Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

(REAL) ACONTECEU DE VERDADE

Oiii... sempre tive um incontrolavel tesão e desejo no meu bumbum... algo que me atormenta desde novinho... fora alguns fatos que me aconteceram com (cão e primos), houve apenas uma vez que fui penetrado por um homem de verdade...

Esta histária é verídica e aconteceu qd eu tinha em torno dos meus 19 anos...

Sempre fui alto e magro... mas sempre tinha problemas com cauças... pois meu bumbum sempre foi muito saliente... e por causa disso sempre usava muito naquela época moleton, e me lembro nesta ocasição de estar com um cinza claro e uma camiseta branca, sou clarinho e naturalmente meu bumbum não tem pelos (sou lisinho)... acho que nasci com alguns traços femininos, apesar de nao ter seios rsss

tb, nunca fui de adorar homens, minha perversão se resumia ao meu bumbum... á ser possuído... mas meu medo da verdade e da familia era maior que minha vontade...



Meu conto começa na casa da minha avá... no centro da cidade... ela era viúva e tinha uma casa (mesmo no centro) com um terreno com frente para duas ruas... com a casa dela dando frente pra rua principal e uma edícula dando frente pra rua dos fundos...

Na ocasião fui passar a tarde de domingo na casa dela... por pedido da minha mãe... mas chegando lá, ela tinha que ir p igreja (grupo de oração acho).

Na edícula dos fundos, morava um senhor, advogado, beirando uns 45 á 50 anos... chamado Cleber (pele bronzeada, meia altura, grisalho, corpo normal).

Fazia poucos meses que ele estava ali... por isso mal nos falamos...

Entre as duas casas havia um quintal com uma goiabeira e uma amexeira... que logo que minha avá saiu... fui trepas para pegar algumas frutas...

Neste momento vejo o Sr. Cleber me olhando e começando a me orientar onde havia as melhores frutas até que me descuidei, e minha calça engatou... deixando minha cueca exposta e enfiada... tive um pouco de dificuldade pra puxar a calça de volta pois era um galho fragil... resolvi descer pra ver se tinha rasgado, foi quando tomei a única coragem da minha vida... de tentar seduzir alguém!!

pedi lincensa, dizendo que ia ao banheiro me limpar, mas fui na verdade tirar a cueca... para então tentar repetir aquela cena...

nunca tinha me passado pela cabeça chegar a deixar ser possuído, mas penas deixar aquele homem instigado a me comer...

Então voltei do banheiro e logo comecei a escalar a arvore... quanbdo veio o comentario dele: rasgou a cueca? tá sem?

Putz..., fiquei roxo na hora...

ele perguntou se queria uma dele emprestado e eu respondi que não precisava... morrendo de vergonha... mas agora já estava feito... e voltar a por minha cueca estava fora de cogitação...

começamos a nossa rotina de pegar goiabas e ameixas... e frequentemente eu deixava meu cofrinho a mostra de cima da arvore, com o Sr. Cleber embaixo de mim...

A altura do galho que eu estava sentado, era uns 30 cm acima da cabeça dele...

Aquela situação estava me deixando maluco... e meu penis começava a dar sinal de exitação, por isso eu procurava nao ficar de frente pra ele...quando a minha situação começou a ficar fora de controle, tive que me sentar novamente em outro galho, e foi quando sentei em uma ponta de galho partido, e curto, que encaixou exatamente no meu bumbum... e por uma grande coincidencia da ocasião, foi o momento que meu cofrinho teve maior revelação... com metade da bunda exposta...

deixando inacreditavelmente a ponta do galho cutucar meu cuzinho...

Neste momento escuto um: SSSSssssss!!! e sinto a mão dele na minhas costas tentando, não me segurar, mas me encaixar naquele galho...

Eu estava tão exitado naquela hora que nem me dei por conta doq estava acontecendo e deixei aquela arvore me invadir um pouquinho... e levei uns 19 segundos para me tocar da situação... então ele perguntou se eu queria ajuda pra descer... e eu permiti... foi quando ele viu que eu estava exitado!!!

Nisso colocamos as frutas que faltavam na sacola e ele me pediu pra ajudar ele para levar na casa dele... aos fundos!

Acho que a exitaçãotesão foi tao grande que eu nem respondi e fui na frente...

Mal chegando na casa dele, ele perguntou se eu estava bem... se tinha me machucado com aquilo... e eu repondi que nao... e foi aí que ele pediu pra eu deixar ele ver pois tinha um arranhão (mentira... nem tinha nada)... e eu sem ter noção doq estava fazendo, deixei!!!...

ele sentou-se na mesa da cozinha e eu me posicionei na frente dele e deixei ele abaixar minha calça a meia altura (deixando apenas o bumbum exposto)... então me curvei e empinei discretamente...

Minhas pernas tremiam... de medo, tesão e nervos a flor da pele...

Ele abriu meu bumbum e disse: Está um pouco vermelho... vou massagear que já passa!!!

E então começou a roçar o dedo dele exatamente no meinho... bem no cuzinho... me massageando... e cada passada de mão e dedo, eu quase morria... até que senti meu cuzinho molhado... ele havia passado saliva... e estava ainda me massageando...

de costas para ele não havia percebido que seu mastro já estava exposto, duro e melado...

Foi quando ele pediu pra eu me abaixar um pouco... e começou a precionar minha cintura para baixo com a mão esquerda e puxando minha cintura para trás com a direita... ou seja, pedindo pra eu sentar no colo dele... com cuidado ele foi me abaixando até ele soltou a mão direita e, me pressionando pra baixo ainda, cheguei a uma determinada altura que senti seu mastro quente e melado bater no meu bumbum... a mão direita já estava direcionando ao meu cuzinho... até que ele me tocou...

e eu finalmente me toquei que ia ser comido...

A sensação po pau dele tocando no meu cuzinho..., bem quente... duro... arrancou os sentimentos femininos de dentro de mim e dez eu correr atras da sensação de ser penetrado...

Não precisou nem ele me puxar... eu por vontade prápria forcei meu cuzinho naquele pau... e em pouco tempo já estava dilatado e totalmente preenchido...

Não olhei nenhuma vez nos olhos dele e nem pro rosto dele... somente saboreei o momento...

Ele ficou sentadinho e eu literalmente COMI aquele pau!!!

Acho que a excitação do Sr. Cleber foi tanta que no vai e vem do meu bumbum... não demorou para ele gozar dentro de mim... e nossa... aquele homem gozou...

Senti seu pau, pulsar dentro de mim... senti alguns jatos ficamos imáveis acho que por uns 3 minutos... e o pau dele não amolecia...

Foi quando escutamos o barulho de minha avá me chamando... eu me afastei e senti cada milímetro do pau dele saindo de dentro de mim... e fui a janela gritar pra minha avá que já ia...

Então dei dois passos pra trás da janela... e me ajoelhei com a bunda virada pra ele...

Pus as mãos no chão e abaixei a minha cabeça... empinando de novo meu bumbum para o meu macho... e naquela situação senti seu esperma infiltrando, indo pra dentro de mim... do meu corpo... sendo consumido...

Então ele disse: Acho bom vc ir antes que sua avá venha aqui...

Foi um balde de água fria... puxei minha calça, peguei duas goiabas e saí, apenas nos dizendo tchau...

No dia seguinte soube que ele havia pedido pra sair da casa da minha avá pois iria pra outro local... não sei se de remorso ou se realmente já era destinado a sair dali... mas nunca mais o vi... até que... ;)

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


um cavalo fudeu minha buceta contoscondos erodicoscontos eroticos chupo pica desde novinhacontos esposa rebolou para,amigocontos de mae sedutoraminha iniciação gay contosmeu filho tem um pausao contosContos eroticos de esposa na estradaContos de incesto com sobrinha gravida do tio e se casaraoContos eroticos marido pede para esposa quero ser cornoconto erotico minha esposa foi tomar bannho e meu primo dotsContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos eroticos pastorcontos eroticos de empregada evangélicaconto erotico meu chefe me comeu meu marido consentiuconto menino. e.o.negaomarido mostra esposa rabuda de fio pra amigos contos gang bangcontos eroticos eu e minha esposa cinepornocontos eroticos jingridcontos eróticos com idososabaixei e vie a calcinha da minha por baixo da mesa contossenta no colo do seu irmao contoscontos eroticos duplamente penetradomoleques me foderam conto gaycontos meu genro me comendocontos minha prima defisiete me viu batedo umacontos virei mulhercontoseroticos desde pequena adoro dar o cuzinhocontos eróticos Paula vizinha casada gostosacontos eróticos engatada e arrastada pelo cachorrofotus de zoofiliaContoseroticos minha enteada novinha sendo estuprada por dois roludosmenino malcriado contos eroticorebentando o cu da irma pequena contoscontos gay gordinho calcinhamulher fica no ralarala com homen e fica com aa cacinha molhadaconto transando com mulher deficienterapaz muito gostoso transando com outro rapazbonitoconto fetiche apanhando da namoradaconto abusei da minha sobrinhafui arrombado contos gayscontos eróticos em cima do carrocontos eróticos dopei namorado eu e amigaporno de marido bebedo em casa obricando a esposa a fazer sexo com elecontos eróticos comendo a gata do hoteleiracontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos eroticos estrupei minha namorada virgem autor caiquebem o qye vou contar pra voces e o seguinte sou casado e minha esposa e loiraConto eu e esposa banho amigo bebadocontos a mulher do meu amigo queria um pau grandepego teu pau e coloco no meu cuzinhoContos gays vestido de mulher a noite na borrachariamulher. safada. botado o leite do peito para foraContos porno de mulheres casada que traem com pau grande e choramcontos zoofilia cadela apaixonadacontos eroticos de coronel de rola grande e grossaConto erotico aproveitei e forceicontos eroticos sogra de camisolaContos eróticos picantes pecados na igreja com padresconto cdzinhaSimone chupando pau de joelhos e levando gozada na bocacontos eróticos estrupada pelo professor de judoMe Faz um Cafuné conto gayminha mulher já deu pra todo mundo contosacordei filho sugando meu paucontos eroticos gaycontos eróticos meu comeu esposa dele e a minhafui iniciada ainda pequena na zoofiliaf***** pelos peões da obra contos eróticos gayscontos erotico comi cu da tia no conventocontos de gay sendo humilhado pelos pauzudominha madrasta viu meu pau molecontos eróticos de manicures safadascontos meu irmão e eu betinha vendo