Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A MASSAGEM NA SOGRINHA

Olá a todos, sempre leio aos contos e sempre quis postar uma de minhas aventuras mas não havia uma que achava que valeria a pena mas este ocorrido quero dividir com vocês.

O caso ocorreu a há 4 anos atrás na época eu de São Paulo por motivos profissionais fui transferido para o interior e chegando lá comecei a namorar uma garota, chamarei ela aqui de Carla com seus 25 anos com seus 1,77 coxas grossas uma bunda sensacional e peitos médios loira com a pele bem queimada de sol, eu sou branco tenho 1,70, 76 kilos .

Carla era aquele tipo de mulher que onde chega chama atenção uma verdadeira cavala, sá que em quatro paredes era um horror, ela sempre dizia que era devido aos remédios que tomava devido a síndrome do pânico que sofria, as vezes tínhamos fodas memoráveis, mas a maioria era um desastre, cheguei até achar que ela tinha outro mas vi que não a partir do dia que viajei com sua mãe na casa de sua irmã que fica em Campinas. Onde a aventura aqui começa.

Sua mãe Luzia é uma coroa com seus 61 anos 1,66 com uns 60 kilos pele bem queimados de sol coxas grossas, quadril largo e peitos médios loira de cabelo curto, nunca imaginei em comer minha sogra mesmo sendo louco por coroas e coroas mesmo acima de seus 50 anos, saímos rumo a Campinas eu iria a trabalho e aprovetando minha viajem iria dar uma carona a sogrinha para visitar a outra filha, no caminho fomos falando de tudo e num determinado momento Luzia puxou o assunto das crises de Carla e que eu era um homem que caiu do céu que era o único que estava aguentando ficar com uma moça bonita que não desempenhava seu papel completo de mulher, nisto perguntei por que ela me disse que os outros relacionamentos de Carla foram fracassados devido o não interesse e desempenho da filha na cama, pegando este gancho perguntei se ela tinha puxado este desempenho da mãe em tom de brincadeira, no inicio Luzia ficou brava pediu respeito até ficamos mudos por um tempo mas logo ela se abril e disse que a filha devia ter puxado o pai não a mãe, na hora ri muito e continuamos a viajem.

Chegando em Campinas sá estávamos nos. Meus cunhados viajavam durante a semana e sá iriam chegar sexta a noite deixei Luzia na casa e quando estava saindo ela perguntou se iria dormir lá, disse que iria para o Hotel ela disse larga disto e venha dormir aqui que tinha medo de ficar sá na casa em Campinas, fui para o trabalho e quando voltei passei no mercado e comprei um vinho ( sempre tomo uma taça a noite) .

Cheguei tomei um banho coloquei uma bermuda e camiseta, jantei junto a Luzia e ela foi tomar banho quando voltou ela sentou no sofá assistindo a novela e eu estava em uma poltrona a sua frente, fui a cozinha e abri o vinho ofereci ela fez meio de indecisa mas aceitou uma taça e começamos a beber, derepente ela me perguntar onde aprendi fazer massagem fiquei espantado mas ela me disse que a filha sempre elogiava minha massagens falei que aprendi lendo e na sequência perguntei se ela queria que eu fizesse uma, Luzia ficou meia envergonhada mas acho que pelo vinho e minha insistência aceito, pedi que ficasse deitada de bruços e comecei a massagear suas costas por cima mesmo de sua camiseta, ela começou a relaxar perguntei se estava bom, ela disse que sim e falei que poderia melhorar, fui até o banheiro e peguei um áleo de minha cunhada vim e levantei sua camiseta até o pescoço ela se assustou a tranquilizei e comecei a passar o áleo em suas costas não demorou muito eu já estava com seu sutiã solto e ela de bruços sá murmurando que a filha tinha razão, quando desci minha mão até o fim de sua coluna vi que ela deu um leve gemido pulei sua bunda e fui para seus pés e fui subindo pela sua panturrilha e chegando naquelas coxas grossas deliciosas com as duas mãos ela estava com um short de pano meio largo eu já estava de pau duro e não pensei duas vezes subi a mão até chegar em sua virilia ela dei um pequeno pulo e fechou as pernas sá que minha mão permaneceu lá presa quando senti o quanto sua buceta era inchada e já estava úmida, nisto ela pediu é melhor parar mas não tive duvidas vim em sua nunca e bem perto da sua orelha perguntei se a filha tinha puxado mesmo o pai, sem penas r senti sua perna abrindo e minha Mao com espaço comecei a massagear aquela buceta entre o shorts e a calcinha já ensopada que puxei de lado e enfie meus dois dedos duma vez, e fui mexendo os dois simultâneo bem rápido e Luzia ainda de bruços mordia uma almofada gemendo vi que ela ia gozar tirei minha mão e puxei com tudo seu Shorts sem pensar abri aquelas bunda carnuda e enfiei minha língua naquele cuzinho, Luzia já gritava seu louco o que está fazendo aí não é lugar de por a língua mas eu não parava abri mais ainda sua bunda e enfiava com força minha língua até ela parar de falar e gritar para fudela logo sem pensar abaixei minha bermuda e deitei em cima e meu pau foi engolido por aquela buceta Melada, Luzia gritava pode fazer comigo o que minha filha não faz e apertava as pernas não demorou muito gozei como nunca não gozava, dei um tempo e continuei com meu pau dentro abraçado em cima de Luzia, quando cai do lado Luzia imediatamente cai de boca em meu pau ainda mole e melado e começa a melhor chupeta que tive na vida, não demorou pedi para ela vir ar e começamos a fazer um meia nove maravilhoso com minha língua chupando sua buceta e seu cuzinho e ela sugando meu pau como se nunca tivesse feito e havia descoberto a melhor coisa do mundo e logo sua boca foi repleta de meu creme engolido todo por Luzia, Demos um tempo tomamos um banho juntos, comi mais uma vez ela de pé no Box e dormimos . Hoje separei de sua Filha estou casado de novo e voltei para Sampa perdi contato, mas continuo sedento por você coroa gostosa independente de cor, raça e corpo mas que queira passar momento únicos.

Pode me escrever Jota adorador de coroas : [email protected]

Depois conto como comi Luzia e Leide sua Cunhada safada mas carente

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Sexu.com.busetas.de.7anuscontos eróticos professor japonêsmenina sega do trabalho e vai tranza com a amigacontos incesto engravidando a tiacontos eroticos cabaco dor muita vergonhacontos eroticos nanycontos de menino bem novinho usando calcinhacontos gay gozando pela primeira vezminha mulher para transar logo Ricardo que eu quero verhistoria erotica meu marido.cm meu sogro e dei.cucontos palmadas empregadacontos velha casada fudendoestava carente contos eróticosMesmo contra a vontade da minha familia eu sou mulher do meu primo viuvo conto eroticovideo acoxando no onbroperdendo a virgindade com o pai-contos eróticosvoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos papai 40 amigas i eu arrumacontos de zoofilia sobre eguas e jumentascontoeritico dei p cazzeroinfância;contos eróticos;enrabadodetalhes como fui estupradoconto erótico ajudando a irmã na faltacontos erotico ele quis ser corno e eu providencieifui violentada por um travesti que deixou minha buceta toda meladacasadas que postam fotos de itanhaemcontos eroticos metende devagar na buceta chupando os seios mordendo os bicis cavalgando gememdohetero dando a bunda contoconto irmã peladinha dentro de casaconto erotico na orgia com sogrosogro velho e genro gay contoscontos eroticos comendo a enteadaContos minha esposa com velhinhosporno contos minha noiva e meu paicontos eróticos de patricinhas trasando com os paiscontos de penis que custou para entrar na buceta da loiracontos sexo inversaocontos eroticos comi o cu da minha vizinha mendigameu pedreiro gostosonovos contos eróticos entre namorados dpcontos eroticos minha esposa e os amigos do condomíniocontos eróticos minha esposa e nossa filha com cu sangrandoaos 60 anos dei a buceta pro menino de 15 contosconto de encesto meu nene e do meu filhocontos eroticos dando cu pro filhocontos eróticos cuzinho da mamãeContos gay como foi a primera vez que dei o cucontos.casado curte travestiMeu penis mede 17 cm e grandecus rijos bom analcontos de corno flagrei minha namoradaestava carente contos eróticosconto erotico travesti desobediente castigada pelo donoconto porno no colocontos eroticos meu sobrinho pauzudocontos lesbicos de carceleirapapai me ensinado mamar contosporno mobile sequioso animal com mulheresconto eróticos do sobrinho do meu maridoContos eroticos recem nascido (a)contos irma mais velhamamae levou meus amigos pra acampar contos eroticosmeus tios uma historia real 1video de presediario comeido buseita na cadeia no dfContos eroticos perdendo a virgindadeconto gay tirei o atraso do meu primoMenina curiosa indo no circo pela primeira vez contos eroticosconto damdo p o comedorconto erotico voltando praiacontos eroticos reais padrecontos de incestos quebrei a pernapeguei a x*** virgemContos o caminhoneiro me chupou inteiracontos forçada a virar cadelapeituda nao resistiu em ser encoxada (contos).comendo o primo e olhando pela janela pai e filinha pequen q deixa pai come ela contoscontos gay me depilando e pego no flagracontos pivete negro faz casada urra na vara