Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU, MINHA FILHA E UM AMIGO.

Bem, o que aconteceu comigo foi incrível e jamais vou esquecer. Até hoje eu me masturbo quando penso na cena. Certa vez, quando sai com um amigo, minha filha quis ir junto. Fomos para um bar da cidade e tomamos muita cerveja. O papo estava bom, mas quando foi a hora de vir para casa, meu amigo permaneceu mais um pouco. Ficou no quarto assistindo TV. Eu fui tomar banho e minha filha ficou na cozinha preparando algo para comermos. Quando voltei a comida já estava pronta e minha filha entrou no quarto para trocar de roupa. Como já estamos acostumados a fazer isso na frente do outro, pois morávamos sá, eu e ela, não teve problema algum, mas meu amigo ficou apreensivo, pois não estava acostumado com aquilo. Em um momento de loucura, eu não via minha filha como tal e sim como mulher. Fiquei olhando para os seios dela: braquinhos e bem durinhos. Meu pau ficou latejando. Ela percebeu, e ainda sobre o efeito do álcool trocamos umas palavras de sacanagem; ela dizia que eu tinha um bundão e então, como se estivéssemos brincando aproveitei e passei a mão na bunda dela, dando uma senhora pegada e ela revidou. Sem aguentar a pressão do momento, eu a agarrei e dei um beijo e ela nem fugiu, correspondeu e a essas alturas o meu amigo estava doido com a cena. Eu a peguei, virei de costas para mim e comecei a acariciar os seios dela roçando o meu pau na bundinha branca dela e ele arrebitava mais. Deitei parte do corpo dela na cama e comecei a chupar a bucetinha dela, dando umas lambidinhas no cuzinho dela. Sem ter medo, ela olhou para o meu amigo e começou a acariciá-lo também e ele correspondeu com um suspiro e sem acreditar naquilo. Então ela abriu o zíper da calça dele e começou a chupá-lo com vontade. Aquilo me deixou doido também, pois era a minha filha que estava na putaria conosco naquele momento. Passei a cabecinha do meu pau na buceta dela dando pinceladas de leve para cima e para baixo. O caralho já estava todo melado do suquinho que descia da xaninha dela. Passei de leve a mão na costa dela e aplumei, segurei na cinturinha dela e mirei no buceta e enfiei bem gostoso e ela gemia demais dizendo para eu parar porque não era certo. Neste momento bateu o arrependimento nela e em mim também, mas já era tarde, meu pau estava dentro e eu não queria tirar; ela também não se afastou e continuou a mexer pare frente e pra trás. Meu amigo deu uma gozada na cara dela e eu permaneci com o meu pau dentro dela. Em um dado momento eu deixei meu pau escorregar em direção ao cuzinho dela. Ela deu um pulo, pois sabia que ali era área de risco e eu sabendo da situação, fui colocando lentamente e ela gemia de prazer. Quando o caralho estava todo dentro, ela se contorcia e gemia bem alto gritando: ai paiziiiiiiinho, mete bem gostoso esse caraaaalho!!!! E eu dava cada estocada forte até que não aguentei mais de tanto prazer e gozei no cu dela, mas continuei com o pau dentro dela. Fiz caricias em seus seios dizendo que a amava e que queria fazer de novo e ela disse que sim, tudo bem... Depois que isso aconteceu, demos um tempo e logo o meu amigo foi embora. Minha filha permaneceu no quarto deitada enquanto eu me despedia do nosso amigo. Quando retornei ela estava sonolenta. Estava toda arreganhada. Não resisti e parti pra cima. Lentamente acariciei a xaninha dela, fiz massagem de leve para deixar lubrificada novamente e então eu comecei a chupa a buceta dela. Ela se contorcia e dizia que não, mas também não fugia. O efeito álcool com certeza já havia passado, mas o tezão não. Eu coloquei o meu pau para fora do short e comecei a esfregar no clitáris dela e ela abriu mais as pernas; aquilo foi o sinal para eu meter. Meio arrependido, eu meti. Enfiava com gosto e pensando comigo mesmo: caraaaalho! Não acredito que estou comendo a minha filha!!!! Não parei, continuei até que veio a vontade de gozar. Parei um pouco e meti lentamente, pois eu estava indeciso se gozava dentro ou não, pois não queria engravidar a minha prápria filha e num ato inesperado, ela me puxa pra cima dizendo para eu não parar. Eu não aguentei, dei mais algumas estocadas e gozei tudo dentro dela, e mesmo eu querendo sair, ela me segurou e disse que queria mais e que eu teria que fazer aquilo todos os dias. No dia seguinte, eu levantei e ela permaneceu na cama com a beira da bundinha aparecendo e eu dei um beijinho de leve, ela abriu os olhos e ficou me olhando, deu um sorriso gostoso e disse que me amava. Meu amigo nunca me questionou por isso, continua nos visitando quando dá. A minha filha ainda mora comigo, tem namorado, mas deixou bem claro para mim que sou o seu amante de todos os dias. Dormimos juntos na mesma cama e temos uma relação de marido e mulher, claro que somente em casa e no quarto. Espero que tenham gostado do meu conto. Não sou bom contando essas histárias, mas garanto que são reais e que tenho muito para contar. Essa foi apenas uma delas e o começo de tudo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos cu apertado da obesaComi cu claracontos e vidio incesto emafroditaananzinha cagona contos erotcoContos eroticos meu rabaocomtus erroticu de zoofelia mulhe casada dano banho no seu cachorrocontos casal com jamaicanocontos eroticos cunhadovidio muher trasa com homen com pido pequenoConto erotico no sitio casa de dois comodosdominador pé gostosocontos minha filha chorou no meu pauContos eroticos minha esposa e um meninocontos eroticos de putas viciadas em porra gang bangtomou calmante e tomou no cu contocontos eróticos chantageado e forçado a comerconto gay virei garota do sogroconto.eroticos patrao com funcionarios ou ascontos eroticos de primos q ficaram com primasContoseroticos.com.br/home.php?pag=3fotus de zoofiliacontos gays com gémeoscontos eroticos casais falando putaria fantasiando outrocontos eroticos sinistroscontos erotico estrupo loira esculturalpassou a pamadinha e epurrou no cu da esposacontos erótico com enfermeiracontos minha cunhada viu eu mijanolevou boquete da irmã caçula dis que gosta de chuparcontos eroticos con pau de 24 cmConto eu peguei meu genro me brechando no banhodei leitinho na boca de uma novinha de contagem contos eroticoscontos eróticos um cavalocontos eróticos Paula vizinha casada gostosaconto flagrei minha mãe dando para um bem dotadocontos exitantes de aline bebada com varioscontus estupro gostosa lindacontos eroticos cunhadocontos de incesto filho fode a maegostosinha bonitinha bundinha nova doze anos dando contos eroticoswwwporno negras aregacadas por negoesNamorada boqueteira contos caboneconto erotico gozei e depois limpei com a linguacontos tia rabuda exibindo calcinha de perna abertacontos duas putinhas chorando na varaXvideos gostosas musculos nas coxas na cabine eroticacontos eroticos cachorro cheirando minha rolacontos eróticos irmã calcinha dormindocontos dentistas safadaquero sentir sua porra quente dentro no cucontos eróticos estuprada pelo médico dupla penetraçãoContos de sacanagem com patroas e religiosascontos eroticos dupla penetraçãocarnavaldeputariascontos eroticos mulher do amigo safada na saunaconto trepei filinha amiguinha 11aninhoswww.contoseroticoscurraContos eroticos esposa novinha com marido e amigo pintudovi minha namoradinha perder a virgindade contos eroticoscontos eroticos fui bem fodida feito puta e chingada feito uma vadia pelo meu tioContos eróticos menina com bucetinha lisinha e putinhacontos erotico vovo e a vovo lamberam minja bucetaurso tiozao roludo conto gaycontos delícia de cacetaoContos eroticos sobrinho da rola grande e grossa pegou a tia e fes ela desmaiarContos eroticos pais liberais.comPutinha desde a puberdade contos eroticosesposafio dentalcontoscontos eroticos enganocontos erotico baba casada chantageada por meninoMinha esposa arregaçadaschupava a noite inteira ele amarradoconto erptico na mesatocou meu seio sem querer incesto contopadrinho comer afilhada cem pentelhoesposa raspada contosconto erotico sou enfermeiro e nso resisti e comi a novinha dopada no hospitalsogra pernas aberta eu vi a caucinha comtos tapou a minha boca - conto eroticoconto erotico a mulher me encoxou no onibusconto erotico travesti na padariatitiocolocadevagarO cara desmaior a mulher e.meteu o.pou no.cu pornoquero ver um vídeo de graça de graça rouba pica bem grossa dentro da b***** entrando bem devagarzinho b************contos eroticos chupadacontos eroticos baba dano banhona meninacontos de rabos sendo dilaceradoscoroa se***** cagou no pau de Natáliafnegao fode cu da cadela e gizapresenciei minha esposa me traindocasa do conto minha filha sentou no meu colo de mini saiacheguei da escola vi minha p*** s***** dando para o meu tio minha prima piranha s*****contos eróticos 4 garotas