Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIREI A PUTA DA FAMILIA 3 - DANDO PARA OS PRIMOS -

Na epoca que essa seção de bondage aconteceu eu tinha acabado de completar 19 anos. Ja estava um pouco mais alto 161cm, mas os raros pelinhos que apareciam eram logo raspados por eles, para que eu continuasse sempre lisinho. Uma diferença que eles adoraram é que minha munda ficava cada vez mais carnuda e empinada, parece que ate meus genes ja eram gays.Na noite daquele sabado so consegui dormir bem tarde, la pelas 3 da manha, o que resultou que eu acordasse tarde no domingo, acho que foi por volta do meio dia. Para minha surpresa ao sir do quarto encontre meu tio e meus primos na sala conversando com minha familia, todos felizes.Antes de contiinuar devo apresenta-los. Meu tio(irmão do meu pai) tinha 44 anos, minha tia 37 e meus primos Lucas, de 14, branco, 170cm cabelo todo espetadinho e bem "fofinho", nao chegava ser gordinho, digamos que era na medida certa; e Mateus, de 16, branco 181cm, e bem sarado ja que fazia academia todo dia, corpão realmente lindo.Ao me ver minha mãe disse: "A bela adormecida acordou", e virando para minha tia continuou: " Mas vamos embora que a feirinha de artesanato fecha cedo, voce nao vai conseguir ver tudo". Me despedi de minha tia e as duas foram embora. Mas é claro que o objetivo maior de minha mãe não era mostrar a tal feira, e sim tirar minha tia do local.Logo que sairam meu pai ja me puxou pela mao para perto dele e perguntou: " como minha putinha esta?". Assustado por falar aquilo na frente deles apenas respondi que estava bem. Entao meu pai convidou todos para a piscina, e sem cerimonia todos foram rapidamente. Para minha surpresa todos foram ficando peladões, eu me fiz de recatado e continuei de cueca. Meu pai perguntou se eu nao ia ficar pelado, eu respondi que não, ele fez uma cara falou algo para meu irmao e seguiu para a piscina. Meu irmao veio ate mim e falou: "E ai Caio voce vai tira na boa ou eu vou ter que tirar por voce?" Respondi que não ia tirar e num movimento rapido e firme ele abaixou e arrancou minha cueca e me mandou para a piscina.Ao chegar la todos estavam aproveitando numa boa, ao me ver meu tio deu uma boa olhada e cochicou para meu pai: "Voce tinha razão, é mesmo um lolito esse puto". Com vergonha pulei na agua e la fiquei até que todos decidiram depois de um tempo entrar novamente para a casa. Todos fomos para a sala, e enquanto nos enxugava-mos meu pai falou: "Então é isso Lucas e Mateus, podem mandar ver nele". Os dois abriram um sorriso de orelha a orelha, eu num ato instintivo tentei me esconter atras do Dan, que me puxou e me empurrou em direção aos dois: "Ta com medo porque, esse cu ta tão arregaçado que nem vai sentir".O Mateus chegou perto de mim, me abraçou e falou: "Qual é primo, a gente veio aqui sá pra te comer e agora vai dar pra tras?" Nisso dei uma olhada no pau dele, e era realmente grande, uns 20cm, pelos aparados, ele se cuidava. O lucas tambem ja tava durao devia ter uns 16cm, era quase igual ao do meu irmao. Sem saida eu falei "Ta bom, vamo pro quarto entao", no que fui imediatamente interrompido por meu tio:" Quarto o caramba, vai dar pra eles aqui na nossa frente, pra gente poder acompanha".Lucas entao chegou por tras me segurou pela cintura e falando bem pertinho do meu ouvido mandou eu me ajoelhar e me deu uma lambida na orelha que me arrepiou todo. Ali estava eu com aquelas pirocas maravilhosas na minha frente e até uma "plateia" para acompanhar. Devo ressaltar que meus dois primos eram muito mais sensiveis e carinhosos que meu pai e meu irmão. Entao me pus a chupar aquelas rolas deliciosas, ora em um ora em outro, dava tambem grandes chupadas no saco, o que os levava à loucura. Depois de uns 19 minutos chupando, o Mateus me pega pelo braço e me levanta, me da um baita dum beijo na boca, daqueles bem molhados e manda eu ficar de 4 no sofa. Aquela tarde estava sendo tao difetente da noite anterior que me deixei levar pelo prazer e obedici fielmente o que eles mandavam.Apás ficar de 4 o Mateus fala: " Vai la Lucas, por que se eu for primeiro vai fica tao arrombado que voce nem vai curti depois". Lucas rapidamente veio e lambuzou bastante meu cu com cuspe, colocou o pau na porta e foi enfiando; entrou com facilidade, ele entao começou um vai e vem cadenciado porem firme, que chegava a quase enfiar as bolas junto. Enquanto metia ele acariciava minhas costas, fazia carinho no cabelo, as vezes ate dava leves punhetadas em mim. Aos poucos foi aumentando o ritmo, eu so conseguia ouvir aquele "plac, plac, plac" das bolas batendo contra minha bunda. Ele foi ficando ofegando e bastante suado, rapidamente tirou o pau do meu cu, me virou e jorrou tudo na minha cara, foi tao rapido que nem deu para mirar na boca. Uma das esporradas foi bem no meu olho e acabou ardendo bastante. Ele desabou no sofa, ensopado de suor, me chamou para perto e deu um baita beijo de lingua, misturando saliva e seu proprio gozo.Quando pensei em procurar uma toalha para limpar o rosto ja veio o Mateus me segurando: "Calma priminho, não vai saindo assim não, senão o clima apaga". Ele sentou no sofa e falou: "Vem ca que vo te comer em outra posição". Fui até o sofa, ele me pegou e colocou sentado de frente pra ele direto naquele mastro. Realmente foi duro entrar, mas com calma ele conseguiu: "Caramba Caio que cusinho apertado esse, nem parece que voce da o cu faz tempo". E assim eu fiquei cavalgando e para minha surpresa ele começou a me beijar; praticamente todo o tempo em que ele meteu em mim ele tambem me beijou. Depois de um tempo ele avisou que ia gozar, foram umas sete jorradas, antes mesmo de tirar o pau aquilo ja escorria pelas minhas coxas. Ele entao levantou e falou pro meu pai: "Vamos dar um banho nele tio, a gente ja volta, vem junto Lucas!" Posso dizer que foi o melhor banho da minha vida, fiquei um tempao na banheira, eles me esnsaboaram todo, lavaram meu cabelo, e me ensinaram a lavar bem o cu por dentro com o chuveirinho. Depois me enchugaram e colocaram roupas limpas e me levaram devolta pra sala. Chegando la, eles ainda pelados, falaram pro meu pai: "Valeu mesmo tio, foi o melhor cu que eu ja comi". Meu pai prontamente respondeu: "Eu sei, esse cu faz muito sucesso, rsrs, mas quando quiserem podem voltar, ele fica 24hs disponivel".Depois disso sequencialmente todos foram tomar seus banhos para que quando elas voltassem estivesse tudo normal.No proximo conto relato o que aconteceu comigo nos tempos que se seguiram.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos travesti gordareboladas da titia contos eróticoscontos.casado curte travesticontos eróticos gay o cu do.garotinhoConto de puta presa e estuprada diariamente por muitos machoscom o mel do gozo na bocacontos eroticos tia no casamentoConto porno de incesto de padreconto eróticos menina pobrerelatos eroticos casadas com negao e velhopelado amarrado contosconto gay negao casado deucontos eroticos esposa nudismocontos... me atrasei para casar pois estava sendo arregaçada por carios negoescontos eroticos filho da minha vizinha amante maravilhosoconto erotico fudi mimha mulher a noite inteiraxvidio chupando abucetinha da nifetinh virgeconto peguei no bulto do amigocontos erotico so de negrinhas dando o cusinho e a bucetinha pro cunhado e chupando muita rolacontos eroticos de pivetescontos eróticos de gay Fui Comido pelo meu colega de trabalhoconto sexo nora putinha do sogro negao.conto sexo nora putinha do sogro negao.vai novimha tirano a roupacontos eróticos mãe no colhinhoela desmaio contos eroticossexto de roupas sujas contos eroticosgosando no cu do meu filho bundudo inocenteFodelança contos comendo a mulher e sua amigacontos eroticos de mulheres a adora surubao amigo do meu marido me enrrabou pohe eroticoscontos eróticos eu inocente meu vizinho me pegou no flagra transandocontoscomsograsas travestir mais bonitas e gostoza en imaje que se movimentacontos lesbicos princesa chupa princesaadoro usar as calcinhas da minha esposaasalto que.virou.suruba videoscontos transando em silêncio mulher pede ao vizinho pra ser errabadacontos eróticos mãe no colhinhoconto erotico rosadinho troca trocacontos de incesto setada.no colocruzando o cu fechadinhocontos eroticos meu sogro e o meu cafetaocontos eróticos gays cavalgando no padrinhocontos eroticos mendigo gays orgiaContos eroticos... Uma rapidinha com a cunhada de vestidocomendo a empregada contocontos esposa e a visinha fodem com cãomeu pai me arregasou todacontos sado marido violentos"Deflorada pelo titio parte i"conto erotico de colega saradao do meu padrasto mim comeuconto erotico piquinique em familia parte 2 incestocontos de orgia com maetia s***** com short bem coladinho com os peitinho bem a filha dançando o funk para o sobrinhoContos eroticos-Virei pridioneira lesbicacontos minha e eu no analconto erotico viado afeminado escravizado por macho dominadorcontos eu comi a minha sobrinhacontos quase biquentes carentes cariocasconto erotico fudi mimha mulher a noite inteiraComtos namorada fodida para pagar dividas do namoradoanus enrabadocontos eróticos sobre tia bucetudaencoxol com jatos de porracontos eroticos gay ficticiosContos eroticos pai espretado filha a tomar o banhoFotos de mulheres deitsdas de frente na cama de marquinha de biquínidezenho de negro fudendo cu do gayMeninas novinhas de onze e doze perdendo a virgindadecontoscontos eroticos baba pretinhacontos filho chatagea a mae e mete melacontos eroticos exibi minha mulherSexoincestocontoscontos eroticos bia fabriciocontos eroticos esposas adora pau grande e muita porra levei ela pra dar pum cavaloinseseto commforcaContos eróticos de arrombadascontos eróticos mamãe meteu uma cenoura em minha bucetinhacontos eroticos velho na praia de nudismoenrabada pelo meu filho especialContoseroticosgreludaler contos eroticos incesto mae transa com filho e pai esta desconfiandoEnrabando A Tia Brava Conto