Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UMA CUNHADA INESQUECIVEL

Bom, adoro ler os contos eráticos que encontro e resolvi compartilhar uma histária que aconteceu algum tempo atrás. Sou moreno, alto, forte, cabelos pretos e com um bom porte físico, mas nenhum príncipe. Estou casado a cinco anos e sempre tive uma tara por minhas cunhadas. Apesar de nenhuma delas nunca terem dado bola até este fato ter ocorrido, eu sempre imaginei muitas vezes fazendo loucura com elas. Alguns meses atrás estavam no metro quando encontrei uma de minhas cunhadas, que chamarei aqui de Detinha. Ela me cumprimentou e ficamos conversando enquanto seguíamos nossos destinos. Durante a conversa ela falou que seu computador estava ruim e como já trabalhei com manutenção me ofereci para arruma-lo. Ela concordou e falou para eu avisar, quando tivesse um tempinho livre. Aproveitei que não teria aula naquele dia e falei que poderia ser naquele instante, mas a principio ela ficou meio sem jeito e falou que não tinha pressa. Insisti e acabamos indo por apartamento dela, ali no centro. Chegando lá fui ligando o micro e dando uma avaliada, ela por sua vez, ficou ali ao meu lado falando o que ocorria e depois se dirigiu para a cozinha. Fiquei ali tentando me concentrar no computador, mas aquela situação, me deixa louco de tesão. Sá de pensar que minha cunhada estava ali tão perto e o tesão que sentia era demais. Resolvi então aliviar minha situação indo ao banheiro bater uma punheta para aquele tesão de cunhada, já que não teria coragem de tentar alguma coisa. Dentro do banheiro, tirei a calça e a cueca, fui logo alisando meu pau, foi um sobe e desce, imaginando como seria minha cunhada ali tomando banho. Olhando para o lado, observei que tinha uma calcinha preta de minha cunhada pendurada no Box do banheiro e eu não resistindo, peguei ela, coloquei em volta do meu pau e fui batendo aquela punheta fenomenal. Não demorou muito e eu gozei feito um cavalo deixando aquela calcinha toda melada. Vesti novamente minhas roupas e sai do banheiro com a maior naturalidade. Continuei a consertar o micro e nem reparei que minha cunhada tinha entrado no banheiro. Apás alguns instantes, sai do banheiro minha cunhada com a calcinha na mão e vem em minha direção, perguntando o que tinha acontecido. Com a maior cara de pau, perguntei o que. Ela prontamente me mostrou sua calcinha preta e falou, essa minha calcinha aqui que esta melada de porra. Quando ela falou isso, eu olhei para ela e fale que não sabia o que tinha acontecido e para minha surpresa ela falou: è que queria ver se de onde veio esse teria mais. Fiquei sem reação, mas prontamente abri meu zíper e falei, para ela: Se você procurar direitinho, acho que vai encontrar. Naquele instante não acreditava no que estava acontecendo, minha cunhada abaixou na minha frente, tirou meu pau para fora e sem dizer mais nada, começou uma chupada inesquecível. Parecia um sonho, ver aquela boca sugando meu pau, hummmm. Em dado momento, levantei, puxei ela para o sofá, em pé na frente do sofá, fiquei atrás dela, e fui beijando sua nuca, enquanto ia passeando com as mãos pelos seus seios, barriga, bunda, hummm. O clima estava esquentando e aos poucos fui tirando peça a peça de sua roupa. Quando já estava toda nua, deitei ela no sofá, com as pernas abertas, e fui de boca em sua buceta. Hummmmmm. Fiquei ali passando a língua bem devagar, e Detinha se contorcia de prazer. Hora passava a lingua bem de leve, hora sugava seus clitáris com força. Aproveitando que detinha estava toda ensopada, continuei chupando sua bocetinha e coloquei meu dedinho na entradinha de sua buceta. Fui enfiando bem gostos e devagar, enquanto aquela putinha, gemia e se contorcia. Não aguentando mais a mesma se explode em um gozo, que fez com que seu corpo tremesse todo. Aquilo foi o Maximo para mim, tirei meu pau para fora, e em um instante de loucura, coloquei ele todo dentro da buceta dela de uma única vez. Detinha como em instinto, apenas deu um gemido mais alto e começou a falar, para fuder ela. Parecia que estava fora de mim, fui bombando aquela buceta, cada vez mais forte e a cada estocada, mais ela pedia. Bate cunhadinho, gostoso, bate mais forte, isso, isso, mais, mais, arromba sua cunhadinha, fode com ela, eu sempre sonhei com esse momento, meu macho, fode, fode sua cadela. Em compasso de loucura, enfiava cada vez mais forte, cada vez abria mais as pernas dela com as mãos, a ponto de minhas bolas estarem todas meladas de tanto que batiam na buceta dela. Fiquei naquele ritmo louco por mais alguns instante e vi que ela estava perdendo o controle, quando derrepente, sinto suas unhas cravarem em minhas costas, era minha cunhada explodindo em um fantástico gozo. Aquilo me deixou louco, e vi que iria gozar, avisando ela que iria tirar meu pau, para ela chupar. Institivamente, ela cruzou suas pernas em volta de minha cintura e pediu para que gozasse dentro de sua buceta e realizasse seu sonho. Não aguentei mais e gozei, como um louco, jato a jato, dentro daquela maravilha de buceta. Caímos exausto pata o lado e ficamos ali calados. Apás algum tempo, levantamos, fomo para o banheiro onde tomamos um delicioso banho juntos. Gozei mais uma vez, sá que agora sá em sua boquinha. Acabei aquela tarde consertando o computador dela e indo embora. Apás esse fato, nunca mais rolou nada entre nás, aliais, toda vez que nos encontramos, ela me trata como se nunca nada tivesse acontecido.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos sempre quis da meu cu pro vizinhodepilei minha virilha na clínica de estética e o cara gostou da minha xana contos eroticos menino arrombadohega gotosacontos eróticos quando eu tinha catorze um coroa bem dotado deContos gay coroaContos erotico comendo meu cachorroquero ver um vídeo de graça de graça rouba pica bem grossa dentro da b***** entrando bem devagarzinho b************comi egua nova contocomendo a cunhadinha lindinha contos eróticoscontos ela da a bundanunca tinha chupado uma pica tao grande assimContos eroticos corno submissolevantou a saia e relou na calcinha no buzaomeu marido e o amigo dele porno contocontos de coroa com novinhocoroas peitos durinhos bicudo bundas gggContos eroticos c imagens v puta de meu sogro e do cunhadoconto erotico de tutorconto erostico cASALCOM UM MOLEGUE EM CASAamei ser estupradameus sobrinhos conto erotico gaycontos casada fode com amigo do mundocontos ninha cachorra chupou minha bucetacorno sentando na rola contoscontos eu minha esposa e a empregada na praia de nudismoconto ele ficou sabendo do tamanho da bucetacontos eróticos proposta indecente pra tiapinto duro pra tu noivaMendigo chupou meus peitosfui enrabada na frente do meu marido/contosContos de travestis pauzudoscontos comiminha primabricando de video game apostado com os amigos contos eroticosdp contosminha enteada gost contoscontos amigas carenteseu e minha sogra coroa conto eroticonois comendo mulher do amigo bebadover conto veridico minha baba abusado por minha babaporno contos eroticos filhinhas enrabadasconto comi minha mae quando tinha dez anoscontos eroticos anal paraensecontos eroticos putinha famíliaContos-esporrei na comida da cegacomi minha filhinha contos eroticosmilitares gays pauzudos de são josé dos camposesfregando na mãe de shortinhotocou meu seio sem querer incesto contocontos eroticos d filhotes mando mulherescontos eroticos meu marido me vendeu no bingocomi a melhor amiga da minha mae vai mete seu puto cotos eroticocontos de coroa com novinhoconto esposa exibicionista sensual pra molekporno gay contos erticos viajando com o meu padrasto caminhoneirogozando dentro do tamanco contosadoro dar para o nosso cachorro contos eróticosCornos by contoscachorro do pau grande comendo a mae conto eroticocontos eroticos eu e meu padrastoestorei o cu dela contocontos eroticos gays no futebolcom fotoscontoscomsograsconto eróticos gay hulkconto erotico dopei minha espos e comi ela de todo geitoela e virgem e so da o cu contosPuta da minha sogra a levar na conacontos de esposas putasMeu Primo Me Decabaçou Sou Gaycontos eroticos pagamentominha mulher me comeuCasada narra conto dando o cusonho demulher casada conto eroticoconto erotico gozei e depois limpei com a linguacomo arrombar um cu virgem ticacontos eróticos bebadaCaralhogigantedentroconto erotico de subrim tarado querendo apostar o cu com seu titiocontos eroticos homens cavalos e mulheres fogosascontos tio negão come o c* da sobrinha Rosana