Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU SOBRINHO ME PEGOU TRAINDO MEU MARIDO!

Meu Sobrinho me pegou traindo meu Marido!



Oi a todos!

Desde já peço desculpas pelos erros é porque além de não ser escritora tenho pouca experiência com internet, mais uma amiga do MSN me passou esse site e resolvi escrever o que tem me acontecido depois de 19 anos de casada.

Sou morena 1,70cm 68 kg tenho estou com 40 anos não vou dizer que sou toda linda e gostosa mais sou uma mulher de 40 anos que se cuida como da e gosto de mim como sou apesar de querer ta melhor mais vamos ao que quero contar que sá contei mesmo pra uma amiga de internet que conheci em um chart.

Eu moro numa cidade do litoral do interior e temos um pequeno sitio que gostamos muito de fazer sempre que dar uma janta com alguns amigos e familiares, time azar uma carne ou peixes, sempre com um ou outro amigo cantando com um violão coisa simples mesmo. Meu marido tem 50 anos gosta sempre de tomar umas bebidas mais e antes de acabar tudo já ta dormido e eu que costumo ficar fazendo companhia pro outros, claro que tem mais mulheres juntos e no fim eu e meu marido dormimos no sitio mesmo, às vezes ate outro casal que tomou demais também ali passam a noite.

Numa dessas noites as coisas na minha vida foram mudando minha vida sexual com meu marido é aquela rotina fim de semana e às vezes uma noite perdida durante a semana, mais com o tempo a gente acostuma, mais ai me aconteceu algo que trouxe meus desejos a mil novamente.

Numa dessa Sexta estávamos em quatro casais e um amigo que tava separado nosso amigo que começou a despertar meu desejo, desde quando já era casado à gente notava seus olhares para as outras mulheres inclusive para mim, mais nada, além disso, mesmo assim é bom ser desejada. E nessa sexta ele meu olhava demais e num momento que estava na cozinha pegando vinho Paulo chegou: oi Fram! Oi Paulo!Estas toda linda Fram nesse shortinho Jens! Não sei ele já tinha tomado demais, mais a frase e seu olhar me pegou de surpresa me deixando toda vermelha. Paulo como falei é separado há quatro meses tem mais o menos 1,80cm imagino que deva ter por volta de 80 kg é um Homem forte bem cuidado tem 40 anos também e conhecemos ele desde que se casou já que sua ex mulher é minha conhecida. Pra sair do desembaraço eu falei! Obrigada Paulo tu vieste pegar algo? O que eu queria pegar não sei se posso mais vou levar mais cerveja. Mais uma vez fiquei vermelha acho que ele gostou de me deixar assim pegou as cervejas e saiu e foi atrás com o vinho. Na festinha continuou e sempre que eu olhava pra ele, ele estava me olhando e aquilo rolou a festa como uma paquera me senti uma adolescente, meu corpo queimava e ele sempre que podia me elogiava e dava acho mais confiança mais o álcool pra ajudar.

Quando passava da meia noite dois casais já foram em seguida meu marido foi na casa e ñ voltou, em seguida fui atrás dele e ele já tava dormindo no sofá, voltei o pessoal já tava ajeitando tudo pra sair, o Mario (meu marido) já dormiu alguém pode me dar uma mão porque dormiu no sofá. Paulo disse deixa que eu ajude, já preciso ir ao banheiro. Quando Paulo saiu já tinham todos indos embora, depois que o colocamos na cama acompanhei Paulo falou que ia à cozinha tomar água, quando chegamos La Paulo Falou: Fram. Linda como estas é uma pena que Mario não tenha visto e tomou demais! Obrigada Paulo mais as festa ele fica assim mesmo já me acostumei. Mais Paulo foi me elogiando cada vez mais eu fui ficando sem jeito meu rosto queimava, acho que de vergonha, eu estava encostada no balcão da pia e Paulo veio em minha direção eu fiquei sem ação ele parou na minha frente colocou a mão no pescoço Fram tenho que te falar cada vez que te vejo me sinto mais atraído por ti. Para Paulo sou casada meu marido ta ali no quarto. Calma Fram sabe que ele sá vai acordar amanhã de manhã. E puxou minha cabeça pra um beijo, nisso tirei minha boca pro lado e me virei de costa pra ele, ele então veio por trás de mim falando no meu ouvido o quando me desejava que a tempo pensa em mim desde que era casado. Nunca notou Fram como te olho? Não Paulo. Apesar de a resposta ser sim já tinha notado ele me olhar. E assim falando ele começou a beijar meu pescoço, morder minha orelha o que me deixou toda arrepiada, e sentir seu pau duro encostando na minha bundinha. Para Paulo meu marido esta ali isso não é certo. Mais eu não conseguia sair. Relaxa Fram que é mesmo que estamos sás. Sua boca procurou a minha e eu não resistindo mais correspondi a seu beijo nos língua se uniram, nisso ele acabou de me imprensar e eu podia sentir toda dureza de seu pau forçando minha bundinha por cima de meu shortinho Jens. Assim ficamos acho que uns 19 minutos entre beijos e ele esfregando seu pau na minha bunda, e eu sá suspirando. De repente ele me virou-me beijo e sentir sua boca deslizar pelo meu pescoço me fazendo gemer e sua boca mordeu de leve meus seios por cima da roupa enquanto seu pau ficava forçando minha buceta por cima do shortinho nossas respirações tava bem ofegante suas mão deslizava por minhas costas ate a bunda seu pau parecia que ia furar meu shortinho, Paulo me virou de bunda pra ele de novo e beijando meu pescoço buscou meus seios com sua mão me fazendo gemer, com isso ele se aproveitou e senti suas mãos ágeis por dentro da minha roupa eu já tava louca demais de tezão perdendo o controle quando meu gatinho entra pelo vasculante da cozinha me dando o maior susto me trazendo de volta a realidade.

Para Paulo que susto é um sinal pra você ir pra casa, não Fram não vai me fazer ir embora desse jeito e apertou o pau que parecia que ia rasgar sua calça. Fram vamos um pouco ao quarto de trás, não Paulo chega. Fram sei que queres também e eu estou quase gozando, e tirou seu pau pra fora e sentou na mesa e pegou minha mão e me fez segurar dava de sentir ele pulsando e fiquei alisando. Isso Fram alisa mais pra cima e pra mais e assim comecei uma punheta pra ele que em segundos ele jogou porra pra cima de sua barriga, na minha mão nunca tinha visto tanta porra nos últimos anos. Paulo se levantou foi ao banheiro se limpar eu lavei minha mão ali na cozinha mesmo.

Paulo se despediu de mim com um beijo muito gostoso. Na práxima eu quero mais e sei que você também quer. E foi embora e eu foi pra cama meu marido lá como morto tirei minha roupa me deitei so de calcinha e pensando em como seria senti aquele pau lindo pulsando dentro da minha buceta e assim tive um orgasmo muito gostoso e dormi.

Quase um mês depois teve outra janta, nesse meio tempo e vir ele algumas vezes mais nada passou de olhares e também me ligou algumas vezes e no telefone sim ele falou de como foi bom de como tinha pensando em mim que não via a hora de ter outra sexta. E você Fram pensou em tudo? Sim! E não me estendia em falar muito.

A sexta chegou eu tava meia ansiosa com o que podia acontecer. Nessa noite veio umas 19 pessoas entre eles Paulo e o irmão mais velho do meu marido com sua esposa e seu filho Carlos de 21 anos. Carlos que é meu sobrinho tem por volta de 1,85 cm uns 80 kg e com toda saúda de sua idade mais como o conto ta muito grande eu mando o que aconteceu nessa noite depois... não se preocupe em vota to escrevendo pra desabafar um pouco dividir minha historia com vocês.

Esse é apenas meu e-mail não é msn

[email protected]



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fodir ater perde a vondeorgias na balada de todo tipiA paula faz uma massagem sensual a irma contosconto erotico desconfiei de minha esposaver coroas no baile de Carnaval chupando pau passando a língua no sacocontos fui estudar a noite que professoraporno babalu pede pra não gozar antes do tempocontos eróticos bebadacontos eroticos cu virgemmulher goza nela todinha enchendo o cachorro para limparcontos eróticos de vizinhas negras virgem e homes negroscasa dos contos dando pro cachorro no sitio pornoconto - bucetinha novinha cheirosa e depiladanamorado domado contos eróticosmandou fotos nua e recebeu chantagemdando/o cabaço pro titio conto exitantedandoprocaipiracontos eróticos, minha esposa putacontos eróticos ela me odiavaContos eroticos encontreia uma calcinha da minha filha babadinhaFazendo uma suruba coma sogra e o sogro contosContos eróticos comendo a esposa de motoerotico meu pai me bati na cara quando gozaxvideos minha matrasdo nu meu quato sexonoiva tarada melando o pau do noivoele ela conto erotico japonesa casada e a reforma da casamae e filha de fio dental na praia e do padrasto contocontos eroticos gerro tomado umas cervejas com a sogra sozinhos e da em cima deladeu a buceta no presidio contoscrescendo o pau aqui na frente da filha contos eroticoscontos mostrando o piru para a vizinhaContos eróticos primo comedor comeu o cu da nanecontos di mulheris que ralaram pela primeira vezminha cunhada de camisola contostransei com um colega da salaconto menage com minha namoradawww.contoseroticosenfermeirascontos eróticos-leite condensadocontos porno de comeram minha namoradacontoseroticos fissurado no cu da esposaconto de cornoContos eroticos iniciando as meninasporn dpois de ir a padaria com o visinhoConto as primas na roçacontos minha filha olhou em dandocontos eroticos nordestevideo porno gay de garoto com o calção com o fundo rasgado de parnas areganhada na casa do amigo tarado do pau gande e grosocontos arrombado por cdcontos sexo esposa recatada e seu irmãocontos erot co dando a buceta pro cavalo e p ca grandeConto eu meu marido e nosso melhor amigoconto com coroas negras casadasno trem uma coroa ficou acareciando meu pau verídicocontos seduzi minha mãe com o tamanho do meu pauVideo porno de duas coroas de 45anoa saindo juntas pelaprimeira vezestoria de cantos erotico minha tia sentou no meu colo dentro do ônibus na viagemcontos fui brincar amoite de esconde esconde e dei o cu pra todos mulequesContos eroticosmenina de dez anos fazendo sexocontos eroticos pai filha e genroEstrupei minhacontos eróticos dois garotos em dupla com novinha conto erotico de tutorContos eroticos gay iniciado pela maecontos eroticos meu genro pausudo arregacou minha bucetaminha mae me iniciou em zoofiliacontos eroticos gay vadiacontos eróticos sendo tratado como mulherconto menage com minha namoradameu primo me comeu no churrascontos gay gordinho calcinhaContos deliciosos tomar no cuconto de cornocontos eroticos meninas rabudas e rabudosdei o cu no campig homoxesuais