Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TREPANDO COM O ENTREGADOR DE PIZZAS

Um entregador de pizzas, já tinha me beijado, lambido e chupado a boceta na garagem aqui de casa e que tínhamos combinado que iríamos para o motel juntamente com o meu marido e fomos. Foi numa quinta feira a noite, ele estava de folga e a esposa dele de plantão no posto de saúde onde trabalha como enfermeira. Ele me ligou por volta das nove e meia da noite e eu confirmei que as dez horas, eu e meu marido o estaríamos esperando em um posto de gasolina onde poderia deixar a moto dele. Ás dez horas pontualmente ele chegou. Estacionou a moto e entrou em nosso carro me cumprimentando com um beijo no rosto e dando um boa noite para o meu marido.



Meu lindo corninho antes de ir para o motel resolveu ir até uma conveniência para comprar cigarros, camisinhas, e enquanto isso, eu e ele ficamos dando uns amassos dentro do carro fazendo um esquenta. Eu usava um micro vestidinho azul com uma tanguinha vermelha por baixo, sandálias de saltos altos nos pés e batom vermelho nos lábios combinando com a cor do esmalte das unhas dos pés e das mãos. Ele me acariciava os seios e me beijava gostosamente. Quando o meu marido chegou e nos viu nos amassos ele falou: “Amorzinho, pule pro banco de trás e aproveite que ainda é cedo e vou dar umas voltas pela cidade.” Eu nem acreditei.



Meu maridinho corno rumou para o centro da cidade fazendo questão de deixar o vidro do carona abaixado e enquanto ele dirigia, eu e o Celso, nos esbaldávamos no banco traseiro do carro, que tesão. Meu marido pegou a rua 19 de julho que estava movimentada e se dirigia para a área central de Campo Grande-MS, em velocidade lenta, como querendo que outras pessoas nos vissem naqueles amassos. O Cleso havia se sentado bem no meio do banco traseiro e eu me sentei no colto dele e sentia a sua língua me lambendo os seios com o meu vestido já abaixado. Como eu fiquei com a bunda quase junto do meio dos bancos dianteiros, o meu marido me acariciava nela, que delicia. Quando ele parou no sinal vermelho da rua 19 de julho, esquina com a avenida Afonso Pena, eu me ajeitei e o Celso me tirou a tanguinha, que doideira.



Me recostei na lateral do carro com as pernas abertas e o Celso caiu de boca nos meus joelhos, coxas e boceta, nossa, como ele me chupou gostoso ao mesmo tempo que enfiava o dedo no do meio da sua mão direita no meu cuzinho, que tarado. Quando gritei que tava gozando o meu maridinho me mandou tirar a bermuda dele e chupar o pau dele, eu obedeci no ato. Toda melada com os meu gozo escorrendo pro meu cu, eu me posicionei me deitando no colo do Celso e apás tirar a sua bermuda, deixando ele peladinho, cai de bocas no seu pau e no seu saco com as duas enormes bolas. Do jeito que eu chupava o seu pau eu ainda, apertava as bolas. O Celso gemia e delirava de tesão jogando a sua cabeça para trás enquanto o meu marido me incentivava a chupá-lo bem gostoso. O Celso me falou que tava pra gozar e meu marido me mandou parar de chupa-lo e sem deixar de dirigir e ir me dizendo o que eu tinha que fazer, ele me mandou ficar de quatro pro Celso me meter, foi incrível.



Fiquei de quatro me apoiando no banco do carona da frente e o Celso se posicionou atrás da minha bunda abrindo ela e enfiando a sua língua no meu cu para em seguida, encostando a cabeça do seu enorme e duro cacete nos lábios da minha boceta, aos poucos, de forma carinhosa, ir enfiando aquela delicia de pau na minha xoxota. Quando ele colocou todo o pau dentro da minha boceta, ele me segurou nos quadris e mandou ver com vontade e eu comecei a gemer de tesão a cada estocada que ele me dava e gemia olhando pro meu marido que dirigia calmamente pela avenida Afonso Pena. Eu gemia alto, meu corpo delirava a cada metida forte que o Celso me dava com o seu duro cacetão na minha boceta. Me lembro que quando estávamos passando em frente ao Shopping Center Campo Grande, o Celso me apertou com mais força os quadris e berrou que ia gozar, foi uma loucura. Eu e ele, gemendo feito dois tarados gozamos gostsamente, eu no pau dele e ele na minha boceta, foi uma delicia.



Não demorou e senti a sua porra escorrer pelas minhas coxas e sem demora me virei e comecei a limpar o seu pau engolindo o restante de porra que o seu pau expelia. Quando terminamos de gozar o meu marido que estava enlouquecido de tesão por me ver ser comida enquanto ele dirigia, parou o carro num hot dog onde tomamos cada uma latinha de cerveja, fizemos um lanche leve e depois que eu e o Celso no refizemos, saímos novamente a andar sá que desta vez o Celso me comeu o meu cu e depois, esporrou gostoso na minha boca, foi uma noite maravilhosa e acabamos nem indo pro motel como tínhamos combinado. Agora iremos repetir daqui uns dias essa trepada dentro do nosso carro mas em um local com bastante movimento. Não vejo hora de repetirmos essa brincadeira. Meu msn é [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minha irmanzinha gost fica olhando eu bater aquela ponheta no banhocontos erotico de maes que se ajuntou com a filhaconto esposa tioconto erotico a buceta enorme da minha esposaContos eroticos mostrando a xota na livrariapediu pra ver a buçeta da aniginhaconto erotico neide safadinhame mesturbei no banheiro e agira?conto erotico gay colo tiocontos eroticos traiçaorabinho impinadinho em fio dental da irmacomi minha tia conto realistacontos evangélicacontos erotico mendigocontos eróticos de padrasto comendo enteada ainda bem pequenacontos eróticos gay Proibidos - Desde Cedo no meu maninhodomindo sentir o dedo do meu tio na minha bucetaela me contou que estava toda assada de fuder a noite todavelhinho roludo comeu minha namorada contos iniciantestravesty bonita cimasturbandconto erotico praia em familiacomi minha tia conto realistaconto erotico cumi avelhinha da logacontos.gozou na mendigacontos transformei minha esposa numa puta dos colegasmulher safada do meu amigo deu uma calcnha usada p mim cheirar contos eroticoswww.contoseroticoscabacochantagem contos eroticosrelatos eróticos reais novinha primeira vezconto erotico sequestro de patricinhahomens apanhados a pila na maocontos cunhada crentemulheres damdo a nisetaelena senta na pica duracontos teem dei o cuconto uma viagem muito gostosacontos de mulheres q se masturbamcontos com sogras acima de 50anos pornôconvencimeu marido a ser cornoconto erotico princesa aronbada na favelacomi a filhinha conto eróticosex zoo com o cão fora do normal no doti doce nanda trepando e dando gostosinho contos eroticoshistoriasexcitantes dei pro chefe do meu namorado contos eróticos minha buceta aregacada entregou que traicontos/o cu da sogra era virgemconto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogroas mais linda esguichada na punhetaconto erotico o soldado arrombou minha bucetacontos eroticos gay na boleia de caminhãocontos eróticos putinha na madrugada na ruaContos eróticos de norawww.contos de incesto deixei meu tio chupar minha bucetinhagozarnopeitomulherminha novinha tarada contofotos de relatos de nora transando com sogro no sul da Bahiacontos eroticos minha tia tomando banho de solcaralhudo contocontos eróticos comendo as Vizinhas ciarececontos eroticos gays excitantesComto pego em fraganteLingua na buceta contoscastigando a patroa na ruacontos/como mamei meu primeiro caralhovoyeur de esposa conto eroticovideos zoofilia cavalos gozando na bucta epenetrandodedada esposa corninho rindo otário contocontos-gays fui arrombado por um bombeiro no moteleu ja comia Minha filhinha decidir compatilhar ela contos eroticoscontos er safadoBuceta cabeluda em contoscache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"um pivete me engravidou contosconto erotico mãe flagra oamiguinho do filho batendo punheta e chupa eleconto erotico cumi avelhinha da logaContos sou travesti muito puta mamarcontos eroticos "recatada"contos eróticos corno mansocontos de meninas safadinhacontos eroticos na bundinhacontos minha enteada minha amantexoxota toda ardida com a madeira dentrocontos eróticos estupradatenho maior tesão pela minha tia velha contos eróticosXupano apiroca doirmao sentada novazo dobanherocontos eroticos de sogra carentefui trabalhar e meu marido usou minha calcinha fio dental contoscontos eroticos de carona a pai e filhavelhas gordas de 90kg nuascontos eroticos enquanto trocava a lampada ela me chupava