Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SÉRIE - UM ATIVO A GOZAR – NO MATAGAL DO PRAZER.

O sexo, o prazer, o desejo e tudo que uma noite nos deixa imaginar. Eu estava assim, sentia o prazer o e desejo fluir diante do sexo e das vontades.



Eu havia realizado meus desejos, fuder gostoso um menino novinho, o fazer gemer de prazer e de vontade, o fazer gritar na minha vara, o fazer mamar gostoso e tomar o leitinho quente.



Foi desta forma que desejei e realizei o Douglas. Ele novinho, corpo de menino e beijo de garoto, agora ele era meu, eu homem de 19 anos tinha realizado meu desejo, fuder, abrir e gozar em um rabinho de um menino, de jovem que aprendia a desfrutar do prazer do sexo, porem muito mais do que comer, enrabar e chupar todo este menino é o sonho de acreditar que sexo é um prazer mutuo.



Eu estava feliz, ia todos os dias ver Douglas e ficar com ele. Era nosso segredo, era nosso prazer, pois sua mãe a gostosa dona Sonia estava trabalhando, ela gostava e achava que eu era a melhor companhia para seu filho, que era por todos os dias beijado, abraçado, comido e arrombado por mim, ele era minha menininha, minha putinha novinha que descobria que dar cuzinho era bom, era prazeroso, gostoso.



Douglas era meu menino, porem via que sua mãe estava me dando bola, ela era bonita, gostosinha e tinha um rabo de dar gosto e super simpática apesar da idade dava pra comer, mas sabe eu tinha um caso com o filho dela, mas sentia que ela estava afim de mim.



Mas eu desejava e gozava com minha rola no rabinho de seu filho, em uma tarde de sol estava eu e ele passeando quando tivemos a idéia de entrar em um matagal para dar uma, logo adentramos em uma mata fechada e abaixei o calção e deixei ele saborear dos meus 19 cm de prazer, ele mamava gostoso, sentia sua língua deslizar diante da minha cabecinha e o prazer tomar conta, porem era de tarde e o medo de ser pego era grande, mas valia a pena. Era delirante ver aquele garoto saboreando minha vara, ele engolia tudinho e parecia estar aprendendo a cada dia mais como dar prazer a um homem, sua boca gostosa subia na direção da minha e seus lábios juntavam ao meu. O sol da tarde adentrava ao matagal e o nosso abraço se tornava mais delirante, sentir o prazer, o toque o desejo daquele que era um menino estava alem das somatárias da vida.



Ele era lindo, um olhar penetrante, uma boca gostosa e um rabinho novinho e gostoso. Ele era todo meu, e sabia fazer de uma tarde no mato algo diferente, pois sua boca, sua pele lisinha e seu corpo quente me faziam sentir prazer e desejo.



Eu tocava em seu corpo e abaixava minha mão forte diante daquele gostoso rabinho, o fazia desejar, respirar de prazer e fazia ainda aumentar minha vontade de naquele mato enrabar meu garoto.



O medo tomava conta do prazer e ele exatamente de quatro com seu short abaixados me fazia delirar, via seu buraquinho louco para ser atolado pela minha rola, o beijava na macega, passeava minha língua em seu anelzinho, e ele de repente estava pronto e sendo comido, pois minha vara começava a atolar aquele buraco gostoso, eu enfiava devagarzinho, mas loco estava metendo com força, ele gemia, gritava de prazer e eu com a mão tampava sua boca para não chamar a atenção de alguém, mas era gostoso, parecia que era a primeira vez que comia aquele rabinho, ele gostoso, novinho, gemia e gritava de prazer, uma putinha serena de prazer.



Um garoto que descobriu o prazer de dar o rabo em um mato urrava. Sentia os 19 cm de pica dentro seu cu. Era agora um viadinho formado e diplomado.



Eu gozava e enchia naquele mato em final de tarde seu cuzinho de porra, ele parecia delirar estar feliz e aberto. Eu gozava e tirava de dentro do seu anelzinho minha rola molhada de prazer.



Beijamos-nos, se abraçamos e realizamos uma fantasia, ele dava em um matagal e eu gozava e ensinava a ele que o prazer não tem limites.



Porem depois de tudo isto algo diferente estava por acontecer, ao chegar à casa de Douglas fui surpreendido por sua mãe, fui seduzido e comido por ela, mas esta foda com a velha eu conto no práximo episádio.



Continua...



-



ASS – ThyAggo



MSN:



[email protected]



---------------------------------------------------------------------------------------------------------



Acesse:



portalgayms.blogspot.com



portalgayms.blogspot.com



portalgayms.blogspot.com



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Fotos erótico padratos e entiadaRelato minha mulher no shopping sem calcinhaamanda meu marido.é corno mesmo contosZooxoxotaconto erotico sogro ahh uhh mete metedeu sonífero para comela prnoconto erotico ajudando maninha pir meu cunhado bebado no chuveiro fiquei de pau duroEstorias eroticas comadrecontos eróticos não sei que fizcrentes excurcoes contosnetinha alizada pornodoidofilme porno com gay aguentado dois punho no cu de uma vez mais grinta de dorconto erotico: va para o vestiario e me esperevideo fui enrabado no acampamentoO primo do meu marido é meu machocontos eroticos de fui comido pelo meu tiocontos eróticos do game com medo a namoradaconto esposa se transforma na casa de swingwww.contos de abusada desde pequena pelo tio no incestocontos eróticos minha amiga jogadora dormiu na minha casamenina sapeca danada enganou todos contos eroticosrelatos eroticos de traicao consentidaeu adorei gozar no rabo da minha sogra e ela esta visiada em dar o cucontos bund 130cmeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestoconto erótico meu pai fude minha esposa rindo da minha carainjecao na bunds porno contocontos fudendo vizinha novinhacontos eroticos tia da esposa dormiu em casaa foder a policial na rua contoscontos de coroa com novinhox vidio comtos eroticos mães inocenteconto pirno vovózinha biconto de incesto de pastor estrupadoContos eroticos minha esposa e a estagiariacabacinho rasgadinhopolicial revistando afeminado videosgay gayvidios porno dona de casa carente gosa com seu cachorroeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestoconto guey jogador chupa adversário no vestiárioContos eroticos chiando na fodacontos eróticos fui abusada pelo pirralhoconto.minha esposa deu para 5fui forcada a chupar papaihistórias de cunhadas punheteiracontos eróticos com animaisContos eroticos homens estuprano gravidasContos eroticos fudendo baixinhaContos eroticos gosto que minhas tetas estejam vermelhas de tanto macho chupandowww contos eroticos como minha filha e minha mulhernovinha peguei no pinto do cachorro relatosestalos da cama-contos eróticoscontos gay infanciaBuceta de daniviafui iniciado conto realcontos de traicao anal,postados no facebookconto erótico Eu e minha filha damos o c* para o meu maridoempregada sexo19anoslevemente ara tomando banho nuacontos eroticos de mulher casada cagonaeu e minha sobrinha no cine pirno contoConto erotico meu cachorro taradovirei putinhacontos eróticos de n********** dando para pau gigantesconto erótico duas rolar na velhagostosa de olho bendada e trançadaxvideo porno cavalu comedo aeguameu cao meu machoContos eróticos rabudinha chorou na picame exibindo meu pai contoscontos eroticos dando pro jumentometendo na barba de shortinho atoladocontos porno com vigilantes mulherconto xota cu irmãocontos eroticos senhora do quadril largocomemos minha namorada contos eróticoschupando uma bct de novinhas dormindo indefesasContos eróticos comi minha imagina sem camizinha e ela engravidoucontos lesbicos princesa chupa princesaestiquei os peitos da gostosa contoscomi a adilhada novinha loira olho azul contoesposametenocomoutrocontos eróticos esposa estuprada e desmoralizadaconto erotico eu com a rola de outro infiada no cu falado com meu marido ele nem desconfiamadame e seu cao conto eroticoConto erotico entalouflagrei minha maé com socio de meu pai contosbucetas ticos greloscontos ganhei 50 reais para chupar pau coroa gayshantai filinha patendo punheta pro pai safadaerotico meu pai me bati na cara quando gozavídeo pornô caseiro cabritinha abrindo a b***** para o cara meter a pica grossa dentro delaestalos da cama-contos eróticos