Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A TRAVESTI E UM ESTRANHO

Meu nome PCJ e tenho 19 anos, estudante e resido em Porto Alegre. Naquela noite por volta das 19:00h estava com muito tesão e com uma vontade de fazer alguma coisa diferente. Já havia saido com travesti antes, mas sabia que seria diferente e foi então que tudo começou.



Passei na casa da minha cunhada, Vanessa, para disfarçar e bater um papo com ela e foi quando aconteceu o que eu queria. Ela disse que tinha um compromisso e precisava tomar banho e pediu para que eu ficasse a vontade.



Quando ela fechou a porta do banheiro eu ouvi o chuveiro e no mesmo momento fui abrir sua gaveta de calcinhas que eu já conhecia muito bem. Vanessa era uma mulher gostosa, vaidosa e tinha roupas maravilhosas.



Escolhi uma calcinha preta bem pequena com rendinha nas laterais e uma meia calça também preta para combinar, escondi rapidamente no bolso do meu jeans esperei ela sair do banho e fui até o ponto dos travestis ver se achava alguém interessante e não precisou rodar muito que encontrei a Tais uma morena linha com 1,80 vestida com roupas esportivas, parecia uma gata fazenda sua caminhada para manter a forma.



Acertamos o preço e fomos direto para o driving. Pedi para Tais tirar sua roupa e ficar a penas de calcinha. seu pau estava meio duro por dentro da calcinha e fomos para o banco de trás do caro namorar um pouco. Nos beijamos, passava a mão em todo o seu corpo até que seu pau ficou completamente duro e enorme, 20 x 4 cm, era bem maior que o meu.







Comecei a massagear aquele pau e sem perde tempo cai de boca na maior vara que havia visto na minha vida. Tirei minha roupa e vesti minha calcinha preta com as meias, eram meias rendadas e estava me sentindo muito sexy. Coloquei uma camisinha no pau dela fiquei de quatro no banco traseiro do carro e disse para Tais que apartir daquele momento seria sua mulherzinha.







Tais ficou alisando minha bunda e esfregando seu pau por cima da meia-calça. Eu abaixei a meia e puxei a calcinha para o lado e ficou forçando minha bunda contra seu pau. Tais puxou um KY de sua bolsa e lubrificou bem o seu pau e com um dedo foi lufrificando meu anelzinho.







Seu pau era grande e doía muito, Tais consegui colocar apenas até a metade, eu estava desconfortavel e não estava curtindo. Nesta momento Tais segurou minha cintura e pediu para que eu relaxasse e simulasse que estivesse evacuando. Pareceu uma mágica porque seu pau encontrou o lugar certo dentro de mim e começou um vai e vem até que ela gozasse.







Vieram muitas coisas na minha mente, até a situação da minha cunhada estar fazendo sexo e vestindo aquela calcinha, é gostoso usar meia-calça e fazer sexo porque minhas prenas deslizavam uma sobre a outra e com isso eu ficava com mais tesão.







Tais deitou sobre o meu corpo, e relaxou e eu estava com tesão, mas meu pau estava bem mole. Estava com desejo de continuar sendo sua mulherzinha e foi quando Tais comentou que o programa havia acabado.







Fiquei de quatro com meu cuzinho aparecendo, estava com minha calcinha puxada para o lado e fiquei esperando e neste momento vi que um homem havia entrando no estacionamento do carro e começou a conversar com Tais, pareciam que se conheciam. Fiquei com vergonha e quando fui levantar ele pediu para que eu continuasse na posição porque ele tinha visto tudo e seu pau estava estourando de tesão.







Senti aquele estranho pegando na minha cintura e forçando a entrada da minha bundinha. Seu pau era menor e entrou muito fácil, senti seu saco batendo no meu. Ele ficou fazendo um vai e vem com força e ficou assim por alguns minutos. Ficava me chamando de putinha até que pediu para que eu virasse e começássemos um papai e mamãe onde ele beijava minha boca,lambia meu pescoço até gozar.







Tais já havia indo embora e quando o estranho saiu de cima de mim ele rapidamente subiu a sua calça e foi embora.







Fiquei aproximadamente meia hora sozinho e deitado no banco do carro.











Fui realmente uma mulherzinha naquela noite, não tinha gozado. Joguei minha calcinha fora e fui embora. Fui bater uma punhetinha no meu banho em casa

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


massagem incomparável faz cara senti tesão e gozaContos eroticos de irman eirmaoconto erotico de enfermeiro aplicsndo injecaocontos eróticos disneylandiacontos peguei maninha virgem dormindoguado o cavalo tramza a rola dele fica detro da egua[email protected]mete essa picona do cu do meu maridinhoSobrinhas do prazer contoscontos eroticos esposa nudismomulher gostosa arrumando biquini em um deckcontos fetiche de mulher casadaconto erotico viado bundudo da cu para negaoCu arregaçado.com/sadomazoquismocontos dormiu e tomou no cu fodidacontos eróticos velhacontos incesto comendo minha mae no parquebucetinha inchada de minha esposa orgia contocontos eroticos peguei meu sobrinho de Pau durocache:XIRRUtFC4SYJ:https://idlestates.ru/conto_12285_fui-estuprada-por-minha-culpa-parte2.html contos eroticos comendo o preciosoaudios da minha safada gozandoAdorei meu primeiro anal contos eróticosdelirei com a pica entrando no meu cuzinhocontos eroticos de enteada que transou aos cinco aninhos com padrastocontos eróticos caseiros com o filho rapaz do patrãomamae me deu seu cuzinhoconto fiquei pelado na frente da médicadeflorando bucetinhas com pepinosum pivete me engravidou contoscontos eroticos gay meu tio de dezessete me comeu bebado quando eu tinha oito anoscorno sentando na rola contosporno contos filha mais resenteDedo na xoxota contoscontos ninfeta lesbica fodde casada hererocontos de vovo me comeu com seiss anosSou novinha e putinha boqueteirá do papai contoseroticospintinho na bunda contoslego na dano a buceta dormindocontos eróticos 4 garotasminha namoradinha me provocou pra fuder brasilver conto veridico minha baba abusado por minha babacontos minha mae bebada e fodaContos gay encontro com o estranho da rola grossafiquei louca vendo o meu sobrinho pauzudo comendo a minha filha. conto eróticoconto meu tio encheu a b********contos eróticos de mulheres casadas q já treparam com travesticontos eroticos comendo a enteadabuceta chupar elaelecontos eróticos casamentoContos erotico amigas devendoele fodeu na minha frenteporno baixar caralhogrossos ensinei a bater punhetacontos minha prima defisiete me viu batedo umasora minha sogra com pica no cuconto mamando na tiacontos eroticos minha esposa e os amigos do condomíniocontos negao na praia de nudismocontos coroas amazonensescontos eroticos currada garganta profundavirei cadela contos gaysmeu policial gostoso chupou meus seios e grelinhoconto xota cu irmãoContos de deu o cu por drogaspunheta para o sobrinho contoconto minha calcinhaTio fode sobrinha contos e ela nao quizmwu irmao comeu meu cuzinho contosAgarrando o pênis com tesãoconto tia velha gostosa