Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU SOBRINHO ME PEGOU TRAINDO MEU MARIDO!

Meu Sobrinho me pegou traindo meu Marido!



Oi a todos!

Desde já peço desculpas pelos erros é porque além de não ser escritora tenho pouca experiência com internet, mais uma amiga do MSN me passou esse site e resolvi escrever o que tem me acontecido depois de 19 anos de casada.

Sou morena 1,70cm 68 kg tenho estou com 40 anos não vou dizer que sou toda linda e gostosa mais sou uma mulher de 40 anos que se cuida como da e gosto de mim como sou apesar de querer ta melhor mais vamos ao que quero contar que sá contei mesmo pra uma amiga de internet que conheci em um chart.

Eu moro numa cidade do litoral do interior e temos um pequeno sitio que gostamos muito de fazer sempre que dar uma janta com alguns amigos e familiares, time azar uma carne ou peixes, sempre com um ou outro amigo cantando com um violão coisa simples mesmo. Meu marido tem 50 anos gosta sempre de tomar umas bebidas mais e antes de acabar tudo já ta dormido e eu que costumo ficar fazendo companhia pro outros, claro que tem mais mulheres juntos e no fim eu e meu marido dormimos no sitio mesmo, às vezes ate outro casal que tomou demais também ali passam a noite.

Numa dessas noites as coisas na minha vida foram mudando minha vida sexual com meu marido é aquela rotina fim de semana e às vezes uma noite perdida durante a semana, mais com o tempo a gente acostuma, mais ai me aconteceu algo que trouxe meus desejos a mil novamente.

Numa dessa Sexta estávamos em quatro casais e um amigo que tava separado nosso amigo que começou a despertar meu desejo, desde quando já era casado à gente notava seus olhares para as outras mulheres inclusive para mim, mais nada, além disso, mesmo assim é bom ser desejada. E nessa sexta ele meu olhava demais e num momento que estava na cozinha pegando vinho Paulo chegou: oi Fram! Oi Paulo!Estas toda linda Fram nesse shortinho Jens! Não sei ele já tinha tomado demais, mais a frase e seu olhar me pegou de surpresa me deixando toda vermelha. Paulo como falei é separado há quatro meses tem mais o menos 1,80cm imagino que deva ter por volta de 80 kg é um Homem forte bem cuidado tem 40 anos também e conhecemos ele desde que se casou já que sua ex mulher é minha conhecida. Pra sair do desembaraço eu falei! Obrigada Paulo tu vieste pegar algo? O que eu queria pegar não sei se posso mais vou levar mais cerveja. Mais uma vez fiquei vermelha acho que ele gostou de me deixar assim pegou as cervejas e saiu e foi atrás com o vinho. Na festinha continuou e sempre que eu olhava pra ele, ele estava me olhando e aquilo rolou a festa como uma paquera me senti uma adolescente, meu corpo queimava e ele sempre que podia me elogiava e dava acho mais confiança mais o álcool pra ajudar.

Quando passava da meia noite dois casais já foram em seguida meu marido foi na casa e ñ voltou, em seguida fui atrás dele e ele já tava dormindo no sofá, voltei o pessoal já tava ajeitando tudo pra sair, o Mario (meu marido) já dormiu alguém pode me dar uma mão porque dormiu no sofá. Paulo disse deixa que eu ajude, já preciso ir ao banheiro. Quando Paulo saiu já tinham todos indos embora, depois que o colocamos na cama acompanhei Paulo falou que ia à cozinha tomar água, quando chegamos La Paulo Falou: Fram. Linda como estas é uma pena que Mario não tenha visto e tomou demais! Obrigada Paulo mais as festa ele fica assim mesmo já me acostumei. Mais Paulo foi me elogiando cada vez mais eu fui ficando sem jeito meu rosto queimava, acho que de vergonha, eu estava encostada no balcão da pia e Paulo veio em minha direção eu fiquei sem ação ele parou na minha frente colocou a mão no pescoço Fram tenho que te falar cada vez que te vejo me sinto mais atraído por ti. Para Paulo sou casada meu marido ta ali no quarto. Calma Fram sabe que ele sá vai acordar amanhã de manhã. E puxou minha cabeça pra um beijo, nisso tirei minha boca pro lado e me virei de costa pra ele, ele então veio por trás de mim falando no meu ouvido o quando me desejava que a tempo pensa em mim desde que era casado. Nunca notou Fram como te olho? Não Paulo. Apesar de a resposta ser sim já tinha notado ele me olhar. E assim falando ele começou a beijar meu pescoço, morder minha orelha o que me deixou toda arrepiada, e sentir seu pau duro encostando na minha bundinha. Para Paulo meu marido esta ali isso não é certo. Mais eu não conseguia sair. Relaxa Fram que é mesmo que estamos sás. Sua boca procurou a minha e eu não resistindo mais correspondi a seu beijo nos língua se uniram, nisso ele acabou de me imprensar e eu podia sentir toda dureza de seu pau forçando minha bundinha por cima de meu shortinho Jens. Assim ficamos acho que uns 19 minutos entre beijos e ele esfregando seu pau na minha bunda, e eu sá suspirando. De repente ele me virou-me beijo e sentir sua boca deslizar pelo meu pescoço me fazendo gemer e sua boca mordeu de leve meus seios por cima da roupa enquanto seu pau ficava forçando minha buceta por cima do shortinho nossas respirações tava bem ofegante suas mão deslizava por minhas costas ate a bunda seu pau parecia que ia furar meu shortinho, Paulo me virou de bunda pra ele de novo e beijando meu pescoço buscou meus seios com sua mão me fazendo gemer, com isso ele se aproveitou e senti suas mãos ágeis por dentro da minha roupa eu já tava louca demais de tezão perdendo o controle quando meu gatinho entra pelo vasculante da cozinha me dando o maior susto me trazendo de volta a realidade.

Para Paulo que susto é um sinal pra você ir pra casa, não Fram não vai me fazer ir embora desse jeito e apertou o pau que parecia que ia rasgar sua calça. Fram vamos um pouco ao quarto de trás, não Paulo chega. Fram sei que queres também e eu estou quase gozando, e tirou seu pau pra fora e sentou na mesa e pegou minha mão e me fez segurar dava de sentir ele pulsando e fiquei alisando. Isso Fram alisa mais pra cima e pra mais e assim comecei uma punheta pra ele que em segundos ele jogou porra pra cima de sua barriga, na minha mão nunca tinha visto tanta porra nos últimos anos. Paulo se levantou foi ao banheiro se limpar eu lavei minha mão ali na cozinha mesmo.

Paulo se despediu de mim com um beijo muito gostoso. Na práxima eu quero mais e sei que você também quer. E foi embora e eu foi pra cama meu marido lá como morto tirei minha roupa me deitei so de calcinha e pensando em como seria senti aquele pau lindo pulsando dentro da minha buceta e assim tive um orgasmo muito gostoso e dormi.

Quase um mês depois teve outra janta, nesse meio tempo e vir ele algumas vezes mais nada passou de olhares e também me ligou algumas vezes e no telefone sim ele falou de como foi bom de como tinha pensando em mim que não via a hora de ter outra sexta. E você Fram pensou em tudo? Sim! E não me estendia em falar muito.

A sexta chegou eu tava meia ansiosa com o que podia acontecer. Nessa noite veio umas 19 pessoas entre eles Paulo e o irmão mais velho do meu marido com sua esposa e seu filho Carlos de 21 anos. Carlos que é meu sobrinho tem por volta de 1,85 cm uns 80 kg e com toda saúda de sua idade mais como o conto ta muito grande eu mando o que aconteceu nessa noite depois... não se preocupe em vota to escrevendo pra desabafar um pouco dividir minha historia com vocês.

Esse é apenas meu e-mail não é msn

[email protected]



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


devolvendo esperma no pau do bem dotadocontos caipiras amadores bucetasfoi da aboceta vije e a rombocontos minha sobrinha sentou pelada no meu colocontos eroticos dormindo com meu filhoContos de ninfetas que levantam com vontade de da o rabominha tia olhando meu paurelato de mae dando a buceta para o filhoacademia eroticafoda louca na empregada até o orgasmoDesvirginando a sobrinha de 18 anosconto erotico peguei meu pai fudendo a mamaeContos eroticos negra entiada comi mae filhaContos dei o cuzinho para a travesti fabiola voguelbuceta com muito tesao goza na primeira estocadacontos eroticos casal dpois da chuvacontos erotico mulher experimentando um travesticomer um cu contos eroticostia dando pro negao contocontos de sexo depilei minha bucetaOs travestis qui São quaz mulhercontos eroticos minha cona e cu gosta de piça ggcontos levei uma rolada do meu filhocontos do vaqueiro esposa evangelica traindo o maridocontos cuzinho karinaninfeta beijando peitoral de travesticonto erotico esposa sofre com o negaomulher compra cachorro pra fudelacantos eroticos so casado mais o negao arrombou meu cucadela tarada contos zoofiliasexo porno safada do sitiotudo no cucontos eroticos fiz amor c minha mae na primeira vez que fui pra cama c elaContos de Puta que pra ela so dava rolao cavalocontos eroticos fodendo a mulher do pintorcontos eroticos mulheres gozando no pauconto erotico meu genro comeu meu rabo na marrafui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticodei minha buceta para os amigo do meu filho contos eroticoColégio.Incestocontoconto erotico comeu a visinhamasturbando com as amigas contocomo tira pedra da teta sem para de tanto se matusbarcom o mel do gozo na bocahomem maduro contando porque deu o cuencontrar vídeo de sexo amador com mulheres gordinhas do Arraial do Cabo viciadas em analdomindo ele bolinando xvidiomae e filha de fio dental na praia e do padrasto contocontos eroticos estuprada e gemendo gostoso issooo vaiiii nao paracontos eróticos punheta da primagarotinha sentava no paucontos eroticos de carona a pai e filhacontos eróticos de bebados e drogados gaysmeu tio nem eu ter pelo na buceta e arregaçou elaNo cu da minha namorada amigo contos relatosmenino de treze anos gostoso bundinha e cuzinho jeitoso contos eroticosporno gay interracial com macaquinho gulosocontos to gravida do meu filhocontos-meu cuzinho guloso na tua picanovinha safada pagando boquete para mototáxi de coraçãocontos chupando rola em terreno baldiocontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandroscontos gays chupei o vira latarelatos comi a gorda na marrawww.contos eroticos porno eu meu marido e o nosso cachorro fazendo dp zoofiliaconto fetiche apanhando da namoradaconto erotico minha prima malvadacontos eróticos sarro no ombroprima baby doll contosgozei nas coxas da filha contoscontos me vinguei com o meu ex namoradofui comida e chingada feito puta pelo meu primocontos prima batendo uma pro primocontos-gays sou gay e fui arrombado pelo pauzao grosso e grande do meu patraocontos eroticos gays negroscontos sexo minha esposa nossa vizinha travesti novinhacontos de sexo com novinhas trepando com advogadosconto punhetinha gostosacontos/meu primeiro broche e fodatravesti coroa enroladinho PretoEu fui trabalhar numa empresa eu comi minha patroa japonesa no motel conto eroticoconto erotico minha irma fedorentadona redonda arreganhado o cuzaocontos erotico titia vadia e priminhacontos porno em quadrinhos de mulheres pegando marido no flagra dando o cu pra negao roludocontos eroticos exibicionista sobrinhoContos eroticos forçada a dar para um.cavalo na fazendacontos erotico gay na infância no banhoconto cutuquei pau na bundia delacontos eroticos de casadas traindo com sogrofotos e videos de mulheres tomando banho etrocando de roupascomedo tudo que e tipo de putinhas e putinhosConto gay irmão caralhudo