Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NOIVA SAFADA

A minha noiva.

Estou noivo da Drica há 3 anos, uma mulher espetacular, loira, 175 cms, curvuda e malhada. Ela é o que chamam de “cavala”. Ela tem uma marca de bikini que parece tatooada, branquinha cercada pela pele bronzeada e uma camada de penugens douradas.

Destacaria a boca carnuda dela, os seios grandes com mamilos rosados e claro, uma bunda de 110 cms, duríssima. Porque estou contando isso? Pela simples razão de eu ter que aceitar que ela é safada.

Tudo começou há uns meses, quando estávamos transando. Numa tarde de verão, depois da praia e ela estava especialmente tesuda. Trepando de frente para ela, ela me olha nos olhos e diz: Quero fuder com outro macho ! Fingi que não ouvi e continuei a estocar, e ai ela repetiu: Amor, quero fuder com outro macho, na sua frente! Para não perder o pique, eu apenas disse: Ta legal. Mas a semente tava lançada e fiquei imaginando a minha linda noiva trepando com outro e eu assistindo, gozei na hora. Ela percebeu e deu uma rizada.

Ela disse: Não aguentou né safado, imaginando a sua noivinha se entregando para outro macho na sua frente. Esporrou logo...que patético. Ela levantou, passou um lenço na xoxota esporrada, colocou um vestido e disse que voltaria já. Eu virei para o lado e adormeci, cansado da trepada e da praia. Acordei com a porta do apartamento abrindo. Era a Drica que voltara. E ela não estava sozinha!

Ela estava com um rapaz de uns 20 anos, mulato, malhado e antes de poder protestar, ela me deu um olhar do tipo; Não fala nada! Ela apresentou o rapaz; João. Sá ai, me dei conta de que eu estava nu ainda e bem, nada mais importava porque a Drica começou a beijar o João passionalmente, trocavam línguas e saliva, num beijo molhado que parecia não terminar. A Drica deixou o vestido cair e o rapaz caiu de boca nos peitos dela, chupando os mamilos duros, isso enquanto a Drica tirava o calção do rapaz. Quando o calção caiu, ela imediatamente agarrou o pau semi ereto e deu uma rizadinha, mais de nervoso do que outra coisa. O pau era muito grande. Ela então se afastou das chupadas nos peitos e caiu de boca naquela piroca enorme. Depois de um tempo ela parou e me olhou firme: Nossa, era tudo que eu queria. Gosta de me ver assim? seu puto! Voltou a chupar, sem se preocupar com a resposta. O João a afastou e a colocou no sofá, abriu as pernas dela e começou a chupar lhe a boceta carnuda. Foi ai que ela teve o primeiro orgasmo, quando gozou, o João se levantou e enfiou a pica nela.

Eu sabia que apartir daquele momento ela jamais seria a mesma. Quando o João terminou de colocar tudo ela gozou denovo. Ele então começou de forma lenta, saboreando a minha noiva, a potranca! Ele então deitou sobre ela e começaram a se beijar pra valer e eu pude ver a pica do rapaz entrando e saindo da xoxota alagada da minha noiva. Meu pau tava duríssimo e o ciúmes tinha dado espaço á um tesão enorme. Não pude deixar de reparar que o casal que estava trepando ali na minha frente era muito bonito. E não paravam de se beijar, A Drica estava totalmente entregue ao tesão e quis experimentar o rapaz de todas as formas. –Me fode de quatro disse ela. Mudaram de posição e com a Drica de quatro, o João a comia com gosto, dava tapas na bunda dela e ela gemia e gritava de tesão. Ai fiquei preocupado, o João passava o polegar no anus da minha noiva e era claro que ele não ficaria sá com a xoxota dela. Surpresa maior foi a Drica pedir para o rapaz: -Gatinho, come meu cu! Totalmente lubrificado com as secreções da boceta da minha noiva, o João, olhando para mim, começou a enfiar aquela pica imensa no rabo da minha noiva. Ela soltou um grito de prazer e dor e começou a rebolar na pica que invadia as entranhas dela. Morri de ciúmes!

O João estocava lentamente para ela se acostumar e pouco depois ela gozava na pica dele, pelo cuzinho praticamente virgem. O João voltou a comer a xoxota deliciosa da minha noiva e pouco depois despejou uma torrente de porra dentro dela. Ela não se fez de rogada, virou e limpou o pau do amante com a boca e a língua. Cambaleante foi para a geladeira pegar água. Ela então desfilava pelada pelo apartamento, com porra escorrendo pela pernas.

Pediu para o rapaz ir embora, não sem antes de dar o numero de telefone! O João foi embora e a Drica deitou do meu lado na cama. –Gostou corno? Dei tão gostoso para o rapaz. Tu viu o tamanho da pica dele? Era tortura pura, meu pau tava duríssimo e ela falava do cara que tinha acabado de arrombar ela. Ela então se ajeitou por cima da minha boca e com os dedos abriu a xoxota. –Lambe tudo seu corno, me deixa limpinha. Ela se virou e esfregava a boceta encharcada na minha boca enquanto chupava meu pau. Eu a limpava e logo logo acabei esporrando na boca dela. Ela esperou ainda umas lambidinhas e novamente deitou ao meu lado, me mandou abrir a boca, me beijou e inundou a minha boca com a minha porra. –Engole corno. Disse ela e se levantou, foi para a cozinha pegar mais água e ao voltar pegou o papel com o telefone do rapaz. –Durante a semana vou ligar para ele vir aqui me fuder a tarde toda. Assim quando você voltar do trabalho, a sua noivinha arrombada vai estar te esperando, cheia de porra de outro macho. Sei que você vai adorar!

-Descansa um pouco ai, porque daqui há uma hora, vou descer e arrumar outro macho para me fuder, na sua frente.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos mulheres que gostam de ser preenchido no cuzinhoContos Eróticos DE Dei Para O Amigo Do Meu Filho Na Minha CasaContos eróticos incestos sádicocontos eroticos pastorgordo pintudo conto teensconto eroticos comendo a irma de perna quebradaele domindo eu calvagando no pau deli contoeu e meu irmao no carro vigando contos gaycontos eróticos comendo abuceta da patroacantos erótico só dei do Forró Bombadoconto erótico gay usei calcinha e sai na ruasai a noite com minha esposa conhecemos u desconhecido que comeu minha mulhermeu sobrinho gordinho e gay tetudoConto mana onibustransei com um colega da salaConto de puta estuprada pelos mendigoscontos delícia de cacetaocontos erotico titia vadia e priminhaconto erotico de despedida de solteiro com orgiacontos tia me deveContos eroticos casada jogo de voleiboqueteira gaucha contocontos de quen comeu coroas dos seios bicudosencesto mae envagelicacontoseroticos comeu a namorada de calcinha fio dentalamiguinhocontosmulher acima d 90kg crente contosdepois de mais de 20 anos casados minha esposa topouconto minha calcinhadois gay fudendo violentamentw/entre sifilme pornô com gordinhas empadãoenrabada pelo negao contosDesvirginando a subrinha de 18 anosFazendo uma suruba coma sogra e o sogro contosconto de sexo um garoto ficava esperado uma coroa passa na rua eu fico de pica duracontos novinhas gritando com pau no cuVem amor segure a rola dele para eu sentar em cima, vem meu corninhocontos eroticos gay dei minha bunda pro filho da vizinhaGoiânia conto vigia da obra gay cucontos vi pai xupando pauconto erotico incesto sonifero filhacontos de coroa com novinhoParaíba putinhoConto erotico minha tia coroa s fazendeiraContos eróticos menina com bucetinha lisinha e putinhadesabafo sou casada trai meu marido com eletricistacasa dos contos mae e filha xupação de bucetacontos de coroa com novinhocontos eroticos guei meu colega de quarto me fes sua femeacontos tomei no cu gostosocontos eróticos sogra não aquentou minhacontos eroticos de putas viciadas em porra gang bangcontos eroticos orgia nudistaConto goza pai ui ui no cuProvoquei e foi arrombada porno conto minha mulher já deu pra todo mundo contosContos fui castradocontos eróticos afro ménage cuiabana dando o cu e marido ve de metyocontos eróticos ela me odiavacontos eróticos violentadasconto erot amarrado e vestido de putinhContos erocticos aaaai papaihttp://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/conto-categoria_2_114_gays.html&ei=e8yqT8MC&lc=pt-BR&s=1&m=564&host=www.google.com.ar&f=1&gl=ar&q=Contos+Fudendo+um+hetero+com+o+cu+sujo&ts=1485672497&sig=AF9Nedkia2TWDM2T0ozn41vBE5bkl1pQLAcontos eróticos priminha caçulacontos eróticos mãe no colhinhohetero dando a bunda contoContos com picas bonitasmarido fas esposa virar puta e comer bota contos eroticosbodes trwpando com cabraconto erótico de mulher traindo marido com amigo taradocontos/ morena com rabo fogosocontos erotico comi o hetero parte 19o pito da minha sobrinha e o cu da cunhada contosMinha prima viu-me a mastuContos eróticos de viados que berraram nas rolastrai no cafe da manha contocontos eróticos gays cu de bebado nao tem donoso rendudo socando ni bundao enormeContos eroticos tetas roxascontos provocandocontos porno de corno compartilha esposinha branquinha na viagem de onibus com negros hiper dotadostroca troca de homens adultos contospono vitgen nãoa aguentiu epediu p paramconto de encesto filho vetido de noivinhacom doze aninhos estrei na vara contos eróticos gayhomen em purra seus ovos no cu de brunasozinha com meu sobrinho deixei ele me foder peguei papai cheirando minha calcinha contos eroticosdesvirginando sobrinhacontos tirar leite eróticosconto erotico pagou a divivida minha namoradacontos eroticos rola grossaconto erotico incesto sonifero filhacontos com letras grandes , a rabuda e os dois travecos