Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PÉS DE TITIA

Boa tarde, é a primeira vez que escrevo para esse site, muito embora sou leitor faz tempo. Meu nome é Roberto, tenho 25 anos e curto pessoas um pouco diferente dos padrões normais, ou seja, gosto de coroas, negras, gordas e sou um podálatra inveterado.

Vamos ao conto.

Tenho uma tia de nome Ânfela, ela tem 55 anos, bonita, deve ter 1.60, uns 85kg, cabelos curtos,..

Lembro-me que desde sempre eu olhava seus pés com vontade de tê-los para mim. Quando criança, apenas arrumava uma maneira de brincar por perto, conforme fui crescendo, esse meu desejo aumentou. MInha tia sempre foi muito bacana comigo, creio que me considera seu sobrinho favorita. Ela, logicamente, é minha tia favorita. Em março deste ano meu tio viajou a serviço para a China por 3 semanas. Como meus primos são casados, eu dormia na casa de minha tia. Logo no 3° dia, estávamos sentados na sala assistindo TV e minha tia colocou seus pés sobre a poltrona. Começamos a conversar, falando de nossa vida, ela me elogiando enquanto sobrinho e eu à ela enquanto tia. Não demorou e veio a pergunta fatal: porque tanto olhas para meus pés? Muitos podálatras já passaram por isso. Relutei um pouco, ela insistiu na pergunta e falei a verdade, que sempre a achei bonita e seus pés maravilhosos. Ela achou estranho, veio com aquela conversa que sou sua tia, muito mais velha do que vc. Poderia ser mãe, além de tudo sou gorda. Então falei, tia sempre a respeitei e a respeito muito, porém desejos, no máximo ficam ocultos. Podemos controlar, mas não evitar. Sou louco por seus pés, se a senhora não fosse minha tia, com certeza teria tentado avançar o sinal para pegá-los. Ela recolheu-os e me convidou para jantarmos. Pairou um silêncio no ar, jantamos meio que calados, trocando breves palavras. Quando reiniciei a conversa e pedi desculpas, mas lembrei que fora ela quem tocou no assunto. Eu apenas falei a verdade. Ela respondeu dizendo que não estava bravam sentida, apenas pensativa, porque. Falei à ela que não estava dando uma cantada, que não queria ir para cama com ela, apenas estav doido por seus pés. Então ela falou que seu marido, algumas vezes beijava os pés dela, mas não porque teria algum fetiche, mas na sequência da relação, porém se sentir desejada em face dos seus pés, lhe parecia estranho. Mudei de assunto e disse à ela que iria para o quarto. Ela, como sempre, me deu um beijo no rosto. Brincando falei, gostaria de poder dar um boa noite para seus pés. Ela sorriu, olhou para eles e disse: podes dizer. Dia seguinte me levantei cedo e fui trabalhar. No final da tarde estava em dúvida se iria ou não para sua casa, demorei um pouco mais do que de costume. Ao chegar ela me recebeu mais carinhosamente, com uma rasteirinha nova e seus pés haviam sido feitos naquele dia, na noite anterior estavam sem esmaltes. Entrei, ela me disse que pensara no assunto e chegou a conclusão que não teria nada a ver um sobrinho poder pegar em seus pés. Meus olhos brilharam, não perdi tempo, me abaixei e tasquei um beijo no peito dos seus pés. Ela sorriu e disse para em acalmar. Sentamos, conversamos sobre o assunto e ela colocou seus pés sobre meu colo, peguei-os em minhas mãos. Eram muito macios, gordinhos, eu estava nas nuvens. Ela disse: são seus meu querido. Então me ajoelhei e comecei a chupar seus dedos, dedinho por dedinho, parei um tempo naquele dedão gostoso, nos dedões gostosos. Ela suspirava, e começou a esfregar um pé no meu rosto, enquanto que o outro alternava os dedos em minha boca. Mordisquei suas solas, fiquei um tempo lambendo seus calcanhares. Estava maravilhado com aquilo tudo. Disse à ela que estava para gosar,e, para minha supresa mandou baixar minha calça e colocou um pé sobre meu pau, eu estava ficando louco, depois enfiou um dedo na minha boca e eu gosei fartamente. Ela sorriu, disse que havia adorado e que poderíamos repetir por tantas vezes quanto fosse possível.

Naquele período de viagem isso se repetiu todos os dias e na última noite, fecahmos com chave de ouro, onde puder comer minha tia gordinha, mas essa fica para outra vez.

O fato é real.

Quem quizer comentar ou escrever: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


http://comtos eroticos de estuproContos coroas bimandou fotos nua e recebeu chantagempunheta para o sobrinho contocache:XIRRUtFC4SYJ:https://idlestates.ru/conto_12285_fui-estuprada-por-minha-culpa-parte2.html contos eroticos com fetiches absurdoscontos de adolecentes escultando.adultos tranzacontos como presenciei um cachorro fudendo uma cadela até engatartraveco roludo patendo puenta derepente chega a mulher bem gostozamuitus contus estupro na favelafui penetradoContos fui castradocasada reclamando do vizinho contos eroticosconto aquela mulher mexeu na minha buceta cu teencontos eroticos familia unidacontos eróticos minha bundarapidinha calcinha pro lado conto eroticocontos erotico esposa propoe promae amigos contos eroticosContoseroticosdesolteirascontos eroticoPROIBIDO de incestoconto erotico incesto sonifero filhacontos eroticos casada estuprada na estradacontos eroticos corno bebe leiteConto goza pai ui ui no cucontoseroticosarrombandocontos de travestis bem dotadasgay surra chinelo putinhafui enrabado pe lo o yravesti na baladacontos novinha e o velho roludocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html me comeram novinha contoscontos eróticos apanhado chorei muito e fiqueicom a buceta toda vermelhacontos eróticos virei strip-teasemandou fotos nua e recebeu chantagemcontos sado marido violentosestudando com contos eroticoscriando o sobrinho banho contocontos comeu cuzinho dormindoContos eroticos putinhascontos eroticos de vovomulheres adoram ficar peladas cheio de manteiga no cusexto de roupas sujas contos eroticosWwwloira casada negro da borracharia na casa dos contoscontos comeu meu cu adolecenciaconto erotico arrombei o travesti do baile funkver contis eroticos de incesto passando oleo na maeContoseroticosgreludazoofili negao magro com umaatia gritando "me come sobrinho"contos eroticos minha mulher com roupa curta e decotadaa amiga resolve acordar a amiga com a mão na buceta delafotus de zoofiliagorda sentada no sofa e cachorra lambendocontos eroticos de teen com coroascontos.eroticos.homem.cadeiranti.casado.com.mulher.traidoconto incesto gay peludoconto incesto tô gozando na buceta e ela engravidoucontos chupou meus peitinhos levantou meu vestido e puxou a minha calcinha e me rasgou e eu gritava de dorcontos eroticos de oncesto de sogra com derrocazal gay fudedo gostoso ao vivocontos eróticos de bebados e drogados gaysminha mae me iniciou em zoofiliacontos deu o cuzinho por um celularContos eróticos genrocumendo a prima vingwmerotico menininhaconto sexo paiprimas contos eróticoBebendo porra do filhinho contoseroticoscontei para minha amiga que trai meu namorado e o namorado dela com seu amigos me comwramConto erotico esposa santinhacontos porno com vigilantes mulhercontoseroticoscommaridocontos eroticos minha sobrinha meu amor part1contos eroticos comendo o rabinho da bebadavi dois velhos comendo minha esposa numa trilha em floripa casa dos contos