Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CONHECI UM CARALHO 4

-- Então você sabia de tudo, Sandra?

-- Sabia, gostosinho... ou será gostosinha?

-- Pra você gostosinho, pra mim gostosinha, amor...



Marcel colocou bem as coisas, era assim que me sentia. Sandra mudou o rumo da conversa:



-- Sá que falta uma coisa, meus amores...



E ela disse que faltava Marcel dar o cu e virar mocinha...



-- Marcel nunca deu o cu, vive comendo mas não conhece o outro lado, quero ver você virar nossa garotinha, meu bem...



Marcel não pode resistir à mulher e ao tesão que também sentia de ser minha mulherzinha. Sandra lkevou ele pro banheiro dizendo:



-- Fique aí, descanse um pouco, vou preparar sua putinha...



Até cochilei de tanto relaxado. Me espreguiçava na cama, sentindo o prazer de assumir meu lado feminino.



-- Acorda, meu macho, sua garotinha está pronta.



As luzes já estavam caprichadas, a porta do banheiro aberta e Marcel apareceu às ordens de Sandra. Vestido de calcinha preta e todo depilado. Batom vermelho nos lábio e uma maquiagem caprichada que deixava ele lindo. E nada do macho de sempre. Uma menina, uma garotinha safada. Meu pau ficou logo duro como uma rocha. Sandra pegou ele pela mão e o trouxe até a cama, mandando-o deitar-se de bruços. Fez com ele o que ele fizera comigo e mandou:



-- Coma essa putinha, meu macho, coma pra ele virar mulher..



Vim por trás de Marcel, Sandra arriou sua calcinha mostrando a bunda carnuda e depilada. Percebi que o ser viço fora completo, Marcel tinha o cu laceado e cheio de KY. Fui direto ao assunto e enterrei a geba naquele cuzinho gostoso.



-- Fique quietinha, cadela, sinta minha carne dura dentro do seu cu, putinha...



E parei lá no fundo, sentindo minha pica toda agasalhada por Marcel. Ele começou a gemer.



-- Rebola, vadia, rebola no meu pau...



Ele rebolou gostoso. Dei-lhe uma palmada.



-- Tá gostando, safada?



Sandra estava em pé diante de nás dois, com as pernas arreganhadas tocando uma siririca. Começou a rebolar também e a falar para nás:



-- Dá o cu, vadiazinha... rebola na dura... geme pra eu ouvir... mais alto...



Marcel gemia bem alto e começou a dar uns gritinhos fininhos como eu fizera antes.



-- AAAAAIIIIIII, meu macho, enterra no meu cu, come essa puta, me torna mulher...



Com vozinha de moça, ele aceitava sua nova condição. Eu era seu macho e ele minha fêmea. Sandra gozava sem parar, não aguentei o tesão e acelerei os movimentos. Bombei com força até que esporrei lá dentro, bem fundo. Marcel Gritava de prazer. Enlacei-o pela cintura e peguei seu pau.



-- Vem gozar, putinha, goza pelo grelo grande e duro...



E punheteei Marcel até ele gozar como um louco. Depois desabou na cxama de bruços. Deitei em cima dele, enterrei de novo a caceta no seu cu e disse:



-- Vai ficar aí dentro até endurecer de novo, vou comer essa bundinha de puta de novo.



E assim fiz. Todos gozamos de novo, nos deitamos e adormecemos outra vez exaustos e satisfeitos.



Depois que acordamos tudo continuou, com uma novidade maravilhosa. Depois eu conto, vou bater uma punheta.



Beijos do Jack.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


me amarro nos peitos delamulher fia exirtadarcontos eroticos minha sogra franciscacontos eroticos elizandraxerequinha juvenil de perna abertawww condos erotiscos garotas mastubandoenrabada pelo chefe contoscoloquei o dedo no cu da minha namorada ela endoidoContos eróticos menina com bucetinha lisinha e putinhacontos escraviseiContos de sexo sogro acima de 70 anos e noraconto casada vira cadelaonto de encesto fui pega minha filinha no preconto comi cliente da minha mulherContos eroticos submisso amarrado engravideitravesti bombom contos eróticosmulher dando pra piazada contos erpticodbarrigudos barbudos velhos contossai p festa com minha sobrinha e fudi ela na volta contosfoto de xoxota de mulher pequeninihacontos picante de casada sem calcinhasexo peladas meladas de margarina no corpo inteiroConto mete tudo papaiJaponesa de salto conto eroticodormindo com a cunhada contosConto incesto chicotadas no rabao da filhabeijo de lingua quente pegada forte gemidãocontos dexei minha mulhe tomando no cu na minha frentemae amigos contos eroticoscomendo a carlinha casa dos contoscontos homem chupa rola ricardaowww XVídeo pornô o tio f****** a sobrinha foi bonita e de Menorfudi a bundinha da juju com minha rola grande contoscontos tomei no cu gostosofilha vestida de short coton contoscontos tentei dar mas a buceta nao aguentouSo uso fio dental enfiado no cu.conto erotico femininocontos verdadeiro de filha de 10 aninhos dando o cuzinhocontos eroticos o dia que comi a novinha gordinhacontos dando cu desde novinhocontos mulher x travesticontos eróticos, gosto de sentir o esperma escorrendo dentro do meu cuContos eroticos abusada pelo velho bebadome cumera porque tava sem calcinha negros cotosfui conhecer um rapaz e cai numa armadilha conto eróticocontos eroticos entre maes raspadinhas e filhos taradoscontos de sexo com mulheres menstruadasconto erotico sentado no colo baicha saiacontos eroticos troca casais com gravidezpeguei um menino pra comer minha buceta velha contoscontos eróticos dando o cuzinho no swingmeu marido morreu e eu to com tesaom primoporno gay contos oemcabeçando no cu bucetarelatos verídicos de aventuras eróticas com mendigocontos mulher espreita homem a masturbar-seContos eroticos minha tia anda so de calcinhaprofessor de artes marciais me fudeu contos gayconto cabaco xota cucontos interracial de crentes sendo arombadasContos de casadas inrrustidascontos eroticos.os velhos meterao gostoso em mimcontos meire me dominacontos de vizinho taradoContos visinha de 19como tranzar com um pintcher zoofiliaHome poi mulhe prachora na picagozando com testosterona contos okinawan gélico pornôensinei a bater punhetadei meu cu pra um bebado desconhecido contos gaymeu marido viajou peguei o carro paguei travesti contoscontos de incestos posando na sogracontos eroticos minha namorada virgemmeu irmao tirou minha virgindadecontos pornô de incesto a mamãe gritou igual uma puta quando enfiei o meu pauzao na sua bucetinha cabeluda