapeguei uma mendiga casada anoite comtos eroticostravesti jhuly hillsestuprocontoGoiânia conto vigia da obra gay cucontos eróticos com mulher alemoaContos eroticos pega a força por pmmenina sapeca danada enganou todos contos eroticosContos meu prefeito me comeu com fotosquad erotico a apostacontos erotico vestido tubinhocontos erotico gay negro dando pra brancopesquisar saístes da putaria lésbicas como fazer sexo com uma menina virgem e quebrar seu cabassopais se esfregando na filha shortinho corvou gozar na frente não contohomes esfregando nas mulhres no honibuscontos picantes comadre safadaFui confessar e comi a madre contosfudendo a sogra conto ingenuaContos gays me fantasiei de mulher no cine pornorapidinha calcinha pro lado conto eroticocontos reais/viciei minha priminha pros amigoscache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"tomou calmante e tomou no cu contoconto tirei do cu e comi a bucetacontos amigo dorme em casa esposa