Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI MINHA SOBRINHA EM SAUÍPE

Tenho 40 anos es sou advogado em São Paulo, mas tenho muitos negácios na Bahia e viajo muitas vezes a Salvador. Em uma dessas viagens em que passaria 2 semanas recebi um telefonema de Carla 22 anos lourinha 1,70 m, sobrinha da minha esposa que estuda jornalismo, pedindo para que eu acompanhasse em uma reportagem a uma praia na Linha Verde, proxima a Salvador. Achei estranho que me pedisse o maior segredo. Concordei e disse que faria uma reserva para nás dois em Costa do Sauípe.

Tudo acertado peguei-a sábado logo cedo e fomos direto para Sauípe. No caminho Carla me contou motivo de tanto segredo. A praia que ela queria ir chama-se Massarandupiá e é uma praia de nudismo. O seu noivo não concordou em ir e ela queria ir não como reporter mas sim como uma frequentadora ela queria contar com a minha ajuda.

Você quer que a gente vá nu, pelado à praia? - perguntei.

Sim, mas é um segredo nosso. Ninguém vai saber. - respondeu Carla

Diante disso quando chegamos no hotel fui rapidamente a recepção e pedi que colcassem 1 cama de casal em vez de 2 de solteiro como havia solicitado antes. Percebi que aquele fim de semana seria especial.

Fomos à praia. antes de chegarmos a praia prenchemos um pequeno formulario e entramos numa área de adpatação. Nela as mulheres fazem topless e os homens ficam de sunga. Carla tirou o soutien do biquini, deparei com dois belissimos seios fartos de biquinhos rosados e uma marquinha deliciosa. Fiquei de pau duro na hora. Caminhamos mais um pouco e chegou a hora de tira toda a roupa. Carla tirou o short e depois a calcinha. Sua xoxotinha bem aparadinha, sem excessos era um convite a um chupada. Tirei a minha sunga, Carla riu pois eu estava de pau duro. Ela disse: - O que é isso, tio Bob? Fiquei meio sem graça mas depois fui me acostumando. Passamos o dia na praia e Carla se enturmou com algumas pessoas do modo como queria, me apresentou como namorado apesar da diferença de idade, acho que todos acreditaram.

Já esta escurecendo quando voltamos e Carla se mostrava animada com as conversas e dizia que publicaria isso e aquilo etc. Chegamos no Hotel Sofitel Suites, que tem uma cama de casal king size, enorme. Mas eu não sabia como abordar Carla, visto que o meu tesão por ela estava enorme. Fui tomar banho e não conseguia tirar a sua imagem todinha nua da minha cabeça, enquanto na sala Carla fazia anotaçoes para a sua reportagem. Saí do banho enrolado numa toalha e deitei na cama. Carla entrou para o seu banho e cerca de 30 minutos depois, saiu do banheiro para o quarto completamete nua, apenas com uma toalha enrolada nos cabelos como se fosse um turbante. Ela disse que havia gostado de andar nua e veio se deitando ao meu lado. Tirei minha toalha também e fiquei nu. Eu pedi que ela me desse um presente pela reportagem que eu propiciei a ela. Carla respondeu: Tudo bem,tio. E aproximou a sua boca e me beijou enquanto que suas mãos passeavam no meu cacete. Ela foi me beijando e caiu de boca chupando o meu pau. A excitação guardada desde pela manhã me fez explodir num gozo que ela sorveu por completo sem perder nenhuma gota. Carlinha então se posicionou com sua xoxotinha na minha cara e pediu: - Me chupa tio... Chupei aquela xotinha de 22 aninhos e o seu mel escorria na minha boca. Já de novo de pau duro coloquei Carlinha de quatro meti gostoso naquela bucetinha, fodi gostoso. Carlinha gozou e eu também. Ficamos mais um pouco abraçados e apás me recompor Carla pediu para meter no papai-mamãe. Arreganhei as suas pernas e enfiei meu pau. sentia Carla gemendo de prazer e sentia meu pau todo dentro dela e a sua bucetinha pulsando de prazer. Gozamos mais uma vez.

Saímos para jantar na volta começamos novamente a tirar a nossa roupa e comecei a roçar meu pau na sua bundinha roliça. Sussurei ao seu ouvido: Quero comer seu cuzinho. Ela disse que tinha medo. Prometi todo carinho. Ela empinou a sua bundinha, passei um lubrificante no seu buraquinho e no meu pau. Fui enfiando devagar. Notei que ela não tinha experiência pois se contraía o tempo todo. Pedi que relaxasse. Com jeito enfiei todo o meu pau no seu cuzinho. Carla relaxou e mais uma vez gozamos. Atualmente como minha sobrinha todos os meses.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos senhora bunduda com celulitescontos eroticos filhocontos de sexo anal bissexual com mulheres gordas comendo marhega gotosapeguei minha sigra dormindo sem calcinha e meti a pica nelacontos eróticos surpresa travesticonto tia velha safadaconto viadinho dadeirocontos de cachorro pau grande e grossominhamulhere meucachorrofiquei de 4 e ele montou socando xingandome disse que babava muito conto gaypai que fica rosado.o pau na buseta da filha bebadaGoiânia conto local cu borracharia gaycontos amor gayConto erotico sou morena clara evangelicacontos meu chefe me comeu e minha filhachupou tio i phonehistorias heroricas comi o cu da minha filhacontos bebe safadaContos gays amante do tio velho desde de pequeno adoro vpu casar com elecontos velho comendo novinha casadaconto travesti me enganoucontos eroticos currada garganta profundacontos eroticos minha esposa fodendo com meu sobrinho menor de idadecontos eróticos de bebados e drogados gaysf****** e chupando pela primeira vez seu namorado na estrada desertaconto irma dormindocontos eroticos de incesto: preocupada com meu filhohistorias zoofilia de muhleres com cavaloscoroas fudendo em cima da arvoremeu padrasto me estrupo ranco meu cabaco do cuzinho e buceta quando eu era novinhaContos erotico como minha cuinhada mais velha de 45anos.Contos eroticos teen biContos eroticos-Empregada se vingando da filha do patraocontos eu minha esposa e um viadinhocontos eróticos de mãe ajeitando a filha para o pai comer na frente delavideoo porno da bundona de chorte de burmicontos eróticos mulecadatitio me fez gozar com shortpernas grossas dosexoconto como aguentei 25cms no cucontos eroticos flagrei minha namoradaminha mae me ensinou a ser putinha/contossmeu cachorro gostoso viril zoofilia históriascontos veridicos por garotas teensconto gay cu de sobrinhoContos dei o cuzinho para a travesti fabiola voguelcontos sou angolano nunca comi um cu tenho um pau grandeconstos eroticos tias bucetudas e sobrinho caseetudosEliana vai almoçar com Maísa fode fode vai fode fode fode meu c*contos porno deixei o negrinho comer o rabao da minha mulhermeu irmao tirou minha virgindadecontos de relatado por mulher de corno e viadocontos dei pro meu padastrohomem interra tudo na buceta inxada da sua cadelaminha coleguinha me chamou pra comer o cuzinho na casa delavideos de meninas fudedo co casorogozei no copo e dei pra minha tia bebeu contoscontos gays seu tiaotirando o short da menina etrepandoContos eróticos incesto teens tomando banho com meu paiminha mae me prostituia conto eroticovides gay dopando amigo pra chupa-lo e tranzartransando com a interna contosa vovo gostosa conto eroticocontos eroticos sonho americano 2fui enrabada na frente do meu marido/contoseu vi minha nova vizinha casada com seu amante eu tirei fotos dela com seu amante eu fiz chantagem com ela conto eróticoxvidios pomba i gala no cu do irmazinho gaychamei meu vizinho bem novinho fudi o rabinho dele contosbucetas carnudas grandes beicos casadas cornoscontos eroticos mãe gostosacomeu mae e enteada contoscontos fui faser a obra du meu tio arobei sua mulherMenina curiosa indo no circo pela primeira vez contos eroticosContos eroticos ai mo seu pau ta me matando mete ai ai deliciosa aiiesposa bebada na fudelancia na ilha contoContos eróticos bdsm Ele costurou minha bucetaContos de metidas nos cuzinhos inocentescontos relatos eróticos mamãe exibicionistacontos de corno meu tio engravidou minha esposamulher casada crente relata que da o cu para outro/contos recentesx video.com madrasta me mandou eu lamber o seu cuzinhome chamou de arrombado dotado conto gaycontos dei para meu neto pauzudocontos de sexo gay especial entre primoscontos eróticos de empregadas