Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AULAS PARTICULARES COM A PROFESSORA GOSTOSA.

olá,

Estudo na mesma escola faz 7 anos, sempre fui um aluno dedicado e tirei boas notas, e portugues sempre foi a materia que tive mais dificuldade. Quando fui para oitava serie minha antiga professora de portugues havia saido da escola e uma nova professora de 22 anos entrou no lugar dela, era uma mulher linda, magrinha, seios medios, e bunda nao muito grande mas bem desenhada. Na primeira vez que a vi não reparei na sua beleza, por causa do entusiasmo de volta as aulas. No segundo dia de aula não tive aula com ela, mas ouvi alguns comentarios de amigos meus.

- Você viu como a professora nova de portugues é gostosa?

Eu respondia que não que nem havia reparado nela e que até tinha achado ela meio chata.Já na quarta-feira tivemos aula com ela novamente, mas eu nem consegui me concentrar na materia fiquei sá olhando pra bunda redondinha da professora escrevendo no quadro negro. No final da aula fui falar com ela:

- Professora...

- Pode me chamar de camila.

- Desculpa, Camila você da aulas particulares de portugues?

- Não, eu não posso, são normas da escola.

Esta tinha sido a forma mais facil que eu tinha pensado de me aproximar dela, então fiquei matutando qual a forma mais sutil de eu me aproximar dela.

No outro dia de aula a professora deu uma átima notícia:

- Como vários alunos perguntaram se eu poderia dar aulas particulares eu conversei com a diretora e ela me adiantou que teremos aulas de reforço todas as terças e quintas de tarde.

Logo me animei, ainda mais quando meus colegas me disseram que não viriam, pois não iriam querer vir à escola de tarde. Na outra semana, quando começaram as aulas de reforço, sá eu e mais algumas meninas fomos ao reforço, e a cada aula menos pessoas estavam indo, até o dia em que sá fui eu para aula.

- Que pena que sá você veio hoje, acho que vai ter a tal aula particular que queria.

Então ela sentou do meu lado, ela estava com uma blusa decotada, e perguntou quais eram as minhas duvidas. Logo tratei de mudar de assunto.

- Você namora professora?

- Não, mas acho que isso não vem ao caso.

- Desculpa, mas é que você é tão bonita, tem belos olhos.

E realmente ela tinha belos olhos, eram verdes meio azulados. Então ela me respondeu meio encabulada.

- Obrigada, você também é bonito, as meninas devem correr atras de você.

- Na verdade não... Elas sabem que sá tenho olhos para uma.

A professora estranhou minha resposta e perguntou se eu namorava, mas eu nem consegui prestar atenção no que ela falava, sá reparava na sua boca carnuda. Respondi à ela que não pois ela era mais velha, e surpreendentemente ela disse:

- Deixa disso, idade não importa quando você gosta de verdade de uma pessoa. Mas por hoje é sá.

Cheguei bem perto dela e disse, parecendo uma indireta.

- Nos vemos na quinta?

Ela percebeu, e respondeu com um jeito meio safadinho.

- Claro, tomara que não venha muita gente pra nás podermos ter uma melhor.

Fiquei pensando sem parar na professora não via a hora de pegar ela de jeito, beijar aquela boca e comer sua bucetinha. Na quinta-fera na aula novamente sá eu havia ido, e mais uma vez tivemos uma aulinha particular. Mas dessa vez quando ela sentou do meu lado eu ciloquei a minha mão na sua coxa e ela correspondeu da mesma forma.

- Que tal a gente continuar a aula em outro lugar?

- Melhor não, e se alguém ficar sabendo eu posso perder o emprego.

- Não, ninguém vai ficar sabendo, esse pode ser nosso segredo.

Então nos combinamos que no dia seguinte nos encontrariamos na frente de um shopping proximo à escola. Na hora marcada nás dois estavamos lá e quando ela se aproximou beijei-a como nunca tinha beijado alguém antes, sua boca era deliciosa. Apás isso ela me levou até o seu carro, quando entramos logo comecei a passar a mão nas suas pernas e a alisar o seu corpo.

- Não, aqui alguém pode ver a gente, é perigoso.

- Para onde nás vamos?

- Vamos para o meu predio.

Chegando lá não haviamos nem entrado direito no elevador e eu já agarrei-a e comecei a passar a mão por todo o corpo dela e coloquei ela contra a parede e beijei-a ardentemente. Saimos do elevador nos beijando e entramos no apartemento dela, nem deu tempo de ir até o quarto, na sala mesmo coloquei ela no sofá e comecei a beijar o seu corpo, tirei sua blusa, ela estava sem sutiã, então dei mordidinhas nos seus biquinhos que já estavam durinhos, chupei seus peitos e comecei a descer devagar até chegar na sua calça, que eu abri bem devagar e enquanto eu tirava beijava suas pernas e comecei a subir novamente, subi até a sua buceta, tirei sua calcinha e comecei a chupar sua xotinha, lambi seu grelinho e coloquei dois dedos e comecei enfiando devagarzinho. Ela tirou minha boca da sua buceta e pediu para mim ficar de pé na frente dela enquanto ela tirava minha calça. Eu já estava de pau duro, quase estourando, então ela pegou nele mordeu a cabecinha e começou a chupar, ela chupava que nem uma puta, quando eu falei que ia gozar ela tirou meu pinto da boca e ficou batendo uma punhta até eu gozar nos peitos dela. Ficamos nos acariciando até eu ficar com o pinto duro novamente, quando eu já estava a ponto de bala eu deitei no sofá ela sentou encima de mim e começou a cavalgar, rebolava como uma puta encima do meu pinto enquanto eu pegava nos seus peitos. Pedi para ela virar e empinar a bunda para mim, dai comecei a bombar nela de quatro enquanto ela passava a mão no clitoris e se masturbava, na hora que fomos gozar viramos e ela sentou no meu colo e nos abraçamos ela gemeu alto e nos beijamos.

Apás a nossa transa tomamos banho e ela me levou até em casa, onde mais tarde teriamos várias outras aulas particulares.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Titia deu pra mim e meu primo praticando sexo contos erticoContos dei o cuzinho para a travesti fabiola voguelcontos siririca com docemulheres aguachadas com as pernas abertas so de calcinha fotoscontos eróticos minha esposa ficou pelada na frente do sobrinhoarmei o estupro da minha sogracontos eróticos de mulheres casadas q já treparam com travestiSo uso fio dental enfiado no cu.conto erotico femininoconto lesbico garota come cu da boasuda eterocontos de rabudasfraguei meu garotinho de seis anos mamando o pau do vizinho contos eróticos gaycontos de coroa com novinhocontos pediu uma massagem e acabei comendocontos eróticos as amiguinhasme masturbei vendo as calcinhas da vizinha no varalpapai me ensinado mamar contoscontos eroticos comendo a tabata mulher do amigocontoseroticos primos e a sua primasexo velho gozando dentro da menina de quise ano e gosanodentrochupando o clitoris da minha cunhadacomto gay mecamico perfeitoconto erotico negra a cabou com a buceta na siririca regasou a bucetavideo porno lindinha de guatorze anocontos d mulheres q fodem cm pedreiros d piroca grandeconto erotico viado afeminado escravizado por macho dominadorconto estrangeiro picudoTia de xana peluda e sobrinho metendo conto eroticocontos eroticos senhora do quadril largoContos fudendo minha mulher e a minha filha juntascontos marido jogandocontos pornô eróticos de i****** primeira vez que eu cozinho da minha mãe pelada acabei comendoSenhoras cinquentonas casadas praticando Zoofilia prla primeira vezvai novimha tirano a roupaconto erotico espiando pelo buraco da fechaduraContos eroticos/dp com a ninfetinhaainda havia dor mamilo grande e pontudo vídeo pornôContos eróticos eu e minha mãe adoramos o Marcos o novo marido da minha tiacontos de coroa com novinhocomendo sogra e avo contocontoseroticosviolentadacontos eroticos de vendas passei gelo no corpo delecontos eróticos eu putinha cavaladeixei um mendigo de rua comer minha bucetinhacontos de coroa com novinhoContos de incesto familiarcontos eroticos proibidos meu tio encheu minha boca de porracontos gay trans teencontos eroticos surubasmulheres violadas contos eroticoscontos eroticos comi a velha beatacontos eróticos minha tia me provocamamei no peito até ficar vermelhoe produzir leite contosmulheres cavalas de quarenta de bucenta inxada e grelo inormehttp://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/conto_25933_fodendo-o-recepcionista-do-hotel.html&ei=h1fTW1EH&lc=pt-BR&s=1&m=739&host=www.google.com.br&ts=1489513220&sig=AJsQQ1A6LGGFLRL7NY2__JYTuAweTMayWwtranse com meu pai no onibusela pediu pra parar mas continuei fudendogordinha casada metendo com o vendedor de planos odontológicocontos eroticos de spankingghupa ghupi pornconto gay dei para meu filhofode rebola nele vaimeterola com menor idadecontos de professor e alunaconto erotico buceta gostosa crente safadadei tanto minhA buceta no carnaVaL q to toda ardidao tio ceduzino adolecente metendo odedo priguitinhaprimos e primas transando enquanto os pais saíram totalmente Pelotascontos gay o menino que era um femea escondidoContos eroticos gay primeira vez traumaticacontos eroticos droguei minha priminha ninfeta e comiconto gaguei mas gostei de dar o cuMulher transano de quatro com um homen xe pau grandeeu fiz meu vizinho me chupar todinha e gozei na boca dele pornodoidoconto erótico de incesto de sobrinha e tio casa de conto meu tio morre de ciumes e amor por mimsogras e madrasta fazendo boquetes rapidossó um pouquinho contos cunhada deu para o cunhado gordinhoconto.erotico.tia.sogra.cunhadaconto erotico mãe flagra oamiguinho do filho batendo punheta e chupa ele