Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI A MINHA CHEFE

Como comi minha chefe



Trabalho em uma pequena prefeitura do sul da Bahia onde tem várias mulheres no setor que eu trabalho e algumas muito gatinhas. Fico louco com algumas delas, principalmente minha colega do lado, uma moreninha magrinha com seios enormes e apetitosos, mais outro dia conto como transei com essa gatinha. Vou contar como comi minha chefe. Como chego cedo ao trabalho eu ligo todas os computadores e ficava no MSN batendo papo com minhas amigas. Certo dia vi que minha chefe ficou rindo um monte e roçava a xaninha e fiquei curioso, fiz que ia ligar o computador e vi alguns trechos da conversa, e é claro, falava sobre sexo com uma amiga. Fiquei surpreso pois ela era crente ( e bem safadinha por sinal). Ela aparenta ter 35 anos, morena, cabelos longos, uma bundinha muito gostosa e coxas bem grossas, lábios que deixam qualquer um louco pra provar. Fiquei louco para transar com ela. Adoro aqueles peitos bicudos que ela tem. Fiquei louco sá de pensar.



Chego cedo e ela também. Vejo aquele olhar de deixar qualquer marmanjo louco de tesão. Fiquei pensando em como chegar nela e tive uma idéia, sempre deixava um recadinho de bom dia pra ela e isso começou a funcionar. Ela fica olhando para mim, que estou diante do micro, lendo e-mails, e dando risadinhas. Meu pau sobe sá de ela me olhar. Coisa que não tem como explicar. Acontece. Um dia, apás o cafezinho das 10:00 puxei conversa com ela sobre uma viajem de treinamento que faríamos e se poderia dar uma volta apás o treinamento, ela disse que por ela tudo bem e a convidei pra tomar um sorvete no que ela aceitou no ato. Fiquei num êxtase danado, por dois motivos: sou casado, minha mulher é linda, mais sabe come é NE, homem gosta de aventuras e depois ela era minha chefe, sempre tive essa tara, mais o problema é que ela parecia ser muito certinha por ser religiosa.



No dia seguinte, eu estava no micro, como de costume, lendo e-mails, quando percebi que ela vinha chegando perto de mim e fa Lou que a viagem seria na práxima semana, o pau subiu na ora. Chegou o grande dia. Depois de uma dia estressante a lembrei do convite e ela não fez por menos, disse que iria se arrumar. Subi correndo e tomei um banho e bati uma pra aliviar a tensão.

Ela apareceu com um vestido rosa lindo e eu fui as nuvens ao ver ela com aquele vestido e logo pensei: será fácil tirar ele. Depois que tomamos sorvete começamos a andar pela orla, tomei coragem e perguntei a ela porque não tinha namorado, ela disse que não havia ninguém legal. Daí partir pra investida, falei que ela era linda que qualquer homem iria querer ficar com ela, ela me olhou com um ar estranho e deu uma risadinha. Entrei no assunto sexo. Aquilo foi a gota d'água. E ela com aquele olhar de sacaninha... adoro sacanagem e bem feita, com carinho e muito tesão. Falei que era insaciável na cama, onde a “crentinha” falou que a seis anos não sabe o que é uma transa, pronto, a bucetinha dela deveria estar apertadinha. Fomos indo pro hotel e perguntei se ela não sentia saudades de uma boa transa, ela ficou meio sem graça mais disse que sim. Falei se não gostaria de relembrar os bons tempos, ela corou. Tendo em vista que já estava de pau duro, cheguei e dei um beijo nela, ela retribuiu com muito gosto. Peguei nas mãos dela e balançando, com ar de sacanagem, direcionei minha mão em sua xaninha e ela me sá me olhando... rocei minha mão na xoxotinha dela e ela suspirou. Estava ganha. Demos um beijinho daqueles molhadinhos, de tesão repentino, parecia que estávamos soltando algo que estava preso na gente. Entramos no qurto e puxei aquele vestido com força, ela falou se eu tinha camisinha, falei pra não se preocupar que eu tinha feito vasectomia, o que ela adorou, coloquei o pau para fora, que já estava como um ferro, ela pegou e fez carinho na minha tora, ela sussuro que nunca tinha uma grossa como esta, me masturbou enquanto eu enfiava a mão na sua xaninha que já estava bem molhadinha. Fiz muito carinho no seu clitáris e ela gozou forte.

então pedi a ela que o colocasse na boca, ela disse que nunca tinha feito isso, mais tentou chupar, nossa que boca que ela tem. Eu delirava de prazer vendo ela me chupar bem gostoso gozei na boca dela. Levei ela pro dentro do banheiro e dei um belo banho naquele corpinho gostoso.





me dava um tesão danado, não aguentando a levei pra cama e iniciei um belo passeio com a língua pelo corpo dela inteirinho,que seios gostosos que ela tinha, cheguei na bucetinha e beijava sua xaninha e ela delirava de prazer. Ela se preocupou com a reputação dela e eu disse que ela poderia ficar tranquila, pois não falaria para ninguém. Ela urrou como uma leoa. Fui lambendo e enfiando minha língua dura e afiada no clitáris dela e movimentando para cima e para baixo.

Nessa altura ela jorrava seu gozo em minha língua e eu querendo mais. Quando fui enfiar o dedinho no cuzinho dela ela disse que nunca ninguém tocou naquele rabinho, fui aos céus, tiraria aquele cabacinho de qualquer forma. Ela gemia como nunca e aquilo me deixava mais louco. coloquei ela de quatro e fui colocando lentamente na xaninha dela. Meu cacete entrou com dificuldade, voltei e lubrifiquei mais ainda sua xoxota ela delirava, sentia escorrer o gozo na minha língua, e meti vara, nossa que gostosura, ela de tanto que gozava mandava eu por mais, enquanto um dedinho entrava no cuzinho abrindo caminho para minha vara minutos seguintes. Comecei a lamber o cuzinho dela e ela se espremia de prazer, fiz ela lamber mais uma vez meu pau e comecei a empurrar devagarinho, ela se contorcia de dor e prazer, quando coloquei ele todo comecei a dar umas estocadas de leve e aumentando o ritmo, ela não aguentou e berrou de prazer, tinha tirado seu selinho. Foi uma das noites mais perfeitas que eu já tive. É claro que no dia seguinte teve outra dose, mais depois do tre4inamento ela disse pra esquecer o que tinha ocorrido entre nos e eu respeitei ela, era minha chefe. Depois conto como comi minha amiguinha virgem.





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Estourei o cu da crente na viagem contoscontos eroticos mendigo gays orgiaquero ver no boa f*** de mulheres com shortinho todo enfiado no rabocontos no orfanato gayconvenci meu primo a me fuder bem novinha contoscontos eróticos realizando a fantasia da minha mulher no nosso aniversário de casamentocontos encesto na praia de nudismocontos eroticos gay o pastorMinha tia coroa mostrou seu bucetao peludo contostrveco deicha o cu do mrmanjo escorrendo Leite Contos nao sabia bate punheta amiga de mamae me explicouconto de cabeleiro comendo o cu do novinho sem penaprimeiro conto de aline a loirinha mais puta e vadiaai meu neto rasga a buceta da vovo conto eroticptravesty novinho querendo cimasturbarContos gay coroalambendo meu cu contos exibicionismocontos erótico putinha de zonax.vidiomuher.veha.metenocamila da o cu ao pedreiro contosconto menage masculinocontos de sentadinha com o cuzinhovirgem tendo um orgasmo contos eroticosrelatos comi a velha na marraeu sentada na sofá sem calcinhas com pernas abertas pra o papa-contocontos eroticos sentei no hugocontos eróticos de incesto minha mae no meu colocontos eroticos de quata feira de cinzavideo fui enrabado no acampamentobundinha com calcinha sensual da virgemlevantou umas da minhas pernas,se encaixou na minha entradinha e foi metendo devagarzinhomeu pai e meu irmao me comeram contos eroticosmeu marido viu os amigos dele me comerem contoscumi minha intuadaler contos pornô de incesto durante um assaltanto eu fui obrigado a fuder minha mãecontos eroticos na praia meu sogro me comeuconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos gays reais/a anaconda do meu primoContos Eróticos fui estupradaCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESamanda meu marido.é corno mesmo contoscontos eróticos meu novo amigo pausudo mi arronbou todos os buracosjapinha apertadinha soltando mel da xetequonhacontos de quen comeu coroas dos seios bicudosmim mastrudo dia sou mulhe contoscontos eroticos de enteada que transou aos cinco aninhos com padrastoler contos eroticos incesto mae transa com filho e pai esta desconfiandoConto, soubaixinha e mulher de um.cornocantos historias transei com minha sobrinha de 11aninhoscontos incesto mãe fofinhaConto puta fode com o vizinhoo pastor passou a noite com a lingua ná minha buceta e eu na mulher dele contoconto erótico gay em cinema. De Recifeconto erotico pm macho batalhão estocadaschortinho q deixa as magrasgostosaschuupadacontos eroticos padastro com indiadacontos erotico meu paiconto erotico flagra filhacontos comendo mulher do amigo meia noitevideo coroinha varendo punheta em padretravesti imgole pora de cavalocontos eroticos esfoleando o cu da filhacontos eroticos de fio dentalmendigojumentocontos de quen comeu coroas dos seios bicudoscontos coroa tetuda baixinha na feiraminha prima chupou meu pau virgem contosContos sempre incentivo meu marido a comer outra putinhaela pediu pra parar mas continuei fudendomulheres da buceta cabeluda que dar e nao aguentou a rola grosa e pedia para parar videobaixinha de 1m 60 porno boa fodameu tio nem eu ter pelo na buceta e arregaçou elaMeu cu e frouxo contos gayconto erotico minha patroa me viu de pau duro