Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

APRENDENDO COM O TIO CARLOS

Bem essa histária é real e aconteceu comigo. Me chamo Daniel e hoje tenho 19 anos, moro no interior de Goiás com minha mãe, hoje somos sá nás dois mais a uns cinco anos atrás morava um irmão dela conosco, o tio Carlos, ele tinha 26 anos, 1,75 de altura, 65 quilos, loiro, lindo, um verdadeiro deus grego e além de tudo com uma cara de safado que sá ele.

Eu apesar de pouca idade já me via louco de desejos por homens e com um desse dentro de casa era uma loucura. Meu tio povoava minha imaginação, eu chegava a sonhar mamando o pau dele, embora sempre o visse de cueca, eu imagina como seria aquela ferramenta, eu sempre o observava disfarçadamente.

Um dia, cheguei da escola e não tinha ninguém em casa, pois minha mãe e o tio Carlos trabalhavam fora, fui direto tomar um banho e como estava sá deixei a porta do banheiro aberta como sempre fazia, alguns minutos depois senti que estava sendo observado, fiquei com medo e me virei aos pouco para a porta e vi o meu tio Carlos lá parado, sem graça eu disse a ele:

-Ô tio você me assustou- e ele respondeu:

– Desculpe Daniel, mas é que não resisti em dá uma olhadinha nessa sua bundinha nua- dizendo isso ele foi para o seu quarto e eu fiquei paralisado, pois não imaginava que meu tio observava minha bundinha, que apesar de virgem era louca pra guardar a sua vara.

Quando saí do banheiro fui direto pro meu quarto ao passar pelo corredor vi meu tio sá de cueca branca alisando o pau aí foi a minha vez de parar para observar, fiquei babando quando vi o imenso volume dentro de sua cueca, eu não conseguia me mover ele viu que eu estava olhando e me chamou, eu fui, aí ele começou a me dizer que tinha vontade de me ensinar um monte de coisas sá que eu não poderia contar nada a ninguém, principalmente pra minha mãe, eu disse que não contaria e que queria aprender o tudo que ele quisesse me ensinar, ele então disse:

- Bom garoto você, gosto de garotos obedientes se você me obedecer vou te ensinar muito, agora se desenrola dessa toalha e vem abraçar o titio, vem. Eu o abracei e ele então começou a beijar o meu pescoço e isso me arrepiava e me deixava louco, ele então pegou a minha mão e colocou dentro da cueca dele aí é que eu tremi, a pica dele estava tão dura e era tão grande e grossa que parecia uma tora eu tremia de tezão num misto de medo e desejo.

Ele pediu pra eu mamar aquela vara imensa e eu disse que nunca tinha chupado aí ele então começou a me dizer como fazer e eu fazia e ele gemia tanto que eu ficava cada vez mais louco de tezão, o pau dele mal cabia a cabeça na minha boca virgem, deveria ter uns 24 cm e muito grossa uma verdadeira madeira de lei, o meu apesar de mau ter pentelhos já media uns 19 cm, de repente ele me levantou e começou a me beijar na boca me virou de costas me forçando a ficar de quatro em cima da cama e começou a passa a língua em minha bunda e em meu rego, isso me deixou em estado de êxtase, era um prazer que eu nem imaginava que existisse, quanto mais ele lambia o meu rego mais desejo eu sentia por ele, até que ele então começou a roçar aquela verga gigante em meu rabinho que piscava loucamente pra recebê-la, ele conseguiu empinar ainda mais a minha bundinha e começou a forçar sua vara em meu rabo, como eu era virgem e bem apertado começou a doer um pouco e eu pedi pra ele parar e ele disse:

-Parar não! você disse que iria me obedecer, então relaxa esse cú pra meu pau entrar direitinho nesse rabo gostoso.Eu então comecei a forçar também, afinal, eu queria aprender o tudo que o meu tio Carlos gentilmente se dispôs a me ensinar, aí começou a entrar e parecia que todas as pregas do meu rabo estavam sendo quebradas, dilaceradas e doía muito e eu pedia:

-Por favor, tio Carlos ta doendo e ele dizia:

– deixa de ser mole viadinho, porque a partir de agora você será minha putinha, vou comer esse seu rabinho gostoso todo dia, sempre desconfiei que você gostava de rola, já te peguei me observando algumas vezes, agora você é minha bichinha, a putinha safada, que vai fazer o titio gozar todo dia.

E falando essas coisas aumentava a intensidade das estocadas em meu cú e a dor começou a sumir porque o tezão voltava ao ouvir aquilo tudo, quando comecei a não sentir mais dor, comecei a rebolar bem gostoso com aquele cacete imenso dentro de me e meu tio ficava cada vez mais feroz, me colocou na posição de frango assado e tirava e metia sua pica de dentro de meu rabo. Depois de mais ou menos 30 minutos de estocados em meu buraquinho meu tio Carlos começou a bater uma punheta pra me e me dizia:

-Quero que você goze junto comigo putinha do titio. Eu me contorcia de tezão e já não me aguentava mais quando ele começou a socar mais forte e a me apertar mais, sua respiração foi ficando mais pesada e seu gemido mais ofegante, então sentir seu pau latejar dentro de meu rabo e me encher com sua porra quente e nesse momento meu corpo começou a tremer e eu também gozei como uma nunca tinha gozado em minhas punhetas. Gozei com a rola do meu tio Carlos no rabo e sentia suas estocadas mais fundas, o meu tio estava gozando no meu rabo,me enchendo com a sua porra quente e abundante, fui sua putinha mais novinha. Ele caiu sobre me, suado do esforço da foda e me disse:

- É sobrinho, você nasceu pra dar esse rabo gostoso pro titio, se prepara que todo dia no horário de almoço venho te ensinar mais coisas. Levantou-se, tomou banho e voltou pro trabalho e eu fiquei em frangalhos, mas feliz e saciado do desejo de conhecer a rola de meu tio Carlos. Desse dia em diante o meu tio passou a almoçar em casa todos os dias e o prato preferido dele era a minha bundinha.





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


papai tirou do meu cu quis por na minha bocaconto minha esposa com seu primozoofilia negao comenorme pau deixando putia loucapau na boca da namorada dpconto erotico incesto sonifero filhaContos eroticos exibindo para o vizinhoconto marido do ladocontos eróticos dominado pela sograquase matei amiga da minha mae contosmulher goza nela todinha enchendo o cachorro para limparconto cinema porno casalcontos eróticos com vizinhamurhler.abusada.estrupradocomo fazer uma baixinha gosarContos eroticos pai espretado filha a tomar o banhoxv inserto chupando a busetinha da novonha dormino  Minha vontade era de explodir de tesão quando ela me perguntou isso. Mas me controlei e falei só que sim, que pensava muito nela!! Aí foi meio automático, a gente já estava bem próxima mesmo. Ela se aproximou, eu me aproximei. Não sei bem quem tomou a iniciativa, mas o nosso primeiro beijo rolou ali mesmo. Foi maravilhoso. A lí  francisca metendo chifrecontos mulher alta bunduda ggcontos mulher infiel marido atento incestocontos dando minha bucetinhaContos os velhos chupam melhor uma bucetacontos eróticos mulheres da b***** grandecontos picantes comadre safadacontos eroticos minha sobrinha bucetudaFudendo a prima gostosa dormindo novos contosConto tia a massageava o pauconto peluda raparamcontos eroticos mamei no pintinho do nmeu filhinho pequinininhoContos erotico travest cinemaMendigos se madturbando altocontos eroticoso cu da cadelinhacunhadomeu amante eu sou casada contos e videos reais caseirosconto nao aguentei e fodi minhacontos. eroticoscomi milha mulher com negaoContos eroticos flagas filhascontos eroticos comi minha esposacontoa cu pra o velhocontos eroticos vovoContos minha nora enfiou o vibrador no meu cuconto sou. chupeteiracontos eroticos fui estupradacontos eróticos sem querer engravidei minhas cunhadasconto nao aguentei e fudi minha sobrinha de oito anosContos eróticos comendo uma lorinha dos seios grandes Luizaporno gey pegando priminho adolesente e jovem tanbemrelato erotico esposa puta no churrascosexo com tiabateno um poentacontos gay estrada calcinhaGoiás borracheiro endereço conto gay de calcinhaconto erotico descabaçando garoto dorcontos.erot amigo de papaia massagista negao contosnovinha transando pela primeira vez e goza muito de queixovelho pirocudo comendo filha loira de uniformeconto meu amor meu sobrinhocontos picantes de lambida na chanaminha mãe adora bater punheta para o meu irmãopassei a calcinha contos eróticosconto erotico encoxada vizinhoso coloquei nas coxas da ninfetinha cachorraconto eróticos a cumhada q eu tinha raivaContos eroticos minha mulher na festaContos eróticos linguada safadoComtos erotico meu entiadoconto meu tio encheu a b********contos eroticos de incesto: preocupada com meu filhorealisando sonho eu emas duas mulher contoscontos meu pai comeu o'cuzinho na marra eu adoreicontos eroticos de meninos gay o dia q dei o cuzinho pela primeira vez e virei menina da molecadaconto pegei minha cunhada novinha se mastrubandogozei na nora dormindo contosConto tia a massageava o paulego na dano a buceta dormindoconto guarda roupa da lingeriecontos minha namorada me convenseu a chupar com elaconto conto erótico e história comendo a mulher do meu amigo analcontos eróticos filhinha bobinhagozei na minha sobrinha conto eroticogostosa dando a b***** pela metade de mim loucamenteconto praia de nudismo com a esposa continuacontos eriticos o sorveiro negro comeu minha nulher brancacontos/minha filha esfolou meu pausubindo na escada de saia para ajuda pintor pornosexo contos eroticos o amigo do meu marido me viu com um shortinho atolado no rego e nso resistiubrincadeiras no escurinho conto eroticocontos/minha cona era apertadinha e virgemContos falei parainha comadre que queria transar com ela s nossos maridossou hetero mas ja paguei um boquete e gostei muitocontos eróticos manausmaisexo vidio de zoofilia com travestiscontos eroticos de buceta cabeludacontos eroticos esposas na praiacontos de coroa com novinhoConto mete ai ai uiui no cumeu tio safado gosta de mim ver de vestidinho curto pornoeu e minha mae drogados contos eroticosarregaçando, chorando e gozou contossubi a saia da e comi minha empregada vadiacontos fui acampa e virei corno