Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO O EX NAMORADO, QUE DELICIA

Ola pessoal,vou contar pra voces mais um de minhas histárias favoritas, tenho uma filha de 2 anos e quando fiquei grávida dela, eu e o pai dela ainda namorávamos, porem nao nos casamos nem fomos morar juntos, mas continuamos a namorar. Devido a uma série de problemas nás terminamos a nossa relaçao, porem havia ficado tudo mal resolvido entre nás, ele tinha uma nova namorada, mais a nossa amizade continuava. Apesar de tudo ele era o pai da minha filha e mesmo que eu nao quisesse, teriamos que manter uma amizade legal . Enfim, ele o pai da minha filha, que vou chamar de K. costuma ir sempre em minha casa para ver a filha e todos os finais de semana ele passava pra leva-la pra casa da familia dele e etc...

Um belo desses dias, ele me ligou mais cedo, dizendo se ele poderia pegar a filha anoite no mesmo dia, eu disse que sim, já que era um sábado e eu trabalhava a semana toda, pra min seria uma otima ajuda da parte dele, porem antes dele chegar, no periodo da tarde minha irmã esteve na minha casa e disse que ia levar a minha filha e a filha dela ao parquinho e que mais tarde ela traria de volta, eu concordei, pois daria tempo delas brincarem e a noite a minha filha ficar com o pai como combinamos, no decorrer da tarde. A noite foi chegando entao minha irma, me ligou e falou que tinha levado as meninas pra casa dela e que havia servido a janta e que tinha colocado um filme pras meninas que ja estavam tomadas banho, no entanto as meninas acabaram dormindo e que ela estava com muita penda de acorda-las e estava chovendo muito, e me perguntou se a minha filha podia dormir lá aquela noite, eu disse que sim, Mas havia me esquecido do K, que iria vir, minutos antes da ligação da minha irma, eu tinha acabado de tomar banho, ai pensei em ligar pro K, pra diser a ele pra nao vir, mais quando peguei o telefone, parecia coisa do destino, o interfone tocou, era o porteiro informando que ele, estava subindo, fiquei meio que apriensiva, pois nao havia informado a ele a situaçao, e ele tinha vindo diereto do trabalho, mais mesmo assim lá estava ela, tocou a campainha e eu abri a porta, eu estava de camisolinha bem soltinha de cor vermelha e com a toalha na cabeça, pois tinha lavado os cabelos, quando abri a porta, ele tomou um susto e mel olhou de baixo pra cima com um olhar tao devorador que eu estremeci por dentro, pois fazia tempos que ele nao me via tao informal daquela forma, enfin convidei ele a entrar ele já entrou chamando pela filha, ele sentou em um sofá e eu no outro de frente pra ele, ai eu disse toda situaçao pra ele, oque o deixou chateado mais nada de mais, ai ele perguntou se faltava algo a filha eu disse que por enquanto nao, no decorrer da conversa ele nao tirava os olhos do meu corpo, principalmente as minhas pernas, pois apesar de ser mae, eu dou de 19 a 0, em qualquer menina de 19 anos, tenho apendas 22 e sou morena tipo india, cabelos pretos, olhos castanhos claros, 98 de busto, 102 de bumbum, e sinceramente me acho bonita e simpática com toda humildade é claro, ele tanbem nao fica pra tráz nao, é um loiro de 1me 93, 80kl mais ou menos, tipo magro bem traçado, olhos verdes, um homem de colocar qualquer mulher louca por ele. Continuando ......

Cada olhada que ele me dava, parecia ser um convite....eu nao estava aguentando mais aquela situação, pois apesar de todo o tempo sem ele, eu ainda o amava muito, porem nao deixava ele perceber isso, eu pensava nele ao longo daqueles 2 anos e cada dia desejava te-lo de novo, mais o orgulho era maior do que eu, ele falava e falava, e os meus pensamentos já estavam em outra dimensão, na minha cabeça eu ja estava quase tendo um orgasmo sá de olhar pra ele e imaginar como era bom, transar com ele todos os dias, quando namorávamos e de como ele era talentoso pra safadeza e eu adorava tudo aquilo, no entanto ele se lebvantou e disse que já ia pra casa e usou a seguinte frase.... to tao cansado, hoje já deu pra mim. Aquele já deu pra min, soou diferente no meu ouvido( rsrsrsrs) e disse que no dia seguinte ele voltava, fui leva-lo até a porta, ele me deu uns tres beijinhos no rosto como cumprimento, porem quando me bejou no rosto, senti a respiraçao dele acelerada e mudar de ritimo, senti que o beijo foi demoradinho como se quisesse ficar ali, ele sentiu o meu perfume e disse: pra que vc esta assim tao cheirosa? Eu dei um sorriso bem dengoso na intenção de provoca-lo, e falei que eu gostava de estra bem, memso dentro de casa, entao ele me disse que o meu sorriso era lindo e que jamais conhecera uma mulher tao linda como eu, e que tinha um carinho especial por mim, eu fiquei atônita, sem saber oque diser, entao ele se virou de costas e eu fui fechar a porta, mais quando fechei, ele colocou a perna e me impediu de fechar, olhou nos meus olhos e disse; vc sabe que eu te quero né?me puxou com uma violencia pra perto dele, e começou a me beijar como um louco desesperado,mordia os meus labios, noss que delicia, aquelas mãos estavam tao quentes, percorreram minhas costas, o vestiso era aberto atraz, eu pude sentir o calor das maos dele, ele nao se contentou e colocou a mao debaicxo do meu vestiso e apertava o meu bumbum, e me beijava ardentemente eu gemia bem baixinho e falava ai ai, para com isso K, por favor vc ta louco?, eu fingi que nao queria e empurrava ele pra traz com as maos no peitoral dele, mais na verdade eu queria muito mais do que aquilo, ele me arrastou pra dentro do apartamento, fechou a porta e veio na minha direçao, no susto eu corri pro meu quarto, ele foi atraz de min e me alcançou e falou que eu sabia que era ele e porque nao coloquei uma roupa descente, e que eu tinha armado tudo aquilo, eu dei uma gargalhada e falei, pense oque vc quiser K, Ele respondeu que a unica coisa que ele pensava e queria naquele momento era eu, eu quase chorei, mais me segurei, porque nao esperava ouvir aquilo outra vez da parte dele, Ele veio se aproximando de mim, e eu andando de ré, até que a cama era meu obstaculo, ele me pegou antes de eu cair em cima da cama e me beijou na boca deiciosamente, humm que saudade daquela boca, daquela respiração junto a minha, eu nao aguentei mais e enlaçei o pescoço dele começei a apertar a nuca dele, a grudar no cabelo dele, mais nao dava estava cortado mais baixo que de costume, ele beijava o meu pescoçinho, mordia minha orelhinha passa a lingua, me deixava louca com aquilo, derrepente ele se ajoelhou e puxou uma das minhas pernas e colocou no onbro dele, alisava minhas pernas eu eu me contorcia de tesao por ele, ele começo a alisar minha bucetinha lisinha, puxou minha calçinha pro ladinho e me chupou gostoso, eu rebolava na boca dele, sentia aqueles labios gostosos me sugar, ele fasia com carinho, bem devagar, delicadamente como ele sabia que eu gostava, ele tinha o mapa do meu corpo e da minha atraçao sexual, sabia exatamente as coodernadas, pois foram 5 anos juntos, eu gemia mais alto ainda, tremia como quem estava com muito frio, ele viu que eu nao aguentava mais aquele tesao todo e me encostou na parede colocou minha outra perna sobre o onbro dele, e me levantou me tirando do chao, com a boca na minha bucetinha, nessa hora eu soltei um grito, fiquei com medo de cair mais ele era forte, ganhei confiança nele e segurava a cabeça dele, pra que ele tivesse mais apoio, foi uma delica hummmm, nunca imaginei isso acontecendo, ele me desceu mais um pouco, e começo a chupar meus seios durinhos de tantao vontade, colocou um deles todinho dentro da boca e chupava, como se tivesse anos sem faser aquilo, ele eu nao sei, mais eu tinhas uns 2 meses sem trepar, oque era um castigo pra mim, ele chupava e me beijava, cada olhada que ele me dava eu gemia forte, ele me desceu e me levou com gentileza até a cama, e me deitou, veio por cima de min e me beijou mais ainda, ele ficou ajoelhado na cama e tirou a camisa e eu me sentei na cama e tirei a calça dele, e quando vi aquele pau delicioso, grande e grosso na miha frente eu cai de boca e comecei a chupar sem parar, chupava a cabecinha dele, fasia movimentos de vai e vem, ele fodia a minha boca loucamente, ele estava louco de tesao, gemia alto e me segurava com bravesa, depois ele me deitou novamente e me e foi até o final da cama e beijava meu ´pés e vinha subindo e me beijando e me abrindo pra ele, eu rebolava os quadris e me mexia, queria ele dentro de min, queria sentir ale me meter bem gostososo, nao aguentei mais e começei a implorar pra ele me comer todinha, porque eu era sá dele, dizia pra ele, me mete seu desgraçado, mais ele me torturava com os dois dedos e que dedos hem, grandes e maravilhosos eu pulava na cama e gemia e gritava, ele tanbem ao aguentou, veio por cima tipo papai e mamae, enterrou aquele pau gostoso na minha bucetinha e começou a entrar e sair, ele gemia mais do que eu, provocava minha bucetinha com a cabecinha no meu grelindo e passava a cabecinha pra cima e pra baixo, entrava de novo e eu gritava desesperada querendo umas estocadas bem fortes e demoradas, ele começo a me fuder delicioso, metia e estoca forte ecxatamente como eu queria, segurava minhas pernas e metia muito olhando sentro dos meus olhos e socava o mais forte que ele podia, ele suava muito, eu umidecia os labios e fazia cara de safada pra ele, ele me dizia sua puta, safada, poiranha, voce me tira tudo que eu tenho sua vadia, eu gritava muito nessa hora ele ficou meio que nervoso e saiu de cima de mim, e por um segundo me olhou toda aberta da cama me contorcendo e falou, eu nao posso vc sabe eu tenho uma namorada, pois ele era de fato, muito sincero, mais eu fiz quastao de mandar a sinceridade dele pra bem longe, nao me importava ele ia me comer todinha aquela noite, eu me levantei e fui andando em direçao a ele, ele me olhava louco com aquele pau duro pra min, o meu vestido estava enrolado quase no meu pescoço, eu fui andando e ficando nua pra ele, eu via o ná atravessar a garganta dele, e eu abusava e provocava ainda mais eu pulei nele de uma vez e o beijei muito, falei que estava tao gostoso, que eu queria muito mais que aquilo, que eu era louca por ele, pedi carinhosamente : k, faz amor comigo olha pra mim, continua vai, ele me segurou no colo de frente pra ele mesmo em pe´, eu começei a cavalga-lo deliciosamente, ele apertava minha bunda, e eu rebolava fasendo ele pirar o cabeçao, jogava a cabeça pra traz, oque dava ele uma visao do pau dele entrando dentro de min, ele dizia, eu vou gozar nao aguento mais, eu dei um grito de desespero e falei ainda nao por favor, eu quero que vc me come de quatro agora,, imediatamente ele me jogou no chao, d e quatro pra ele, seguarava minha cintura com uma mao, e puxava meu cabelo com outra, e me xingava orrores, eu diseia vai mete sua putinha, vai me come seu miseravel, eeu sei que vc me quer, desgraçado vai me fode, mete com força, isso mais, mete delicia, aaaaaaaaaaiiiiiiiiiiii, ta muito bom amor nao para, eu dise que eia gozar, ele tanbem e gozamos juntos, mais era sá o começo, tomamos um banho juntinhos, ele me beijava muito e dizia que ainda me amava, nessa hora nao tem mulher que aguente eu chorei muito, e epdi pra ele dormir comigo, ele ligou pra namorada dele e disse que nao ia ver ela naquele dia, e dormiu comigo e anoite foi maravilhosa, depois do sexo gostoso que fizemos, durante a noite, fisemos mais umas 5 veses e foi delicioso, hoje nás ainda somos amigos, mais ele sempre vai dormir comigo e saimos com nossa filha, eu aida nao consegui perdoa-lo, resta magoas do passado, mais nás nos amamos e sei que vamos ficar juntos um dia, espero poder contar mais, pra voces . Abraços

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


eu vi uma pica toda arregaçadaconto eróticos comendo a mulher do meu caseirocontos eróticos, eu, minha esposa puta e nossos vizinhosContos minha nora enfiou o vibrador no meu cuacidentado comi minha sogra contosNo motel os dois cabaços das duas amigas da minha filha conto eroticotrepafa de caronadando pro namorado da mae contos eroticosgaycontorcendo de prazer mulher com mmulhercontos eroticos garotinha dormindo no colo do padrinho de pijaminhatomou um vinho com a gostosa e depois meteu a piroca nelanovinha pauzera trepandoContos rasga o cu filhinhacontos meu pai me fodecoleguinha liberal gay contosconto erotico esposa olhava por marido e gemia com cara safadaconto erótico. eu minha esposa morando perferiafui dominado por uma mulher mais velha conto eroticominha mulher enrabada na boateconto erotico minha namorada cuidado de mimcontos coroas minha chefecontos veridico acho que o garoto comeu minha mulher a patriciaContos de cdzinha novinha de shortinho fino socadoContos eroticos c imagens v puta de meu sogro e do cunhadocontos deixa tioxoxota doce contosComendo a tia com o primo contos eroticoNo meu caso sou uma mulher madura, me chamo Paula, 43 anos, branca, alta com cabelos pretos, corpo violao,contos de mãe fudendo a filha ninfetameteu o dedo na minha bundinha contoMinha filhinha conto eroticomasturbacao ajuda acabar o resecamento vaginalai que lambida contosFui penetrado com violênciacontos eroticos sou fodida feito vadia e chingada de puta com o meu primo e tioxoxo-tas carnudas pedindo pica no rabo gordoconto abusei da minha sobrinhaScu do sobrinho menor contos eróticosconto mae e sua bundaesposafio dentalcontosContos ela deixou comer o cu delaContos um garota me ensinou oque era uma punhetaconto coroa n**** pediu gay namoromeu irmão me come desde pequenatanga contos eróticosContos eroticos de travecos loiras taradas..o sobrinho contosvideos de palmadas fortes na buceta e na bunda peladatravesti bem dotado chupando o c****** da mulher do cumolicescontos eroticos comi o cuzinho da minha colega de trabalho no estoque realmconto erotico meu irmão me fez mulherconto erotico pedi e minha mulher fez massagem emminha bundaAs 3 porquinhas do vizinho Contos eróticoswww.contos eroticos sogra gostosa da cu pro genro novinho pauzodocontos eróticos de bebados e drogados gaysEDNA safada de são paulo casada gosta de se encoxada pelo vizinhocontos eroticos gays e mendigocontos veridico me arrombaram, mas me vinguei do meu maridocontos esposa rebolou para,amigoestou comendo a mulher do amigo caminhoneiro na viajem contosmama direito vadia csralhocomi a buceta da minha irma enquanto ela dormia contosmulher madura em casa fazendo faxina bem à vontade sem roupa ou com roupa calcinha transparentecontos weroticos comi minha sobrinha novinha de calcinha de rendacontos cheirando calcinhasconto de homens dando o cu pela primeira vezcontos erótico de velhas que adora ser chingadasContos dois na minha mulhertitiocolocadevagarcontos eroticos com solteira no cinema pornoconto erotico sogra de calçinha fio dentalcontos erotico defrorado pelo irmão mas velhoconto porno de amigas casadas fudendo com machos picudos nas feriascontos: puto dando ao ar livre