Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FAZENDO AMOR COM O FILHO ADOTIVO



Ela foi até o quarto daquele rapaz, era tarde da noite e ele dormia profundamente, no escuro se deitou ao lado dele, o abraçou e ele se mexeu acordando e se aconchegando mais a ela, que foi tateando o corpo dele com suas mãos hábeis, carinhosas, sentiu o membro se enrijecer ao contato, em segundos estava duro, suas bocas unidas se beijavam com profundidade, estavam com fome um do outro. Ela sem sair debaixo do edredon, foi com sua boca engolir o membro que ansiava para ser engolido. E ela dominava essa arte como ninguém, ele nunca antes havia sentido algo assim, a boca experiente que auxiliada pela mão firme lhe tirava o ar, e o fazia gemer exaltando o prazer que ela o fazia sentir. Ele pediu que ela se virasse e deixasse que ele a chupasse, agora no 69 foram ao delírio, onde ela gozou na boca dele, mas o impediu de gozar, ficando por instantes quietinha com o membro em sua boca.

Ela queria mais dele, essas noites eram um vício do qual não se libertavam já há bastante tempo.

Ele se deitou por cima dela, tocou com os dedos sua vagina molhada e quente, abriu mais as suas pernas e a penetrou, ela cravou-lhe as unhas nas costas narrando baixinho o que estava sentindo, o quanto prazer seu membro estava lhe dando, ele beijava seu pescoço, e lhe dizia o quanto a amava, e ela dizia: "Eu te amo também meu querido", ele respondia: "Diga que lhe terei para sempre", ela era sincera: "Enquanto você me quiser meu amor"...

Sem tirar o membro de dentro dela, se viravam, unidos como se fossem um único corpo, de frente, beijos, promessas, carinho, cumplicidade total, de lado, os dedos acariciando o clitoris e a fazendo gozar, em espasmos longos, intensos, ela o mordia e pedia mais, pedia para que ele a usasse como quisesse. Lubrificou o ânus dela com saliva, sem deixar de massagear seu grelo enfiou o membro, enquanto pedia a ela: "Promete que sá fará anal comigo, promete?" E ela dizia: "É sá teu meu lindo, de mais ninguém..." Ele adorava depositar seu esperma naquele orifício apertado, raramente gozava em sua vagina, e nunca usava camisinha, apesar do medo de que ela engravidasse, mas se amavam tanto que não queriam nada que pudesse quebrar as noites que se entregavam à esse amor.



Quando ambos estavam satisfeitos, plenos, continuavam abraçados sem pressa, conversando, verdadeiras seções de carinho entre duas pessoas que se amam demais.

Mas ela precisava voltar para seu quarto, não demoraria para o dia amanhecer, e falou gentilmente:

"Boa noite meu amor, durma bem", e ele respondeu:

"Boa noite Mãe, não me deixa perder a hora da faculdade, te amo."

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos a mae do meu amigoconto erotico comi minha prima enquanto ela dormiac erotico metendo com a molecadasocando na minha irmã compressão sexeenchemos a boceta de porracontos de homem que teve relacoes sexuais com a mae com buceta raspadaconto eroticos fui obrigado a fuder minha irma num estuprocontos eróticos viúva safadacontos eróticos tenho 31 anos e tirei a virgindade da buceta da minha noiva de 19 anoscom amigo na praiaconto eroticosurprendida pela minha amiga lesbica contos eroticoscontos eroticos exibindo pra piralhoseu fui arrombadotenho namorada e fui arrombadominha namorada perguntou se eu era gay contocontos eróticos com esposa pedindo merda na bocaamigos sexo troca troca contoscontos erotico castiguei a buceta da vadiaSou casada fui pra um acampamento com os colegas a amigas putasContos dois na minha mulhersurda muda gostosa contopunheta para sogra contoscontos eróticos minha esposa ficou pelada na frente do sobrinhocontos eroticos desvirginadaCasa dos Conto a beira de uma suruba esposa casadaConto comi minha mae no celeirocontos eróticos manausCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA EScontos de coroa com novinhoContos gays amante do tio velho desde de pequeno adoro vpu casar com eleSobrinhas do prazer contosmulher goza nela todinha enchendo o cachorro para limparvideo porno de sogra chama o genro para sua casa par dar par eleSe mastubar com uma banana conto eroticocontos eu minha esposa meu pai e meu irmao na putariacontos de cherado decalsinhacontus orgia reforma casa loiracontos cunhadas gostosasContos eroticos dando para o vovoContos de putas safadasContos erotico sinco meninina inocentesvelho pirocudo comendo filha loira de uniformecontos eroticos de coronel de rola grande e grossacontos gays sendo o viadinhos dos adultos que me humilhavamcontos de vizinho taradocontos relatos eróticos mamãe exibicionistacomeçando se transformar travesti .. encarando pau enormecontoseroticos negaocontos eroticos ele insistil que deixei tira camisinhaContos de corno com fotoscontos eroticos sonho americano 2contos travesti e mulher casada juntas dando o cu pra homem e o cãocontoseróticos chupei os peito da mamãemeu primo e minha amiga contos eróticosmalandrao dando o cuzinho pra boy malhado contocontoseroticos fissurado no cu da esposacomendo cusinho da baba da minha.sobrinhavidios dos bucetao mais carnudo e enchados nusEu vi o tamanho da rola do meu irmão na sauna contos de incesto femininocontos eróticos satisfazendo minha patroacontos-meu cuzinho guloso na tua picacoroa casada depilada contoscontos eroticos teens eu baixinha i peituda com meu tio no carrosocando muinto rapido ate ela gozar tezao monstruoso boa fodacontos.gozou na mendigatracei a minha patroa coroacontos gay fudendo com o desconhecido no terreno baldiocontoseroticos comendo sebo e bebendomijo de picaDei minha buceta para meu genro na presença de minha filha contos femininoela sentiu meu pau crescendo contos eroticosConto comendo a gorda casadacotos icesto mae e corninho aiii vai mete seu safado vou gozarContos e roticos com gemeos i denticosContos eroticos uma novinha para um casal tarado