Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DEI PRA OUTRO POR ENGANO

Sou a Sra. S do casal TS, faz pouco tempo que começamos a realizar alguma fantasias, digamos que tudo começou “sem querer”.



Nos damos muito bem na cama, nunca tivemos problemas e justamente por essa afinidade, adiquirimos uma libertade, no qual foi possivel compartilhar as nossas fantasias...Com isso descobrimos ainda mais coisas em comum... Entao começamos a ralizar algumas coisas básicas de casal, como uniformes, algemas, brinquedinhos, começamos a transar no carro em locais que poderiamos se pegos como a escada do prédio (ainda não achamos um elevador sem camera), até em uma praça de noite mas nada com outras pessoas apesar de sabermos que ambos fantasiavam com isso então começamos a ler contos e olhamos alguns filmes de sexo grupal, gang bang, etc... entramos até alguns sites de casais e solteiros de swing menage etc. para apimentar as fantasias mas nada mais que isso.... até o dito momento que vou narrar agora.



No verão de 2009, fomos para praia mesmo sabendo que haviam alguns amigos que tinha alugado um casarao, opitamos por alugar um ap para nás para ter um pouco mais de privacidade, pois quando o Sr. T falou com Camilo (um dos amigos que estava hospedado na casa) ele disse que já tinham algumas pessoas conhecidas dele na casa. O ap que alugamos acabou ficando mais sá para poso mesmo, pois passavmos o dia na casa, era bem mais perto da praia e tinha alguns amigos. Chegamos na quarta, sabendo que na sexta-feira teria uma festinha grande na casa pois chegariam um pessoal amigo do Camilo que estaria sá de passagem pois iriam para outra praia. Na sexta aproveitamos a festa bebemos um pouco mais da conta, pois estavamos bem cansados, praia todo dia correr na areia, etc... Mas ainda era muito cedo para irmos para casa, Camilo nos avisou que haviam 2 quartos vazios na casa. Então, eu e o “T” resolvemos ir deitar um pouco para da uma recuperada pois estavamos bem “bebinhos” já, chegamos no quarto vimos que não tinha luz, mas dava para ver que tinha uma cama de casal pela luz que entrava do corredor... Entramos fechamos a porta e a putaria começou o “T” me agarrou por tras passando a mao no meu rabinho, eu estava com uma saia curtinha afinal estavamos na praia, me jogou na cama de bruços puxou minha calcinha pro lado e começou a me chupar, eu sá dei uma arrebitadinha na minha bunda, quando ele viu que eu tava bem molhada começou a meter forte, eu estava adorando, pena que não demorou muito e ele gozou dentro de mim, acho que pelo efeito do alcool e do cansaço ele não aguentou... Estava louca de tesão, e sem querer escapou um “mas já?”... Ele se vestiu me deixou ali daquele jeito e falou que já voltava para terminar o serviço, e saiu do quarto, como já conheço pensei vai no banheiro para voltar “tinindo”... Não sei quanto tempo se passou pois acabei dando uma cochiladinha creio que uns 19 min quando ouço o barulho da porta fechando, senti uma mao percorrendo meu corpo procurando meu rosto deu o dedo pra mim chupar, em seguida o caralho, mais do que de pressa caí de boca, alta do trago, achei um pouco dificil de chupar, mas me esforcei não demorou muito saiu da minha boca tirou minha calcinha e começou a tentar me comer, o que achei estranho foi que foi dificil de começar a entrar, a rola do “T” tem uns 19cm mas não é mto grossa, achei estranho por já estar molhada e com porra da primeira vez já, deveria facilitar, mas quando começou a entrar fui ao delirio parecia estar me abrindo toda admito que até senti um pouco de dor na primeira e segunda entrada mas como estava muito lubrificada, ficou muito bom, com as estocadas fortes comecei a ficar perto de gozar, e por baixo tentava pegar na bolas, percebi que estava usando camisinha (dizem que a bebida faz perder a sensibilidade) achei tão estranho, não parecia o “T” o que me deixou ainda mais excitada e como sempre tinhamos uma historinha acabei pensando que seria mais uma fantasia, de ser um estranho (contei pra ele dessa), não demorou muito pra mim gozar sentindo aquele caralho me arregaçando, ele bombou mais um pouco saiu de dentro de mim e veio em direção ao meu rosto, batendo com o caralho na minha cara, comecei a chupar foi quando me caiu a ficha que realmente poderia ser outra pessoa (acho que não tinha pensado em realmente ser outro, por causa da bebida, pois a diferença era grande) já era tarde já tinha me comido entao continuei chupando até que sinto aquele liquido quente e maravilhoso dentro da minha boca e a quase certeza, o gosto era diferente, mas delicioso tambem eu limpo até a ultima gota, ele se afasta da cama e vou procurar minha calcinha que naquele escuro tava dificil quando olho ele já esta saindo do quarto, sem achar minha calcinha resolvo sair assim mesmo, ao sair do quarto tinha um corredor que ligava as peças da casa chego em uma das salas e vejo “T” sentado no braço do sofa conversando com umas 4 pessoas, penso comigo mesmo é agora que tiro minha duvida... Chego pelas costas dele sem ele me pucho o seu rosto lhe dou um beijo e pergunto: “Não vai la terminar o serviço?”

Para minha surpresa o beijo foi mto bem correpondido o que me deixou ao mesmo tempo nervosa mas excitada pois ele não gosta de beijos “fervorosos” logo apás gozar na minha boca e entao vem a resposta : ” já estava voltando quando encontrei o Diego um conhecido que fazia tempo que não via, mas não te preucupa vou te compensar depois...” Com uma piscada de olho.

Mal sabia ele que já tinha sido compensada e muito bem...



Tive a felicidade de realizar varias fantasias de uma sá vez mas não como eu havia imaginado.



No proximo conto eu relato como foi que contei para ele dessa noite...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto de rasgou meu cu com a pica grandenamoradalesbicacontos eroticos de vendedor velho gordo seduzindo a meninacontos encostando devagar calcinha enfiadame foderam muito cedo contoseroticosvideo porno enxergando uma buceta na outra ate gozar e mela todinhacontos eróticos e********** humilhando c****2paus nu mesmu buracutica dani buceta gistosacontoseroticos madrastPrazer Gay:Contos sobre Valentão da minha vidacontos mulher infiel marido atento incestomeu marido sempre tras tres amigos em casa conto erpticocontos eróticos brincando de casinhacontos eroticos mulher carinhosacontos eroticos abusada levando tapatirando a calcinha no banheiro toda meladinha visgandogostosa gordinhas tirando cabeçaconto esposa viu amigo nucontos eroticos flagragostosas de saiascurtinhas de perna pra cimapeguei cunhada certinhanamorada virgem.contohantai filinha patendo punheta pro pai safadacontos eroticos fui bem fodida feito puta e chingada feito uma vadia pelo meu tiocon erotico comi lora greluda por 10 pilasou eteto mbte contoscasa dos contos gay desgraçado arrombadorcontos sentada sem calcinhaSeios enrrigecidos da minha esposacomtos de vagabundas que gostão de fudercontossexotravesticonto bricano com o primho de escondermulher de saia curta das pernas groça pornocontos eróticos medindo com meu gordinhocontos fui estudar a noite que professorachantageada contosGozando na boca incesto Contovideos porno enfiando a mao nao buceta da egua zoofiliacomeçando se transformar travesti .. encarando pau enormecontoseroticos presidiocantos eroticos so casado mais o negao arrombou meu cucontos genro me comeuCunhada bunda site cellsou mega bunduda.contos eroticosmeu filho tem um pausao contoscontos eroticos tia primo e eucontos de coroa com novinhoContos, Armaram pra mim pra cumerem a minha mulhercontos eroiticos de gente que participou do d4swingDei calmante para a mulher gorda dormi e meti tudo contohomem gritado de dor porno abertando suas bolascontos papai socou tudo no cu da filha ela se cagouMulher casada bunduda minha corriosidade contosContos eroticos iniciando as meninasgay seduzindo hetero abaixando preso da casa so pra transartrepando pau sua p*** prepara para o sábadocontos eroticos incesto vetidicoArromba essa puta soca essa rola na minha buceta me fode contosconto xota cu irmãzinhaeu adoro usar calcinha hoje sou travesti fresca afeminadacomo fuder com banana verdepunheta na infancia com amigoconto erotico arrombei o travesti do baile funktacou a piroca na vizinhaminha prima malcriada contointerracial mulher meia cousa fudendocontos zoo velha carentecontos heroticos gay meu tio de vinte anos me comeu dormindo quando eu tinha novecontos eroticoso cu da cadelinhafui arrombada porvarios contoscomi minha filha pensando que era a minha mulherrelatos de comadre dando a buceta pro compAdrecontos eróticos de virgens perdendo o cabaço a forçaContos eróticos picantes-padrasto e sobrinhacontos eróticos meu cuzinho