Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FINALMENTE MINHA ARIELA

Meu nome Nayara, sou bi, ja escrevi contos aqui antes, faço faculdade estudo numa cidade do interior de SP, sou magra, 1,68m, peitos pequenos. Para coversar sou super descolada, em assuntos de amor costumo ser mais reservada, mas quando quero muito que algo aconteça vou atrás até o fim!



Foi assim que finalmente consegui transar com Ariela! Não foi nada fácil. Nos conhecemos na faculdade e em pouco tempo ficamos amigas. Ela é mais gordinha, peitos médios e tem um sorriso lindo. Logo de cara comecei a sentir algo a mais por ela, mas sou péssima de perceber se as outras meninas são ou não lésbicasbis. Bom, fato é que comecei a desejá-la em segredo, sem saber se deveria ou não, pois nunca conversávamos desse assunto e como eu disse sou um pouco tímida. Até que fomos numa festa de formatura ano passado e uma menina de um grupo de amigas tentou chegar em mim. O nome dela é Silvinha, bem mulherão, gostosona, aliás ela curte mais homem, mas gosta de uma farra. Ela estava louca, bebada e eu não quis nada com ela. Quando fui até Ariela e contei que Silvinha deu em cima de mim ela desabafou que pegaria fácil a Silvinha! Foi o que precisávamos para começar a falar desse assunto!



E foram três meses nessa enrolação, no começo deixei no ar minhas intenções com ela, que se fez de boba. Depois acabei dando indiretas e ficou claro que era ela quem eu queria, não a Silvinha ou alguma outra. Mas ela sempre me tentava me dava corda sá que afirmava que não queria nenhuma relação amorosa comigo. Cansada desse jogo resolvi agir e pedi ajuda justamente para Silvinha! Iamos numa balada GLS e eu coloquei na cabeça da Silvinha que seria muito divertido nás 3 juntas. Ela é do tipo caçadora, que gosta de seduzir os outros. Aceitou na hora!

Aí na balada fomos chegando em Ariela que não desconfiava de nada, sempre fazemos essas brincadeirinhas de agarrar, mas dessa vez era a sério! Nessas fomos levando nossa "presa" para um canto, a Silvinha pela frente e eu por trás. Encostei as costas na parede e fizemos um sanduíche de Ariela. Silvinha começou a passar a língua loucamente por sua boca e a mão por suas cochas. Eu aproveitei para beijar o pescoço e apertar seus seios, sussurando no ouvido dela: humm como você é gostosa, agora não me escapa, você é minha. Isso ia enchendo ela mais ainda de tesão. Tinha momentos que a Silvinha parava de beija-la e vinha me dar umas linguadas também, por cima do ombro de Ariela. NUm desses momentos pedi a Silvinha que virasse nossa presa de frente para mim e ela obedeceu. Segurou firme Ariela e ficamos alguns segundos nos olhando, ela deu aquele sorriso lindo e cheio de tesão como se adivinhasse que eu tinha armado tudo. Quando nossas linguas se tocaram eu quase desmaiei de tesão, sorte q estava apoiada na parede. Sá conseguia segurar o rosto dela e beija-la, eu estava nos ceus. Silvinha até tentou interromper e voltar ao trio, mas não desgrudamos, pareciamos crianças quando encontram o brinquedo favorito e não largam mais.



Na volta estavamos meio sem graça de olhar uma na cara da outra pelo que tinha acontecido. Ela ia me levar pra casa, onde moro sozinha numa kitnet, foi dirigindo em silencio. Eu falei: nunca mais teremos essa oportunidade, temos que chegar nos finalmente! Dane-se o amanhã. Não precisamos ter nenhuma relação, hoje eu quero você! Ela disse: isso vai dar merda. Eu falei: já deu já! vamos, sobe comigo. Acho que por tudo o que tinha acontecido, ela devia estar com tanta vontade de transar que nem precisei insistir muito.



Subimos e fomos logo beijando, mas dessa vez faziamos tudo com mais calma, mais intenso, um beijo ardente. Ela tomou a iniciativa primeiro, me deitou de frente, chupou meus peitinhos ate arrancar gemidos de prazer, cheirou minha bucetinha, chupou, lambeu, colocou um dedinhos e foi bombando com delicadesa e precisão, nossas respirações estavam ritimadas e foram acelerando ate que veio a contração, gozei e ela imediatamente enfiou a lingua e chupou tudo meu melzinho, Uau, que tesão ver aquele sorrisinho safado me encarando. Nos recuperamos e comecei a ficar com receio de que eu não pudesse fazer aquilo tão bem quanto ela. Adoro a Ariela por que acima de tudo ela é a pessoa mais compreensiva que conheço. Logo me acalmou, segurou minha mão, abriu as pernas de vagar e disse: não é isso que você está querendo tanto há três meses? SIM! Finalmente ela era minha Ariela.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto etotico antebraco na vaginairmãozinhos safadinhos fazebdo safadesapapai descobriu contos eroticoscontos eroticos meu genro pausudo arregacou minha bucetaEliana vai almoçar com Maísa fode fode vai fode fode fode meu c*contos com injeçãomarido chupa rola do ricardao apos sua mulher dar o. cu pornodoido.comcomemos minha namorada contos eróticossubrinhocontoscontos eróticos gordinhasContos dei o cuzinho para a travesti fabiola voguelconto cacete grossominha primeira traição na academia contos eróticosContos chupando o cu do gordinhocontos eróticos cadela e putona famíliasincesto brincando com irmã de pig escondevaselina conto héteroContos eroticos de policiais sacanacontos eroticos gay troca troca na infancia com primos mais novoscontos eróticos de un gordo virgemconto nao guentei a pica de jumento choreicontos esposa quase nuaconto erotico dominando mãe e filhaquero uma buceta envolvendo meu pauconto erótico -brincando com os meninos no matinhocontos eróticos da casada cris devassa contos eroticos categoria estrupada por mas de umgozando na bucetinha apertada da cunhadinha que fica muito brabacontos eroticos pego gostoso o meu filho gueicontos eróticos,ai ai fode meterelato esposa safada na fazendamamado no papai contosencoxei minha tia peituda (contos).contos erótico com filhinhas das amigascontos eroticos de avó e netinha em uma viagemcontos gays sendo o viadinhos dos adultos que me humilhavamcu peidão conto gaycontos eroticos sogras com genros jeguecomendo amae domeuamigo porno leisbicomilitares gays pauzudos de são josé dos camposcabacinhocontoseroticomeu cliitores fica marcando a calcinhawww.dei a buceta com dez anos contoconto erótico minha mulher me ofereceu sua amiga travesticontos hot festa no iateComtos namorada fodida para pagar dividas do namoradoContos e roticos com gemeos i denticosConto porno de estuprada por pai da mim amigamenino de treze anos gostoso bundinha e cuzinho jeitoso contos eroticosContos comendo a surdaEngravidando conto Cornofui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticocontos minha tia viuva sua amiguinhacontos lesbica fui sedusida banheiro boatyconto esposa exibicionista sensual pra molekConto Erótico Primas putaspunheta pro sobrinho contos eróticosborracheiros p******** comendo v******* contos eróticos gaysfotos e videos de mulheres tomando banho etrocando de roupascontos eroticos que corpasso ,bunda coxas grossasconto de zoofilia de uma dona de casacuzinho de entiada contos veridicovizinha teen contocontos sexo minhas meninas do sitioContos eróticos molekas virgenscontos siririca com docecontos tirar leite eróticoscontos eroticos pega pegasou branca e sempre quis da aum mulato mas sou casada contos empregadinha contofui putinho do padre gaycontos gemi grita olha corninhoconto erotico meu amante e mega dotadocontos eróticos de comendo a tia e ela entregando as filhas gostosascontos eróticos brincando na piscinacontos safados purezaconto erótico pirocudo "primeira vez" + "casado"contos vendo a irma sendo fodida betinhaengravidando contos eroticos de incestoconto erotico minha esposa voltou cheia porra para casawww.contos de abusada desde pequena pelo tio no incestocontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandrosdia dos namorados incesto contowww contos eroticos carinha de anjovirei putinhacontos eróticos gay lambendo o cu do macho heteroporno doido filho comeno a sua mae baixinha peitudacontos meu filho dotado me acoxocontos gays seu tiaoconto gay dando na apostaContos eroticos : Aticei o porteiro e ele me pegou de jeitoeu entrei no banheiro e não sabia que a minha madrastra estava la e come. a xota dela