Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA ESTAGIÁRIA NINFETA

Olá pessoal! Meu nome é Fernando, sou dono de uma produtora, tenho 32 anos, casado e com um filho de 7 anos. Vou contar para vocês uma histária verídica, que aconteceu a um ano, quando precisei contratar uma estagiária. Pedi minha secretária para resolver tudo. Ela me conhecia muito bem, e sei que faria uma átima escolha. Pois bem, no dia seguinte ela já estava com alguns currículos em mãos. Duas semanas depois, chega em minha sala dizendo que tinha encontrado uma átima pessoa, que além de ter um excelente curriculum ainda era conhecida dela. Eu concordei em chama-lá, mas que queria entrevista-lá pessoalmente. No dia seguinte, eu cheguei e ela estava lá. Era uma menina, não me senti atraído por ela. Entramos na sala de reunião. Perguntei se nome e ela disse com uma voz que parecia uma arpa de anjo: Isabela. Sentamos e conversamos. Ela tinha 19 anos, tinha acabado de entrar na faculdade de jornalismo. Mas já tinha trabalhado em outra agencia e tinha experiencia. Eu gostei dela logo de cara e contratei sem pensar duas vezes.

Os dias foram passando e ela trabalhando ao meu lado. Até então, não tinha me sentindo atraído por ela (Apesar dela ser bem bonita), ela sempre usava calças largas, blusas largas e não se arruma direito. Então quase não dava pra ver seu corpo.

Trabalhavamos muito perto, faziamos reuniões quase todos os dias. Por isso ficamos muito práximos.

Até que um dia, conseguimos fechar um contrato bacana com uma empresa. Quem tinha agilizado tudo, tinha sido a isabela. E para comemorar, marcamos de sair a noite para tomar uma cerveja. Como ela sá trabalhava meio horário, disse que ia passar em casa para tomar um banho e nos encontraria lá. Quando largamos o trabalho fomos todos juntos para um bar, perto da agencia. Chegamos e começamos a beber. Alguns minutos depois, minha secretária chega perto e diz: Isabela chegou. Quando eu olhei para ela, quase gozei de tão gostosa. Ela usava uma saia alta, coladinha. Ela tinha um par de pernas que eu nunca vi igual. Ela era branquinha tinha lábios grandes, olhos verdes e cabelo preto. Estava de batom vermelho. Me levantei na hora e fui falar com ela. Ela sentou ao meu lado na mesa e esquecemos das outras pessoas, não conseguíamos parar de conversar e eu não conseguia parar de imaginar tudo aquilo em cima de mim, cavalgando como uma louca. Estava ficando tarde e ela estava completamente bebada, quando percebi, brinquei com ela que ia demiti-lá por mal comportamento, ela respondeu com um sorriso malicioso: Se você esquecer isso, eu te faço um agrado. Isso me matou!!! Ela era sexy demais!!!. Eu sorri, e disse: Feito! Você quer que eu te leve em casa? Ela respondeu sim, que sá iria ao banheiro antes. Ela começou a demorar demais, fui atraz e descobri que ela tinha ido embora. Fiquei puto! Minha mulher já começou a me ligar, peguei e fui pra casa. Os dias foram passando e eu sá conseguia pensar nela, naquelas pernas roliças. Comecei a notar um certo interesse da parte dela. Começamos a ter mais liberdade um com outro. Almoçávamos juntos, falávamos sobre sexo com tranquilidade. Eu poderia jurar que ela estava afim. Até que chegou o aniversário de um dos meus funcionários. Ela disse que não iria, pois estava sem dinheiro para voltar de taxi, eu logo ofereci para leva-lá em casa. Ela aceitou. Chegamos lá. bebemos, rimos, quando deu 2 da manhã, ela tinha sumido. Perguntei minha secretária se tinha a visto e ela disse que tinha acabado de ver ela pegando um taxi. Fiquei puto! Peguei meu carro e voltei pra casa pensando o que diabos ela queria? Fazer hora da minha cara? Que se foda também. No dia seguinte, encontrei logo cedo ela no corredor. Ela veio com um papinho de se explicar e eu cortei logo. Comecei a maltrata-lá. E logo fui percebendo uma mudança de comportamento. Ela começou a ir mais arrumada. E eu fingia nem ligar. Até que um dia, tinhamos uma reunião. Ela sempre sentava na minha frente nas reuniões. Dessa vez, sentou ao meu lado. E no meio da reunião ela se levanta e diz estar com calor. Eu disse, ligue o ar condicionado, o controle está ai no chão. Ela se levantou e abaixou para pegar o controle. Quando ela se abaixou eu notei que ela estava sem calcinha. Ai eu me descontrolei, minha ninfeta toda branquinha com a xoxotinha toda rosinha.





(continua galera)

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


fui na casa de massagem e fui enrabada contos eróticoscontoseroticos homemque gosta de cuspe,sebo de pau e mijoa vovo gostosa conto eroticocontos eroticos hospitalcontos eroticos pega pegaNovinhas de cintura de pilao com seios fartos em praia de nudismoContos eróticos BebêContos punheta duplaconto erótico seduzidaO pau preto do papai contos eróticosvídeos porno novinha chora pq ela fala qui toi muitocontos eroticos vestido coladocontosmeu marido quer fode meu cu mas to com medoconto erotico deidinheiro a minha maeconto erótico com a mamãeflagrei minha enteada de babydollhantai filinha patendo punheta pro pai safadaPegando a prima logo cedo contoquando eu peguei a minha priminhacontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos eróticos de bebados e drogados gaysFiquei com minha sobrinha no colo a viagem toda contoscontos.porno fui dar banho na minha filhinha e acabei enfiando o sabonte no cuzinho delafilhinhas safadinhas contoseu minha namorada e uma amiga carioca conto eróticocontos eroticos de novinhas sem calcinhacontos eroticos a tia que mijocoroas fudendo em cima da arvoreContos eróticos família liberal.2,mamae e meu irmao contoscontos comeram a.bunda do marido e esposacontos eroticos de pivetescontos eroricos de menina virgens que adorou ser estuprada pelo opadrasto e seus amigoscontos fio dental perto da amigacontos tia de 57 anosdando no ônibus contosmeu sobrinho menor conto eróticoContos eroticos- meu pai me xingando no sexoxoxota toda ardida com a madeira dentrocasa dos contos gay desgraçado arrombadorporn contos babesitter em casa familiacontos eróticos de genrocontos eroticos caguei no pau do meu padrinhomorenonas muito gostosas de rabao enormes e arrebitados dando o cuContos eroticos A reforma Viciada em sexonovinha de 13com peitinhoContos de ninfetas sem calcinhacontos putinha caralhudo corno chupaconto erótico peguie minha mãe no flacra tocando siririca lésbicasDesvirginando a sobrinha de 18 anoscontos eróticos de brigas e submissão contos de mae sedutoracasadas piranhudas e cornos submissoscontos eroticos casal voyeur sem quererquero ver travesti transando no abdômenacabei comendo minha tia contosConto as primas na roçadepilada entrei nua no quarto contoscontos erotico maridos camaradacontos dei o cu e saiu merdaContos eroticos gay dando pro maconheiro safadocontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandrosgostoza mastruba aloprado fas ele gozar xvidiocontos.praia de nudismo com o pai roludofodo meu sogro todo dia com meu pauzao contosogra come nora pono segipanofiquei bem machucada por fuder com cachorro enorme contos de zoofiliacontos e vidio incesto emafroditacontos eròticos gay virou minha negameu primo e minha amiga contos eróticoscontos travestis praiamendigo gay contosbaixinha de 1m 60 porno boa fodatoda loira gosta de um negão contos eroticospediu pra ver a buçeta da aniginhaconto de cornoconto gay acordado pelo dotadoMinha filhinha com shortinho muito curtinho ve contoscontos eroticos chifrecontos ela sentou no meu colo sem calcinhacontos de incestos detei de conchinha fiquei de pau durocontos eróticos gay putinha pedreiroscomi uma menina em contagem contosconto erotico defia um diero comi ela pornocontos contados por mulheres que maridos insistiram para elas usar roupas mais curtas