Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NOSSO PRIMEIRO MENAGE

Olá. Irei contar como foi nosso primeiro menáge com um amigo. não falarei nossos nomes por questão de segurança, mas todo o resto são fatos reais de nossas vidas. Mas antes uma breve apresentação:

Namoramos a mais de 6 anos. Tenho 25 anos, empresário, branco, loiro, olhos azuis 1,83 m, 85 kg, corpo atlético, muito bonito de rosto e um dote de 21cm (convenhamos que é um dote de comedor e não de corno, mas gosto de ser corno, isso não se escolhe, apenas sentimos). Ela têm 27 anos, advogada, branquinha demais, loira, olhos castanhos claros, 1,62 m, 54 kg, corpo torneado com curvas bem femininas, linda de rosto e uma xotinha rosinha carnuda que deixa qualquer um maluco de tesão e quando fica molhada, ou melhor, encharcada, mata do coração!

Pois bem, sou apaixonado na minha namorada e vice-versa, temos um relacionamento muito franco e já fizemos muitas loucuras juntos. Porém, a uns 3 anos atrás nossa vida sexual ficou muito repetitiva e eu estava sentindo que tinha que inovar de alguma maneira, logo fui em busca de coisas novas na internet para apimentar nossa relação. foi ai que conheci o menáge, o swing, o exibicionismo e outros. Até então tudo eram apenas palavras que já tinha escutado e sabia o que eram muito superficialmente. Mas tudo começou a mudar quando me cadastrei em um desses sites de swing e passava horas lendo matérias sobre o assunto e vendo fotos de casais que pareciam estar adorando o que faziam. Era marido de uma comendo a esposa do outro, era esposa dando para o amigo do marido sob seus olhares, era esposa transando com vários ao mesmo tempo mais o marido. Tudo muito novo e esquisito até então pra mim, pois tanto eu como minha namorada somos de famílias tradicionais do interior de Minas e isso nunca passou pela nossa cabeça e eu não consegui entender também como um homem deixava sua esposa transar com outros, ainda mais na sua frente.

Fiquei com aquilo na cabeça e fui abrindo minha mente, imaginando minha namorada branquinha e delicada transando com vários outros homens, homens estes conhecidos ou não, ex-namorados que ela teve um de cada vez, todos os "ex" juntos e eu olhando, amigos meus, etc. Aquilo me despertou um tesão que jamais havia sentido e queria compartilhar deste tesão com ela.

Um dia no meio de uma transa, quando ela já estava com muito tesão, toquei no assunto falando pra ela imaginar que havia outro homem transando conosco, que enquanto um a comia bem forte ela chupava o outro com vontade. No primeiro instante ela ficou surpresa com minhas palavras, mas depois que continuei falando as sacanagens e dei o nome de um ex dela, que ela amou muito, ao tal cara. Dava pra perceber em sua expressão que o seu tesão havia se multiplicado infinitamente. Depois de gozarmos como nunca havíamos gozado, conversamos sobre o assunto e ela disse que isso era bom sá no pensamento, que não estava preparada AINDA para essa experiência. Esse "ainda" soou como música em meus ouvidos. Sabia que logo ela estaria pronta, pois iria trabalhar esse pensamento com ela.

A partir daí, quase todas as nossas transas tinha alguém a mais na nossa imaginação. Logo ela foi se soltando mais e mais. Decidimos juntos e montamos um log onde ela sá se exibia totalmente nua em poses muito sensuais e recebia propostas e mais propostas por ser muito atraente. Ela adorava receber aqueles elogios sacanas. Mas o elogio que realmente fez a diferença foi ao vivo e de um amigo meu de infância que não via a anos e que agora morava sozinho no Rio e estava forte e viril como nunca. Quando eu o apresentei à ela, na maior inocência, o safado já foi se atirando e dizendo: O prazer é toooodo meu Lara, o Gui têm muita sorte de ter uma mulher com rosto de anjo num corpo de deusa assim como você! Os dois trocaram olhares por um instante, ela agradeceu olhando dentro dos olhos dele e dizendo: Obrigada, é que existem homens que merecem isso e muito mais. Percebi que ela ficou ligeiramente constrangida com a situação por eu estar perto mas percebi também que adorou tal elogio. E para meu espanto não fiquei puto, pelo contrário, até gostei. A noite quando estávamos transando nem toquei no nome de meu amigo para ver se ela falaria alguma coisa. Ela não falou sobre nada do ocorrido, mas tinha certeza que estava pensando nele, pois estava com um fogo que nunca tinha visto e quando fui falar aquelas bobeiras que falamos enquanto trasamos, ela na mesma hora mandou eu ficar quieto e meter forte até o talo, empurrar tudo. Foi ai que tive certeza que realmente estava pensando nele.

Passado uns dias meu velho amigo teve que voltar ao Rio, mas antes de ir nos fez o convite para visitá-lo quando quiséssemos. Não perdi tempo e na semana seguinte liguei para ele avisando que iríamos no final de semana e que tinha uma surpresa para ele. Apenas na quinta-feira, um dia antes de ir ao Rio, que avisei a Lara que iríamos no dia seguinte, ela quase teve um treco, mas topou de primeira.

Chegando ao Rio arrumamos nossas coisas num quarto que ele havia emprestado pra gente e logo saímos os 3 para um bar para bater um papo. A noite estava maravilhosa e a cada gole de chopp mais desinibidos nás 3 ficávamos. Lara parecia ser amiga dele a anos, rolou muita afinidade entre os dois, era elogios de ambas as partes de 5 em 5 minutos. Resolvemos voltar logo pra casa dele. Chegando lá dava pra ver na sua cara que ele estava louco pra comer minha namorada de todas as maneiras e que Lara também queria transar com aquele meu amigo saradasso a noite toda. Mas não deixei nada disso acontecer por mais louco de tesao que eu estava também, segurei a onda e joguei um balde de agua fria em todo mundo chamando a Lara pra dormir. Tranquei a porta e deitei na cama, logo ela veio toda se querendo pro meu lado, mas não fiz nada, apenas dormir. Lágico que fiz tudo isso na intenção de nás 3 ficarmos a ponto de bala e tesão acumulado, pois no dia seguinte seria o grande dia.

Acordamos bem cedo e fomos a praia os 3, ela colocou um bikininho indescente sá para provocar nosso amigo. Deitava de bruço pra tomar sol virada pra ele além das aberturas de perna que dava as vezes. Eu procurei me ausentar ao máximo dali, buscando cerveja e dando umas caminhadas para deixar os dois bem a vontade. De repente quando chego com algumas cervejas pra gente, vejo ele passando protetor em toda suas costas e até mesmo no bumbum. Fiquei maluco com aquilo.

Voltamos pra casa, no fim da tarde e pegamos no sono. Quando acordei lá pelas 8:30 e todos estavam dormindo resolvir botar um dvd e assistir um filme no nosso quarto enquanto ninguem acordava. Logo no começo do filme Lara acordou e ficou assistindo abraçada comigo, estava frio por causa do ar, e apenas o lençol nos cobria. Ela usava um babydoll instigante e aquela situação começou a me dar tesão. De repente vejo a porta do nosso quarto se abrindo devagar, era meu amigo: - Ué, estão acordados?! Respondi que acordei a pouco e resolvi ver um filme e acabei acordando a Lara também. Então perguntei se ele queria ver com a gente. Lara me olhou meio espantada, mas já estava imagnado oque poderia acontecer.

Ele se deitou do outro lado da cama, com a Lara no meio de nás. Como a cama não era muito grande tivemos que ficar bem juntinhos. Percebi que Lara ficou inquieta algumas vezes, mas não sabia por que, sá depois que ela me contou que ele ficava alisando suas coxas e bunda por debaixo do lençol. Aquela inquietação da lara foi me deixando com mais tesão, pois não vi oque estava acontecendo, mas podia imaginar com perfeição.

Foi ai que percebi a mão de nosso amigo alisando sua calcinha e que ele havia colocado um dedo dentro daquela bucetinha encharcada de Lara. Para deixar os dois mais a vontade fui para o banheiro da suite e deixei a porta entreaberta e fiquei vendo tudo oque eles faziam. Foi sá eu sair que ele colocou o pau dele pra fora e começou a passar na bucetinha dela, ela não resistiu e deixou entrar. Ele ficou bombando com força nela de ladinho enquanto agarrava seus cabelos e beijava sua boca, aquilo me deixou em êxtase e percebi que era a hora de participar. Então fiz uns barulhos no banheiro dando a intender q ia sair. Quando sai eles estavam cobertos na mesma posição quietinhos e dava pra perceber que ele não tinha tirado o pau de dentro dela ainda. Me deitei do lado dela e comecei a alisar seus peitos e coxas enquanto a beijava, quando coloquei minha mão no grelinho dela senti o pau dele dentro ela. Joguei o lençol pra longe pegando os dois no flagra. Foi ai que falei: Comi minha namorada como você nunca comeu ninguém enquanto eu a chupo toda. Na mesma hora ele começou a meter como um maníaco e ela a gemer como uma vadia.

Transamos acho eu com todas as posições possíveis a noite toda.

Na manhã seguinte acordamos os 3 com um laço afetivo muito maior. De lá pra cá nosso amigo se tornou companheiro assíduo de nossas transas. Depois das outras.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Tudo q uma puta deve fazer na camavaselina conto héteromeu pai e meu irmao me comeram contos eroticospai minha vi de calcinha e contosContos eroticos de mulheres sendo abolinadas no onibus lotadosconto negao cuidou do meninoConto erotico fazendo meu irmao vira um tranvestiFomos a um churrasco bebemos muito e aí rolou contos eroticosvistorias eroticas de zoofiliaUm professor gay fode sim com um aluno com o pau doro na bocacontos erotico d fui dormi so d calçinha com papai me ferreiCONTOS EROTICOS DE.BUCETAS ARROMBADASConto erotico meti tanto q sangrouMuller casada quer jumento para me ter nelacontos pornos passando gel aquece na bucetacontos da minha mulher tomando banhovideo porno de anos gozando dento e escorredomulheres loira amazonense traindo fazendosexocontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandroscontos eroticos a sogra regina parte 2titio pedia q eu sentasse no seu colo e fazia cariciascontos de coroa com novinhocontos eronticos sou crente mais minha buceta vivi picandocontos eróticos devemos dividir o mesmo quarto com um casal de amigocontos ninha cachorra chupou minha bucetamulher sentada e retando calcinha para homen ver sua bucetacomi minha mae no caminhão do meu pai contos incestosconto erotico humilhei meu maridoconto gay troquei cu por empregocontos eróticos comi minha amiga skatistacontos eróticos traição com garoto exepionalcolocando devagar na bundinha vestidinhoemcabeçando no cu bucetaMulher deixado melar tudo encima da buceta peludadeusa de ebano com uma bunda maravilhosaConto irmaos gemeos de 15 outro 18 novinhoswww. brasileiras provocando com olharesde safadas pornocomendo cu tia 57anosreais conto de incesto mamae mi deu pro pai e irmao mi comerconto erotico bolinada na infanciacontorcendo de prazer mulher com mmulhermeu tio me comeu meu cuso punhetinha contoscontos com fotos tia e sobrinho baixinho realcontos erotico, quatro travesti me estruparamcontos eroticos fui estupradaContos gay studio fotograficocontos eróticos, esposa na praia de nudismo , bronzeadortroca troca de homens adultos contosmenininhas 10 aninhos fudendo contossexoc erotico metendo com a molecadaconto sem calcinha a troco de docecontos transando com a minha cunhada fernandacontos eróticos de padrasto comendo enteada ainda bem pequenacontos meu marido ajudou amigo dele me comercontos minha mulher transava e me beijavacontos ,chuparam tanto meu pau até ru gozar na bocaContos pornos novinhas em gang bang c negros dotados de penis grande e grossoContos dormindo com juninhoMinha noiva exibida e gostosa na academia - Contos Eróticosesposa novinha gostosa dominada por velho roludo contos eroticosseduzindo o colega hétero parte 2Acordei com o pau dentro da minha bucetaaprimeira coroa que transei vou contar como aconteseuContos casado com travesti mas ele fudia com todos d familiagozei na nora dormindo contosliberei minha noiva loira pra dois contosconto erótico gay com muito estuprocontos incesto comendo minha maecontos de coroa com novinhocontos eroticos trave x hconto etotico antebraco na vaginamenino gay inocência perdida porno