Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU O PADRE O SUA CADELA

Eu o Padre e sua cadela





Mudei em fevereiro de 2008 para uma pequena cidade no interior de São Paulo, a cidade era tão pequena que não tinha nem cinema e sá tinha uma única igreja.

Como era começo de ano fui até a igreja para uma reunião de mães para os filhos ingressarem as aulas de ceticismo. Quando cheguei no salão paroquial logo uma das mães me perguntou se era nova na cidade respondi que sim então ela me disse que eu não conhecia o padre ainda, eu falei que não então ela disse ele é um tesão.

A Reunião começou assim que aquele monumento entrou no salão, era domingo de manhã e ele havia acabado de sair da missa, estava de batina mas era uma coisa de ficar de boca aberta, tinha uns 40 anos 1,80m o corpo magro, loiro olhos azuis um deus, eles deu um oi geral e deixou a catequista dar prosseguimento a reunião ao final da reunião ele agora com a palavra pediu candidatas para auxilia- lo no dia seguinte para a montagem das classes, eu logo ergui a mão achando que seria normal e a maioria das mães fariam o mesmo, mas para minha surpresa fui a única candidata a ajudante do padre.

No dia seguinte apás o almoço cheguei na casa paroquial, bati na porta, o padre agora sem batina com um jeans e uma camiseta colada, entre abriu a porta e disse entre estou segurando a Diva para não sair.

Entrei e vi que Diva era uma cadela enorme que ele segurava pela coleira, perguntei ela morde ele disse não so lambe, estranhei a colocação mas achei que estava brincando, e ele continuou estou segurando, ela não pode sair esta no cio e ai já viu fica uma cachorrada na minha porta.

O padre então soltou a Diva e mostrou um lugar para eu sentar, sentei meio desconcertada pois não conseguia tirar o olho no volume que estava por debaixo do jeans apertado do padre, era tão grande que parecia que ia estourar o zíper, sentei em uma cadeira dessa que tem descanso para os braços, logo que sentei a cadela avançou na minha direção e enfiou a fuça no meio das minhas pernas e começou a me cheirar o focinho dela molhado e frio encostou direto na minha xoxota estava de saia e ela parecia que sabia o que estava fazendo.

O Padre ficou olhando e disse relaxe ela esta so dando as boas vindas, a cadela safada começou cheirara mais e mais, e der repente começou a lamber, nessa altura minha xoxota já estava piscando e toda molhada não conseguia disfarçar o tesão que tomava conta de mim, o Padre se aproximou baixou e levantou minha saia, eu estava com uma calcinha pequena dessas que enterram na bunda, ele sem dizer nada foi tirando minha calcinha, como o pau dele estava visivelmente duro por debaixo do jeans fiquei esperando ele por para fora e meter em mim, eu já estava totalmente molhada com as lambidas da Diva, ele tirou toda a minha calcinha, ela a cadela continuou lambendo cheirando, foi ai que ele abriu o zíper e tirou aquele pau imenso ( devia ter uns 23cm) abaixou, eu nesse momento abri as pernas e deslizei na cadeira para facilitar ele começou a acariciar a cabeça da Diva que estava praticamente toda na minha boceta pegou a cadela pelo meio ergueu na altura ideal e meteu a rola na cadela ele ficou ali metendo na cadela e ela me lambendo aquilo me deu um tesão tão grande que gozei na língua da Diva, gozei gemi até uivei, quando achei que tudo já tinha acabado o Padre tira a pica da cadela e pega um desses consolos de borracha que tem duas cabeças, e fala quer brincar Diva com a moça, a cadela então virou aquela xoxota enorme todo inchada para mim e ele pegou o consolo de duas cabeças meteu uma em mim e outra na cadela, eu fiquei literalmente grudada na cadela que agora lambia a pica do padre.

Lágico eu tive que comer a Diva, meti gostoso nela, não sei se ela gozou mas eu esporrei no cacete de borracha que esta dentro dela, e como ela lambe muito gostoso o Padre gozou espirando porra na cara da cadela .

Foi a foda mais alucinante que já tive em toda minha vida, também entendi porque nem uma das mães levantou a mão para auxiliar o Padre tesudo.









VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Comendo a amiga de da mamãe uma coroa casada conto eróticocon erotico comi lora greluda por 10 pilapornodoido video mulher realizando fetiche de ser chuppada por dois marmanjo bem dotadiconto erotico arrastaram minha namorada na festacontos de mototaxista e gaytio gordo dormindo conto eróticoCunhada olhando o volume do cunhadome fode jb. contosrelatos comi a crente na marrabuceta na praia toninhasConto ertico familia sexocontos coroas fudendocom novinhominha dani me fodeu me quando dormicontos deflorado pela travest pisa grosaconto historia com lesbicamulher que ja sento no maior peni todo atoladoComtos filha fodida pelo pai e amigos deleconto de desmaiei com a pica grande no cuContoseroticos.com.br/home.php?pag=3Conto me chupa minha buceta me goza ai ai ai flagrei minha enteada de babydollhistorias eroticas de mulheris que tranzarao com emteadocontos erotico d fui dormi so d calçinha com papai me ferreimeu marido me arombou a xoxotacconto erotico de netinho decinco anoscontos porno bunduda sograamigocome casal conto eroticoconvenci minha irmã fuder comigo e gozei dentrocontos porno pm mastruba minha mulher contos eróticos dei ele chupar meu seio no meio da pista de uma boateconto erotico comi minha prima enquanto ela dormiawww.filha caçula da cu pro pai pauzudoconto viadinhocontos safados inversão e dominaçãocontos erotico fui fudida por 2 rola imensanamorado domado contos eróticoscontos minha esposa grávida chupa pauputa do irmao contoschantagem mãe contocontos gay o vizinho cadeiranteMulher trepano so com caralhudoscontos eroticos gozei no onibuscomedo a filha de fio dentalMelhor amiga da minha mulher na minha rolaconto erotico a sogra safada e crentecontos eroticos que saudade da lingua dela na minha bFuderan meu cu e minha esposa ajudou os carasporno.pai.padado.jeu.nabuseta.dafilihaana roludo cenfo cu da coroavoyeur de esposa conto eroticoconto erotico chupando pau desde cedoContos sempre fui o viadinho de todos os homens da familiamulher de saia curta das pernas groça pornoMeu nome é dado (apelidio),tenho 35 anos e minha esposa mara tem 32 anos.Somos simpaticos ,com caracteristicas bem Brasileira .Conto erotico virando gay cem quere e a força e chmenina sapeca danada enganou todos contos eroticosdei o cu pra varios homensesposa sem calcinha na pescariaquero cadastra meu email no canto erotico de casais com mais de quarenta anosContos eróticos chupadas e dedadas na buceta pelo chefinho gato e gostosocontos espiando a irmã no banhoporno 1.30de bundaEu marido eu e um estranho na lua de mel contos eróticoscontoseroticoscommaridoana roludo cenfo cu da coroaficou vixiada bo inxestocontos eróticos gozando na filha pequenacontos de corno acampandoarregaçando, chorando e gozou contoscontos eroticos nylher do meu patrao carentecontos eróticos minha madrinha safadaarrombado; contos gayContos dando cu primeira vez no assaltocontos fui arrobada por dois mulato roludo enquanto meu marido dormia de bebadonem peitinho teen grita na pau do voPiru grande p titia contos