Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI MINHA SOBRINHA EM SAUÍPE

Tenho 40 anos es sou advogado em São Paulo, mas tenho muitos negácios na Bahia e viajo muitas vezes a Salvador. Em uma dessas viagens em que passaria 2 semanas recebi um telefonema de Carla 22 anos lourinha 1,70 m, sobrinha da minha esposa que estuda jornalismo, pedindo para que eu acompanhasse em uma reportagem a uma praia na Linha Verde, proxima a Salvador. Achei estranho que me pedisse o maior segredo. Concordei e disse que faria uma reserva para nás dois em Costa do Sauípe.

Tudo acertado peguei-a sábado logo cedo e fomos direto para Sauípe. No caminho Carla me contou motivo de tanto segredo. A praia que ela queria ir chama-se Massarandupiá e é uma praia de nudismo. O seu noivo não concordou em ir e ela queria ir não como reporter mas sim como uma frequentadora ela queria contar com a minha ajuda.

Você quer que a gente vá nu, pelado à praia? - perguntei.

Sim, mas é um segredo nosso. Ninguém vai saber. - respondeu Carla

Diante disso quando chegamos no hotel fui rapidamente a recepção e pedi que colcassem 1 cama de casal em vez de 2 de solteiro como havia solicitado antes. Percebi que aquele fim de semana seria especial.

Fomos à praia. antes de chegarmos a praia prenchemos um pequeno formulario e entramos numa área de adpatação. Nela as mulheres fazem topless e os homens ficam de sunga. Carla tirou o soutien do biquini, deparei com dois belissimos seios fartos de biquinhos rosados e uma marquinha deliciosa. Fiquei de pau duro na hora. Caminhamos mais um pouco e chegou a hora de tira toda a roupa. Carla tirou o short e depois a calcinha. Sua xoxotinha bem aparadinha, sem excessos era um convite a um chupada. Tirei a minha sunga, Carla riu pois eu estava de pau duro. Ela disse: - O que é isso, tio Bob? Fiquei meio sem graça mas depois fui me acostumando. Passamos o dia na praia e Carla se enturmou com algumas pessoas do modo como queria, me apresentou como namorado apesar da diferença de idade, acho que todos acreditaram.

Já esta escurecendo quando voltamos e Carla se mostrava animada com as conversas e dizia que publicaria isso e aquilo etc. Chegamos no Hotel Sofitel Suites, que tem uma cama de casal king size, enorme. Mas eu não sabia como abordar Carla, visto que o meu tesão por ela estava enorme. Fui tomar banho e não conseguia tirar a sua imagem todinha nua da minha cabeça, enquanto na sala Carla fazia anotaçoes para a sua reportagem. Saí do banho enrolado numa toalha e deitei na cama. Carla entrou para o seu banho e cerca de 30 minutos depois, saiu do banheiro para o quarto completamete nua, apenas com uma toalha enrolada nos cabelos como se fosse um turbante. Ela disse que havia gostado de andar nua e veio se deitando ao meu lado. Tirei minha toalha também e fiquei nu. Eu pedi que ela me desse um presente pela reportagem que eu propiciei a ela. Carla respondeu: Tudo bem,tio. E aproximou a sua boca e me beijou enquanto que suas mãos passeavam no meu cacete. Ela foi me beijando e caiu de boca chupando o meu pau. A excitação guardada desde pela manhã me fez explodir num gozo que ela sorveu por completo sem perder nenhuma gota. Carlinha então se posicionou com sua xoxotinha na minha cara e pediu: - Me chupa tio... Chupei aquela xotinha de 22 aninhos e o seu mel escorria na minha boca. Já de novo de pau duro coloquei Carlinha de quatro meti gostoso naquela bucetinha, fodi gostoso. Carlinha gozou e eu também. Ficamos mais um pouco abraçados e apás me recompor Carla pediu para meter no papai-mamãe. Arreganhei as suas pernas e enfiei meu pau. sentia Carla gemendo de prazer e sentia meu pau todo dentro dela e a sua bucetinha pulsando de prazer. Gozamos mais uma vez.

Saímos para jantar na volta começamos novamente a tirar a nossa roupa e comecei a roçar meu pau na sua bundinha roliça. Sussurei ao seu ouvido: Quero comer seu cuzinho. Ela disse que tinha medo. Prometi todo carinho. Ela empinou a sua bundinha, passei um lubrificante no seu buraquinho e no meu pau. Fui enfiando devagar. Notei que ela não tinha experiência pois se contraía o tempo todo. Pedi que relaxasse. Com jeito enfiei todo o meu pau no seu cuzinho. Carla relaxou e mais uma vez gozamos. Atualmente como minha sobrinha todos os meses.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico chupa greloConto erotico minha tia coroa s fazendeiraamigo emrabando o outro contoconto erotico buceta gostosa crente safadafilme pornô minha prima gravata preta para mimConto de putaria com todos os machos da favelamulher do irmão acaricia pica de outrocontos eroticos fui cumida a traz do salão da igrejadando o cu no cine arouchecontos eroticos Supresan bate papoconto menor me comeucontos eróticos mamãe meteu uma cenoura em minha bucetinhaFamília contos eróticosContos Eróticos de. Como Dei Para o Amigo do Meu Filhoeu.tinha.cinco.anos.e.ja.dava.o.cu.pro.meu.primo.contos.prpibidostomando injeção com fio dentalcoki a amiga da esposa contosConto erotico dotado no vilarejoconto erotic pegand a calsinha da sogranetinha safada adora sentar no colo do vovô contos eroticosno cu nunca mais contoscontos eróticos gays cavalgando no padrinhose masturbar antes de durrmi faz bemesposa ruiva f***** pelo negão contosconto tia pelada em casacontos de rasguei o cuzinho da minha avómulher louca de tesão gozando no peito na boca o dedo na bocacontos eróticos vovó me comeuConto ui ui mete paizinhocontos eróticos de filho com sua mãexvidio amaciando a esposazoofikia contis eriticos homem aosixonado pela eguaContos eroticosBuceta grandecontos erotico com minha sobrinha mais novaconto vesti as roupas da minha madrasta e ela me fagrouFesta da buceta em lagoa da pratacontos eróticos de travestistaradoconto erotico enrabadocontos eróticos ajudei minha tia limpa a casaconto erotico chupando pau desde cedocontos lesbico meus pais viajaramcontos eroticos infanciaconto adoro cu de casadadando/o cabaço pro titio conto exitanteContos afeminado c shortinho socadocontos eroticos fudendo a mae travesticonto arebentarao meu cu meumaridoxvidio tinho berbado asubrinha fica taradacontos esposa nua frente familiaemprestei minha esposa putariacontos.virei travesti pela drogameu marido fez eu ultrapassar tds os limites contos pornosas mulher freira depilando o priquito no conventocontos incestuosos pai fudendo. a filhacasada e carentecontos eroticos homem casado dando para o primocontos eroticos enfermeira saco peito grandeContos eróticos no banheiro da escolacontos eroticos com cavaloscontos erotico na prisãominha mae é a mulher do meus amigos contoscontos eróticos um cavaloconto mulher casada rabuda dei pedreirocontos necessitava de rolamenina sapeca danada enganou todos contos eroticoscontos gay assediado por causa do corpinhocontos eróticos vovóconto erotico tarado comendo buceta da cabrita no.zoofiliacomo fazer gozar uma baixinhapatroa dando a buceta pro vendedor ambulante contos eroticosmãe, filho, beijo na boca, excitado, biquini praia seios beijo boca camisolsFui estuprada com penis de borracha contocontos eroticos seduzi meu cunhado e tomei sua porracontos eróticos orgasmo no ônibuscontos eróticos frio chuvacontos eróticos de gay O Coroa me deu a bundinhacontos d flanelinhas fudendo pesado com mulheresContos eróticos tia deixa sobrinho gozar na bucetagostosas de caixote apertadinhacontos reais de casais iniciando no swing