Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NADA COMO UM NORDESTINA

ELA NAO ERA MUITO BONITA, DE PELE MORENA, E UMA BARRIGUINHA APARECENDO, NAO SE PODE DIZER QUE E DO TIPO MODELO OU CAVALA, MAS SUA REDONDA E E EMPINADA BUNDA FAZ COM QUE OS OLHOS DE ALGUNS MACHOS SE RETORCESSEM E SUA MENTE POSSA LIBERAR FANTASIAS, SEUS PEITOS GRANDES E BICOS APARECENDO, QUASE QUE FURANDO SUA BLUSA FINA AMARELADA, SEU DECOTE QUE DEICHA COM UMA ENORME VONTADE DE DESLIZA A LINGUA QUENTE ATÉ ENGOLI COM VONTADE OS MAMILOS RELUZENTES.

JOANA ERA SEU NOME, EU MAIS UMA VEZ ME VIA SENTANDO E PERDENDO TEMPO EM UMA RODOVIARIA DE SEGUNDA, ONDE VARIAS VEZES PASSAVA UM SEGURANÇA COM ROSTO BRAVO, E MENTE VAZIA E UMA GORDA FEIA COM A FACE IGUAL A DE DONA CLODIUDE.

JOANA ESTAVA SENTADA EM UMA DAS CADEIRAS SOLITARIA, A HORA PASSAVA DEVAGAR, MAS ELA NAO IA VIAJAR APENAS ESPERAVA COM UM RAPAZ COM QUASE A SUA APARENCIA O ONIBUS QUE SAIRIA AS CINCO.

ELA NAO TIRAVA SEUS OLHOS DE CIMA DE MIM, EU COM VERGONHA NAO Á OLHAVA. VERGONHA NAO, TALVES MEDO POIS EU NAO SABIA QUE SEU ACOMPANHANTE NAO PASSAVA DE SEU IRMÃO ATÉ ELA SE APROXIMA E ME PEDI UMA INFORMAÇÃO.

APOS MUITO PAPO Á RESPEITO DA VIAJEM, PUDE ENFIM SABE QUE O RAPAZ NADA TINHA DE INTIMO COM ELA, ERA APENAS SEU IRMÃO QUE ESTAVA VOLTANDO PARA SUA CASA NO ESCONDIDO TERRITORIO DE ALAGOAS.

MAS MEUS OLHOS NAO PARAVAM DE OLHAR AQUELA NORDESTINA, SEUS PEITOS ME CHAMAVAM, SUA BUNDA, SEU OLHAR DE MULHER INOCENTE...

DEPOIS AS HORAS SE PASSARAM, APOS FECHA MEU CAIXA, FIQUEI A PASSIA PELA RODOVIARIA OLHANDO ELA E EM ALGUNS MOMENTOS PUDE SER SURPREENDIDO PELO SEU OLHAR, MAS COM UMA FISIONOMIA MAIS TRAQUINA, ARTEIRA...

ELA SABIA O QUE EU QUERIA.

ASSIM QUE MEU PARCEIRO CHEGOU, FUI EM DIREÇÃO AO MEU CARRO, OLHEI NO PONTO DE ONIBUS, E LÁ ESTAVA ELA, SOZINHA A ESPERA O ONIBUS FAZIA FRIO, ATÉ MESMO EU QUE SINTO POUCO ESTAVA ARREPIADO, PASSEI POR PERTO DELA, E NAO SEI COMO, MINHA BOCA SE ABRIU SOUTANDO PALAVRAS, ERAM PALAVRAS QUE SE JUNTANDO PODIA SE OFRMA UMA SO FRASE.

`QUER UMA CARONA`, ELA FICOU COM UM POUCO DE VERGONHA, PUDE NOTA NO SEU GEITO MEIGO.

E VOLTEI A REPETI A MESMA PERGUNTA, ELA EXITOU MAS LOGO BALANÇOU A CABEÇA POSITIVAMENTE...

APOS ESTA NO MEU CARRO FICAMOS CONVERSANDO UM TEMPO, ELA ME INFORMO ONDE MORAVA E ME DIRIGI NA DIREÇÃO EM QUE ELA FALO...

MINHAS PALAVRAS ERAM CERTEIRAS, ELA FICAVA SORRINDO, E FUGINDO DE MINHA INTENÇÃO, LOGO EU JÁ TINHA PARADO MEU CARRO, MINHA BOCA BEIJAVA A SUA, COM DESEIJO, ELA GEMIA AO TOQUE DOS MEUS LABIOS, AO CHEIRO DO MEU CORPO, MINHAS MAOS ALISAVA SUAS COSTAS, QUERENDO CHEGAR A APENAS UM LOCAL, UM NAO SERIA MUITA IMPOCRISIA...

EU ALISAVA SEU CORPO, E COM MINHA MAO ENFIADA POR ENTRE SEU SUTIãALISAVA SEUS SEIOS MACIOS, OS MAMILOS DUROS, A OUTRA MAO IA SENTINDO O CALOR DE SEU TESÃO.

AGORA DECENDO, MINHA BOCA DEVAGAR, SENTIA O CHEIRO DOCE DE SEU PESCOÇO, O AROMA DE UM PERFUME NAO MUITO CARO, A MACIEZ DE SUA PELEENTRE MEIUS LABIOS, ELA ESTAVA GOSTANDO, OUVIA SEUS GEMIDOS APENAS NO TOQUE DE MINHA MÃO SEU ARREPIO NO PEIJO QUENTE DA MINHA BOCA.

ME DIRIGI A UM LOCAL MAIS INTIMO, FUI ENTRANDO DEVAGAR E FUI SURPREENDIDO POR UMA CONFISÃO INESPERADA.

`MOÇO SOU CASADA`, TAL CONFISÃO ME DEIXO LOUCO DE TESÃO, MAS NAO Á DISSE SEGUI PARA O QUARTO A QUE ME INDICARÃO NA RECEPÇÃO, AO ENTRA ELA ESTAVA TIMIDA, MAIS AO MESMO TEMPO SENTIA SEU CHEIRO DE MULHER NO CIO LOUCA PARA SER PEGA E ABUSADA...

ME APROXIMEI DE SEUS OUVIDOS "SOU LOUCO POR CASADA", ELA SORRIU, EU APERTEI SEU CORPO, E BEIJANDO FORTE SUA BOCA, PROCURAVA COM MINHA LINGUA´Á SUA, ELA GEMIA, IA TIRANDO CADA PEÇA DE ROUPA DE SEU CORPO, E VI ELA ENFIM TODA NUA, COMO EVA AO CHEGAR NO PARAISO.

ELA SE DEITOU NA CAMA REDONDA DO MOTEL, SORRINDO, MAS UM SORRISO DE MULHER SAFADA, ME PEDINDO PARA QUE SE DELCIASSE NO SEU CORPO GULOSO, SUA LINDA BUCETA ESTAVA TODA DEPILADA, VIA QUE BRILHAVA, ERA TESÃO...

ME AJOELHE AO CHÃO, E COLOQUEI MINHA BOCA CHUPANDO FIRME E COM CARINHO. ELA SE CONTORCIA, NAO SAIA MAIS PALAVRA ALGUMA DE SUA BOCA A NAO SER OS GEMIDOS, ALGO DIFERENTE, O SOTAQUE NORDESTINO, DEIXAVA TUDO MAIS DIFERENTE, O FOGO NORDESTINO É DIFERENTE, OLHAVA ELA SE CONTORCE A CADA LAMBIDA EM SEU GRELO, "ME CHUPA GOSTOSO", SUBI NA CAMA, E ELA AGARRO FIRME NA MINHA ROLA DURA E MOLHADA, E COMO UMA BEZERRA COMEÇOU A MAMA MINHA ROLA.

"NOSSA QUUE PAU GOSTOSO, AQUELE CORNO TA FERRADO..."

HOUVIR AQUELAS PALAVRAS APENAS ME DEIXOU AINDA MAIS MORDIDO DE TESÃO

TIREI DE SUA BOCA, MAS ANTES BATI EM SEU ROSTOE FALEI "SAFADA"

ELA SORRIU, ME POSISIONEI ENTRE AS SUAS PERNAS, E ENFIEI ELE TODO EM SUA BUCETA, OUVI SEU GRITINHO, E LOGO SEUS GRITOS DE TESÃO, AMENTAVA A VELOCIDADE, E HOUVIA AS BATIDAS DO MEU CORPO AO SEU, E A CADA GEMIDO SEU ERA UMA DELICIOSA ESTOCADA.

DE QUATRO FOI INCRIVEL, OLHAVA AQUELA BUNDA MORENA, AQUELE CU LINDO, E ALISAVA COM UM DEDO E SOCAVA MINHA ROLA GROSSA NA SUA BUCETA, DEPOIS DE UM BOM TEMPO METENDO COMO UM LOUCO, SEM FALA NADA ENFIEI MINHA ROLA NAQUELE CU GOSTOSO..

"AI ADORO DA O CU QUE DELICIA" EU PERCEBI, POIS SEU CU ENGOLIA MINHA ROLA COM MAESTRIA EU OLHAVA MINHA ROLA ENTRANDO E SAINDO GOSTOSO DAQUELE CU NORDESTINO, E SENDO CHUPADO INCRIVELVEMENTE MAS QUE RABO INCRIVEL...

DEPOIS DE UM BOM TEMPO ENFIM EU IA GOZA, E FIQUEI DE PÉ OLHAVA ELA ALI DEITADA DE BRUÇOS ESPARRAMADA, EXAUSTA NA CAMA E GOZEI NO SEU CORPO GOSTOSO...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos de viadinho de shortinho socado querendo dar o cuconto gay meu melhor amigo de 37 anoscu de bebado não tem dono contos eróticos gayxvidio amaciando a esposameu policial gostoso chupou meus seios e grelinhopeitos da prima pulando fora da blusa no sexomamae japonesa me bolinandocontos eroticos esposa velhocontos eróticos eu provocava meu primo novinhoamiga lésbica tira a calcinha da amiga com Statecontos mia subria noviapintelhos na transparencia das cuequinhaszofilia homem fodendo forte acadela ela chora sentido dormendigo gay contoscontos porno sou puta dos meus cachorroscontos vendo o meu cunhado a fode minha irma betinhacontos eróticos esposo.foi jogar futebolcontos eroticos - arrombando cuzinhomeu pau se alojou bem no meio daquela bundinha contosrecebe conto erotico de casais de mais de quarenta anos por emailnovinhas escoteiras abusadasiniciando a filhacontos eróticos pagando com a filhacoroa 46 anos cabelo curto enroladinho dando a buceta grandeconto erotico arrombamentocontos eroticosproibidoque enteada pernadacoontos eroticosminha esposa fez eu comer sua amiganeguei e os garotos me comeram conto gayContos eroticos nerd virgemcontos eróticos de professoras gostosas transando muito gostosocontos com a visnha casada escondido oamamilo gigante vazando contoconto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogroCasa dos contos: Virgem na baladacontos veridico me arrombaram, mas me vinguei do meu maridocontos eroticos de padrinhos com virgensrelatos de traicao com negros picudoscontos eroticos Netinha dando cu pro vovócontos eróticos mulher bundudacontos de incetos e orgias entre irmas nudismocontos eroticos jogo de cartas com a cunhada e a sogra juntascontos gay meu paizão comendo o meu cunhadomulher batend sirica at espirarMeu irmão chupa minha maeContos eróticos que rola grande no meu cu zinho apertadinhocontos adoro dar minha bundinhacontoseroticos sogra e genro na agua da praiaconto cdzinhadei para meu genroDei meu cuzinho- conto ii relatosquebrei o cabaço da minha irmã ela chorou muito porno cariocavídeo pornô intrigada e padrastopoeno cenas namoado apwrtando mordendo e chupando teta da namorada pra formar bicocontos eroticos tia primo e eucontos casada bunda com celulite fotos velhamenina matuta contos eroticoscontos de filhas enrrabadas pelos pais de pénis grandes e grossospadrinho cuida da afilhada contos eróticosminha filha chantagista contostirando virgindade de menina Londrina Paranácontos gay o menino que era um femea escondidoconto gosto de usar roupas femininasme fode me arromba seu velho safadopunhetando filho contos eróticosvhupou minha buceta lesbicaconto eróticomulher de vertido con as pern.a reganhdavideos de porno sogro cardando a moraadoro ser estuprada contosbaixo forte troncudo e pau grosso gaycontos eroticos mostrei o pau pras mulheres no parquecontos eróticos eu comi minha irmãpapai disse que me ama contos eroticosfrutaporno adoro bater punheta na calcinha da mamaeconto erotico bem picantecontosdesexopicantescontos sado marido violentoscontos eroticos do R.G.do Sulcontos eróticos gays a primeira vez com 24 anos