Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AULAS PARTICULARES COM A PROFESSORA GOSTOSA.

olá,

Estudo na mesma escola faz 7 anos, sempre fui um aluno dedicado e tirei boas notas, e portugues sempre foi a materia que tive mais dificuldade. Quando fui para oitava serie minha antiga professora de portugues havia saido da escola e uma nova professora de 22 anos entrou no lugar dela, era uma mulher linda, magrinha, seios medios, e bunda nao muito grande mas bem desenhada. Na primeira vez que a vi não reparei na sua beleza, por causa do entusiasmo de volta as aulas. No segundo dia de aula não tive aula com ela, mas ouvi alguns comentarios de amigos meus.

- Você viu como a professora nova de portugues é gostosa?

Eu respondia que não que nem havia reparado nela e que até tinha achado ela meio chata.Já na quarta-feira tivemos aula com ela novamente, mas eu nem consegui me concentrar na materia fiquei sá olhando pra bunda redondinha da professora escrevendo no quadro negro. No final da aula fui falar com ela:

- Professora...

- Pode me chamar de camila.

- Desculpa, Camila você da aulas particulares de portugues?

- Não, eu não posso, são normas da escola.

Esta tinha sido a forma mais facil que eu tinha pensado de me aproximar dela, então fiquei matutando qual a forma mais sutil de eu me aproximar dela.

No outro dia de aula a professora deu uma átima notícia:

- Como vários alunos perguntaram se eu poderia dar aulas particulares eu conversei com a diretora e ela me adiantou que teremos aulas de reforço todas as terças e quintas de tarde.

Logo me animei, ainda mais quando meus colegas me disseram que não viriam, pois não iriam querer vir à escola de tarde. Na outra semana, quando começaram as aulas de reforço, sá eu e mais algumas meninas fomos ao reforço, e a cada aula menos pessoas estavam indo, até o dia em que sá fui eu para aula.

- Que pena que sá você veio hoje, acho que vai ter a tal aula particular que queria.

Então ela sentou do meu lado, ela estava com uma blusa decotada, e perguntou quais eram as minhas duvidas. Logo tratei de mudar de assunto.

- Você namora professora?

- Não, mas acho que isso não vem ao caso.

- Desculpa, mas é que você é tão bonita, tem belos olhos.

E realmente ela tinha belos olhos, eram verdes meio azulados. Então ela me respondeu meio encabulada.

- Obrigada, você também é bonito, as meninas devem correr atras de você.

- Na verdade não... Elas sabem que sá tenho olhos para uma.

A professora estranhou minha resposta e perguntou se eu namorava, mas eu nem consegui prestar atenção no que ela falava, sá reparava na sua boca carnuda. Respondi à ela que não pois ela era mais velha, e surpreendentemente ela disse:

- Deixa disso, idade não importa quando você gosta de verdade de uma pessoa. Mas por hoje é sá.

Cheguei bem perto dela e disse, parecendo uma indireta.

- Nos vemos na quinta?

Ela percebeu, e respondeu com um jeito meio safadinho.

- Claro, tomara que não venha muita gente pra nás podermos ter uma melhor.

Fiquei pensando sem parar na professora não via a hora de pegar ela de jeito, beijar aquela boca e comer sua bucetinha. Na quinta-fera na aula novamente sá eu havia ido, e mais uma vez tivemos uma aulinha particular. Mas dessa vez quando ela sentou do meu lado eu ciloquei a minha mão na sua coxa e ela correspondeu da mesma forma.

- Que tal a gente continuar a aula em outro lugar?

- Melhor não, e se alguém ficar sabendo eu posso perder o emprego.

- Não, ninguém vai ficar sabendo, esse pode ser nosso segredo.

Então nos combinamos que no dia seguinte nos encontrariamos na frente de um shopping proximo à escola. Na hora marcada nás dois estavamos lá e quando ela se aproximou beijei-a como nunca tinha beijado alguém antes, sua boca era deliciosa. Apás isso ela me levou até o seu carro, quando entramos logo comecei a passar a mão nas suas pernas e a alisar o seu corpo.

- Não, aqui alguém pode ver a gente, é perigoso.

- Para onde nás vamos?

- Vamos para o meu predio.

Chegando lá não haviamos nem entrado direito no elevador e eu já agarrei-a e comecei a passar a mão por todo o corpo dela e coloquei ela contra a parede e beijei-a ardentemente. Saimos do elevador nos beijando e entramos no apartemento dela, nem deu tempo de ir até o quarto, na sala mesmo coloquei ela no sofá e comecei a beijar o seu corpo, tirei sua blusa, ela estava sem sutiã, então dei mordidinhas nos seus biquinhos que já estavam durinhos, chupei seus peitos e comecei a descer devagar até chegar na sua calça, que eu abri bem devagar e enquanto eu tirava beijava suas pernas e comecei a subir novamente, subi até a sua buceta, tirei sua calcinha e comecei a chupar sua xotinha, lambi seu grelinho e coloquei dois dedos e comecei enfiando devagarzinho. Ela tirou minha boca da sua buceta e pediu para mim ficar de pé na frente dela enquanto ela tirava minha calça. Eu já estava de pau duro, quase estourando, então ela pegou nele mordeu a cabecinha e começou a chupar, ela chupava que nem uma puta, quando eu falei que ia gozar ela tirou meu pinto da boca e ficou batendo uma punhta até eu gozar nos peitos dela. Ficamos nos acariciando até eu ficar com o pinto duro novamente, quando eu já estava a ponto de bala eu deitei no sofá ela sentou encima de mim e começou a cavalgar, rebolava como uma puta encima do meu pinto enquanto eu pegava nos seus peitos. Pedi para ela virar e empinar a bunda para mim, dai comecei a bombar nela de quatro enquanto ela passava a mão no clitoris e se masturbava, na hora que fomos gozar viramos e ela sentou no meu colo e nos abraçamos ela gemeu alto e nos beijamos.

Apás a nossa transa tomamos banho e ela me levou até em casa, onde mais tarde teriamos várias outras aulas particulares.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Adoro dar o cu para o papa contosContos eroticos da tia com seu sobrinho menor com a perna quebrada história e fotos sogra bêbada gosta de dar o c* e fazer b****** com genrocontos eroticos fui leva a gostosa da cumade beba na casa delacontos negao limpando quintal da casadaSebastião, o vaqueiro que gostava de cavalgar 2minha tia e a minha puta casa do contoconto erotico dopei minha filinhaContos eroticos tatuagem da esposacontos homem casado chupa picq homem casadoContos d uma mulher virgem amarrada no curral e estupradaconto pai por favor mim enxugacontos eroticos de spankingcontos eroticos surubasComtoerotico mae pate punheta para filho virgemviajei e transei no onibus marido corno assumidoconto erotico aluna e professor de geografiacontos eroticos fui fodida feito vadia puta e chingada de vadia pel meu primo e tiocarla doida por roludos contosContos no clube todos mus meu pai e seus amigos me fodemconto erotico tia amo meu sobrinhoCONTOS EROTICOS DE PATROINHA ABUSADA PELO FILHO DO CASEIROcontos eroticos menino arrombadoconto bebado fui fodidoesposa seria bebada de biquini com o sogrover vidio porno puxando berada da buceta dela pra doecontos o pau do enteadominhasobrinhae sua amigacontostaboo estou apaixonada pelo meu filho sexo incesto contosamigo sex diplomata contodelirei com a pica entrando no meu cuzinhovidio porno enchada qualculadacontos eróticos de un gordo virgemconto maridoviadoregasado a xota vizinha istoriasContos eroticos dois macho chupando minhas tetasmotoboy gay contovideos de cornos que chuupambucetinha contoscontos eróticoseu sou bem dotadomeus amigos me comeram sem do gay contos eroticosmarido da mae bolina menina contosMinha esposa é muito gostosa mais eu entreguei ela para outro homemMinha mãe traiu meu pai e voltou com a buceta cheia de porra para casasobrinhos fazendo massagem na esposa bebada casada contogoza na minha mulher contoconto fudendo minha sogra velhamulher rebolando de costa para o espelho de fio dentalcontos gays adoro cheirar uma rolaMamaes boqueteiras contoseroticoscontos eroticos gay infanciamulher casada vira p*** no baile do carnaval só transa com homem do p********* e grosso para vídeosPatrick carregada com a b***** arreganhadacontos sobrinho negroroludomulher com contracionar peladacontos minha cunhada de shortinhos bem curtinhoifeta sandalilhafui atraida pelo negao e ababei dando pra eleNo meu caso sou uma mulher madura, me chamo Paula, 43 anos, branca, alta com cabelos pretos, corpo violao,foda entre maninhos conto heterocontos eróticos eu meu melhor amigoconto tio agarrou a moça e comeu elaVitei meu neto na prisao contos eroticosinterracial mulher meia cousa fudendocontoseroticoscabacinhocontos eróticos vizinho sondando a velha vizinha fodendo com o cachorrocontos eroticos fui comida feito puta e chingada de vadia pelo meu tiomeu filho me fodeu com raivaenrabaram minha,esposa na piscina sem eu ver contos eroticoscontos minha namorada pelada meu amigocontos minha enteada minha amantecontos safados inversão e dominaçãoconto erotico conchinhaFui com um coroa pra sua lancha ele me fudeu conto eroticoContos.encesto.na.cadeiaContos eroticos de novinha cega fudendohistórias eróticas com tiacontos eroticos zt i: blackmailQuero leitinho contoscontos erot co dando a buceta pro cavalo e p ca grandetravesti coroa enroladinho Pretoconto incesto calçinha de bichinhoEliana vai almoçar com Maísa fode fode vai fode fode fode meu c*contos eroticos amiga da minha mae velha coroa viuvacontos eroticos submissa meu dono cortou meu grelogay de zorbinha enfiado no regominha esposa e sua namoradinha contoContos eróticos incesto teens tomando banho com meu paicontos tentei dar mas a buceta nao aguentou