Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SURUBA COM O MARIDO DA MINHA PRIMA

Bom como já contei prá vcs, meu caso com o marido da minha prima e depois em outro caso eu com ele e minha prima (chantagem)

Então, ele me ligou e avisou que iria ter uma festinha na casa de um amigo dele e se eu queria ir, respondi que sim e perguntei se era tranquilo, pois não poderiamos ser vistos, ele disse que sim, a festa foi numa sexta, na quinta feira foi em um shopping e comprei uma langeri bem sex e um vestido tomara que caia, um pouco acima do meu joelho e um pouco apertado. Na sexta fui ao salão da minha irmã e pedi pra ela me depilar, deixei uma faixanha de mais ou menos um dedo e pedi a ela que depilasse inclusive minha area do ânus, ela me perguntou se eu tava dando meu cú, eu disse que sim, que dava e era muito bom, ela falou que sá tinha tentado dar uma fez e que doeu muito, eu a expliquei que o pau do homem tem que tá bem lubrificado e que no começo doí mesmo e depois viraria sá prazer, inclusive até gozar eu gozava. Me arrumei, coloquei a langeri, o vestido, um salto alto, cheguei ao nosso local de encontro e fomos, como sempre não resisto, ranquei aquela varona enorme que ele tem e já fui batento um boquete até ele gozar bem gostoso na minha boca. Chegamos e o amigo dele veio abrir a porta, era um moreno alto, atraente, nos apresentamos e fomos entrando, chegando lá nos fundos, mais dois amigos deles em uma churrasqueira, foi nos apresentados e nás 4ficamos ali conversando, percebia os olhares deles e nada de mulheres deles chegarem, o amigo dele pegou o celular e ligou e no meio da conversa virou pros outros dois e disse: as mulheres nos deram bolo, os caras ficaram putos. comecaram a tirar as carnes da churrasqueira e me ofereceram, eu virei sem maldade e disse que gostava era de linguiça, nisso eles viraram prá mim e me zuaram, falaram que ele era um homem de sorte por ter uma namorada tão broto, começamos a rir e eles sem entenderem nada perguntaram o porque de nás rimos, eu virei e disse, nás somos amantes, eles ficaram bobos, perguntei aonde era o banheiro e ele foi comigo,entramos e começamos a beijar e levei a mão dele até minha buceta e falei: olha como tou molhada? ele disse: vc quer dar prá nás todos? balancei com a cabeça que sim! Quando de repente batem na porta do banheiro dizendo queremos tambêm, eu tomei um susto e já fui puchando a sua calça e tirando aquele cacete mais uma vez duro, ajoelhei e começei a bater boquete, ele vira e fala, tá aberta a porta pessoal, podem entrar, eu estava de lado e vi eles entrando, as caras deles diziam tudo, começaram a tirar a roupa e vieram em minha direção, eram 4 picas, todas grandes e grossas, tinha uma bem negra, nunca tinha dado prá uma rola preta igual carvão, ele me levantaram e me chamaram para o quarto, fomos todos, chegaram lá me pagaram e me beijaram, eu colocava as mãos para baixo e pegava nas rolas, eles foram e tiraram meu vestido, escutei as vozes, que gostosa, olha a calcinha da puta, é uma cachorra mesmo, começaram a chupar meus peitões, eram muitas mãos rosando minha buceta, até que rancaram minha calçinha, ouvia, que bucetão lindo, olhem que cuzão, um deles deitou no chão e sentei encima, ficou ele de frente e um em cada lado, batia uma punheta prá dois e chupava o outro, não resisti e gozei na boca do que estava embaixo, me deitaram e começaram a socar, cada hora era um e eu gozava, começei a cavalgar e chupava as rolas na minha frente, eu tava louca de tesão, e gozei novamente, veio outro e deitou e montei encima, quando menos imagino saiu um e ficou atraz, começou a por no meu cuzinho, eram dois dentro de mim, um na buceta e outro no cú, não demorou e gozei, me colocaram invertida por cima, colocou na buceta e veio outro e começou a colocar tambem na minha buceta, fiquei com duas rolas na buceta e gozei, fizeram rodinha e cada um que me penetrava eu gozava, me colocaram de 4 e cada hora um metia,o que eu chupava era a vez de me comer e assim por diante, não sabia quantas vezes já havia gozada, eles me ajoelharam e começaram a gozar, era muita porra, engolia o que dava, meu cabelo ficou cheio de porra, bati um boquete prá cada um e fomos tomar banho.

Depois conto como levei a minha irmã casada para a suruba e ela deu o cuzinho a vontade.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


meu marido abriu minhas pernas e tirou minha virgindadecontos erotico garota do interior peteu cabaçocontoseroticos viajando com priminho no acrroconto erótico de tiazinha rabudacasei com meu filho contis eroticoscontos eróticos de chuva com irmãcontos catinga de cúmulher e homem dançando bem agarradinho e funk sensualsou putinha mesmoContos eróticos suruba com homens velhos na peões da fazendacontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandrosWww contos d putas casada d juazeiro ba.comcontos eroticos com japonesacontos traição no baileconto puta se mastur lesbconto erotico incesto sonifero filhaWww. meu tío comeu meu cualcontos eroticos com cavalo zoofiliapivete x e minha esposa contosContos e fotos de gozadas nas calcinhascontos eroticos entre maes raspadinhas e filhos taradosCrossdressing contos eroticocontos eroticos coroas velhas com novinhos tia neuzacontos depois de 20 anos fui morar com minha mae e no banho ela vou meu rolaopeguei ela cimastubando eu como ela secominha tia olhando meu pauestava no banheiro minha tia entrou contos eroticosconheci a vara do meu padrasto muito novinha contos eroticosporno buceta contos eroticos traindo ao marido no quintalesculachado por vários machos na frente do marido conto eróticovides gay dopando amigo pra chupa-lo e tranzarpai emfia pica filha morroContos estrupei gay na infanciaex cunhada safada casada com presidiáriotrepo com a enteada dormindocontos de maevideos putas chupando e achado q a pica e poucacontos com fotos no carnaval levei chifreFui cuidar do meu sobrinho doente e transei com ele contoscontos em ilhabela com minha mulherconto gay camisolinhacontos comendo gay na vielacontos eroticos, alisei o piupiu do meu filhinhodepois de mais de 20 anos casados minha esposa topouvedio porno torcado pau no cu safado velhos dormindo novinhacontos vendo minha prima sendo fodida pelo namorado acabei dando tambe betinhame apaixonei pelo um bandido conto heroticoDeu o cu sem querer querendo contoconvidei o Celso para enrabar minha esposaconto erotico minha esposa voltou cheia porra para casacontos sexo fiquei com bucetA molhada com meu genro na prAiacontos eroticos a sogra regina parte 2rose empregadinha contoscontos eroticos traindo marido na Sala ao ladoconto enterrando a ate o talo no cu da mamaecontos corno empretei minha mulher para traveti e fikei vendoconto gay daniel e murilo me.comeramtomates conto heteropunheta para sogra contosmulher pelada e o cu melado de manteiga no corpo inteirocoroa coxuda gozando contoscontos eroticos: menininhas virgens chantageadascontos eroticoscalcinha algodaoContos eroticos de irman eirmaocontos eroticos comendo minha ex e primacontos Minha esposa rabuda provocando de shortinho contos swingos nomes dos geladinho do ice lokocontos Surpreso em ver tia sem calcinhacunhada sem calçinha contoscantos eroticos de casada dando o cu vergipeladas com cu e a bunda melada de manteigacontos eróticos amostrando fotos fudendoviajando e sendo fodida contos eróticosconto erotico gay sobrinhoConto erótico mãe filha cachorraAtraido pela garotinha contos eroticos