Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODENDO COM O AMIGO DE MEU FILHO

Era um final de tarde quando meu filho chegou com um grupo de amigos, entre o eles um que eu ainda não conhecia, loirinho, olhos verdes uns 23 anos aproximadamente. Como sempre, todos foram me cumprimentar com um beijo, mas ele se manteve afastado. Fiz uma brincadeira, dizendo que pra me beijar não precisava pagar, ele ficou vermelho de vergonha, achei uma graça aquela timidez. Todos passaram à tarde em casa, rindo, ouvindo músicas. Quando passava por eles notava que Diego, nome do loirinho, me acompanhava com o olhar. Isso despertou em mim certo orgulho: pensei no esforço da academia,dietas e cuidados para me manter “com tudo em cima”. Além de orgulho senti até um pouco excitação, pois aqueles olhos tinham alguma coisa a dizer.

à noite depois de um banho, fui me deitar, sentia uma sensação gostosa e estranha. Quando relaxei e fechei os olhos relembrei do olhar do Diego me observando e quando dei por mim já estava me masturbando, e imaginando qual seria o gosto do pinto, da boca e até de seu gozo. Desejei sentir seu pau me penetrando fundo e com força. Gozei.

Quase todas as semanas meu filho levava os amigos em casa, mas Diego voltou apenas uma duas ou três vezes e desapareceu. Achei uma pena, pois sabia que o deixava incomodado e isso me enchia de tesão.

Passado quase um mês, meu filho e o grupo de amigos foram passar o final de semana fora e fiquei sozinha. Ia aproveitar pra ler, descansar, cuidar de mim. No início da noite estava deitada no sofá quando a campainha tocou, abri a porta e dei de cara com Diego. Fui logo respondendo que Paulo, meu filho, tinha ido viajar. Diego disse: “Eu sei e foi por isso que eu resolvi vir aqui”. Perguntei por que e nem respondeu foi entrando. Essa atitude dele acendeu um alerta imediatamente. Sem nem pensar peguei-o pela mão e o levei para o quarto. Ele me acompanhou, parecia hipnotizado, enquanto tirava sua roupa ouvia-o respirar cada vez mais forte. Meu coração parecia que is sair pela boca, queria logo descobrir o que ele tinha pra me dar. Quando tirei sua cueca e deparei com seu pinto percebi que estava diante o cacete mais bonito que já tinha visto, em volta tinha um pouquinho de pentelhos bem clarinhos, a ponta era rosadinha e era grande, grosso, comecei a sugar com tanta vontade, passava a língua envolta, mordia a pontinha bem de leve voltava a chupar. Que delícia! Poderia ficar assim a noite toda. Não, acho que não. Eu queria mais. A essa altura minha buceta estava bem molhada, e eu queria meter, tirei a camiseta e a calcinha e fomos pra cama. Diego com todo carinho abriu minhas pernas e começou a me lamber, primeiro ao redor dos lábios, depois começou a morder meu clitáris, eu me contorcia toda louca de vontade de ser logo fudida por aquele caralho delicioso. Eu rebolava na língua dele e pedia pra ele meter mais fundo. Quando eu já não aguentava mais ele atendeu meu pedido e senti o seu pau grande e grosso arrombar minha buceta, ele metia com tanto vigor e sem machucar que me enlouquecia. Gozei, mas queria mais eu pedia mais e ganhava mais, ele não cansava. Na quarta vez que estávamos fodendo ainda como se fosse a primeira ele me virou de quatro e ao invés de me foder Diego começou a lamber meu cuzinho, novamente me levando a loucura até o ponto de eu pedir pra ele meter. Era minha primeira vez anal. Senti apenas a ponta de seu pênis que foi forçando até que entrou todo e seu movimento foi ficando mais rápido enquanto eu mesma manipulava minha buceta. Gozamos juntos. Ele ficou a final de semana todo. Metemos no quarto, na sala, no banheiro, na cozinha até na área de serviço. No domingo à noite quando meu filho chegou dissemos que o Diego tinha acabado de chegar procurando por ele. E é sempre essa desculpa que usamos para o Diego poder entrar em casa. Metemos quando meu filho está tomando banho, na faculdade, trabalhando e até quando ele está dormindo. E cada vez fica melhor. Estamos pensando até em trazer uma garota pra transar com a gente.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


tia tranzando com sobrinho cabassaocomendo a cunhada nojenta contocontos er deixa que levocontos eroticos enfermeirascomo fazer pra minha namorada veste shortinho curtocontos porno comi ela bebadacontos de mototaxista e gaysou puta e pratico zoofiliamulher sentada e retando calcinha para homen ver sua bucetaconto erotico esposa sofre com o negaocontos eróticos padres heterossexuaiscontos de menina nova perdendo o cabacohomem rasga cu de garotinho contoso tio ceduzino adolecente metendo odedo priguitinhacontos/ morena com rabo fogosocontos eroticos gay - minha irma me preparouconto erotico anal deiContos comi o garotinhocontos eróticos com vizinhacontos de coroa com novinhoesposa no motel com amigos contocontos eróticos relatados por maridos chegando em casa e pegando o fraga interracial 2cu atolado vestido voyeurcontos incesto o cofrinho da mamaeconto erótico assim nasce uma travesticontos exitantes comi a mulhersinha domeu patrão na cama delecontos eróticos narrados sogro comendo a noracontos eróticos mostra pra mamãe está rolacontos eroticos depessoas normais reaisver conto erotico sob velhos etrupadorena buceta da velhinha contos eróticosCuidando do meu pai acidentado contos de incesto femininobucetudas com caralhudos/fotos e contoscontos eroticos dopando a cunhadacontos exitantes de aline bebada com variossou magrinha casada e os amigos do meu filho me coreram e eu adoreiTravesti que dá de graça em bhvideos fotos d sexo loirinha dormindo de calcinha fio dental sendo encostadminha enteada gost contosgayzinho passou rebolando na minha frente contoPasseio de lancha com um coroa conto erotico contos eroticos. traicache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"esposa perdeu aposta e encarou duas rolas conto eroticogordinha liberada de mini saia contosenquanto eu dormia ele botava o cao pra me chupar incesto e zoofiluaporno de marido bebedo em casa obricando a esposa a fazer sexo com eleConto erótico gay camisa social de sedamenina de calcinha pornoe chiorts curtosContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteicontos eroticos mae filho morando sozinhos na kit netdei a bunda para o torcedor contoscontos eroticos com cu ragadosencaixando na buceta meladaconto puta se mastur lesbhome pega amulher de com o melho amigo transano e fi loucoprovador sobrinho contos eróticosconto policial comeu.minha mulherAdoro dar o cu para o papa contoscontos do vaqueiro esposa evangelica traindo o maridocomi o cu da enfermeira velhamulhe vais boguete em bebudocontos eroticos meu sobrinho vei morar e casa do interior pra fazer facudadecontos eróticos vovócomo perdi o meu analcontos arrombado por cdsexo no arpoador conto eroticoContos eroticos primeira vez no puteiroadoro andar sem calcinha contosminhas duas irmãs conto eróticosex zoo com o cão fora do normal no doti invadiu minha casa e comeu meu cu na marra conto eroticoChantageada e comida contosMulheres solteira salvdorconto uma viagem muito gostosacontos veridico nunca tinha experimentado outro pau que nao fosse do meu marido, mas chorei no pau bem dotado da travestieu tenho uma irmã muito gostosa eu tava me depilando e ela pediu para terminar depilaçãocontos incesto buceta rapadinha cheia de tezao