Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PMS ME DESCABAÇARAM

Que os gambé são tudo folgado todo mundo sabe. São Paulo tá insfestada de PMs e vc não pode nem soltar um peido que os caras já colam em vc.

Eh fáda, nem me apresentei. Meu nome é Renato, nome de verdade mesmo (msm pq deve ter sá mais uns 500 mil caras com o msm nome); tenho 19 anos, mas quando isso aconteceu tinha 17.

Era mais ou menos uma hora da manhã, eu tava voltando da balada com dois amigos. Tipo, eu já vinha trepando com um outro cara a algum tempo e curtia uma mina tb, mas com caras eu sá comia. Esses caras que tavam comigo eram amigos da vila, e deles não sei se curtem caras tb.

Estava rolando um beck, eu não curto muito essas paradas, então fiquei meio de banda. Tipo, unico menor ja sabia que rolava dos caras largarem na minha mão se o bicho pegasse. Mas tipo tava maior escuro e eu até percebi que já tava quase perto de casa, eu nem tinha bebido.

Ai avistamos as luzes da barca dos PMs, barca cinza, fodeu eu pensei. Dai aconteceu muito rápido, os dois largaram o cigarro no chão e correram, eu fui atrás, lágico. Pularam o muro do Parque, e tipo eu não consegui, tava com pé fudido do futebol. Os gambé chegaram metendo o cano na minha cara, eram dois. O cara que falava gritou pra eu colocar as mãos no muro, afastar as pernas, aquela merda toda que já estamos acostumados a ouvir. Arrancou minha toca e tacou de lado, enfiou a mão no meu bolso e tirou as 2 camisinhas e minha carteira, perguntou onde tava indo eu disse que da balada, ele disse "que tipo de maloqueiro vai na balada de moletom e toquinha?" eu fiquei queto.

Ele começou a passar a mão pelo meu corpo pra revistar, e meteu a mão nos meus culhões, perguntou pq eu não tava usando cueca, eu disse que eu não gostava. Ai ele perguntou "E se um cara te encochar assim por trás?" ele forçou uma encochada em mim. Eu fiquei quieto.

Perguntou se o fumo era meu. Eu disse que sim. Nunca neguem nada, é fáda!

Depois se afastou e disse alguma coisa pro outro sobre DP ou uma porra assim. Voltou de novo, sá que desta vez era o outro, disse que ia me revistar de novo, "afasta mais as pernas" e passou a mão bem folgado na minha bunda, depois apertando de leve minhas bolas, e meu pau. Perguntou se eu tava com tesão. Meu pau devia ta meio alterado.

Me mandou virar e vi os caras, eram boa pinta, as fardas com volume de pau duro. Me empurraram pro banco de trás do carro e entraram. Fomos em direção ao outro lado do parque.

Entramos numa trilha onde costumam fazer rally e as luzes do carro apagadas, fiquei com maior medão, pensei que iam me matar.

Quando pararam num lugar escondido longe da trilha, o mais novo disse pra não ficar com medo, que aquilo seria uma pena alternativa e se não concordasse iam me levar pra delegacia pra registrar ocorrência. Eu fiz que sim com a cabeça, concordando. O mais velho veio pro banco de trás do meu lado. Meu moletom tava com um puta volumão, e a farda do cara tb. ele ficou de joelhos, não tinha banco estofado na parte de trás então ele ficou com o pau bem na frente da minha cara.

Disse pra eu cair de boca.

Fiquei meio que naquela, vou ou não vou. Ai ele desabotou o cinto onde fica a arma de pos no banco da frente, "Vai garoto, imagine como sua mãe vai ficar brava se vc for fichado como usuário, agora é a hora de ser macho" pegou minha cabeça em direção a vara dele.

Tirei a rola pra fora e comecei a mamar, logo começou a melar minha boca com a baba do cacete. O outro no banco da frente com a rola pra fora da calça tirava fotos numa câmera digital antigona, do tipo de enfiar disquete, fazia maior barulho e dava os flashs bem na minha cara.

Sá tinha chupado um cara uma vez quando era pivete, mas curti pra caralho aquela rola.

Acho que nisso o outro deu a câmera pro que eu tava chupando segurar e veio pelo outro lado, colocou o caralho perto do outro pra ser chupado tb.

Quando vi tava sugando toda a rola ate encostar o chumasso de pêlo no nariz. A cabeça da rola na minha garganta, isso na do cara mais velho, o cara mais novo tinha uma maior uns 19 cm e muito grossa. Por mais que ele forçasse minha cabeça, eu engasgava mas não ia toda. O mais velho me mandou ficar de quatro no banco, ele puxou meu moletom e começou a meter um dedo no meu rabo, enquanto o outro enfiava o pau na minha boca. Não paravam de usar a porra da máquina digital.

Quase gritei de dor quando o cara começou a enfiar a rola em mim, ele tava usando minha camisinha com lubrificação, mesmo assim doia muito. O salamão do outro na minha boca não deixava nem pensar em pedir pra ele tirar. Achei que a rola não tinha mais fim, vi ate estrela quando senti ela abrindo espaço por dentro.

O cara deu umas bombadas que foram muito fáda, depois começou a acelerar metendo mais rápido. Nisso o cara que eu tava chupando gozou, sem tirar a rola da minha boca, segurou firme e continuou a meter, me fez engolir toda a porra. Aquilo me deixou puto de raiva.

Tava começando a me acostumar com a rola no rabo quando resolveram trocar de lugar, pensei, Agora fudeu essa porra vai me arrombar! quando o roludão forçou a cabeça pra dentro, não queria entrar, ele cuspiu por cima da camisinha, lambuzou meu cuzinho que ainda latejava da outra pica.

A cabeça entrou com muito custo e depois ele enfiou até a metade com força, foi metendo até que senti ele encostar em mim. Não acreditava que aquela rola tava toda dentro, ele fudendo com força. Nem liguei pro outro que me oferecia a rola pra chupar. Eu senti que não ia mais aguentar e gozei sem encostar no meu pau, isso foi fáda. Meu cu se contraiu tb e apertou a rola do cara que acabou gozando tb.

Deitei de barriga pra cima no banco massageano meu cuzinho dolorido, tava mortão. O outro que ainda não tinha gozado ergueu minhas pernas e meteu de novo em mim.

Desta vez entrou mais fácil, mesmo assim doeu um pouco. Ele começou a foder e logo meu pau tava duro de novo, o outro já tinha vestido a calça e tirava fotos. Não demorou e o cara gozou tb.

Enquanto ele vestia a calça dele o pauzudo batia uma punheta pra mim. Ele me encarava, o cara é muito bonito, pensei. Ele sorriu e aproximou a cara da minha benga melada de porra, deu um beijo nela, eu pirei, caiu de boca chupando gostoso, não aguentei muito a cena do fardado me chupano e gozei logo.

Me vesti logo e fizemos o caminho de volta, nisso os caras já tavam trocando idéia numa boa. Disseram o nome deles, pq eles antes eles naum tavam com aquelas tarjas que os pms usam com os nomes... Devolveram o meu RG dizendo pra tomar cuidado com as más companias que droga faz mal, que por eu ser de menor não devia varar a noite em balada, que tem muito mal elemento na rua nesse horário... e porras desse naipe. Me deram o número do celular deles dizendo que se eu tivesse em alguma treta e precisasse deles era sá ligar, eles me levaram até a esquina da minha casa e me esperaram entrar. Eu nunca liguei pros caras, e tipo, quando vejo uma barca da pm jah fico meio grilado de serem eles, ... to fora de gambé, acho que dei muita sorte naquele dia...os caras tiraram meu cabaço, ahhh e algumas fotos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


casa dos contos eroticos novinhas delicias seduzindo o tiocontos eroticos menino inocente é enganadocontos porno com vigilantes mulherengravidei minha sobrinha novinhatia tezuda fodendo com seu sobrinho ela ten abuceta peluda contoscontos eróticos seios devem ser mamadoscontos eroticos eu minha namorada e cunhadinha num hotelvideos porncao a e iasmos pintaocontos eroticos mulhe conta.como deu a buceta eo cucontos picantes comadre safadacontos esposa do clienteconto erotico negras escravas dos brancosMinha esposa arregaçadasconto real casada moro na casa do fundoaconto erótico enteada querendo dar po padrastonovinha andando de camisola dentro de casa so pra provocar pornonunca falei eu falei contos eróticoswww.contos eroticos de trindo sendo leiloada.commasagista se marturbando no meio do espediente porcontos eróticos de novinha dando para garanhãoContos punheta na massagem no penis do meninoum pivete me engravidou contoscontos eróticos de gay e picudo pedreiroso corpo da colegial tem que ser magro feticheconto erotico meu professor me encoxou para senti seu pauporno contos colégiocontos tava batando uma derrepente minha prima me pegacontos eroticos de incesto: viajando com a mamae popozudaConto de neto dopa avo e come a buceta delacontos eroticos de travecos gostosas e taradas tirando o cabaçi do viadinho.papai reformo a casa eu novinha e gordinha dei pros pedreiro a força contosMinha netinha sentou no meu pau contos eróticoscachorro engatado até o talo cavadinhacontos eróticos coni minha filha e seu amigo gayhttps://idlestates.ru/conto_3484_desvirginando-minha-querida-irmazinha.htmlviuva fogosa contoeroticolevou boquete da irmã caçula dis que gosta de chupareu quero ler contos eroticos com mulheres que adora da pra homens da pica de cavalocontos eróticos medindo com meu gordinhovideos porno meu professor taradao me de uma caronaFalei pro meu amigo enrrabar minha esposa enquanto ela dormiacontos eróticos de irmãoscontos eróticos de professoras gostosas transando gostosocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Contos eroticos coroa tarada chama dois travesti pra tomar banho d piscina em casanovinhas iniciando na foda com o proprio paiContos eróticos: boquete quando pequenapeguei uma mendiga casada anoite comtos eroticoscontos eroticos primeira gozadacontoseroticosesposapraiaconto sou lesbica e sou amante da minha tiaadorei ser encoxada pelo meu filhoa minha mulher engole me o paucriola no cuinho nao e nao guentocontos eroticos pivetesleitinho do padrinho contos gayconto brincando na praia com minha irmãxvideo mobile meu pai me castigoucontos de coroa com novinhomeu cu no formato da contoschupei meu filho contos eroticostomando injeção com fio dentalcontosminha enteada gosta de dar a bundscomi o cu da enfermeira velhacontos eroticos comi a irmazinhamenage com primo contoboa f*** mulher leva travesti para comer o maridover entiado forçou a madrasta a tranza com elecontosmeu marido quer fode meu cu mas to com medoconto do negao velho e pirocudorelatos eroticos forçadocontos eroticos de mulheres casadas que ja levou mijada na caracontos gay na marraescravo da esposa e da sogra - conto eroticobuceta toda escancarada putariacontos lesbica fui sedusida banheiro boatyminha sogra e meu sogro me convidou pra sexo a tres verídico contoContos erótico pombinha inchadacontos gay peguei meu amigo comendo um outroContos eroticos- meu pai me xingando no sexoAbusei minha prima contosContos eroticos casada na excursãover contos de lesbicasconto erotico gay no nordestemorena cor janbro deixan goza dentrominhas duas primas me chupando o palrelatos eroticos reais cornos impotentesdei meu cu pra um bebado desconhecido contos gaycontos eroticos de cornoscontos eróticos de bebados e drogados gaysenfiando as havaianas na boca contos eroticoscheguei da escola vi minha p*** s***** dando para o meu tio minha prima piranha s*****mulher chupando o pau do Felipe e as outras olhandocontos de crossdresser me seduziu e me fez puta