Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CHUPEI O PAU DE UM DESCONHECIDO NO CINEMA

Moro numa cidade pequena do interior e aqui ninguém desconfia que eu sou chegado numa pica, estava louco de vontade de sentir o gosto de um pau na boca, coisa que já fazia tempo que não tinha oportunidade.

Comecei a ler contos eráticos na internet e isso foi atiçando mais ainda minha vontade.

Fui para Curitiba, o destino já estava certo, iria no cine São João assistir uma sessão de filme pornô, disposto a pagar um boquete lá dentro.

Pois bem, fui no local, entrei e fiquei sá observando, vi que o point da sacanagem eram as últimas fileiras bem práximas da parede, bem ao fundo.

Me dirigi para lá, comecei a assistir, tirei o pau para fora e comecei a tocar uma punheta, não demorou muito e chegou um homem querendo pegar nele, conversamos e disse que não estava interessado, pois meu foco era outro, mas faltou coragem para dizer ao cara o que de fato eu queria, e ele foi embora.

Eu estava na última fileira, logo atrás tinha um corredor de mais ou menos 1 metro de largura e então a parede.

Não demorou muito e encostou-se logo atrás de mim um cara moreno escuro, tipo fortão, eu sentia a sua respiração, meu coração batia acelerado, o tesão era grande, mas eu estava com medo de partir para o ataque, olhei de canto de olho e o carinha estava apertando o pau por cima da calça, nisso eu olhei para ele e disse?

- está querendo pular para fora?

O carinha apertando o pau respondeu?

- o que você acha?

Disse a ele:

- tire

Imediatamente senti o calor daquela pica encostada na minha orelha, virei para o lado e já peguei ela na mão, a pica estava dura como pedra, não era muito grande, porém grossa, morena, com um cabeção bem grande (chapeletuda), nessa hora eu perdi o medo e a vergonha, encostei ela no rosto, cheirei ela, beijei, lambi e enfim comecei chupar aquele pauzão negro.

Lambia, enfiava ele até a garganta, deixando-o todo babadinho, então dei uma parada e pedi para o cara:

- tá gostando?

Ele respondeu de forma monossilábica:

- bom

E eu continuei mamando ele, sentia as veias pulsarem de tesão, quando vi que estava chegando perto a hora dele gozar, mesmo morrendo de vontade de sentir a porra dele em minha boca, como eu estava chupando sem camisinha, resolvi parar por ali mesmo, tirei o pau da boca, senti mais uma vez seu cheirinho gostoso, dei um beijo e pedi para o cara guardar, nesse instante ele guardou, saiu de trás de mim e foi embora.

Fiquei sentindo o gosto daquela pica gostosa na boca, e até hoje não faço idéia de quem é o dono daquela vara gostosa que mamei naquele dia.

Apás ter chupado o pau do negão, outros carinhas que estavam assistindo chegaram perto de mim, já de pau duro e batendo punheta, certos de que eu iria chupar eles também, mas eu não tomei iniciativa, e logo em seguida fui embora.

Esse foi meu primeiro boquete no cinema, tiveram outros, os quais serão relatados oportunamente na sequencia.

Se você gostou do relato, gosta de ser chupado e tem interesse e local para isso, me adicione, combinaremos algo.



Meu email é [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos entiadas apanhando para submeter ao sexocontos eroticos de quata feira de cinzacontos eroticos com estorias ocorridas na infanciaeu punhetei um estranhovidio porno enchada qualculadaconto erotico deidinheiro a minha maemeu cao meu machocontos dando minha bucetinharu cdzinhacontos eróticos de novinhas dando para garanhõescontos paguei mais comi a putaconto eroticos esconde escondeconto erótico terminando a reforma com esposaamigao raspando a os pelos da buceta da minha mulher conto e videocontos eroticos coloconto eroco amor entre tia e sobrinhovideo porno de garotinhas com olhinho vidradoapalpadinha na bunda.contocontos eroticos primeira vez no cuzinho da esposacontos eróticos traficantecontos eroticos meu primo me comeuvideos porno pai afunda as tanga da filha virgemcumi a bucrtina contos eroticoscontos eroticos minha prima hermafroditaconto prima casada evangelicacontos eroticos sou viuva tenho um sobrinho novinhocontos erroticos deixei o cu da minha prima todo abertoZofilia Homem fodendo forte acadela ela chora sentido dorcontos eroticos: menininhas virgens chantageadasselma melando a pica de cocorpenis entandrocdzinhas contos reaisdormindo com a cunhada contosrelato orgia eu meu amigo bi e meu maridoconto de sexo velho taradoContos de comadres lesbicasconto sexo gostoso rebola gato gaycontos eroticoscrentecontos vazando porrafodida no onibus por coroa contosconto erotico piquinique em familia parte 2 incestoconto erotico namorando o peao da fazendacontos eroticos calcinha gozadaconto mastubando a vizinha virgem dormindosadomasoquista gozando com garrafa enfiadaBrincadeira na piscina com meu irmao poran vedeosmeu corninho deixou fuder com outro ainda me ajudou chupar a picona do meu machocontos bi vi meu pri meter na prinha prima fiz ele comer meu cu e eu fudi eláContos erotico s de travesti bedotado ativocontos eroticos gays,tio jorge me feis mulhersinhaContos eróticos à força de negros brutoscontos eroticos comendo a enteadacontos eróticos arregaceicorno ver mulher gemendo dando cu aoutro casa dos conto eróticoscontos eroticos de fui comido pelo meu tiocontos eróticos com vizinha viúvaconto esposa pelada na frente do meu paicomi minha cunhadinha contos eroticosnao contar para ninguem da familia. Quando eu achei que o papo ia terminar ali, ela me fez a pergunta que levou a tudo: perguntou porque eu tinha tanta coisa sobre lésbicas incestuosas no pc? Quando ela me perguntou isso, confesso que pensei em desconversar, mas aí pensei também que ela não faria essa pergunta à toa. Aí comecei a falar que aquilo me excitava muito, que gostava de ler sobre aquilo. Sem brincadeira, acho que a gente deve ter ficado uns 10 segundos em silencio ali na cama, depois que eu falei isso. Uma olhando para a outra. Aí, ainda bem, ela tomou a iniciativa, colocou a mão na minha perna e perguntou: Você pensa em mim?  pirulito do titio contos inocentecomtos eróticos de fazemdeira com animalf****** a b***** da vizinha gostosa de ladinhosendo assediada na sala de aula contos eroticoscontos eróticos engravidei de um garotocontos putinha do matagalconto minha esposa rabuda deu pra familia todo na salacontoscomi minha cunhadinha dormindoconto erotico comeu a visinhapelanca contos eróticosconto erotico de casada eu meu cunhadoContos eroticos pega a força por pmcontos eroticos minha esposa sonhava em dar pra um cavalo e ela conceguiuminha mae me ensinou a ser putinha/contosscontos eróticos massagemcontos eróticos vi meu vizinho transandocontos punheta filho sobrinhoconto erotico eu e meu pai fundemos minha filhacontos de coroa com novinhoRelatos de casada bunduda dando para os amigos do corno bebadofoi trabalha na casa da vizinha e acabou comendo a filha delacontos como presenciei um cachorro fudendo uma cadela até engatarconto o sarado e a gordinhamilitares gays pauzudos de são josé dos camposcolocando no cu dela bem devagar dormindoccnto iroicos comedo o cuzinho do meu filho bem novinhocontosincestofilhacontos eroticosfudendo bucetinhas de dez anosContos amigos fodem maes de amigos por traicaoimagens de rabo gostoso inclinado de calcinha transparentegarotinha contos eróticosconto virgems perdendo o cabaso e as pregasMae nao aquenta todo pau do filho no cu apertadoconto sobrinho evangelico veio morar com a tiaconto eróticos filha peõesbotou tudo nela bebadameu marido comeu nossa filha