Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CASADA E DOMINADA

Olá, amigos. Estou aqui novamente para relatar algumas experiências com casais que venho ajudando com sucesso.



Como sabem, meu intuito é ajudar aos casais a se tornarem cumplices em seus relacionamentos porquê o ser humano não nasceu para ser monogâmico.



Poderia até dizer que este conceito de traição é típico do ocidente. Em determinados paises orientais é comum um homem ou mulher ter mais que uma pessoa sem que isso seja considerado pecado ou crime.



Mas vamos aos fatos: Recebi, faz algum tempo, um e-mail de um homem casado que vou chamar de Orlando dizendo que apesar de amar sua esposa ele queria vê-la com outros homens, que tinha lido meu conto anterior e gostado demais de minha forma de pensar!



Respondi a ele que é normal essa vontade. Disse mais: Disse que existem homens que amam tanto suas esposas que sentem uma necessidade quase física de verem suas amadas com outros homens. É a forma que encontram de dizer: Te amo, amo tanto que aceito te dividir com outro homem.



Ele me pediu que conversasse pelo Msn com sua esposa para conhece-la mais e melhor. Vou chamá-la de Tereza. Pois bem: Adicionei Tereza e fomos conversando. Ela me disse que, apesar de amar muito seu marido, ambos sentiam que sua relação havia caído na mais absoluta rotina e que, se nada fizessem, não sabiam o que poderia ocorrer com eles.



Perguntei, ao longo de nossas conversas, se ela gostaria de experimentar novas sensações, conhecer novos homens, outras situações. Ela respondeu que sim, apesar de estar sem jeito. Que adorava quando os homens a paqueravam pois se sentia viva, que era átimo ser cobiçada. Mas que, ao mesmo tempo, se sentia sem graça pois estava casada há tempos e nem sabia mais como seduzir um homem.



Para não me alongar demais neste conto, perguntei ela se faria tudo o que eu dissesse a partir daquela data. Que eu a deixaria completamente solta. Ela concordou, entusiasmada!



A primeira ordem que dei era para que fosse a um shopping de mini saia e sem calcinha ( Pelas fotos dela, era uma mulher extremamente gostosa, apesar de não ser linda. Mas ela tinha uma sensualidade natural que eu adorei ). Mandei que ela entrasse em uma loja de calçados com uma revista na mão e que escolhesse o vendedor que mais lhe chamasse a atenção.



Mandei que se sentasse e que deixasse que o vendedor calcasse as sandálias previamente escolhidas e que ela devia se exibir para ele várias vezes bem discretamente. Pedi isso para que ela fosse se soltando. Se sentindo menos tímida, mais senhora de sua capacidade de sedução.



Ela me mandou um mail no dia seguinte, maravilhada, dizendo que a sensação de ter se exibido para um estranho foi o máximo e que ela tinha amado. Mandei que ela contasse ao marido cada ordem que eu dava a ela e que dissesse, igualmente, como ela se sentia.



Foram ao todo 9 ordens que dei e todas foram realizadas. Orlando me mandava vários e-mails dizendo o quanto estava feliz com a mudança da esposa. Que a relação deles tinha melhorado imensamente por serem mais sinceros um com o outro. Que ela estava adorando se exibir e que ele a incentivava cada dia mais. Passei a ele, inclusive, alguns endereços de vendas on line de lingeries mais safadas e outras mais sensuais de algumas lojas que eu conheço.



A última tarefa foi nos encontrarmos. Eu, Orlando e Tereza fomos a um bar aqui em São Paulo cuja iluminação era bem fraca, exatamente como eu queria. Falei para Orlando que eu seria o "namorado" dela e que ele seria um "amigo".



Chegaram ao bar e eu já estava lá. Quando ela chegou estava linda. Ela é alta (1, 70 ) e estava de salto ficando quase com 1,80. Usava um vestido curto e, como eu mandei, sem calcinha. Quando se aproximou de mim, eu a beijei olhando para ver a reação de Orlando. Claro que ele ficou sem graça, mas falou comigo com naturalidade. Eu a abracei, como se faz um bom namorado, e fomos nos sentar. Tinha uma banda tocando e de onde estávamos, podíamos ver e ser vistos por todos. Falei no ouvido dela que aquela era a noite para ela se tornar uma verdadeira putinha e seu marido o homem mais feliz do mundo.



Quando estavam todos no bar meio altos ( já passava da meia noite ), eu mandei que ela se sentasse no meu colo para que ficássemos nos beijando. Depois de termos dançado muito e nos beijado ainda mais, ela se sentou com a maior naturalidade do mundo. Falei no ouvido dela que iria fode-la ali mesmo e ela ficou extremamente assustada. Acalmei-a, dizendo que ninguém iria reparar.



Mandei que ela abrisse meu ziper e tirasse meu pau para fora, já completamente duro com o contato com a bunda dela. Falei no ouvido dela para que se levantasse e ficasse dançando em minha frente para me dar cobertura enquanto eu colocava a camisinha. Ela se levantou e ficou dançando e me olhando. Senti em seus olhos uma expressão de medo e excitação que me deixou alucinado. Eu fiz um sinal com o dedo para que se virasse de costas para mim e que se sentasse. Ela estava molhadíssima e veio se encaixando suavemente em meu pau.



Ela respirou fundo e se encaixou completamente. Senti meu pau entrar naquela bucetinha completamente molhada. Ela se sentou com tudo e meu pau entrou até o talo. Orlando nem prestava atenção ao que rolava entre nás pois prestava atenção à banda.



Para não chamar a atenção, pedi que ela rebolasse na minha pica suavamente. Ela me chamava de louco, que estava amando tudo aquilo e que queria mais. Mandei que ela chamasse o marido e dissesse que eu a estava comendo. Assim que ele viu que era verdade, mandei que ela rebolasse o suficiente para que o casal ao lado ( que estava percebendo o que estava acontecendo ) soubesse que eu estava mesmo fodendo aquela fêmea.



Ela endoidou de vez. Rebolava olhando para o casal e para Orlando, me dizendo no ouvido que estava se sentindo a mais puta de todas as mulheres sendo comida em um lugar aberto. Ela rebolou tão gostoso que acabei gozando muito forte conseguindo não chamar demais a atenção sobre nás!



Ela me pediu um guardanapo pois estava com a bucetinha ensopada e muito discretamente se limpou. Ela foi ao banheiro e me aproximei de Orlando. Ele me disse que estava se sentindo o marido mais feliz do mundo, porquê finalmente sua esposa estava se tornando a puta que ele queria e o que é melhor: Sem necessidade de mentiras ou traições!



Nos despedimos como átimos amigos e as vezes recebo e-mails deles dizendo que estão vivendo um segundo casamento. Muito mais feliz e saudável e o que é melhor: com sinceridade!



Aos casais que desejarem se soltar e viver novas sensações, fico ao dispor para dar dicas. Meu e-mail é [email protected]



Um abraço a todos



Amante Paulistano

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto quando fiz dez anos dei minha xoxotinha para o meu padrasto caralhusoPegando a prima logo cedo contozoofilia umcacete enorme pra pequena putaah e. mist traSado no chuveirocontos evangélicaTrempando em cima da lancha com o coroa conto eroticoSou casada e chupei dois caralhos ao mesmo tempome fode com esse pintãotravesti coroa enroladinho PretoContos de primas novinhas com desejo e muito tesão.sambado se caucinha pra da pra pau grande e se deu mauconto de sexo um garoto ficava esperado uma coroa passa na rua eu fico de pica duraDividi namorado comeu buceta contosloira cris casada fode com negao contos eroticosescova contos eróticosContos quero goza muito na minha filha quando ela nascehttp://comtos eroticos de estuprocontos erotico minha patroa faz nudismoconto eroticos maenovinha safadinha dormindo com dedinho no cuzinho FredConto erotico meu filho adotivovirando escrava submissa do traficante contocontos eroticos de tia masturbacaocontos eroticos eu e minha filha somos as putas do bairro e meu marido sabecontos de sexo sogroContos dando cu primeira vez no assaltoContos.erotico.mae.filho.depois.do passeio.na.praia.ifeta sandalilhaporno home gozando forddeeu confesso incestosou casado mas fui dominado gayporno com tio acorda subrimha pra fufet com eleContos eroticos gays sendo arrobados virgens conto filmaram minha esposacontos reais punheta gozadascontos erticos/meus doi primos revesaran em minContos eroticos meu sogrocontos porno papai e a fama de pirocudocontos primeiro analfiquei com tezao no meu paiv¨ªdeo porno lambendo o saco do cara?contos comeu cuzinho dormindocontos filme com cunhada mostrando a buceta de sainhacontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandrosAngélica se depilando no banheiro pornô dela pornô de AngélicaContos eroticos surubacontos eróticos minha tia me provocaSou novinha e putinha boqueteirá do papai contoseroticoscontos minha filha chorou no meu paucontos zoofilia eu ela engatada cao praia desertaisso contos eróticosContos eróticos menininha novinha e putinhafudode a sogra deliciaconto erotico com gordinhadando/o cabaço pro titio conto exitantecontos janaina safadinhaContos incesto novinha calcinhaConto erotico sogro estuprando nora e gozando dentroContos eróticos de gay Comi o filho do meu patrãochupando até ela gozar dirá cx aodcontos eróticos com vizinhavi meu padrasto pegando a minha mãe e eu gostei muito sou gayconto sexo gostoso rebola gato gayconto erotico meu chefe me comeu meu marido consentiucontos eróticos dois garotos em dupla com novinha contos eroticos tia no casamentocontos eroticos vestido colado e curtoo ajudante de pedreiro chupou minha rola quando eu tinha dez anoscom a tia novinho contos eróticoscontos eroticos de avôconto gay meu primeiro cuconto bebado virei veadocontos eroticos porno medinga deu cucontos eróticos babá garotinho