Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SILVA O NEGÃO LEITEIRO

Silva fudia minha boca com vontade. Metade do seu caralho estava dentro dela e tocava o 'sininho' da minha garganta fazendo eu sentir ânsia e sufocado. "Aguenta seu putinha...quem não é viado de verdade não faz trato com pica", sua vadia... Silva me excitava com suas palavras... Eu procurava acomodar seu caralho de maneira que Silva percebesse que eu não iria me omitir da obrigação de dar prazer aquela mamadeira maravilhosa. O caralho dele deveria ter uns 23cm era grosso e duro. às vezes, Silva firmava minha cabeça com as duas mãos e empurrava o cacete até o máximo que pudesse, embora não conseguisse enterrar todo aquele cacete delicioso. "Isso tudo é pra Vc seu viado", falava. Dava um tempo com ele socado na minha boca, como para evitar que seu caralho inundasse minha gulosa do seu precioso leite, antes de ele usufruir bastante do prazer de fuder minha boca. Eu me sentia uma puta de verdade, como nunca viado algum já se sentiu, até porque precisa haver um caralho grande,grosso, gostoso e duro para vadias como eu se sinta assim como eu estava me sentido naquele momento...Quando viu que tinha impedido o gozo voluntáriamente, Silva voltava a socar minha gulosa como tesão, carinho e desejo.



Vinte minutos depois de começar fuder minha boca, Silva conclui seu objetivo de me amamentar. "Olha, viadinha, não deixa cair nenhuma gota do meu leite se não vou de encher de porrada", me ameaçou... Seu caralho majestoso começou a soltar jatos de uma porra cremosa, deliciosa e farta. Ele não tirou o caralho da minha boca pra evitar houvesse desperdício do seu néctar. O caralho de Silva soltou mais três jatos de porra, sendo que no final, Silva foi retirando o caralho devagarinho da minha boca, espremendo a mamadeira e batendo com ela na minha língua para que eu não perdesse a última gota. Esse gesto me deu a certeza que tinha encontrado o leiteiro ideal para me amamentar daquele dia em diante. Sá tinha a preocupação de ter agradado meu macho e cumprido, como ele gosta, minha parte como puta que me proponho ser, desde de que descubri, aos seis anos, que tinha nascido para ser a fêmea em toda e qualquer relação sexual. Não foi atoa minha preferencia por heteros, machos, viris e verdadeiramente ativos.



Semana passada, domingo, 155, quando dei de cara com Silva, não imaginava que a nossa primeira foda não passaria daquele dia, nem que ele era o leiteiro e socador que procuro nas salas de bate-papo, que nunca passam de papo, numa masturbação virtual da minha paciência que acabo saindo do PC. Silva deve ter cerca de 1m85, uns 80kg bemdistribuidos, não é sarado, mas tem o corpo enxuta, provavelmente 35anos e o tipo negão que todas as putas sempre sonhamos para serem nossos garanhões, amamentadores e socadores.



Embora eu esteja sempre a caça do meu abatedor, e esse tipo já mexa com minha libido, no momento que nos defrontamos eu estava em outra. Mas apesar de eu ser coroa (60anos) baixinha (1m50), e gordinha (84kg), Silva é do tipo que sempre acaba me assediando e sendo meu macho. Essa vantagem eu levo sobre os novinhos e bonitinhos. Olhava uns modelos de celular, ali no comercio de camelos da Uruguaiana, quando ele me perguntou se eu conhecia um modelo de telefone. Disse-lhe que não entendia nada de marcas de telefone. Ele perguntou de que eu entendia então. Foi quando procurei ver bem quem falava comigo. Dei um sorriso timido e disse que eu entendia mesmo era de mulher. Legal não quer me dar umas dicas, disse ele. Vamos beber uma cervejinha e bater um papo. Aceitei com um gesto e o segui. Minha intuição de viado já tinha sacado que Silva sabia bem com quem estava tratando. Sem qualquer consulto, entrou no primeiro motel que encontramos e disse que a gente ia conversar muito mais tranquilo.



Quando Silva botou seu enorme caralho negro pra fora, ainda meia bomba, senti um arrepio que percorreu meu corpo até as bordas do cuzinho... Senti receio e procurei me concentrar, afinal eu estava sendo premiada com aquele caralho e com a iniciativa da Silva. "Anda, chupa...ele so fica duro se Vc mamar gostoso... " disse Silva... ainda com roupa, ajoelhei na sua frente e comecei a mamar aquele caralho maravilhoso... Chupei, mamei, lambi do saco a chapeleta, engoli, babei, e em segundos ele endureceu feito uma rocha e, então, Silva começou a fuder minha boca com vontade...



Quando o caralho negro, grande, grosso e maravilhoso de Silva cuspiu a última gota de porra daquela primeira investida do meu negão, me senti o viado mais feliz do mundo. Mas era apenas o começou de uma deliciosa e demorada foda. Meu cuzinho piscava de ansiedade e desejo... o Silva socador, arrombador, estuprador ainda ia se revelar... (se quiser faça contato [email protected]) continua..

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos hot festa no iateler contos de sexo de mulheres sendo chantageada na estrada por dotadoscontoincesto/colodovovoContos erotico dei pro meu amigo ra comer a namorada delecontos erotico traiçoes alizando por baixo da mesacontoseroticoscomendo a coroa loira e a filha delaboquete mulher de 48 anos contoContos eroticos de filhas adolecentes e papai com rola grossacontos do caralhovoyeur de esposa conto eroticoamigos de infancia tomando banho contoscontos eroticos minha sogra me deu uma canseirameu pai me arregasou todapassando a mao no grelhopai que fica rosado.o pau na buseta da filha bebadavai dar rolê tudo gordona aí tudo mulher gorda só de biquíni bem gordona da bundona bem gorda da bundonafiquei de pau duro quando mi.ha esposacontos eu e minha nora vomos enrabadas na praiaEmpregada Triscando no meu pau contoconto erotico gay esconde escondecontoseróticos encoxadas na casadaconto eroticos esconde escondecontos de rasguei o cuzinho da minha avóContos eroticos sou uma coroa anal forteconto irmã peladinha dentro de casaria gosa pra minContos para deixar sua buceta encharcada meu namorado Guilhermeconto gay dei o cuConto erotico de mototáxi com a picona e meninascontos eroticod minha esposa deeu para o vizinho pausudaimagens de mulheres chupando o peito uma da outra com muito prazerlesbicascabacinho rasgadinhoCuidando do meu pai acidentado contos de incesto femininowww.contoseroticosenfermeirasconto erotico iniciada por meu tiocontos minha mulher olhando o volume do caraMães chupando filho contoseroticosvideos cazeio dado rabu coiado. taido aimacontos erotico gay na infância no banhocontos eróticos de bebados e drogados gayscaralho meu empurra tudo nu meu cuzinhoensinei meu sobrinho a bater punhetacontos gay com os amiguinhos do bairrocontos eróticos vi meu vizinho transandocontos de travecos comedorespapai reformo a casa eu novinha e gordinha dei pros pedreiro a força contosdelicia conto heterominha xana fica babando contosContos-esporrei na comida da cegaContos eróticos Gay Calção Recheado do irmãoconto erótico meu padrinho me estuproucontodeputaconto erotico vestidinha de meninaContos.Minha.sobrinha.bucetuda.tomando.banho.Videosputas fz boquete de na linguacontos eróticos de incesto entre padrinhos e afilhadacontos o encanador negão me comeucontos o pau do meu genroevy kethyn istinto ativocontos eróticos de bebados e drogados gaysconto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogrocontos meu cu e grandecontos eróticos leite incestopapai traindo mamae comigo contos eroticoscontos erroticos meu sogro bem dotado arronbo meuo garoto me fode sempre conto gaycoroa cadela contoscontos eroticos a bunda do meu irmão caçula é uma tentaçãoarrombado; contos gaycontos eróticos homem maduro gostoso da pica grande f******o que acontece se ficar com penis infiando 30hora parado dentro da bucetao que devo fazer minha namorada mandou sentar na mimha pirocaConto meu marido me devorou na madrugadaver homens bem-dotados sendo castradosconto erotico gay: transando com um japonesfui iniciada ainda pequena na zoofiliacontos eróticos esposa negona coroa bisexcontos picantes tarado no onibuszoofiliacoroas boasconto erotico viado velho humilhado por macho dominadorcontos eróticos gay depilação entre machos