Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIZINHO NOVO: CASADO E PAUZUDO

Já fazia um tempinho que eu não dava o rabo, e já estava na fissura. Quando vi o novo vizinho, na hora fantasiei que podia ser ele a apagar o meu fogo. Sá não imaginava que fosse dar certo

Caio é um negro alto, professor de natação, uns 30 anos e muito gostoso. Havia se mudado há uma semana. Logo fui puxar papo com ele e de cara nás demos bem. Fiquei tramando uma estratégia pra traçar aquele negão.

Como a mulher de Caio estava grávida de 8 meses, achei que essa seria a brecha. Um dia, tomando uma cerveja com ele na minha casa, dei a entrada:

"E ai, Caio, tua mulher tá quase dando a luz...tá tudo normal?"

"Tudo sim, por que?"

"E sexo, tá rolando?"

"Que nada. Desde o quarto mês que ela não quer nem saber disso"

Pronto! tinha achado uma brecha. O negão devia estar a perigo. Agora era sá rodear com cuidado e dar o bote.

"Então tu deve estar numa fissura da porra"

"Nem me fala, cara... eu nunca trai minha esposa, mas ando de um jeito, que meteria a rola em qualquer buraco que aparecesse

Na mesma hora meu cuzinho já começou a latejar

"Até em cú de homem?" - perguntei

"Cara, eu nunca comi homem, mas com o tesão que eu estou, acho que eu traçava.

Disse a ele que ia buscar umas revistas pra mostrar uma "coisinha"pra ele. Voltei do meu quarto, com algumas revistas de sexo gay, escolhidas a dedo. Dei pra ele folhear, já observando se o mastro dele ia dar sinais de vida.

"Caralho, os caras aguentam tudo no cú mesmo..."

"Tua mulher não libera o rabo pra você?"

"Infelizmente não. Eu já pedi muito, mas ela não curte"

A essa altura, tanto o pau dele quanto o meu já estavam estourando dentro das calças. Ele estava visivelmente fascinado pelo que via. Era a hora de dar o bote:

Porra, Caio!Tu tá de pau duro.

"Pior que to mesmo..."

Com medo de levar uma cortada, mas tremendo de tesão eu disse:

"Deixa eu ver?"

Na mesma hora ele abriu o botão e o zíper da calça, e de lá surgiu um pau maravilhoso. Preto, com a cabeça rosada. Sem medir as consequências peguei aquele pau e comecei a punhetá-lo. O negão deu uma gemidinha de prazer. Agora tinha certeza:Aquela rola seria minha!

Sem perder tempo, me ajoelhei e comecei a lamber aquela tora grossa, que já estava dura como pedra. Um pau suculento, do jeito que eu gosto. Abri bem a boca, e engoli aquela cabeçona. Caio não resistiu.

"AI que delicia, cara! FAzia tempo que ninguém me chupava"

Dei aquele trato caprichado . Sugava, mamava como um bezerro, e sá tirava da boca pra lamber aquele saco gostoso, com cheiro de macho, onde o leite quente cozinhava.

Pelos gemidos de Caio, senti que ele ia gozar. Eu até queria engolir o seu leite, mas resolvi parar. Tinha outros planos pra ele:

"Vamos pro meu quarto, que eu quero te fazer um negocinho"

Ele veio comigo, com aquela piroca dura agitando-se no ar. Tirei minha roupa e empinei a bunda pra ele, de quatro na cama. Sou um cara másculo, mas gosto de virar uma verdadeira puta na hora de foder.

"Gostou da minha bunda, Caio?"

"Porra cara, que puta bundão...."

Eu já tinha depilado meu cuzinho de manhã, na esperança de traçar o negão. Suas mãos fortes começaram a apertar a minha bunda, e o meu tesão foi pras alturas.

"Brinca com esse cuzinho, meu macho..."

Pra minha surpresa, caio se abaixou e enfiou a lingua no meu cú. Tive que segurar o grito de tesão. Aquela língua fazia movimentos circulares no meu cú, e eu rebolava, gemia, como uma puta no cio.

"Tá gostoso esse cuzinho, tá?"

"Tá uma delícia, porra!"

Logo ele começou a bater com a pica no meu rego. Senti que ia ser uma missão árdua agasalhar aquele colosso preto. Peguei um tubo de lubrificante e pedi pra ele espalhar. A medida que ele passava, dava uma enfiadinha de dedo no meu cú, arrancando gemidos de tesão. Até que ele enfiou o dedo todo.

"Tá doendo, safado?"

"Tá é muito gostoso", eu disse, enquanto rebolava

"Que cuzinho quente...Puta que delicia"

"Quero que você me coma....Pode me foder, macho"

A sensação daquela cabeçona encostando na portinha foi indescritível. Sá que gosta de dar o rabo sabe como é gostoso aquele calorzinho, aquela coceguinha.

Relaxei o anel e fui sentindo cada centímetro daquele cacete entrando. Meus gemidos ficavam mais altos, e a vontade de gritar aumentava. Quando a cabeça deslizou pela prástata, eu quase desmaiei de tesão.Caio parecia não acreditar:

"Ai que tesão cara... teu cú é muito gostoso..."

No mesmo instante comecei a rebolar. Olhava pra trás, fazendo cara de puta depravada, mordendo o lábio e pedindo, pra que ele me fodesse. Quanto mais putaria eu falava, mais forte ele bombava:

"Vai meu preto pirocudo. Fode!! FODEEEEEE!!

A sensação daquela carne dura e quente me preenchendo era magnífica. Enquanto ele me fodia, eu batia uma punhetinha de leve, curtindo cada segundo.

Fiz o movimento de sair daquela posição e fiquei na posição de franguinho assado. Adoro ver a cara do macho quando goza. Abri bem o meu rabo e disse:

"Vem, Caio. Vem arrombar essa bunda"

Sem cerimônia Caio meteu tudo de uma vez, me fazendo soltar um grito, que misturava prazer e agonia. Os pentelhos encaracolados se esfregavam no meu saco.

"Vem safado, come gostoso esse cú. Me faz de puta, me engravida... Me dá leite"

Percebi pela cara dele que o momento sublime estava práximo, e sua fala confirmou o que eu imaginava:

"ahhhhhh que tesão louco. To quase gozando, porra."

"Goza, goza gostoso meu macho. Enche meu cú de porra"

Os movimentos se aceleraram, até que ele deu um gemido mais alto e empurrou até o talo pra dentro. Senti o seu líquido quente me inundando. Era gostoso demais sentir aquela pica preta me enchendo de mel. Pedi pra que ele não tirasse, e continuei me punhetando. Em poucos segundos, eu gozei maravilhosamente, fazendo cara de vadia. Logo depois, sua pica já amolecida escapou do meu cú, fazendo o leite escorrer sobre o lençol.

Depois daquele dia, Caio começou a me evitar. Aparentemente, bateu-lhe a culpa, por ter comido o cú de outro homem. Mas eu nem liguei. O importante é que eu gozei muitooooooo

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos bdsm sequestradacontos eu e meu marido adoramos ir no cinema ver pornoPORNO CONTO ORDEM DA PATROAmeu,vizinho mais velho me lambeudepilei meu filho contosConto prima me flagroudona florinda putatrai meu marido sem querer contos eroticoscontos eroticos como meu irmao me comeu o meu cuPeguei meu filho mostrei minha vagina contos eroticosconto gay cu de sobrinhoO cara desmaior a mulher e.meteu o.pou no.cu pornocontos eroticos que saudade da lingua dela na minha brelato conto: meu me incentiva a usar roupas provocantesconto erotico comi minha prima enquanto ela dormiacontos eróticos pai e amigosNo meu caso sou uma mulher madura, me chamo Paula, 43 anos, branca, alta com cabelos pretos, corpo violao,Contossafadezasdona rita a crente tímida contos eróticosGoiânia conto local cu borracharia gaycontos porno eu amo caga na picavoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos de incesto deixando a irma com ciumescontos meire me dominadominando com sadismo conto. eroticoconto erotico irmã de 16 e a vizinha de 15 tranza com o irmão de17 e goza na buceta das duascontos eu e meu sogro estupramo minha mulher gravidaenfiando na bucetavarias coisasas gostosas passando bronzeador no seu corpinho nadaconto erotico;eu e a professora de artesconto erotico namorando o peao da fazendaContos sexo coroas esposas de amigosf****** a b******** da minha enteada Camila e ela Gozou muito no meu pauconto erotico o viadinho de calcinha no asilocontos minha namorada pelada meu amigoContos eroticos sadomasoquismo minha mãe me obrigou a virar escrava do meu tioconto erotico cunhadinha safadinhacontos policiais fudendo presoscontos travesti e mulher casada juntas dando o cu pra homem e o cãoconto erotico mae se bronzeando a bunda pediu p filho passar bronseador no raboconto.minha esposa deu para 5contos de mae sedutoracontos de insesto fatos.comreaisconto erotico sogro na piscinacasa do conto rabao da mae e irma nao aguentei com baby dolsobrinho dopa sua tia historia eroticapegado carona um casal com camionero contos eroticoDesvirginando a subrinha de 18 anosContos eroticos estupros coletivos veriticoscontos sogro polpa forafui passear nas férias e trai meu corninhomulher faz strip antes de comecar zofiliaokinawa-ufa.rucontos eróticos gay depilação entre machosmulher rebolando de costa para o espelho de fio dentalconto.eroticos patrao com funcionarios ou asconto eroticos com a namorada e minha irma acampandoConto porno de estuprada por pai da mim amigasequestro e muitas lambidas no greloescova contos eróticosnamorada deixou cara de pau duro contoscontos porno filho do amigo secretoconto piga no cucontos eroticos minha sogra franciscacontos eróticos gay lambendo o cu do macho heterocontos eroticos 16cmgreludinha minha menina chupei ate virar um piruzinho contos de incestorealizando minhas taras com a gravida contos eroticosnegao bota ate o'talo na novinhalambendo meu cu contos exibicionismoa primeira f*** com travesticantos eroticos so casado mais o negao arrombou meu cuEmpregada Triscando no meu pau contocontos erótico esposa traiu o marido traficantepirulito do titio contos eroticosconto mae e sua bundaContos eróticos gangbangcasado chupa travesti contocontos apostando uma encoxadaacordei com a minha enteada Camila com a b******** bem molhadaContos minha sogra fas eu ser puta do sogro e tiosmeu padrasto meu donocont erot recem casada um velho meagora soquei o pau no cu da garotinha do condominio ela so tem onze anos contosconto tia velha safadaconto ele me comeu pelo buraco da paredeencoxei minha tia peituda (contos).