Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DIÁRIO DE UMA CADELA - UM DIA DE CIO

Diário de uma Cadela – Um Dia de Cio



Depois da minha primeira cruza com Pingo e Ruan me sentia mais confiante para exercer minha função, agora tinha um emprego que gostava e gozava que mais uma mulher de 28 anos poderia querer? Bem pra quem ainda não me conhece sou Lila trabalho no Hotel de cães onde minha mãe tem sociedade com Sandra. Amo engatar com dogs e por isso trabalho aqui como “Cadela de Cruza” dando uma força pros meus amigos peludos!Tenho olhos e cabelos negros, 1m60 e vivo no cio como qualquer cadela que se preze deve viver...

Na mesma semana quando foi inaugurada “A Ala de Cruza” como chamo meu local de trabalho o Hotel vivia cheio de clientes, parece que o tal Ruan tinha muitos conhecidos e estes vinham conhecer a cadelinha disponível!

Sentia-me lisonjeada, mas nada era mais gratificante que ver meus clientes gozarem me entupindo com sua satisfação...

Neste dia eu tinha varias cruzas pra fazer não perguntava apenas curtia o trabalho quando Sandra veio ao meu local de trabalho e disse:

_Querida temos um cliente que pagou muito para passar na frente dos outros e ele prometeu uma grande gratificação caso o serviço seja bem feito!

_Ta pode trazer o sortudo...

_ Não querida é cruza de 3 dogs mais o dono, mas ele exigiu tudo junto disse que não brigam, já pegaram cadela e se revezam entre eles.

_Que raça?

_Rotwaller

Deu-me um frio de medo, mas meu sangue de cadela começou a bombear na minha buceta e respondi:

_Filma Sandra agora você vai fazer meu Currículo de Cadela.

Ela foi falar com o cliente e apás nos apresentar foi atrás do espelho duplo da parede fazer a filmagem. O fura fila era um gringo chamado Enzo um italiano com uns 40 anos e logo entrou sorridente comprimentando todos com seus 3 Rotwallers nas guias. Neste dia eu estava vestida com um macação inteiriço onde como sempre ficavam exposto minhas partes de cruza e quase todo meu seio, era branco gelo de couro e renda onde ficava mais transparente que coberto. Também calcei minhas botas 78 já que ia ter um grande trabalho de campo minha coleira e um Neglige com acabamentos que imitavam pelo de Poodle branco.

Fui apresentada e logo foi tirando meu neglige alegando conferir meu pedigree, me rodeando disse:

_ Essa Poodle vai dar conta dos meus garotos?(ele se referiu a minha estatura)

Então Sandra afrontada que assistia tudo retrincou:

_ Se ela não der conta não precisa pagar nada!!!

Visto que era um homem que gostava de um desafio à concordância foi entediada.

Fomos todos a “Ala de Cruza” e lá Enzo se sentindo dono da situação tirou toda a roupa ficando sá de cueca sentado no sofá.

Fui me aproximando dos Rotwaller cujos nomes eram: Arthus, Phortus e Aramis (personagens protagonistas dos 3 Mosqueteiros). Sentei-me no chão e me coloquei a acarinhá-los eu estava muito excitada em como seria disputada como uma cadela no cio e meu cheiro devem tê-los indicado de algo porque começaram a se aproximar de mim e procurar a fonte odor. Arthus o maior logo sentiu minha buceta molhada e se pos a lamber, os outros menores imitando o primeiro começaram a disputar minha buceta...

Assim não aguentando mais sentada fiquei deitada gozando de um átimo sexo oral feito por 3 cães. Enzo interessado pela minha entrega ficou brincando com o práprio cacete na espera do que iria acontecer.

Deitei-me de lado e puxei Arthus percebi que ele era o macho alfa então tinha que ser o primeiro, comecei a acariciar seu cacete e quando ele começou a sair pra fora o coloquei todo na boca...a porra salgada canina onde é solta para o preparo da femea já estava pingando do cacete que eu chupava com verdadeira devoção. Ele começou a fazer leves movimentos de cruza na minha boca já me mostrando que estava pronto. Nisso parei um pouco com ele e resolvi dar atenção para Phortus e Aramis, fiz com que se deitassem e me revezada de um cacete para o outro Arthus veio novamente como se pedindo mais e eu ora chupava um hora outro, mas nunca parava de acariciá-los. Enzo já alucinado me fez ficar de quatro e de uma sá vez enfiou todo o cacete na minha buceta dizendo:

_Que cadela chupadora!

Então eu intercalava entre os 3 que não saiam do chão esperando minha boca e o dono deles me fodendo de quatro...

Enzo tirou o cacete e resolveu me enrabar de uma sá vez, gemi mas tinha que cuidar dos meus machos esperando pela minha boca, não mais aguentando Enzo gozou no meu cú e quando tirou saiu um fio grande de porra escorreu pela minha buceta, nisso Arthus prontamente se levantou e me lambeu eu sentindo que a brincadeira iria começar naquele momento me coloquei de 4 apoiando no sofá e quando senti sendo montada pelo cão pedi a Enzo:

_ Ajuda o coitadinho...

_Coitadinho você vai ver agora cadela gulosa.

Ele direcionou o cacete enorme de Arthus de uma sá vez sá e fui ”enrabada”...aquele filho da mãe tinha direcionado o cacete dele pro meu cú.

Dei um grito sentido afinal nunca tinha sido currada por um cão, e quele era totalmente agressivo em suas estocadas, olhei para Enzo e vi um prazer sádico em seu rosto. Como a minha reputação estava em jogo começou a brincar com minha buceta e isso foi me dando prazer nas estocadas agressivas que eu estava levando.

Foi quando senti a bola práxima ao meu cú e imaginei o estrago que faria.... Arthus no seu prazer canino queria enfiar a bola dentro de mim para poder gozar e para ajudá-lo dei uma ré com tudo e fui engatada. Senti a beira de um desmaio, mas apás a passagem da bola o cão começou a gozar e o engate começou a me dar prazer.... Arthus virou de costa pra mim e logo Phortus subiu e Enzo já o encaixou dentro da minha buceta, ele bombeava mesmo eu estado grudada com Arthus com esse segundo cacete comecei a gozar, eu gemia pedia mais então Enzo viu que realmente eu gostava do que fazia e fez com que Aramis ficasse práximo a minha boca. Logo eu não aguentando mais fiz à gulosa mais sedenta no cão colocado a minha frente e este não aguentando o grau de sucção queria me montar de qualquer jeito e naquele momento Arthus já desengatava do meu cú e como estava livre Aramis se colocou no lugar e mais uma vez fui currada. Fiquei a tarde toda engatada e realmente me senti uma cadela naquele dia, adorei meus machos sincronizados me fodendo e seu dono dando uma ajudinha para aqueles mosqueteiros caninos com espadas sempre a postos.

Depois daquele dia comecei a fazer “Dias de Cio” onde colocavam mais de um cão pra cruzar comigo. E meu Currículo de Cadela foi colocado à disposição para os mais duvidosos clientes como Enzo que no final aceitou seu erro e me deu uma gorda gratificação além do pagamento das cruzas claro!!!



Lambidas molhadinhas.....



Lila

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de estrupamendocontos eróticos bunda enorme.e os bandidoscontos eroticos com orgia de cdzinhassexo com vizinha muito rabuda vigiadocomo eu ia na fazenda novinhame masturbei vendo as calcinhas da vizinha no varaldeu sonífero para comela prnomeu filho me encoxaram a noite bunduda,casetes longo machuca a xoxota da mulher pornocontos eroticos aluno da auto escolaconto casa de praia estouro cabaçoconto irma casadacontos eróticos sogra pega mulher metendo na camagozando vendo a tia lavando roupaporno gay contos erticos viajando com o meu padrasto caminhoneiroconto eroticos ensinando a casadinha novinha a gozar gostosocontos consolei a mulher do meu amigoconto erotico gay pagado dividacontos eroticos depois da brigacontos eróticos pai e amigoscontos erotico uma buceta peludaconto erotico de casada mal comida pelo marido e bem comida por outro do pirocaovídeos porno negras barriguda caidarelato conto: meu me incentiva a usar roupas provocantescontos de coroa com novinhocontos eróticos professora com garotinhosconto erotico machucando o esfínctercontos eróticos esposa de 60anos com farra na camaconto viajando com minha esposaconto erótico sentada melcontos eroticos nifeta d loja rjcadela piscando em uma metendo picaconto gay pirocudo da academiacontos erotico meu paicontos erótico comadre desmaiou Delirando na pica do irmão contosconto flagrei minha irma dando e enrabeieu quero ver mulher ficando engatada fique transando com poodle cachorro poodlemenininhas fudendo com vários cachorros contos eroticoscontos suruba inesperada com a esposa e travestivisinhalesbicacontos eroticos cdzinha virei menina pra agradar meu donocontoseroticosrolapapai - contos eroticoscontos eroticos gay - minha irma me preparou€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€muleres sendo chupadad e godando pelos homes com gritosvoyeur de esposa conto eroticocontos eróticos encoxada no ônibushistoria porno dando o cu pro porteiroUm professor gay fode sim com um aluno com o pau doro na bocacontos eróticos meu cuzinhogozando vendo a tia lavando roupaconto erotico esposa hotelguais sao as deusas da punhetacontos de incesto por chantagem do filho com a maeCONTOSPORNO.sapecacontos eróticos de famílias pela primeira vez participando da praia de nudismominha coleguinha me chamou pra comer o cuzinho na casa delaContoseroticosdesolteirascontos eróticos para ler a sograf***** pelos peões da obra contos eróticos gayscoroa grita tica doida pauirmã boa contocontos pornos comi sogra mamae tia irma onibus lotadocontos porno de incesto real pai filha e mae juntosConto de putinha que adora ser cadela de muitos machoscontos eroticos bolinada no onibusconto eroticos picantes com homens mais velhosporrnodoido com anacontos de buceta é cúcontos de coroa com novinhocontos eróticos nordestino barrigudo gayhttp://idlestates.ru/conto_8267_titia-brincando-com-sobrinho.html